Natal de 2015

5

Três são as festas da Cristandade, a saber:

O Natal, a Páscoa e o Pentecostes.

O Natal de Jesus de Nazaré, o Messias de Deus é anunciado nos Evangelhos. Este Menino, o Emanuel está profetizado o Seu nascimento nos Salmos e nos profetas. A celebração do Natal de Jesus em Belém é enriquecida com detalhes coreográficos
pelo evangelista Lucas.

Não sabemos o dia em que Jesus nasceu, convencionou-se, entretanto, por razões talvez poéticas que a luz resplandeceu após a noite mais longa, o solstício de inverno que no dizer de João Batista ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo o homem que vem ao mundo Jo 1:9.

Proponho-vos pois, Estimados Leitores, neste Natal, meditarmos no poema de M. M.B. du Bocage:

“Se considero o triste abatimento
Em que me faz jazer minha desgraça,
A desesperação me despedaça.
No mesmo instante, o frágil sofrimento.

Mas súbito me diz o pensamento,
Para aplacar a dor que me traspassa,
Que Este que trouxe ao mundo a Lei da Graça,
Teve num vil presepe o nascimento.

Vejo na palha o Redentor chorando
Ao lado a Mãe, prostrados os pastores,
A milagrosa estrela os reis (magos) guiando.

Vejo-O morrer depois, ó pecadores,
Por nós, e fecho os olhos, adorando.
Os castigos do Céu como favores”.

Desejamo-vos um alegre e feliz Natal cheio de Paz.

Fraternalmente
casal com uma missão,
Amilcar e Isabel Rodrigues

COMPARTILHAR
Amilcar Rodrigues foi ordenado pastor em 1978 na "Apostolic Faith Mission" na República da África do Sul, onde fez estudos teológicos. Como missionário em Portugal, fundou três igrejas e foi Presidente Nacional da Comissão de Programas da Aliança Evangélica Portuguesa, para a televisão, RTP2. Foi formado produtor de televisão "Broadcast" pela "Geoffrey Connway Broadcast Academy" Toronto, Canadá, é filiado do "Crossroads Christian Comunication". Em 1998 veio para o Brasil convidado pelo Ministério Fé Para Todos, Rio de Janeiro. No ano 2000 fundou em Cabo Frio uma congregação do mesmo Ministério e foi nomeado Vice-Presidente do Conselho de Pastores até ao ano de 2004. Em 2006 ficou cego. Escreveu o livro "Deus da Aliança" , Evangelho dos Sinais aos Hebreus" e "Contos do Apocalipse". Foi convidado pelo Gospel+ para participar como colunista em Maio de 2012.

5 COMENTÁRIOS

  1. 3 festa da cristianismo?
    da onde você tirou isso?
    a onde esta escrito que JESUS mandou comemorar seu aniversario?
    Um pastor formado em faculdades não sabe que comemoração de aniversario é uma festa pagã???
    realmente realmente, só DEUS, mesmo..

    • Estimado Leitor
      César 7

      Agradeço o seu comentário que certamente será apreciado pelos Leitores.

      Paganismo é um natal comercial cujo ídolo é o “pai natal”.

      Sabemos que Jesus nasceu e o Seu nascimento é um motivo de nos alegrarmos pois
      é Ele a nossa salvação. É certo que Jesus não mandou celebrar o dia do Seu nasci-
      mento mas isto não significa que Ele não tenha nascido e não vejo nada de errado em
      dedicar um dia à memória da Sua natividade. Até os magos guiados pela estrela fize-
      ram questão de Lhe irem dar os presentes.

      Amílcar

      • tudo bem você pode não ver nada de errado.
        Mas em nenhum momento JESUS mandou incentivou alguém a comemorar a data do Seu nascimento, MESMO PORQUE TODO CRISTÃO SABE QUE JESUS JA EXISTIA ANTES DE VIR AO MUNDO, Se comemoramos sua data de nascimento, então desconsideramos que ele ja existia.
        Outra coisa Ele nos mandou comemorar a sua morte, Pois essa sim foi que nos trouxe a vitoria, pois foi na sua morte que ele nos salvou, ELE MESMO DISSE QUANDO REALIZOU A CEIA : Fazei isso em memoria de mim…
        e foi essa a orientação que paulo recebeu do proprio JESUS , pois ele mesmo disse:
        23 Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão;
        e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim.
        Por semelhante modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim.
        Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha.
        VEJA QUE O PRÓPRIO APOSTOLO DISSE: Todas as vezes, Ou seja essa era uma festa que se tem que comemorar sempre…

        Mas o problema é que as pessoas vem para a igreja mas carregam consigo as tradições religiosas pagãs que tinham, e que aprenderam com os avós etc.

        Porém são essas pessoas que vivem criticando a universal, por fazerem uso de símbolos judaicos, pois esses mesmo que muitos achem errado tem base bíblica para se fazer uso deles, Mesmo porque todos os símbolos judaicos, que vemos hoje quem for salvo e for para o céu, ira se deparar com todos eles, Inclusive a arca da aliança, da qual em apocalipse diz que ao abrir o santuário ela foi vista.
        e também todos os símbolos judaicos são copias do que esta no ceu como o próprio DEUS descreveu a moisés.
        Segundo tudo o que eu te mostrar para modelo do tabernáculo e para modelo de todos os seus móveis, assim mesmo o fareis. êxodo 25-9
        Vê, pois, que tudo faças segundo o modelo que te foi mostrado no monte
        êxodo 25-40
        Quer dizer quando se usa um simbolo judaico, ai não pode, MAS AS FESTAS PAGÃS ESSAS Podem porque é uma boa intenção…

        Não estou dizendo que se uma pessoa comemorar o natal ela ira para o inferno, nada disso… Mas uma coisa é certa sua vida ficara amarrada, porque celebra festas pagãs, e aquele que quiser ter uma vida abençoada, tem que se livrar disso…
        ASSIM COMO JOSUÉ DISSE, AO POVO DE ISRAEL NO DESERTO, QUE MESMO DEPOIS DE 40 ANOS AINDA TRAZIA CONSIGO deuses e rituais de outros povos.

        Não estou lhe atacando MAS SÓ DIZENDO QUE SE TEMOS QUE COMEMORAR ALGO, Vamos comemorar na santa ceia, com arrependimento de pecados, trocando perdão ao invés de presentes, e celebrando o nascimento de novos irmãos na fé. ESSA SIM É UMA FESTA QUE DEVERIA SER COMEMORADA COM TODAS AS FORÇAS, Pois foi essa instrução que os apostolos deixaram.

        • Caro Leitor Césarr 7,

          Compreendo pela sua exposição de que procurou num zelo fundamentalista defender a celebração do Natal de Jesus e esta questão é defendida por cris-
          tãos de algumas correntes de pensamento mais ou menos cristológicas as
          quais têm razões de se oporem ao nascimento de Jesus como uma heran-
          ça pagã no que refere a símbolos da árvore de Natal,por exemplo e entre
          outros.

          É certo que o Cordeiro que foi morto antes da fundação do mundo, o Verbo
          de Deus, encarnou e este facto é cronológico pois ocorreu entre Nazaré e
          Belém.

          Como o Césarr certamente é sabedor, a interpretação dos factos bíblicos
          durante séculos foi assunto dogmático e durante a renascença a sua
          interpretação com as traduções das Escrituras para as línguas dos povos
          tornou-se um assunto que despertou da fé dogmática e pelo iluminismo
          procuraram-se racionalizar os factos bíblicos e hoje como sentido do re-
          lativismo, o modernismo presente, a cegueira tem operado nos nossos corações originando a busca pela Verdade que só o Espírito Santo o pode
          fazer.

          Como referi no meu texto a celebração do Natal pode também ser enten-
          dida numa exposição de ícones com a intenção de historiar o nascimento
          de Jesus na narrativa Lucana.

          Se me perguntar o que a minha consciência diz sobre os factos dir-lhe-ei que não vejo como erradicar a Celebração mas sim procurar combater a
          comercialização pelo deus Mamon que procura denegrir com fantasias
          pai e mãe natal com renas e trenós procurando pela lenda tirar do coração
          das crianças e dos adultos o nascimento do Cristo de Deus, verdadeiro Deus e Homem.

          Há pois que considerar que o Filho do Homem nasceu à cerca de dois mil
          anos e não creio ter sido como também referi no texto no dia 25 de Dezembro mas a cristandade enredou-se nesta data como um memorial
          dado que nada sabemos sobre o dia do nascimento de Jesus e até existem
          factos nas Escrituras, não provados.

          Eu, pessoalmente, nada me perturba a Consoada de Natal pois é uma tradição portuguesa em que a família se junta e alguns cânticos são lembrados como “Nasceu o Redentor””Noite de Paz” e também o Messias
          de Haendel.

          Não sei se Jesus gosta da minha celebração mas eu dedico-lhe com coração de menino e procurarei como o César me adverte a não enveredar
          por um sincretismo religioso que possa escandalizar a Deus e aos homens.

          Finalmente devemos de andar com a consciência que Ele por Sua graça nos dá.

          Saudações cristãs.
          Amílcar

      • AMILCAR
        REALMENTE CORRETO, NADA IMPORTA SE 25 OU 6, O QUE IMPORTA É QUE NASCEU ESTÁ VIVO E CONTINUA A CONTAR DIA, FELIZ ANIVERSÁRIO JESUS.
        OU QUEM PODERÁ CONTA-LO? ENTRE OS VIVOS? EU POSSO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here