Terrorismo e Charlie Hebdo

4

Ao ver qualquer ataque terrorista meu coração treme e chora. Primeiro porque para o terror não é preciso de motivos aparentes. Não há explicação que possa ser dada que justifique o injustificável. Diante disso, meu desejo é da destruição do terrorismo, e repúdio aos terroristas, mas qual deve ser minha resposta a eles?

A resposta deve ser a mesma de Cristo. Amor. Não aceitamos tais atitudes, mas não respondemos ao mal com o mal. A forma de acabar com o terrorismo não é fazendo terrorismo. O mal só pode ser erradicado com o bem. O evangelho é que pode transformar o islamismo radical. Jesus é quem pode mudar a vida de um terrorista. Nada mais. Quanto mais terror for espalhado, mais terrorismo e terroristas teremos, de ambos os lados.

A mensagem do evangelho é de paz ao mundo. De amor aos inimigos. De liberdade de escolhas e expressão. De transformação de vidas. Somente o evangelho verdadeiro pode acabar com o terrorismo, nada mais.

Por outro lado, depois do ataque surgiu a onda do Je Suis Charlie (Eu sou Charlie). Onde as pessoas para demonstrar solidariedade ao jornal francês e repúdio ao ataque se colocam ao lado do jornal, e mais que isso, se colocam como sendo iguais ao jornal. Porém, o que é Charlie Hebdo? Um jornal extremamente ofensivo que ataca negros, homossexuais, cristãos, judeus, muçulmanos, e qualquer coisa mais. Em sua “liberdade de expressão” são ofensivos e agridem por meio de imagens a crença alheia, e qualquer coisa que pense diferente deles (se tiver alguma dúvida pesquise no google imagens deste jornal e verá).

Por isso digo que eu não sou Charlie (je ne suis pas Charlie). Sou totalmente contra o que esse jornal fazia, e sou mais contra ainda o ataque que foi feito a eles. Mas só porque foram atacados, não significa que eu passe a admira-los ou concordar com com a forma como desrespeitam a religião alheia.Precisamos de liberdade, amor, justiça e respeito em todos os sentidos.  Assim, me coloco ao lado dos atacados em solidariedade e repúdio ao terrorismo, mas como alguém que discorda deles em amor.

4 COMENTÁRIOS

  1. você é eleitor da dilma cara?? conversar com bandidos, assassinos, terroristas, covardes, manipuladores, pedofilos, ou seja, bater papo comislamico é cometer suicidio. Tá duvidando? Vai lá tentar e aproveita e leva a dilma.

    • Nunca votei no PT na minha vida. Quanto a conversar, Jesus conversava com todo mundo. Essa deve ser nossa atitude. Mas não uma conversa para ser amigo de bandido ou terrorista, mas para que ele abandone isto por meio do evangelho. Se não quiser abandonar, não há o que falar com eles. Apenas combater o mal.

  2. Irmãos, de maneira nenhuma eu apoio os terroristas, e de maneira nenhuma apoio essa revista. Vede quão terrível desgraça caíu sobre os produtores desta revista por blasfemar de Maomé; maior desgraça que aquela cairá sobre os que blafemam de Jesus Cristo, o Senhor. Irmãos, não blasfemais de divindade alguma, ainda que deuses não sejam, mas com amor procurai salvar os idolatras. Respeitai as crenças alheias, sabendo que noutro tempo estáveis perdidos em falsas crenças, mas Deus vos respeitou e demonstrou amor para convosco salvando vos com amor. Fazei o mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here