Téologos e pregadores que não falam mais contra o pecado!

21

Por que, mentindo, vocês desencorajaram o justo, contra a minha vontade, e encorajaram os ímpios a não se desviarem dos seus maus caminhos para salvarem as suas vidas, Ezequiel 13:22

Tenho analisado pregações nas igrejas, literatura cristã, blogueiros, teólogos e colunistas cristãos internet afora e pasmem, poucos manifestam posição na apresentação integral das Escrituras. Percebo uma crescente proposta de secularização da igreja, uma deteriorização de temor sem precedentes e o pior, uma tentativa de relativizar e até invalidar colocações cabais que a bíblia faz sobre o pecado. Tudo isso porque os modernos, descolados, inteligentes e diplomados “defensores do evangelho” tomam posições opostas a tudo o que conhecemos sobre o cristianismo sal da terra e luz do mundo. Estão de mãos dadas com o terreno, apoiando a movimentos liberais e tornando-se libertinos ao se calarem (e quem cala consente). Como forma de tentarem justificar suas insensatas posições de defesa ao que é abominável põe-se a atacar o que acham serem os bodes dentro do aprisco gospel, principalmente os pastores e políticos que estão na mídia.

Quando eu disser ao ímpio que é certo que ele morrerá, e você não falar para dissuadi-lo de seus caminhos, aquele ímpio morrerá por sua iniqüidade, mas eu considerarei você responsável pela morte dele. Ezequiel 33:8

Essa igreja nacional não está enferma só pelos descabimentos midiáticos de um evangelho da prosperidade ou por aparentes políticas utópicas, recheadas de ideais teocráticos (o que como proposta política para o homem deste século é um absurdo). Está moribunda também pela existência de crentes mornos que não tomam posições diante do evangelho completo, porque sabem que ao fazê-lo perderão elogios rasgados, não serão mais acalentados pelos adeptos da “fé rosa” e nem mais compartilhados pelos milhares de leitores de seus textos pomposos. Percebe-se em suas composições textuais extremas subjetividades, ausência de pauta bíblica, achismos, apelação à polêmicas, generalizações, permutas ideológicas e daí bandeiras nada cristãs.

Diga-lhes: ‘Juro pela minha vida, palavra do Soberano Senhor, que não tenho prazer na morte dos ímpios, antes tenho prazer em que eles se desviem dos seus caminhos e vivam. Voltem! Voltem-se dos seus maus caminhos! Por que iriam morrer?’ Ezequiel 33:11

Dirijo-me aos tais pregadores, pastores, doutores, escritores que ficaram só na água com açúcar do Evangelho: Se vocês acham razões para apontar pecados e descalabros das personificações evangélicas deste país por meio de uns poucos pastores e políticos, que mais parecem showmans que ministros do Evangelho, ao menos também poderiam defender as posições claras das Escrituras ou nos demonstrar quais são as reais posições de vocês – mostrem-nos o zelo pela verdade, por todo conselho de Deus, além de se mostrarem apenas como arquétipos da crítica à personalidades evangélicas. Por favor, manifestem vossa posição sobre o que é pecado, inclusive o homossexualismo. Apresentem a vossos leitores com amor tudo o que a bíblia diz sem meios e rodeios. Isso é posicionamento sobre o que a Palavra de Deus expressa e tem suas consequências; será que vocês topam esse desafio?

Mas, se você de fato advertir o ímpio para que se desvie dos seus caminhos e ele não se desviar, ele morrerá por sua iniqüidade, mas você estará livre da sua responsabilidade. Ezequiel 33:9

É tempo de combatermos dentro do mundo cristão esse evangelho humanista que tenta a todo custo forjar um deus moralmente manifesto na via única do amor; uma divindade reduzida à pura compreensão, complacente com toda a sorte de escolhas, prazeres e entendimentos do ser humano – esse não é o Deus que se revela na Bíblia. Quem tem feito isso no Brasil? Os mesmo que ocupam 95% de suas produções intelectuais para se lançarem contra os poucos que tiveram coragem de se levantar nesse país pra gritar – aqui ainda é uma democracia! São os mesmos que não tendo coragem para admitir abertamente, acolhem de bom grado a teologia inclusiva, mesmo que para isso tenham que “neutralizar” a hamartiologia explícita das escrituras – tentam demolir um pilar doutrinário inteiro, menos é claro, os pontos que lhes convém para continuarem condenando e atacando aqueles que sem qualquer consideração rotularam de radicais, extremistas e fundamentalistas.

Também condenou as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas, tornando-as exemplo do que acontecerá aos ímpios; 2 Pedro 2:6

Não aceitamos essa eisegese que torna espúria a manifestação escriturística da justiça de Deus, frente a qual todo homem terá contas a prestar. Por mais moderado que eu seja, não consigo aceitar como “evangélicas” ou “cristãs” as idéias de alguns formadores de opinião do meio gospel, ao sugerirem e defenderem pontos de vistas que se caracterizam como desobediência frontal a Palavra de Deus. Não dá pra aceitar crente lendo horóscopo, investindo dinheiro em jogos de azar, defendendo a liberação da maconha, sugerindo passeios e interações em meio as festas ímpias do carnaval, propondo troca de casais entre crentes, consumindo bebida alcoólica; e depois de tudo isso, o sujeito ainda vem a público querendo falar de fé cristã? Todo homem e mulher que não se arrependerem, confessarem e abandonarem suas práticas de mentira, vícios, impureza, adultério, fornicação, homossexualismo, lesbianismo, torpezas, glutonaria, hipocrisia, ira, soberba, avareza, maledicência e tantos outros pecados que as escrituras condenam irão para o inferno final – o lago de fogo e enxofre.

Que o ímpio abandone seu caminho, e o homem mau, os seus pensamentos. Volte-se ele para o Senhor, que terá misericórdia dele; volte-se para o nosso Deus, pois ele perdoará de bom grado. Isaías 55:7

Também tem essa pregação inclusiva, que se diz evangélica, quando na verdade é a promulgação dos estatutos futuros do reino do Anticristo nessa terra e é uma negação das posições mais explícitas da bíblia contra as aberrações de conduta produzidas pelo pecado. Esse teologismo-gay à moda brasileira sob influências de esquerda e declínio espiritual europeu tende a crescer e a manifestar quem é a favor ou contra a pregação do verdadeiro e completo Evangelho – é só observar o que falam ou escrevem. A discussão e o entendimento sobre homofobia e qualquer perseguição ou discriminação no Brasil é pertinente e precisa avançar até ao ponto do respeito civil ser mútuo e que as leis não imponham privilégios a ninguém, mas que garantam direitos e proteção iguais a todos os cidadãos brasileiros, independente de opção sexual, filosófica ou religiosa – é para isso que serve a dita laicidade do Estado. Mas, em matéria de bíblia a história é outra, e apelo aos leitores do texto à fixarem-se nesta linha. A bíblia condena o homossexualismo e não há teologia inclusiva, integral, pentecostal, tradicional, semântica ou exegese que prove o contrário disso. A boa notícia é que Deus nos ama do jeito como somos e que nos oferece uma nova vida conforme à vontade Dele!

21 COMENTÁRIOS

  1. eis ai que surge um novo horizonte no g+ nem tudo está perdido, esta verdade é irrefutável, arrependimento de pecados gera perdão e nova vida, mas como creram se não tem quem pregue, pergunto quem deu crédito a nossa pregação, arrependei-vos raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura

          • PAULINHO SOU UNICO EM NUMERO GENERO E GRAU, N~~AO ME UNA PARA FALAR MAL DOS GAYS, AQUI MESMO ME RELACIONA DE UMA FORMA ATÉ CORDIAL COM ALGUNS, MENOS COM O SANTANA E O ESTOUDANDOPARAOVAIARREBENTAR, E PORQUE NÃO? PORQUE SÃO ATIVISTAS ATEUS GAYS, AGORA GENTE COMO O PAULO O FELIPE E DIOGO, NÃO FAZEM ATIVISMO , APENAS DISCUTIMOS PONTOS DE VISTA E SEMPRE COM RESPEITO, VEJA A DIFERENÇA DOS ATIVISTAS E VAI VER QUE SOMOS DE UMJA MANEIRA OU OUTRA PESSOAS BOAS

          • Clamando vc sempre diz que eu sou gay sem eu nunca ter assumido isso pra vc. Em outras palavras vc me julga e me rotula, o que e; totalmente anticristao. Nao que ser chamado de gay seja uma ofensa, mas vindo de um santarrão como vc isso nao e’ surpresa. Mas fico curioso em saber quem sao essas pessoas que frequentam a sua igreja e sentam la’ para ouvir um sujeito como vc falar de Deus? Um individuo que nao professa religiao, mas faz da religiao profissao.

  2. Realmente, é um absurdo, as Igrejas históricas, especialmente a presbiteriana, estão mortas espiritualmente, e se renderam ao casamento gay e ao uso de drogas.

    Falsos profetas, como Caio Fábio, Ed René Kivtz, Ariovaldo Ramos, Augustus Nicodemos, Johnny Bernardo, Danilo Fernandes, Renato Vargens e Raquel Elana, entre outros, promovem um falso evangelho, que nega o Poder de Deus, e exalta o Estado como provedor de tudo. Divulgam heresias em seus artigos, como a defesa do comunismo, do uso de drogas, do divórcio, do sexo antes do casamento, do suicídio e toda sorte de doutrinas satânicas.

    Mas não devemos esmorecer, temos que prosseguir firmes, e denunciando estes servos do mal.

  3. Lamentável como o pecado perdeu seu significado! Hoje, esse hedonismo tem feito com que haja a permissividade, e enquanto isso, a licenciosidade não raro tem imperado no seio das igrejas ditas cristãs. Tenho percebido que o que mais importa em nossos dias é uma igreja cheia em detrimento dos reais valores de quem está sentado para ouvir a mensagem. Já a mensagem pregada ficou fraca e comprometida. Os valores não são mais os da Bíblia mas os de uma sociedade doentia e frívola que convenientemente busca uma forma de adoração mais “confortável” ao seu modo de viver. Vegetamos nesse tempo de facilidades. O conforto sempre em primeiro lugar.
    Enquanto as igrejas buscarem apenas quantidade estarão a perder o verdadeiro evangelho que tanto afirmam buscar. Se estivermos tentando agradar a homens, estaremos, de fato, deixando de ser escravos de Cristo.
    O que as igrejas devem se perguntar é: “A quem devo realmente agradar?”

  4. O silvio costa vc esta dando a mensagem no site errado..

    VC FALAR DE PECADO NESSE SITE,
    E COMO FALAR DE FIDELIDADE EM UM SITE PORNOGRAFICO….

  5. O TEMA FOI:TEOLOGOS E PREGADORES QUE NÃO FALAN MAIS CONTRA O PECADO.
    MAIS QUE TAL USARMOS TAMBÉM O TERMO:OVELHAS QUE JA NÃO QUEREN OUVIR A VERDADE,QUANTO MAIS PRATICÁ-LA.
    é muito fácil dizer:foi a mulher que você mi deu ou dizer:foi a serpente que me enganou,é sempre fácil e costumeiro se jogar o FARDO de culpa e também o JUGO DE CULPA individual nas costas dos outros,MELHOR DIZENDO:PASSAR A CULPA,OU CULPAS QUE CADA INDIVÍDUO TEN individualmente para outro ou outra e se passar ou se colocar como:O INOCENTE.

  6. Parabens Silvio pelo texto ! é exatamente o que penso , por ver ,ouvir e ler as literaturas cristãs !
    Parabens Silvio pelo texto ! é exatamente o que penso , por ver ,ouvir e ler as literaturas cristãs !
    Visito algumas igrejas e presto atenção ! Em todas, quando pregam é de uma forma bem light na questão do pecado! até parece que tem medo de perderem os membros ! , e ;quando leio os blogs e sites ditos cristãos ? meu Deus ! noto que os históricos é que fala menos de pecados e ….Como disse o Vai Arrebentar , postar um artigo deste aqui ! proliferado de endemoninhado , e esquerdistas que é contra tudo e todos em detrimentos as suas opções sexuais e ideológicas , é virar alvo de escarnecedores ! Muito embora Silvio , tudo isso que estamos observando, o Sr JESUS esta no controle ! hoje as pessoas não se Converte ao Sr Jesus ,elas se convence .

  7. Descordo!

    Não é dever do discípulo convencer ninguém do que é pecado, pois Jesus disse: O Espírito Santo convencerá o Homem do pecado.
    Nosso dever é anunciar o Reino de Deus para que as pessoas recebam o reino e assim Deus crie nelas a sensibilidade a voz do Espírito, e, aos poucos, Deus vai lapidando conforme o querer Dele.

    Se as pessoas não tiverem a sensibilidade do Espírito,… nós vamos ser só mais um bobão falando: “Ó, isso é pecado… Aquilo não é… Aquilo é pecado também”

    Mas se as pessoas receberem o Reino, então não precisarão perguntar o que é pecado e não é, pois o próprio Espírito lhes revelará aos corações o limite fronteiriços dos pastos verdejantes.
    Se não for desse jeito, nós vamos despejar o vocabulário inteiro em cima das pessoas, e o pior, cometendo estrupos religiosos com discursos vorazes, e não vão ser convencidas do pecado.
    A Final, quem melhor que o próprio Espírito de Deus para convencer as pessoas do pecado?

    Mas se alguém lhe diz, sendo ele cristão, que é necessário que uma terceira pessoa lhe diga o que é pecado e o que não é, então essa pessoa não sabe o que é evangelho e necessita urgentemente de ter experiências inerentemente com Jesus e o Reino de Deus.

  8. Esta uma vergonha as igrejas evangélicas todo tipo de abominação se comete é as mulheres que se vestem sem pudor, crianças sem educação, homens que vão para fazer negócios senhoras que fofocam e pastores que não pregam todo o conselho de Deus por isso deixei de ir simplesmente por tamanha bagunça que se tornou a igreja e a coisa é geral o espírito do anticristo tomou conta !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here