Brasil um país em crise moral, política e religiosa!

22

Os tempos são difíceis no Brasil em vários aspectos (refiro-me a “tempos” porque nossos problemas nacionais emendam décadas e enlaçam gerações); existe a crônica e sistêmica dificuldade da corrupção política derivada de uma outra desvirtuação moral que também emana de mais uma adulteração imaterial (espiritual) – sim, e nesta última a constatação de que a alma do “povo brasileiro” está doente! Ficamos enfermos pois bebemos dos cálices das mentiras variadas e nos alimentaram dos banquetes de enganos e trapaças – por isso que o brasileiro é de alguma forma “corrupto”; nosso espírito geme no que parece um beco escuro e sem saída e nossa vida se esvai em meio a tanta desgraça social.

A última esperança é a “igreja de Jesus”, pois para esta as portas do inferno não prevalecerão; para ela a mentira não triunfa e o pecado em qualquer estágio e meio não é tolerado. Estamos numa “crise de verdade” e num cenário de inverdades onde se mente do “púlpito” ao parlamento; da polícia ao judiciário e da liderança comunitária a Presidência da República. É uma crise moral onde a retidão se extingue frente a intentos de ganância e poder onde tudo vale e se justifica. É uma crise de valores onde o relativo não permite convergirmos em quase nenhum acordo – todo mundo tem a sua verdade e sua isolada posição – e numa sociedade em que ninguém se entende a própria se destrói.

Também estamos em meio a uma crise de respeito e civilidade, há uma guerra entre “cristãos” (com destaque para alas evangélicas) e “gays” neste país, onde os primeiros através de alguns de seus líderes pelo discurso da defesa da família e dos bons costumes formam um cinturão de apelo político e usam do canhão das mídias evangélicas para mobilizarem o segmento a pressionarem os legisladores na aprovação de leis mais “teocráticas”; incitam a promoção de boicotes comerciais a empresas que “apoiam” o homossexualismo, fomentam discussões e desferem acusações ao ativismo gay. Essa “causa evangélica” deixa de ser cristã quando instiga ódio e arranca fobias interiorizadas em mentes fundamentadas na extrema e única opção de condenar pessoas. O brasileiro têm liberdade se quiser ser gay ou lésbica e ponto. O cristão também tem o direito de continuar pregando o evangelho sem ofender as pessoas – apenas repetindo o que as Escrituras ensinam. Vale lembrar que a Palavra de Deus enquanto o indivíduo está vivo só condena o comportamento dele e não o próprio, de outra forma Deus jamais o chamaria ao arrependimento – não haveria sentido para tal.

Evangelho no sentido vernacular são boas novas de salvação – é isso que a igreja evangélica precisa se ocupar em fazer – quem convence é o Espírito Santo! Se nós temos a verdade e se o ativismo gay quer propor e impor inversões de papéis sociais através de um novo conceito de sexo e família – nosso comportamento precisa basear-se numa apologia fidedigna à Palavra de Deus em todos os sentidos – inclusive naquela de amar o próximo (gays, lésbicas, bissexuais e travestis); se quisermos dialogar com essa sociedade não evangélica onde não impera quase nada de valores bíblicos; teremos de ouvi-la, respeitá-la em seu direito de expressão e para os mais radicais de nosso meio o apelo não é menos radical – você terá que dar a face mesmo àqueles que aprovam demonstrações como a do transsexual que aludiu a Jesus crucificado sobre um trio elétrico em plena parada gay.

Voltando ao campo político e estendendo uma ponte de reflexão ao religioso, eu acredito que a presença de representantes cristãos na câmara dos deputados é necessária, como também representantes de outros segmentos sociais. Acredito que através da política é que conseguiremos fazer um país para e de todos, sob a ordem do respeito mútuo – ninguém obrigando ninguém a nada, quer por sentir-se injustiçado por ser minoria ou por achar-se absoluto pelo apoio da maioria. O Brasil não é uma “igreja” e menos uma “parada GLBT” e enquanto os enfrentamentos e xingamentos continuarem, mais distantes do entendimento ficaremos e os caudais generalizados de nossas crises só aumentarão.

COMPARTILHAR
Silvio mora na belíssima cidade de Guarapari no ES; é administrador de empresas por profissão; estudou teologia no Seminário SEET e na Faculdade FAIFA. É membro do conselho editorial da revista Seara News. Contribui como colunista em outros portais evangélicos e é palestrante em escolas bíblicas realizadas em seu Estado. Escreve também para o seu blog Cristão Capixaba e é o editor responsável pelo portal Litoral Gospel.

22 COMENTÁRIOS

  1. A Bíblia é, antes de qualquer coisa, um livro de história. Nele estão contidas as palavras de Deus, mas não é, em sua totalidade, escrita por ele, mas por homens, ao longo de muitas gerações.
    Nos ensina a diferença entre caráter, moral e ética. E é importante ressaltar:
    – Caráter é o que é bom para cada indivíduo.
    – Moral é o que é bom para cada sociedade.
    – Ética é o que é o equilíbrio das duas, e é bom para todos.
    A moral muda de país para país, de cidade para cidade, de casa para casa. São as regras para o funcionamento das vidas das aglomerações de pessoas no mundo. Duas pessoas que entram em acordo tem uma moral, se falamos de apenas uma, é caráter.
    Por isso o conceito de bom ou mal caráter é abstrato, é mais eficaz se pensamos no caráter como adequado, ou não, à moral de cada lugar.
    O que a Bíblia nos ensina, é a buscarmos Ética, acima de caráter ou moral. A buscarmos regras de convívio que beneficiem todos, buscando a nossa felicidade.
    Deus nos deu 11 mandamentos de ética: dez através de Moisés, e um último através de Jesus: Amai-vos uns aos outros, como eu os amei. São esses, os ensinamentos que a Bíblia sugere que os cristãos sigam. Se alguém tem dúvida de como Jesus nos amou, precisa reler sua história, e sua relação com quem precisou dele. Jesus nunca foi maioria, mas tocou o coração de todos e fez diferença no mundo ao suportar a dor da crucificação em frente a milhares de pessoas.
    Entendido o conceito do que é moral, ensinado por Jesus, podemos dizer que ele lutou contra a moral daquela época, firmemente, pregando um mundo que olhasse além dela: um mundo ético, ou seja, equilibrado. É muito fácil compreender a Bíblia quando somos cristãos conscientes da sua simplicidade, e ao mesmo tempo, de sua genialidade. Fiquemos atentos às mudanças naturais nas regras da nossa sociedade, e busquemos o que é bom para todos. Vamos enxergar as coisas com olhos de amor, e descobrir que qualquer pessoa pregada numa cruz, seja ela de qualquer gênero, cisgênero ou não, está nos lembrando o que Cristo nos disse, quando o crucificamos lá atrás “Pai, perdoai, eles não sabem o que fazem”.

      • “achar” realmente é coisa de crente Luciano.

        contudo, porém, todavia, no entanto, a realidade é visível, ao mesmo passo que cresce o protestantismo, a moralidade e a honestidade decaem.

        veja que antigamente não haviam tanta imoralidade e tanta corrupção, hj, o congresso conta com uma bancada enorme de crentes, e a imoralidade só cresce.

        quanto mais seitas cristãs nascem no Brasil, mas o Brasil se afunda na imoralidade.

        realmente, se formos analisar friamente, as profecias do seu livro de fábulas estão se cumprindo, a imoralidade cristã está dominando o Brasil.

        • Discordo novamente,você e seu antagonismo.
          antigamente era tudo na sordina,o estado e religião juntos em seus negócios.
          muitas igrejas catolicas foram construídas em terrenos doados pelo estado e até ajudava na construção de templos também,em contra partida o estado usava a lei para conter o avanço de outras religiões em detrimento a igreja catolica e até o bispo macedo foi vítima desta união.
          e se eu esvrever tudo desde a colonização até agora tenho eu que não teria tempo de vida bastante para escrevelas.

          • Tá querendo jogar a podridão nas costas só da seita romana?

            kkkkkkk

            Meu caro, até uns 30 anos atrás o Brasil estava em pleno crescimento.

            concordo com vc no que se refere a seita romana sendo beneficiada pelo estado, porém, contudo, todavia, no entanto, o protestantismo também teve benefícios para seu crescimento, assim como tem hj.

            o Protestantismo está no Brasil desde a época colonial, e teve grande crescimento no século XIX.

            ou seja, a culpa da promiscuidade é DOS CRISTÃOS.

            e vemos agora que a maior parcela desta culpa está no protestantismo, já que quanto mais essa praga cresce, mais o Brasil vai ao buraco, quanto mais o protestantismo se espalha, mais a corrupção aumenta.

            veja que enquanto a seita romana estava no poder junto ao estado, ao menos tentavam esconder suas maracutaias, mas hj com o protestantismo em alta, as maracutaias estão escancaradas, O POVO PROTESTANTE NÃO TEM NEM VERGONHA DE ROUBAR. kkkkkk

  2. O fundamentalismo evangélico é que vai salvar este país de virá uma sodoma e não vamos desanimar,eles querem criminalizar as suas imoralidades na sociedade e não vamos permitir.

      • Imorais são vocês que viraram um escárnio na sociedade conservadora e esta sociedade conservadora é que vai melhorar este país e vai ser transformada em país de primeiro mundo com certeza,agora se for se transformar em sodoma ai a miséria vai perpétuar neste país por muito tempo.

        • Ateus, gays, umbandistas etc. sempre existiram na sociedade rapaz.

          o escárnio de corrupção, ladroagem, promiscuidade e toda sorte de lixo na sociedade vem do crescimento do lixo protestante que se espalha por toda esquina.

          quanto mais esse lixo aumenta, mais a moral e os bons costumes caem.

          a sociedade conservadora que existia antigamente está se perdendo em meio ao lixo protestante e quanto mais esse lixão aumenta, mais a sociedade decai moralmente.

        • Ateus, gays, umbandistas etc. sempre existiram na sociedade rapaz.

          o escárnio de corrupção, ladroagem, promiscuidade e toda sorte de lixo na sociedade vem do crescimento do lixo protestante que se espalha por toda esquina.

          quanto mais esse lixo aumenta, mais a moral e os bons costumes caem.

          a sociedade conservadora que existia antigamente está se perdendo em meio ao lixo protestante e quanto mais esse lixão aumenta, mais a sociedade decai moralmente.(2)

        • Só sendo uma anta mesmo.Vai transformar o Brasil numa teocracia igual
          ao Irã,afeganistão,Sudão,Estado Islâmico e outras desgraças.República
          evangélica aqui,não.Xô,laias,lacxraias e corjas de fariseus fanáticos.Evangélicos
          sérios,sim.

        • lucianta,imorais não está ligado só a sexo gay,seu besta.Vá estudar.A bancada evangélica de Brasília,inoperante,incompete,mais bandida,mais
          processada ,mais tudo que não presta,isso faz parte dos escândalos citados
          por JESUS e todos estes são imorais dos imorais,que transmitirão a falta
          de caráter aos seguidores incautos e asseclas.Mas na sua cabeça fanática,eles são os Ungidos do Senhorkkkkkkkkkkkkkkkk.;Meu fiofó é mais
          ungidos que eles,mil vezes mais,sou limpo,tenho higiene no corpo e na
          alma.Falo chulo contra vocês porque são fanáticos,ralé,xulos e se eu falar
          a linguagem culta,jamais mentes estreitas entenderão.Fanatismo é loucura,e o próprio JESUS condena o fanatismo.

    • lucianta,o Brasil não se resume a gays,demente.E nem os pecados do mundo que são
      amplos,diversificados e contínuos.Existem os pecados da carne(as formigas ) e os nacionais (os camelos),e que os falsos crentes adoram praticar,mas acreditam que s só
      os gay são pecaminosos.Bestas e loucos,imorais e hipócritas,avestruzes……….

  3. Nossa, se eles soubessem que se não fosse a igreja o mundo estaria ja acabado e destruído.. Cara é muita falta de noção da realidade..
    o problema disse tudo é que uma hora ele vai vir, então muitos vão querer ter visto o que não foi visto, ouvido o que não escutaram.. Gente só Jesus salva!! só nele a vida, só nele a paz e só ele é verdade.. Amém

  4. Olha os ricos tem mais vez que pobres nas igrejas. Visitar pobres? kkkkk as contribuições são insignificantes agora ricos as contribuiçõe$ são otimas então os riquinhos tem muito mais atenção.

  5. BEM DO JEITO QUE O DIABO E SEUS SERVIÇAIS GOSTAM!
    Enquanto evangélicos, católicos, espiritualistas (?), ateus (?), pensadores, gnósticos, analistas “gospel”, teólogos de plantão e mauuuuuito mais, discutem e se digladiam… A imoralidade, roubo, corrupção, o nome de Deus ou de qualquer outro “ser espiritual” (Buda, Maomé, Madre Tereza, Aparecida, Padre Cícero…), vai sendo usado por charlatões e exploradores da fé, para enriquecerem e viverem uma vida de Xeique Saudita.
    O mesmo estão fazendo os nobres comentaristas que me antecederam (e eu)… bem como os que vão me criticar ou concordar de mim.
    TRADUZINDO: Enquanto “perdemos” tempo, pois não vamos chegar à lugar nenhum! Outros estão rindo e “na boa”.
    FINALIZANDO: Vamos ficar “cada um na sua”… E na medida do possível, fazer a nossa parte, cada um no “seu quadrado”. Pensando no presente e no futuro de nossas famílias. Um abraço a todos(as).
    ET: Aceito o sagrado direito do contraditório. Podem comentar, contestar e criticar… Mas por favor! Sem ofensas e discriminações… Até!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here