Artigos

Brasil evangélico e seus significados

Previous Article
Quando o poder corrompe
Comments (3)
  1. Alex disse:

    Aqui tem a igreja para todos os gostos.

  2. Roberto disse:

    As pessoas buscaram as teologias do século passado: Hoje a fé é material, as pessoas doam esperando prosperidade pra vida, doam tudo pra igreja!
    Ouve uma progressão
    Primeiro veio a teologia do “Jesus está voltando”, e deveria ser praticada toda santidade, logo depois, em 70 veio a teologia dos milagres de Jesus e agora “eu” recebo os milagres.
    Hoje Não é o homem que serve a Deus e sim Deus que serve os homens.
    As igrejas não tem mais fieis e sim clientes, há o paganismo, essas teologias trairam o cristianismo.
    A primeira onda petencostal o núcleo ainda estava intacto, na segunda houve o desagregamento, os evangélicos que seguem a teologia da prosperidade estão traindo a teologia do cristianismo, a teologia da prosperidade transforma as obras em manifestação material da fé, o que importa é a obra , que você dê alguma coisa.
    Em segundo lugar existe a traição do cristianismo , a teologia da prosperidade não exige uma vida moral reta, diferente do petencostalismo clássico, o que temos no neopetencostalismo é a tendeência de acentuar que o importante é a oferenda em troca da prosperidade. Isso é quase um despacho, só que ao invés de ser na encruzilhada é no cartão. Você paga os serviços e deus lhe repassa os milagres.
    A teologia básica do Cristianismo é:
    DEUS, QUE SEJA FEITA A TUA VONTADE!
    A teologia de hoje é:
    deus, que seja feita a minha vontade.

    O Feitiço voltou contra o feiticeiro, antes acusavam os católicos de pagãos e hoje os evangélicos é que se paganizam.

    O protestantismo colhe do próprio veneno.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.