Artigos

O cristão deve estudar teologia?

Comments (38)
  1. ROGÉRIO EUGÊNIO disse:

    O QUE TE AFASTA DE DEUS É A FALTA DE FÉ NÃO O ESTUDO DA PALAVRA, ESTUDAR A PALAVRA DE DEUS É SEMPRE IMPORTANTE, AQUELE QUE NÃO CONHECE A PALAVRA É FACILMENTE ENGANADO PELO DIABO.

  2. Alex disse:

    Pra ser pregador é importante sim. Muitos analfabetos que estão nos pulpitos só falam asneiras. Um intelectual se assistir uma pregação de um analfabeto irá dizer que os crentes são ignorantes.

    1. Abraão Carvalho disse:

      Só pra ser um pregador? Creio que todos os cristãos! A palavra foi escrita para todos!

  3. Leonardo lima disse:

    É claro que é necessário estudar teologia. A boa teologia levará o indivíduo a conhecer melhor a Deus através das Escrituras.

  4. carlos primo disse:

    A um problema muito sério nesse interesse em se submeter ao Instituto Teológico que é ter consciência que as suas contradições naquilo que é ensinado por muitos professores neste campo de ensino eles não admitem qualquer contestação por serem professores e a uma porcentagem muito grande de ensinamentos aplicados dentro dos Institutos Teológicos é grosseiramente contra as verdades que constam somente na Bíblia, vejo que o mais importante e o único ensinamento que todos devem aplicar e com profundeza é ” adorar ao TODO PODEROSO nosso PAI ETERNO com toda força de consciência com todas as nossas possibilidades não importando como estamos e depois aplicar também com muita profundidade amar nosso próximo como queríamos que focemos amados não importa em qual condição” isso não é aplicado nos templos.

  5. Rogerio A Ribeiro disse:

    Obrigado amado irmão por compartilhar conosco esse artigo maravilhoso e coerente, que Deus continue a abençoa-lo.

  6. Eduardo Nobre disse:

    Não estou dizendo que estudar teologia não é importante, mas não é essencial. Ler a Bíblia é importante, estudar teologia (um monte de sistemas de interpretação da divindade criados pelo homem) não.

    Quando somos guiados pelo Espírito Santo, aprendemos de Deus observando a natureza, observando o relacionamento de um filho com o pai, um filme, uma música, e até mesmo estudando teologia. Até mesmo a ciência, que fascina e nos leva a ficar admirados com a sabedoria do grande projetista. Ler a bíblia é essencial para se conhecer Jesus Cristo, que é tão simples que pode ser entendido pelos mais humildes, e tão complexo que confunde a mente dos entendidos. Não há teologia que possa alcançar a Deus, Deus não pode ser sistematizado, ele não cabe em nenhum sistema.

    Não é através do conhecimento teológico que se chega a Deus. Deus está perto de todo aquele que quiser buscá-lo, e se manifesta como quer, e não depende de nenhum conhecimento teológico para alcançar o homem, pois se assim fosse, os escribas e fariseus teriam reconhecido Jesus.

    Mas Jesus admirou a forma como Deus se esconde dos sábios, e se revela aos pequeninos, pois é através de Deus, que se alcança o conhecimento. Jesus não disse que Pedro se tornaria um pescador de homens, mas que Ele o faria pescador de homens, pois Deus é quem dá o seu conhecimento a quem quiser, e se encobre dos olhos dos soberbos e arrogantes, por mais conhecimento que tenham.

    Através de Jesus é que devemos irradiar o conhecimento para todo o resto, ciência, natureza, e até a teologia.

    1. Lucas Soares do Rêgo disse:

      O evangelho realmente é entendido por causa do Espírito Santo. Concordo que o Espírito Santo é o que diferencia um doutor em Bíblia ateu de um analfabeto servo do Senhor. Entretanto, àqueles a quem Deus deu condições de estudar e de se aprofundar, estes devem estudar sim teologia. Ora, o que você chama de um “monte de sistemas de interpretação da divindade criados pelo homem”, foram as interpretações dadas pelos pais da igreja, sem os quais, o evangelho e a Bíblia que você conhece nunca. O próprio cânon, como você conhece, nasceu do esforço teológico deles. Sua tradução da Bíblia também. E como você entende a questão da trindade e da divindade e humanidade de Cristo sem a ajuda que esses homens deram? Se Deus dá a alguém a capacidade de estudar e entender, este tem a obrigação de fazê-lo ou cometerá o erro de desprezar os talentos dados pelo Senhor

      1. Eduardo Nobre disse:

        Áqueles que Deus deu condições de estudar, estudem, mas entendam que estão estudando coisas de homens, que se tiverem discernimento espiritual, nenhum mal vai fazer. A Bíblia é simples para os pequeninos, e complexa para os sábios das coisas do mundo.

        Você acha que Deus precisou dos “pais da igreja” para fazer o seu cânon chegar até nós? Acha que Deus precisou dos “pais da igreja” para traduzir a Bíblia? De fato, não conhece o teu Deus, que te mantém respirando, que criou as leis que mantém todo o Universo funcionando.

        A Terra na qual vivemos é uma poeira no Cosmos criado por Deus, e você diz que sem os “pais da igreja” e suas “interpretações” a Bíblia e o Evangelho não chegariam a mim? Acha que o Deus que mede as águas do mundo na palma do mão, como um artesão cuidadoso e engenhoso, que mede a distância da Terra em relação ao Sol, para que tenhamos a dose certa de calor, não teria poder para fazer o Evangelho chegar até mim sem os “pais da igreja”? Que ele precisa da “interpretação dos pais da igreja”, para me fazer entender a sua Palavra? Acha que a Bíblia não é clara para isso? Acha que Paulo não escreveu o suficiente? Que ele precisa de uma “mãozinha” dos “pais da igreja” para se fazer entender? Será que Jesus poderia ter sido mais “didático”? Talvez se ele tivesse sido mais “didático”, não precisasse das interpretações dos “pais da igreja” né? Mas Jesus não foi tão didático assim, afinal, só entendemos a divindade de Cristo graças aos “pais da igreja” não é? Sem as interpretações deles, a Bíblia fica incompleta não é?

        Eu te digo, essas suas palavras são produto do mal da teologia, portanto, leia a Bíblia, e esqueça a teologia, pois está creditando a homens uma honra, quando eles só tiveram um “privilégio”. Se não fossem os tais “pais da igreja”, e se foi a vontade de Deus que o Evangelho chegasse até nós, ele chegaria, com “pais da igreja” ou sem “pais da igreja”. Deus faria pedras pregarem, e derramaria o Espírito Santo novamente como em Petencostes. Alinharia as estrelas no Céu para pronunciar o Nome de Jesus para toda a Terra Habitada, e ressuscitaria João Batista ou Elias para reviver as profecias, pois a Palavra de Deus não sai da sua boca e volta sem resultado, e Ele tem poder para faze-la se cumprir da forma que quiser. Ou a sua teologia limitou a ação de Deus?

        Deus é livre, e como o vento e as águas de um rio, faz sua Palavra desviar dos obstáculos. Ela se detém, evapora, chove novamente sobre os campos, é absorvida pelas plantas, lançada ao ar, corre no vento, e chega onde deve chegar.

        Pense bem, que o Espírito te ensine.

        1. Lucas Soares do Rêgo disse:

          Entendo seu ponto de vista e realmente pode parecer que estou limitando a ação de Deus. Não é assim. Não acho que Deus precisou dos pais da igreja para estabelecimento do cânon ou para a propagação do evangelho. Ele poderia ter mandado legiões de anjos para pregar o evangelho. Entretanto Ele não quis assim. Ele escolheu que a pregação do evangelho seria feito por seus servos, que incluem a gente atualmente mas tb os pais da igreja. Eles enfrentaram perseguições e ataques que hoje não estamos nem perto de enfrentar. Outra coisa: quando estudamos a teologia, não estudamos somente que acertaram, mas tb o que erraram. E os erros teologicos tendem a se repetir. Isso serve para o nosso aprendizado, pois conhecendo como os apologetas defenderam a fé, podemos repetir. E por que não aprender com os erros e acertoa do passado? Nós dois acreditamos que Deus é poderoso para fazer o que Ele bem quer, portanto acho que devemos reconhecer que Deus atuou na história de nossa igreja e devemos entender essa atuação.

          1. Eduardo Nobre disse:

            Exatamente. Uma coisa é a ação de Deus através dos “pais da igreja” para pregar o Evangelho, com certeza eu creio que durante as perseguições que sofreram, Deus estava pessoalmente com eles, e que eles foram “usados” por Deus para a pregação do Evangelho.

            Mas veja: para a pregação do Evangelho. Para manter o cânon. Mas a Palavra de Deus já havia sido dita, o que quero dizer amigo, é que não há nada a se acrescentar ou interpretar da Palavra de Deus.

            A Palavra de Deus é objetiva no seu propósito, e a teologia só é usada quando o homem quer entender algo “que Deus não disse”. Se Deus não disse, é porque não é importante para ele, mas não significa que o homem, em sua sede de conhecimento, não possa querer entender. Tal como Deus não se importou em descrever detalhadamente a criação do Universo, mas deixou para que o homem possa estudar isso por si mesmo. Mas o essencial ele disse: que ele criou todas as coisas. O resto, virá de conhecimento de homem. Para o que estuda a ciência considerando Deus, isso vai fazer bem, mas também nada vai ter de fundamental para entender a Palavra de Deus. Mas também pode fazer mal, quando o homem é seduzido pela ciência e passa a tirar os méritos de Deus.

            Por isso, que a teologia seja posta em seu lugar, ou seja, não é fundamental para o entendimento de Deus, mas também não é nociva, se for bem utilizada, com sabedoria.

          2. carlos primo disse:

            O livro de romanos nos dá uma boa visão do que já ocorria entre eles, Paulo alerta com uma grande quantidade de palavras a Timóteo para corresse de muitos que estavam entre eles homens que já haviam corrompido seus corações e disseminaram entre os remanescentes da Fé a sujeição em dogmas judaicos. Verdadeiramente o veneno dos sacerdotes da época e os de hoje nada difere os da Teologia. Um sentimento de tristeza profunda que o Apostolo Paulo menciona nas palavras. É necessário ser liberto da teologia para entender a nossa verdade.

        2. Coback disse:

          Amém, eu também penso assim…
          Temos bons exemplos de homens como A.W Tozer, D.L Moody e outros,…

    2. Abraão Carvalho disse:

      Você entende a bíblia toda? Sabe tudo o que cada versículo, cada parte quer dizer? Como entender a Trindade? Soberania de Deus, Graça, Espirito Santo? Todos precisamos de teologia, o que os pastores pregam ensinando assuntos assim, é teologia.

      1. josé fabio disse:

        no meio evangélico existem varias teologia ….uma diferente a outra !!! a renascer tem uma …a assembleia tem outra ….adventista tbm tem outra …um discorda do outro ….e isso gera conflito …ai vem o lado da placa, que cada um quer defender a sua ….pois uma coisa eu te digo …conhecimento da palavra quem da é Deus …dobre o joelho e pessa sabedoria …viver em obediencia tbm é fundamental a biblia é um livro espiritual e não é pra ser estudada …o segredo é ler , ler , ler ..o espirito santo de Deus esta vendo sua força de vontade e te reconpensara, te dando a sabedoria para entender as escrituras

    3. lisa disse:

      Concordo com você amado, mas a intenção do coração das pessoas ao fazer qualquer estudo, não pode ser julgada , todo cristão que tem relacionamento com Deus, vai atribuir perfeitamente todo conhecimento a Deus e se beneficiará a si e a outros com isso

  7. Daniel, a paz!

    A letra que mata, como Paulo falou, não é a Bíblia, pois nem existia naquela época, mas a referência a “letra” é a lei que eles tinham e usavam as vezes para interrogar Jesus. A lei de Moisés.

  8. Gaio disse:

    Na matemática, 2+2 é igual a 4. Na teologia 2+2 é igual a 5, 6, 7, etc. Cada denominação tem sua teologia, ou melhor, tem seu teologismo. Jesus não era teólogo e também escolheu 12 apóstolos que não eram teólogos, alguns eram indoutos, o profeta Amós, era boiadeiro. Paulo considerou seu conhecimento, como esterco; pergunto, esterco é o que?: MÉR_ _. Hoje tem até Doutor em Divindade, que absurdo. Ninguém consegue estudar Deus. Os pastores estudam Mamomlogia (estudo do Deus dinheiro). Os caras só pensam em dinheiro. Vou fazer teologia, me indiquem um seminário onde não tenha ateu ensinando, e descrente. Muitos doutores de seminários, só ensinam por causa do salário que ganham, não acreditam em toda palavra de Deus inspirada, recorrem ao diabólico método-histórico-crítico. irmaogaio2020@gmail.com

  9. Ricardo disse:

    Vamos meditar nesse texto :
    E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto;
    E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome.
    E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão.
    E Jesus lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus.
    E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo.
    E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero.
    Portanto, se tu me adorares, tudo será teu.
    E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te para trás de mim, Satanás; porque ESTÁ ESCRITO: Adorarás o SENHOR teu Deus, e só a ele servirás.
    Levou-o também a Jerusalém, e pô-lo sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo;
    Porque ESTÁ ESCRITO: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guardem,
    E que te sustenham nas mãos, Para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra.
    E Jesus, respondendo, disse-lhe: Dito está: Não tentarás ao Senhor teu Deus.
    E, acabando o diabo toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo.
    Lucas 4:1-13
    A bíblia e a espada do espírito santo com ela Jesus despedaçou o diabo no deserto dizendo: ESTÁ ESCRITO.meditem nisso…

    1. Eduardo Nobre disse:

      Bíblia é diferente de teologia. A Bíblia (espada do Espírito Santo) são as escrituras, a teologia é sistematização, é o modo de entender as escrituras sob o ponto de vista do homem, é complicada para os pequeninos. A Bíblia é simples para os pequeninos, e complexa para os sábios. Os fariseus viam as escrituras sob a ótica da teologia e da filosofia, os discípulos aprenderam a ver sob a ótica de Jesus.

    2. Eduardo Nobre disse:

      Quando Jesus usou as Escrituras para confrontar o Diabo, ele não usou de nenhuma interpretação de algum rabino, e nem usou texto do talmude judaico, mas citou “diretamente” a Palavra que estava nas Escrituras Hebraicas, sem interpretação, simples, como só Deus sabe ser.

      Medite nisso.

  10. Jean Carlosj disse:

    FOI O ESPIRO SANTO QUE ESCREVEU E È ELE QUE NOS AJUDARÀ A INTERPETRAR , TODO ESTUDO A PARTE È ILUSÂO DO HOMEM.

    E a unção, que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine.
    JOÃO 2.

    1. carlos primo disse:

      Ámen. Para amar ao PAI ETERNO é preciso falar do amor da graça e praticar o amor ao próximo, o que é preciso é ensinar isso e não vender nada nos locais de reuniões dos irmãos.

  11. Rogerio A Ribeiro disse:

    INTERPETRAR??

  12. Eduardo Nobre disse:

    Áqueles que Deus deu condições de estudar, estudem, mas entendam que estão estudando coisas de homens, que se tiverem discernimento espiritual, nenhum mal vai fazer. A Bíblia é simples para os pequeninos, e complexa para os sábios das coisas do mundo.

    Você acha que Deus precisou dos “pais da igreja” para fazer o seu cânon chegar até nós? Acha que Deus precisou dos “pais da igreja” para traduzir a Bíblia? De fato, não conhece o teu Deus, que te mantém respirando, que criou as leis que mantém todo o Universo funcionando.

    A Terra na qual vivemos é uma poeira no Cosmos criado por Deus, e você diz que sem os “pais da igreja” e suas “interpretações” a Bíblia e o Evangelho não chegariam a mim? Acha que o Deus que mede as águas do mundo na palma do mão, como um artesão cuidadoso e engenhoso, que mede a distância da Terra em relação ao Sol, para que tenhamos a dose certa de calor, não teria poder para fazer o Evangelho chegar até mim sem os “pais da igreja”? Que ele precisa da “interpretação dos pais da igreja”, para me fazer entender a sua Palavra? Acha que a Bíblia não é clara para isso? Acha que Paulo não escreveu o suficiente? Que ele precisa de uma “mãozinha” dos “pais da igreja” para se fazer entender? Será que Jesus poderia ter sido mais “didático”? Talvez se ele tivesse sido mais “didático”, não precisasse das interpretações dos “pais da igreja” né? Mas Jesus não foi tão didático assim, afinal, só entendemos a divindade de Cristo graças aos “pais da igreja” não é? Sem as interpretações deles, a Bíblia fica incompleta não é?

    Eu te digo, essas suas palavras são produto do mal da teologia, portanto, leia a Bíblia, e esqueça a teologia, pois está creditando a homens uma honra, quando eles só tiveram um “privilégio”. Se não fossem os tais “pais da igreja”, e se foi a vontade de Deus que o Evangelho chegasse até nós, ele chegaria, com “pais da igreja” ou sem “pais da igreja”. Deus faria pedras pregarem, e derramaria o Espírito Santo novamente como em Petencostes. Alinharia as estrelas no Céu para pronunciar o Nome de Jesus para toda a Terra Habitada, e ressuscitaria João Batista ou Elias para reviver as profecias, pois a Palavra de Deus não sai da sua boca e volta sem resultado, e Ele tem poder para faze-la se cumprir da forma que quiser. Ou a sua teologia limitou a ação de Deus?

    Deus é livre, e como o vento e as águas de um rio, faz sua Palavra desviar dos obstáculos. Ela se detém, evapora, chove novamente sobre os campos, é absorvida pelas plantas, lançada ao ar, corre no vento, e chega onde deve chegar.

    Pense bem, que o Espírito te ensine.

  13. Eduardo Nobre disse:

    O conhecimento e a teologia são importantes como uma babá para seus filhos.

    Eu, como homem imperfeito que sou, ensino as coisas mais importantes para o meu filho. Quero estar pessoalmente presente, ser responsável por isso. A babá cumpre a função dela, mas o que meu filho deve aprender sobre mim, o que ele vai desenvolver do seu caráter, ele vai aprender de mim, através da relação dele comigo. Ora, se eu que sou imperfeito no amor, tenho esse zelo por meu filho, imagina o Deus que é Amor, não iria querer ensinar pessoalmente, e estar presente para explicar aos seus filhos sobre a sua Palavra e a sua personalidade? Eu digo que ele está presente como o Espírito Santo, explicando amorosamente, cuidadosamente a quem quiser se aproximar dele, a sua Palavra, que por si só, sem interpretação de “pais da igreja”, é suficiente, pois se não, ela seria incompleta, precisando da interpretação dos “pais da igreja” para se fazer entender.

    Onde estavam os “pais da igreja” quando Deus pessoalmente criou tudo para nos prover, nos alimentar, que nos deu o dom de poder saborear os alimentos, a visão para admirar as maravilhas da sua Criação? Onde estavam os “pais da igreja” quando Deus pessoalmente fez o Sol de forma tão perfeita para que possa nos aquecer e nos alimentar com sua energia? Onde estavam os “pais da igreja” quando Deus pessoalmente projetou cada código do seu DNA? E para fazer a sua Palavra chegar ao seu coração, na exata medida que ele deseja, ele precisaria dos “pais da igreja”? Ou a sua Palavra na Bíblia, e a que é “soprada” pelo Espírito Santo no seu coração não seria suficiente?

    PS: Quando Jesus usou as Escrituras para confrontar o Diabo, ele não usou de nenhuma interpretação de algum rabino, e nem usou texto do talmude judaico, mas citou “diretamente” a Palavra que estava nas Escrituras Hebraicas, sem interpretação, simples, como só Deus sabe ser.

    Que o Espírito o ensine.

    1. Lucas Soares do Rêgo disse:

      Engraçado é você mencionando que não podemos aprender com os pais da igreja (que você menciona entre aspas) mas , ao final dos seus textos, que não são textos literais da Bíblia, vc escreve “que o espírito o ensine”. Então o seu problema não é Deus usar outras pessoas para nos ensinar, mas usar pessoas diferentes de você. Com os pais da igreja não posso aprender, mas com suas sábias palavras sim.
      Então não podemos aprender com o mártir Policarpo, que apesar de mencionado na Biblia indiretamente (ele era o líder da igreja de Esmirna, aquela tão elogiada na carta de Cristo àquela igreja em apocalipse) , a mesma não contem a história de seu martírio. Ou quem sabe quando um desses que dizem que os cristãos infringem o estado laico e a liberdade religiosa, a gente devesse esquecer a história do cristianismo e ignorar que os cristãos foram os idelizadores da liberdade religiosa e do estado laico?
      E como esquecer da pessoa que Deus usou para me mostrar o evangelho? Deus nao a usou para me ensinar? A igreja faz o que no mundo se Deus quer evangelizar somente através da Biblia? Não tinhamos a missao de levar o evangelho?

      1. Eduardo Nobre disse:

        Exatamente amigo, tanto os “pais da igreja”, como nós, somos usados com o mesmo propósito: propagar o Evangelho. Mas não “interpretar”. Em relação ao estado laico, por exemplo, está escrito em Romanos, quando Paulo nos manda nos sujeitar às autoridades humanas. E o próprio Cristo, que deve ser seguido, não se intrometeu na política, e ainda disse: dai a Cézar o que é de Cézar, e a Deus o que é de Deus. Eu sempre soube disso, e não aprendi com nenhum “pai da igreja”, e com nenhuma teologia. Algo tão óbvio assim precisa ser interpretado?

  14. evandro disse:

    A fiel aqui em casa me instrui de todas as coisas arrespeito de Cristo e do reino que Ele entregará ao Pai depois de ter julgado todas as coisas e ter levados os santos salvos para a sua gloria eterna , amém.
    Então vi, e eis que uma mão se estendia para mim, e eis que nela havia um rolo de livro. Ezequiel 2:9
    Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro de mim está escrito. Salmos 40:7
    E os judeus maravilhavam-se, dizendo: Como sabe este letras, não as tendo aprendido? João 7:15
    com teologia ou sem teologia . o dever do cristão é ler a biblia diariamente ,para o seu proprio bem.

  15. Há um grande equívoco histórico-cultural, por assim dizer. Diga a alguém que você estuda as doutrinas da Bíblia e talvez ele te pergunte: “…de QUAL igreja…?”, numa referência às tradições, usos, costumes, estatutos e até mesmo ‘vontades’ do pastor local.
    As Doutrinas Bíblicas é a Teologia, propriamente (ao menos sempre deveria ser). Sendo que, com o tempo, esta passou a ser “Formação em Teses, Entendimentos e Postulados dos Maiores Teólogos, Revisadas pelos Atuais”, ou seja, é o estudo, dos estudos sobre Deus. Não Deus como um Pai e Criador, mas Deus como um ‘deus’ qualquer, tanto que há teses sobre OVNI’s, Evolucionismo e tantas outras adulterações que, pouco a pouco fez ser necessário uma separação entres as teologias várias e quaisquer e a Teologia Bíblica Doutrinária, que vai ao mendigo, ao enfermo no INCA, até o adolescente usuário de drogas, aos missionários nos locais mais difíceis e até aos cristãos desanimados e endurecidos. Se for ESTA teologia, digo também que a estude, que a descubra, que a dissemine!
    Como diz a Palavra: “…saber com medida”. De nada vale a ciência, a técnica e o saber falar/ensinar, se não for em prol de Reino e do dono do reino!

    Shalom

    R.S. Costa
    http://www.doutoresdealmas.org

  16. carlos primo disse:

    Veja a Nicodemos Jo.3 e entenda o que o sábio teólogo sabia a respeito de nascer de novo, ali naquele momento nascer da ÁGUA E DO ESPIRITO se você leu entendeu? Então notou que o sábio Nicodemos não entendeu nada? e o HUMILDE SALVADOR deixou aquele homem dos estudos nas suas confusões. Por que? Nicodemos queria, deseja saber mais, por que ele percebeu que somente alguém enviado pelo CRIADOR poderia fazer o que fazia e falava aquele MESSIAS, aquele sábio teólogo não conseguiu ver-se em condição de deixar suas teologias, psicologias, filosofias, etc..etc..para entender o que é entregar-se sem medidas de conhecimento laboratorial.

  17. Romilda Bernardo disse:

    O melhor da Teologia, é que nos tira do engano em que mts. pregadores querem nos colocar.

  18. Juliana disse:

    Jean Carlos,primeiro vai aprender a escrever direito,segundo em João Cp 2 não esta o versiculo que vc refere,terceiro texto sem contexto é preceito para heresia….
    A teologia é importante sim,pois a biblia aborda diversos temas que é necessário ter conhecimento avançado,e isso esta a disposição de cada crente…
    Eu ja vi vários pregadores falando absurdos e sendo antiéticos por não terem teologia……
    A palavra de Deus diz em Os 4vrs 6,que o SEU povo estava sendo destruido por falta de conhecimento…..espero que vc cresça na graça e no conhecimento…..

  19. Ev.Luiz Alves disse:

    DEVEMOS ESTUDAR SIM AS ESCRITURAS,ATRAVES DISSO CONHECEMOS MISTERIOS PROFUNDOS REVELADO NAS ESCRITURAS,PESSOAS QUE ESTUDARAM E MORRERAM E PORQUE NÃO SOUBERAM INTERPRETAR HISTORICAMENTE,CULTURA DA EPOCA E PRATICANDO A GRAÇA DO SENHOR,DEVEMOS CRESCER NA GRAÇA ATRAVES DE ORAÇÃO E PRATICANDO A FE EM CRISTO E NO CONHECIMENTE ATRAVES DO ESTUDO

  20. PAULO disse:

    FUI DE UMA IGREJA QUE TODOS SAO TEOLOGOS (BATISTA) E ELES NEGARAM O BATISMO PARA UMA MULHER QUE ERA AMANSEBADO A 5 ANOS E COM 2 FILHOS (DISSERAM QUE ELA ESTAVA EM PROSTITUIÇÃO) SAIU DESSA IGREJA E FOI PARA OUTRA (PASTORES NAO ERAM TEOLOGOS) RESULTADO OS PASTORES NAO NEGARAM O BATISMO A ELA E 7 MESES DEPOIS O MARIDO DELA ESTAVA CONVERTIDO BATIZADO E CASADO COM ELA NO CARTORIO.

  21. jean cavalcante disse:

    quem tem ouvidos ouçam o que o espirito diz as igrejas.

  22. Cícero Wellington disse:

    Peço permissão ao autor para utilizar esse texto em nossa comunidade aqui na Bahia, tenho autorização para isso ?

  23. Sandro disse:

    Estudar teologia nem tanto
    Mas conhecer o Evangelho é essencial para não pregarem tantas heresias no púlpito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.