Artigos

A estranha relação entre armas, bíblia e o senso comum

Comments (4)
  1. clamando disse:

    enquanto no brasil existir políticos como a maria do rosario e juizes como os que condenaram a bolsonaro por ter se defendido da acusação de estuprador, onde maria quer que vc. que matar em legitima defesa de sua vida um bandido fique preso, e ou ojuis que condena por incitação ao estupro o pai da lei com mais rigor para estupradores, nunca o povo tera o direito a se defender, e tamb´pem este projeto ptista que gostaria que o povo não fosse as armas quando dessem o golpe e instalasse a ditadura

    1. Marcos Gilson Reis disse:

      Voce deve ser um doente. Babaca com certeza és

  2. Felipe Machado disse:

    Prezado Johnny, tudo na paz? Nos tempos de ódio pela internet peço encarecidamente que não leve meu comentário como uma ofensa pessoal ou que ele te incite emoções inflamadas, só quero que você analise outro ponto de vista, ok?

    Olha só, a sua opinião é bonita, mas é falha tanto no ponto de vista teórico, no prático e mesmo no ponto de vista cristão. Vou te mostrar desconstruindo parte por parte do seu texto. O que você está fazendo é desonestidade intelectual para apoiar um argumento.

    Omar Mateen (que vale a pena mencionar: filiado ao partido Democrata, que luta contra o direito à defesa pessoal) adquiriu sua arma legalmente, mas o ataque ocorreu em uma zona ‘Gun Free’ (ninguém planeja um ataque a uma vítima fortemente armada) e só foi parado porque a polícia usou de força OSTENSIVA EVITANDO um maior numero de mortes. Para se ter uma ideía, desde 1950, com apenas uma exceção, TODOS os atentados com armas nos EUA ocorreram em zonas ‘Gun Free’.

    Você cita um acidente com arma de fogo para corroborar seu argumento de que armas deviam ser proibidas, entretanto pelo DataSUS (dados de 2014) podemos ver que o número de mortes por acidentes no trânsito de crianças de até 14 anos é mais de 100 vezes maior que o número de acidentes com armas, o número de mortes por quedas é 11 vezes maior, por afogamento 55 vezes maior, mas aí você poderia argumentar: “Mas isso é porque no Brasil o controle de armas é maior?”, tudo bem, nos EUA as mortes de crianças de até 14 anos por acidentes de arma de fogo é em torno de 1% do total de crianças que morreram acidentalmente (Deaths: Final Data for 2006, National Vital Statistics Reports, 2009, Center for Disease Control).

    Você cita Obama que disse que países que endureceram o controle de armas tiveram um resultado positivo: ISTO É MENTIRA! Um estudo de Harvard (“WOULD BANNING FIREARMS REDUCE MURDER AND SUICIDE?”) mostra que há uma correlação NEGATIVA entre o controle de armas e o taxa de homicídios, as 9 nações da Europa com menor porcentagem de pessoas armadas têm uma taxa de homicídios combinada 3 vezes maior que que a taxa de homicídios das 9 nações mais armadas da Europa. Aproveito aqui para desmistificar também a mentirosa estatística que você citou que “Estatuto do Desarmamento evitou 133.987 (mortes)”, primeiro que este é um número fantasioso baseado em um grande “SE”, segundo que o número de homicídios por arma de fogo CRESCEU desde 2003 (ano do Estatuto do Desarmamento). Para corroborar isto eu cito o próprio Mapa da Violência (http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2015/mapaViolencia2015.pdf) que mostra que em 2012 a taxa de homicídios por arma de fogo foi de 20,7 (por 100mil) enquanto que em 2003 esta taxa era de 20,4. Cito também uma reportagem da BBC com o titulo “Com menos armas, Brasil tem três vezes mais mortes a tiro que os EUA”, já começamos a perceber que a realidade é outra né?

    Você diz que: “Ao mesmo tempo, especialistas em segurança pública são concordes no sentido de ressaltar que não é correto reagir a assaltos, seja no trânsito ou em residências. ” Quais especialistas? Concordes? Tem certeza? O estudo “Sarah E. Ullman & Raymond A. Knight, Fighting Back: Women’s Resistance to Rape” diz o contrário. Além do estudo “Kleck and Gertz, “Armed Resistance to Crime,” que mostra que milhares de vezes por ano (algo em torno de 200 mil) uma mulher usa uma arma para se defender contra a ameaça de abuso sexual. A melhor defesa contra o estupro é a mulher armada. Você é contra o estupro? Defenda o direito das mulheres andarem armadas.

    Sua saga de construir falsos argumentos para defender uma ideologia esquerdista falida é tamanha que você ainda tenta usar passagens bíblicas para defender essa loucura cavando a cova para você mesmo cair! O direito ao porte de armas é para EVITAR mortes, como demonstram os estudos acima citados e outros vários, contradição brutal ao Ex 20:13 é essa sanha em defender que o ser humano é bom e que armas fazem a violência. A única forma de parar um homem mau armado é uma pessoa de bem igualmente armada!

    “dificilmente Jesus ou qualquer de seus discípulos e apóstolos fariam lobby pelo uso de armas” isso é nojento, usar Cristo para fazer um apelo emocional/religioso na tentativa sustentar seu argumento falido e falso.

    Infelizmente hoje o sonho dos teóricos satanistas está se tornando real, as igrejas têm se esvaziado de sua missão transcendental para virar um tambor que apenas ressoa os ideias revolucionários humanistas (socialismo, comunismo, nazismo, etc). Não corrompa o Evangelho para propagar suas ideologias, quer propagar o comunismo/missão integral/socialismo por aí que o faça, é seu direito, mas não confunda isso com a pregação da Verdade e nem faça uso dEla para tentar sustentar essa ideologia de morte. Os seres humanos se matavam antes da invenção da pólvora, mas os ideais revolucionários que são defendidos dentro de algumas igrejas foram responsáveis pela maior perseguição ao cristianismo em 2 mil anos e foi responsável, apenas no século XX, por mais mortes que todas as outras guerras e catástrofes da história SOMADAS.

    (Agora que vi que este site é dedicado a propagar os ideais da Missão Integral, tudo faz sentido agora)

    1. Daniel disse:

      Excelente comentário! Há algumas semanas teve um caso de violência contra um segurança de posto de gasolina — que estava desarmado. Um grupo de playboys pegaram objetos no local para espancar o segurança. Os objetos foram: cadeiras. Diante disso, teríamos duas opções:
      a) Retirar as cadeiras do mercado;
      b) Armar os seguranças.

      Essa é só mais uma história de violência. Todos os dias ocorrem centenas e centenas nesse Brasilzão. Eu luto pela vida. Eu luto pelo direito de se defender. Eu luto pelo direito ao armamento civil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.