Artigos

Amai-vos

Previous Article
Um totalitarismo hi-tech?
Comments (4)
  1. João Batista disse:

    Jesus!, Maurício …conseguiu se equivocar com uma mensagem tão curta ? “Só depois”…não. Primeiro é amar a Deus sobre todas as coisas…(rsrs) Falando sério, falou pouco e disse tudo.

  2. Mary Stähelin disse:

    É isso aeeeeeeeeeeeee….sempre falo disso! Amar é a solução!

  3. Luis Carlos disse:

    Amar é o que abre portas para tudo. Sem amor não somos nada! Emfim que o amor de DEUS te envolva dia apos dia, pois assim cresceremos em tudo na vida sem olhar com olhos de maléficos !
    Leia 1 Corintios 13.
    Graça e paz esteja com todos vcs queridos!

  4. Juliana disse:

    Questionou algo muito importante, “Mas enquanto não cumprirmos esse mandamento… como podemos ir adiante?”
    Creio que se a cada dia tentarmos, depois vai ser algo tão natural, porém com efeitos maravilhosos sobre cada vida.

    A Paz do Senhor irmão.

  5. O resumo dos mandamentos de Deus: amar á ele acima de todas as coisas e ao próximo como à nós mesmos.

  6. Anna Mariia Ferreira Gonçalves disse:

    tão simples assim.

  7. J.Matias disse:

    O amor segundo Deus

    Há em muitos cristãos questões bastante desconcertantes, que o confunde e lhe traz bastante desconforto aos seus sentimentos. Como podemos cumprir o mandamento de Deus, amar a Deus de todo o coração e o seu próximo, amigo ou inimigo, sem lhe retribuir mal por mal,cujo amor deve ser como a si mesmo. Pois aqui existe grande frustação por parte de muitos; como é possivel tal atitude? Muitas criaturas sinceras estão ficando desanimadas porque encontram a ausência nas emoções religiosas, e depressa abandonam as suas convições, pois elas não passam afinal de contas de um vazio sem sentido, acreditam em Deus, confiam em Jesus, mas o tal amor sempre os trai, basta que alguêm os despreze, ou trate mal; não encontram motivos para amar tal pessoa. Afinal qual é o problema existente em tais pessoas? Como posso amar alguêm por obrigação? Nehuma lei pode compelir outra a amar seja quem for, muito menos quando se torna inimiga, logo pela natureza do homem ela deve ser voluntária. Ninguem pode ser coagido a amar seja quem for, por obrigação. O amor não surge assim. Temos que pôr aqui o entendimento; afinal que amor é este que JESUS falou: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Existem duas expécies de AMOR: o amor segundo os nossos sentimentos… estes presos ás nossas emoções, e outro que é o amor da vontade. Quando estamos presos ao primeiro ele actua segundo os “ventos” ora vem ora desaparece, ora é quente ora é frio, é conforme as “luas” Jesus Cristo nunca se referiu a esse amor, pois o tal não passaria de um capricho nosso, tanta gente actua exatamente assim. Logo se justificam diante de Deus como bons. O amor recomendado na Bíblia não é amor sentimento: mas sim aquele que opera pela vontade. Deus nunca pretendeu que o homem estivesse preso aos seus sentimentos, para executar seja o que for. A vida emocional, não pode ser desprezada pois faz parte da nossa personalidade, mas no que diz respeito ao amor segundo Deus tem uma importância secundária. O único bem que Deus tem como fim,é o bem deliberado, logo o que Ele nos exige, é CRÊR AMAR, e aí sim, o nosso Deus entra em ação e logo o verdadeiro amor começa a florescer. A raiz de todo mal na humanidade, é a corrupção da vontade, as intenções é que estão erradas. Quando alguêm recebe de Deus uma tristeza para o arrependimento, aqui sim, há uma mudança tão radical na vida de tal pessoa que logo toma um rumo em direcção á obediência;( Obediência eu quero e não sacrificios: disse Deus), esta alma passa a ser dirigida pela vontade de Deus, sucede pois que os seus sentimentos, o levam a amar a Deus de todo o coração alma e entendimento e ao seu próximo como a si mesmo. Devemos pois querer isso como primeiro passo. É aqui que Deus nos cronstrange a amar até os nossos inimigos. Pois somente pela habitação de Cristo em nós cumpriremos a lei de Deus. Se procedermos assim, não andaremos mais frustrados, amar o próximo, será o fruto que brotará de nós sem qualquer esforço, e vamos experimentar uma transformação maravilhosa em nossa vida. As nossas emoções vão ser disciplinadas, de acordo com a verdade que é Cristo Jesus. Vamos pois começar a provar a doçura e o amor do Salvador que morreu por nós, para que tivesse-mos acesso a Deus, Vamos pois pôr em primeiro lugar a nossa vontade, pois ela é senhora do nosso coração. J. Matias

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.