O Cordeiro Que Foi Morto Antes da Fundação do Mundo

0

A morte do Messias obedeceu ao plano do Pai, antes que o mundo existisse. Dir-se-ia que Deus, na Sua presciência, sabia que o homem que Ele criou à Sua imagem e semelhança para propósitos do Seu Amor, voluntariamente Lhe desobedeceria e para o resgatar da morte eterna providenciou a morte do Seu próprio Filho como propiciação do resgate a fim de que a Sua Justiça permanecesse para sempre.

Entretanto, segundo o meu entendimento, o Pai ficou “apreensivo” porque Deus é amor e teria que sofrer o grande impacto da morte do Seu Filho Unigênito, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

Ainda segundo o meu entendimento, o Pai ensaiou as suas emoções quando ordenou que Abraão sacrificasse o seu filho Isaque. A pronta obediência ao insólito pedido de Deus a Abraão, “encorajou Deus a enfrentar o inexplicável pedido do Seu Filho, “Pai se possível passa de mim este cálice” e também “Deus meu Deus meu porque me abandonaste?”

Sabemos que Deus muito se alegrou quando Abraão não exitou a cumprir o sacrifício de Isaque e em resposta lhe providenciou um cordeiro, salvando Isaque da morte.

Jesus de Nazaré, Cordeiro Pascal, Filho Unigênito de Deus, o Verbo que encarnou, ascendeu ao Trono de Deus e assentou-se à Sua mão direita e foi-Lhe dada toda a autoridade e o Reino até que todos os Seus inimigos fiquem debaixo dos Seus pés, Sl 110:1, e quando a morte, o último inimigo for vencido arrancará ao pó da terra todos aqueles que por Sua divina graça os predestinou
à salvação eterna.

Boa Páscoa
Amílcar e Isabel Rodrigues

COMPARTILHAR
Amilcar Rodrigues foi ordenado pastor em 1978 na "Apostolic Faith Mission" na República da África do Sul, onde fez estudos teológicos. Como missionário em Portugal, fundou três igrejas e foi Presidente Nacional da Comissão de Programas da Aliança Evangélica Portuguesa, para a televisão, RTP2. Foi formado produtor de televisão "Broadcast" pela "Geoffrey Connway Broadcast Academy" Toronto, Canadá, é filiado do "Crossroads Christian Comunication". Em 1998 veio para o Brasil convidado pelo Ministério Fé Para Todos, Rio de Janeiro. No ano 2000 fundou em Cabo Frio uma congregação do mesmo Ministério e foi nomeado Vice-Presidente do Conselho de Pastores até ao ano de 2004. Em 2006 ficou cego. Escreveu o livro "Deus da Aliança" , Evangelho dos Sinais aos Hebreus" e "Contos do Apocalipse". Foi convidado pelo Gospel+ para participar como colunista em Maio de 2012.

1 COMENTÁRIO

  1. E é por isso que toda criatura humana nesse mundão de Deus deveria reconhecer esse sacrifício de amor inexplicável, que só Deus com sua misericórdia infinita pra tal. Mesmo assim as pessoas preferem servir ao maligno, caminhando para a condenação eterna por preferirem servir a um ser desprezível que odeia o ser humano e quer ver a sua destruição a qq custo, ao invés de ‘servir’ a Jeová , nosso pai.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here