Artigos

#JeanWyllysNaoMeRepresenta nos Trends.

Comments (29)
  1. Jota Oliveira disse:

    É importante atentar que os cristãos são acusados de ‘homofóbicos’ – título perniciosamente e conscientemente martelado pelos LGBTs, no intuito de alcançar privilégios constitucionais – sendo esse termo extremamente equivocado:

    Homofóbico é todo aquele que tem MEDO, PÂNICO, PAVOR de homossexuais! Nós cristãos NÃO TEMOS MEDO de homossexuais…!

    É preciso acabar com essa doutrina ideológica perversa.

    1. Ester Muniz disse:

      Importante observação, Jota Oliveira!
      Como seguidores de Cristo, também lutamos contra a homofobia, assim como lutamos contra qualquer tipo de crime contra PESSOAS em geral, porque somos todos iguais. E os homossexuais devem ser amados como os hétero.
      O que a galera deve separar é realmente o que é homofobia e o que é NÃO CONCORDAR com as ações e escolhas de alguém. Se eu não apoio, não quer dizer que eu não respeito.

    2. josé carvalho disse:

      E PARA isto é necessário entrar judicialmente na procuradoria pública através de qualquer orgão representativo Cristão, recorrendo como ofensivo preconceituoso e incentivo a intolerancia contra nós, falta um orgão.

    3. regis disse:

      kkkkkkkk de onde vc tirou que ser homofobico é ter medo de homossexual vc ta ficando louca, quanta bobagem vá se informar antes de falar asneiras

  2. Slash disse:

    1º Não é só o movimento LGBT que acusa determinados cristãos de serem homofóbicos. Laicistas, Agnósticos, ateus, mulheres e pessoas de outros credos, tb desaprovam o modo como os gays vem sendo tratados por essa gente. Principalmente pelos evangélicos, os mais radicais Muitos se preocupam com esse comportamento vindo dos evangélicos e não vem isso como algo aceitável para uma sociedade tão plural como a nossa.

    2º Homofobia deixou de ser MEDO. Hoje, é discriminação mesmo e sejamos verdadeiros aqui, uma boa parte dos evangélicos discrimina sim os homossexuais. Chamam de aberrações, de doentes e etc…. Pior, se colocam fervorosamente contra os direitos civis desse segmento e acho que isso acabou por despertar a atenção dos outros grupos da sociedade em relação ao modo como os gays são tratados nesse país. Todos sabem que eu não sou homossexual. Mas nem por isso, faria pressão no governo para que eles não tivessem seus direitos civis garantidos. Quem faz isso, sinto muito dizer, mas é homofóbico sim.

    3º Temos que acabar é com a doutrina ideologia fundamentalista de que todos tem que ser evangélicos ou cristãos ou héteros. Pois isso fere a individualidade das pessoas e nos coloca num cenário perigoso de normatização. A história humana mostra que todas as vezes em que se tenta normatizar de forma impositiva uma sociedade, ocorrem injustiças e crimes abomináveis até. A Alemanha de Hitler não me deixa mentir. Os estados islâmicos são severos em impor uma norma para todos seguirem….

    4º Sobre a PL 122. Vcs sabem que eu não aprovo essa lei por considera-la exagerada. Uma lei que quer combater preconceito, de forma autoritária. Porém, isso não justifica vendar os olhos para a homofobia na nossa sociedade. Precisamos é elaborar alternativas que permitam que a homofobia seja combatida por lei, pois se faz necessário. Quem me conhece, sabe que sempre apresentei uma alternativa para a PL 122. No caso, inserir Orientação Sexual na lei 7,716, que já combate outras práticas odiosas como o RACISMO. E até hoje, nunca fui criticado pelos gays por sugerir isso. Agora se vcs soubessem as ASNEIRAS que os fundamentalistas já me disseram….Verdadeiros ABSURDOS que me fizeram ter um profundo desprezo por essa gente. Isso que a minha sugestão em nada constitui de se criar uma lei especifica. Mas sim de fazer uma devida inclusão em uma lei que já existe. Me desculpem mas todo o cristão que critica isso, é um homofóbico. E sequer considero uma pessoa de bem. Pois está apoiando praticas criminosas em nome de uma normatização que diz respeito somente à eles.

    Depois eu faço outras colocações.

    1. Jota Oliveira disse:

      Há um grande erro, em colocar no ‘mesmo balaio’ cristãos com (em grande maioria) garotos de programa QUE MATAM SEUS CLIENTES gays, como também, gays que MATAM SEUS PARCEIROS! É neste sentido que não se deve aplicar o termo HOMOFÓBICO a cristãos, pois estes NÃO MATAM NINGUÉM.

    2. Patricia disse:

      Mas ninguém fala do preconceito contras os cristãos, os gays estão muito preocupados com si próprios e sentindo pena de si mesmos como se fossem vítimas de toda a sociedade que não enxergam todos os outros preconceitos que eles mesmos praticam. O preconceito contra eles é muito menor do que perseguição dos cristãos, eles não tem ideia de quantos cristãos estão sendo mortos pelo estado islâmico, pelo simples fato de acreditarem em Jesus Cristo. Quantas pessoas negras, favelados, mendigos e outros tantos mais sofrem com o preconceito de todas as formas. E olhando por esse ângulo vamos criar leis especificas para cada grupo da sociedade? A sociedade é a diversidade precisamos de leis que protejam a todos, na sua integridade e direito de viver como mais lhe agrada sendo gay ou evangélico ou qualquer estilo de vida que desejar (desde que dentro da lei).

    3. Pastor FELIPE disse:

      eslash me desculpe mas não vejo fundamento cristão em seus argumentos visto que já existem leis civis para defender tanto hétero quando homossexuais, não precisamos de orientação sexual você como cristão deveria ter vergonha de querer orientar uma criança ou adolescente a ser homossexual amigo devemos respeitar,e amar todos os homossexuais mas desejando profundamente a sua conversão através do Evangelho de Jesus Cristo, Ele condena não só quem pratica a homossexualidade como aqueles que concordam com Eles. Amigo falo como cidadão todo homossexual tem direito de lutar por seus direitos mas sem ferir ou denegrir os direitos de outrem oque na verdade não acontecem sabem que nós cristãos temos o direito de liberdade de expressão e credo religioso mas querem o direito de nos proibir de pregar a verdade de cristo a verdade que se tem alguém preconceituoso são os LGBT que defender com unhas e dentes as ideologias contrarias a democracia brasileira não se fere direitos constitucionais para se fundamentar direitos privilegiados.

      1. Sandro disse:

        Sr. Felipe (és mesmo um pastor? Não me parece!), em que momento o Slash, que disse apenas VERDADES, manifestou qualquer atitude ou palavra no sentido de “querer orientar uma criança ou adolescente a ser homossexual”? Deveria se envergonhar da falsa imputação que fez! Se o sr. fosse mesmo um pastor, seria prudente em suas falas.

    4. Slash disse:

      @Patricia

      Muito menor? Com esse bando de fundamentalistas se achando no direito de chamar gays de doentes, anormais, abominações e outros termos esdrúxulos. Nas palavras(sabias) do Pastor Ed Rene Kivitz. Se hoje existe uma “evangelicofobia”, muito se deve a imagem que os evangélicos tem hoje. Imagem esta, construída por esses fundamentalistas midiáticos. Portanto só tem um jeito de mudar isso. Parem de usar a religião de vcs pra querer normatiza toda uma sociedade PLURAL. Não gostamos disso pq vcs ferem a nossa liberdade.

      @Pastor FELIPE

      Infelizmente a lei 7,716 que foi mencionada por mim, não dá amparo para casos de homofobia. Como disse antes, essa brecha foi e tem sido usada por fundamentalistas normativos e seus aliados conservadoristas, pra destilar todo o tipo de absurdo contra a comunidade LGBT. Sugerir a inclusão de Orientação(ou Conduta) Sexual nesta lei, não se trata de criar-se uma nova lei em pro dos gays. Mas sim de fazer uma política de INCLUSÃO a uma lei que já existe. Gays, passariam a ter o mesmo amparo por lei, que os negros já tem hoje. Ouse falar qualquer coisa discriminatória sobre negros, pra vc vê o que te acontece. A policia bate na sua porta.

      Desculpe a sinceridade, mas chamar pessoas de DOENTES, ANORMAIS, ABOMINAÇÕES e termos similares, NÃO É LIBERDADE DE EXPRESSÃO. É LIBERTINAGEM DE DISCRIMINAÇÃO e passou da hora deste país, colocar um fim nisto. Vidas já foram destruídas, ainda são destruídas e ainda serão destruídas por conta disso. Como SERES HUMANOS, temos a obrigação de combater isto. Com sensatez é claro. Mas temos a obrigação.

      Nota: Sou agnóstico laicista com orgulho. Não sou cristão(e nem quero ser)

      1. dias disse:

        Interessante… Primeiro era opção depois condição e agora orientação afinal de contas o que é afinal? Só pra deixar bem claro, não é o homossexual que é abominável, e sim a prática homossexual de acordo com a Bíblia.

      2. dias disse:

        Desde quanto discordância oprime liberdades não foi o senhor mesmo que falou de sociedade plural? Se existem fundamentalistas eles estão em ambos os lados.

    5. dias disse:

      Então é mais uma prova que o termo homofobia,está sendo usado erroneamente pois fobia é sim senhor, medo e aversão .

  3. Torreal disse:

    cristaos precisam aceitar a diversidade para nao serem vistos como intolerantes.
    sua pregacao sobre os pecados deve atingir apenas quem esteja disposto a isso.
    o que cristaos acabam fazendo sao julgamentos rasos e intolerantes e eh por isso que os mais radicais tem sido vistos como ignorantes.
    aceitem, por favor.
    cristianismo, conceito de pecado, salvacao, repressao sexual, tudo isso eh valido apenas para cristaos.
    preguem para quem queira ouvi-los.
    respeitem quem pensa e vive de forma diferente.

    1. Slash disse:

      Gostaria de parabeniza-lo. Vc é cristão? Se for, precisamos de mais cristãos como vc. A sociedade plural está apavorada diante do fundamentalismo crescente no meio evangélico.

      1. Torreal disse:

        obvio que nao sou cristao.

        1. Elder Lima disse:

          Quanto a isso, não tive a menor dúvida…!

    2. dias disse:

      E a liberdade de expressão como fica? Realmente a contragosto estou começando a concordar com o Malafaia….

    3. dias disse:

      Salvação e pecado não são termos aplicáveis apenas a cristãos, afinal Jesus não morreu na cruz porque achou que era bonito e sim morreu para que todos os que cressem fossem salvos da condenação eterna. Acreditar nisso ou não é um direito de cada um afinal de contas céu ou inferno é uma questão de livre escolha.

  4. Jota Oliveira disse:

    Há um grande erro, em colocar no ‘mesmo balaio’ cristãos com (em grande maioria) garotos de programa QUE MATAM SEUS CLIENTES gays, como também, gays que MATAM SEUS PARCEIROS! É neste sentido que não se deve aplicar o termo HOMOFÓBICO a cristãos, pois estes NÃO MATAM NINGUÉM.

    1. Slash disse:

      Eis uma desonestidade argumentativa. Achar que homofobia é só MATAR. Com isso, ficam livres para destilar todo o tipo de absurdo contra um segmento da sociedade, segregando-o.

      Não posso concordar com uma coisa dessas.

      1. Jota Oliveira disse:

        Vc refuta o FATO de garotos de programa homofóbicos assassinarem gays, e do fato de gays serem assassinados por seus desafetos homoafetivos – as estimativas de óbitos sempre são destas 2 classes, e somadas a elas skinheads, neo-nazistas… EM NENHUM MOMENTO há cristãos matando nem gays nem ninguém!!!

        Por certo que existem várias formas de violência, e a física não é a única que causa mal. PORÉM isso NÃO permite incluir cristãos junto a assassinos. Fica aqui meu PROTESTO. Pois eu sou cristão e não teço julgamentos a ninguém, pois Jesus nos chamou para levar o Evangelho e não para julgar.

        Que a Paz de Cristo habite em nossos corações, e que Deus abençoe o Brasil.

        1. Slash disse:

          Primeiro, eu não estou refutando.

          Segundo, apenas disse que resumir homofobia a violência física é uma desonestidade que visa garantir a LIBERTINAGEM para destilar todo o tipo de preconceitos e asneiras contra eles.

  5. simone disse:

    essa pagina de noticia gospel nao tem nada de cristã só tem fofoca, sobre politica , vida de famosos e só sabem falar sobre o movimento LGBT induzindo as pessoas a ficarem discutindo e se ofendendo sem falar que algumas noticias envergonham o povo evangelicos .

  6. Sandro disse:

    “Os cristãos pregam o amor e sabem tratar bem os homossexuais.”

    Os cristãos, sim, não os fariseus fundamentalistas e vendilhões do Evangelho!

  7. Sandro disse:

    Por suas atitudes preconceituosas e discriminatórias, além de obtusa visão medieval do mundo, muitos pentecostais estão se tornando, a cada dia, motivo de perplexidade entre a população. Com isso, perde a pregação do Evangelho, pois o povo, ao ver a ignorância e intolerância manifesta por tantos fanáticos, vai perdendo a vontade até mesmo de entrar em uma igreja e assistir a um culto.

    1. Ester Muniz disse:

      “Obtusa visão medieval do mundo”? Desculpa, o mundo pode mudar, mas Deus não muda, e os ensinamentos Dele são sempre os mesmos. Portanto, nós também lutaremos contra tudo o que a Bíblia diz que é pecado. E porque “perde a pregação do Evangelho”? Por acaso deixamos de pregar? Porque Jesus pregava sobre o amor, sobre o Céu, mas também mostrava o Inferno para quem não se arrepende dos seu pecados, e não incentivava as pessoas a continuarem no erro. Ele perdoou o pecado da mulher adúltera que se arrependeu, e impediu que ela fosse apedrejada. Mas por acaso ele disse a ela “Vai, e continue pecando”? Não, ele disse “Vai, e não peques mais” (João 8.11).

    2. dias disse:

      Você fala de preconceito mas como a maioria se equivoca ao usar o termo medieval como sinônimo de atraso o que não corresponde a verdade, pois se configura em anacronismo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.