A maldição da fofoca na igreja

0

Você já parou para pensar que um terrível incêndio pode ter a sua causa em um simples fósforo ou nas cinzas de um cigarro? Aquela chama inicial tão pequena que é possível apagar com um assopro. Mais de que adianta assopra quando este fogo já se alastrou sobre toda a floresta? Não adianta mais! Quando o fogo se alastra torna-se indomável deixando para trás grande destruição. Assim é o poder da língua. Onde um comentário maledicente se espalha, onde um boato ou uma fofoca se infiltra como labaredas de fogo cresce, espalha, fere, destrói e provoca sofrimento, causando destruição por onde passa. Tal conduta não condiz com a igreja do Senhor Jesus, vejamos o que a bíblia diz acerca da fofoca este terrível mal que tem entrado sorrateiramente na igreja e causado tantos problemas entre os membros.

O que leva uma pessoa a inventar ou mesmo que seja verídico difundir uma má noticia sobre outra pessoa? É obvio que não provem de Deus tal atitude, Paulo escrevendo aos gálatas ele enumera as obras da carne e dentre elas está: inimizade, Porfia, dissensões. (Gl 5:20) pessoas que assim agem não herdarão o reino de Deus. Por menos que seja o boato ou a fofoca  já vimos na introdução que pode por fogo e destruir os melhores relacionamentos, infelizmente se alastra e chega a ser incontrolável causando todo tipo de males no corpo de Cristo. A palavra do Cristão deve ser: Sim, sim, não, não; por que o que passa disto é de procedência maligna. Conforme (Mt 5:37) A sinceridade faz parte do caráter cristão e o domínio próprio é uma ação do Espirito Santo quando há em nos o desejo de ser por ele guiado. A língua é um mundo de iniquidade, ela não tem osso, é pequena e ainda assim se destaque entre os outros membros. Paulo orienta que antes de abrir a boca é preciso avaliar se o que vai falar é amoroso, vai edificar, é verdadeiro? (Ef 4:29) só após essa avaliação deve-se abrir a boca para falar. Na multidão de palavras não falta pecado, mas o que modera os seus lábios é sábio. (Pv 10:19) Geralmente quando não tem o controle sobre a língua acaba machucando as pessoas que se ama, dentro da igreja é comum ver pessoas feridas por palavras ditas sem sabedoria. Uma palavra falada é como uma flecha lançada ela não volta mais, é como um travesseiro de penas rasgado em cima de uma montanha é impossível pegar novamente todas as penas. É melhor pensar antes de falar e se ver que vai causar dor no próximo o melhor é manter a boca fechada. Tiago ensina que a religião de uma pessoa é vã quando este não controla a sua língua. (Tg 1:26) Ele estava dizendo que sua devoção e aparente “santidade” não tem valor algum, pois com a sua própria língua é possível perceber que você ainda é um crente carnal.

Uma fonte não pode jorrar água doce e ao mesmo tempo amarga (Tg 3:11) Se você realmente foi alcançado pela de graça de Deus ande como convém aos santos, não permita que o diabo se utilize da boca para promover discórdias e confusões na igreja de Deus. Lembre-se você é um embaixador de Cristo, ministro da reconciliação.

A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um. Colossenses 4:6

 

 

COMPARTILHAR
Uma pessoa apaixonada pelo ser humano, visionário, missionário por vocação, Blogueiro, uma pessoa simples disposta a marca minha geração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here