Beijo gay em cultos: “Nota da OAB’ pode desencadear onda de crimes contra sentimento religioso cristão no Brasil” – Parte 2

45

Por @RubensTeixeira

I – A OAB, os cristãos e os discriminados no Brasil

A maior fonte de injustiça social no Brasil e no mundo é a miséria. Ela é mãe da maioria das injustiças. É comum encontrar cristãos pregando em lugares tomados pela miséria, ou pelo sofrimento, como bolsões de pobreza, presídios, hospitais (especialmente os públicos), nas ruas, em locais perigosos; sempre levando uma mensagem de conforto, de fé e, muitas vezes, alimentando e vestindo pessoas que vivem no sofrimento extremo. Tais seres humanos desalentados são os “consumidores defeituosos do mercado”. Estes cristãos anônimos não aparecem na mídia, ou em casos de repercussão para se aproveitarem da situação e fazerem propaganda de si mesmos e de suas igrejas, como fazem alguns aproveitadores das crises sociais.

A contrário sensu, a OAB, que tem comissão de direitos humanos e outras, não tem representação em ambientes onde direitos fundamentais são violados, como bolsões de pobreza, comunidades carentes, locais de elevada violência, hospitais públicos; mas quer avocar para si a defesa dos direitos humanos e insinua, através de suas palavras maldosas e ferinas, que cristãos incentivam o ódio a homossexuais. Aliás, bem que a OAB poderia compartilhar, na defesa de carentes, os milhões de recursos arrecadados na cara inscrição do exame que aplica aos bacharéis em Direito. Deveria fazer enquanto pode, pois esse “infanticídio” de profissionais praticados por essa prova envolta em obscurantismos está na UTI.

A OAB, que impede o ingresso de novos profissionais no mercado e não põe em pratos limpos as mazelas que questionei na carta de 50 páginas citada na primeira parte deste artigo, disponível no link, quer ensinar aos cristãos como resgatar pessoas da miséria e proteger sinceramente os direitos humanos? Eu, por exemplo, vim da pobreza extrema. Quando vivi na pobreza e tendo tantos direitos violados, nunca vi, nem no horizonte, a presença de representantes da OAB, todavia os representantes das igrejas por onde passei foram os que ajudaram a minha família. A OAB na defesa de direitos humanos de pobres em nosso país é igual a caviar: eles só ouvem falar, como no dito popular.

II – O que diz a Bíblia e como se comportam os cristãos

A mensagem do Evangelho de Jesus Cristo é simples e baseada totalmente na seguinte afirmação: “E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” Mateus 22:37-40.

Não há rol exaustivo que consiga elencar todas as formas de pecado. Pecado é tudo o que contraria a lei de Deus. A Bíblia é clara ao dizer: “Na verdade que não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque”. Eclesiastes 7:20; “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;” Romanos 3:23; e “onde o pecado abundou, superabundou a graça”; Romanos 5:20. Isso vale para qualquer pessoa. A Bíblia diz que Deus ama a todos e, pela sua graça, através de Jesus Cristo, perdoa todo o arrependido que deixa o erro.

A mensagem do Evangelho não nos dá autorização para julgarmos. Em Mateus 7:1-2, Jesus Cristo diz: “Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós”. Por outro lado, nos ensina que devemos julgar a nós mesmos. Em I Coríntios 11:31, diz: “Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados”. Esta mensagem mostra claramente que os que querem andar de acordo com as Sagradas Escrituras devem conhecê-la e julgar-se a si mesmo.

Para que as pessoas seguidoras do Evangelho conheçam a Bíblia, há as pregações e todos são encorajados a lerem as Escrituras. As pessoas que optarem por seguir o Evangelho, depois de conhecerem os mandamentos bíblicos, identificarão em quais pontos precisam se alinhar à mensagem que escolheram. Os que não quiserem fazê-lo, não deveriam invadir o direito alheio querendo ensinar como os cristãos deveriam pensar. O que a Bíblia orienta em nada conflita com o ordenamento jurídico pátrio. Da mesma forma que ninguém é obrigado a ser cristão, os que não querem ser, devem respeitar o pensamento daqueles que fizeram esta opção.

Nenhuma igreja cristã odeia homossexuais ou membros de outras religiões, pois isso contraria o próprio Evangelho de Cristo. Por conta disso, torna-se sem sentido protestar contra o pensamento cristão neste aspecto. O que os cristãos querem é respeito ao seu direito de opção religiosa e a seus cultos. Ninguém tem o direito de violar cultos religiosos, nem mesmo com chancela da OAB, ou de outras pessoas que queiram incentivar esse tipo de prática desrespeitosa e criminosa (art 208, CP). As instituições devem cuidar para que melhorem seu desempenho e respeito ao cidadão.

A OAB, ao invés de fomentar o pensamento anticristão no Brasil defendendo essa e outras práticas, como a nota emitida criticando os agentes que efetuaram a prisão das moças que se beijaram durante um culto, deveria atentar para a violência que pratica contra essas e outras milhares de pessoas que curtiram esta página: www.facebook.com/AsVítimasDaOAB.

* Rubens Teixeira é doutor em Economia (UFF), mestre em Engenharia Nuclear (IME), pós-graduado em auditoria e perícia contábil (UNESA), engenheiro civil (IME), Formado em Direito (UFRJ), aprovado para a OAB/RJ, bacharel em Ciências Militares (AMAN),  professor, escritor, membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil, dos Juristas de Cristo e da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra.

COMPARTILHAR
• Evangélico • Doutor em Economia pela UFF • Mestre em Engenharia Nuclear pelo IME • Pós-graduado em Auditoria e Perícia Contábil pela UNESA • Engenheiro de Fortificação e Construção (civil) pelo IME • Bacharel em Direito pela UFRJ (aprovado na prova da OAB-RJ) • Bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN)

45 COMENTÁRIOS

  1. Se esses infelizes não respeitam a si próprio, como se pode esperar que respeitem os outros? E o que impressiona, é que passam pra mídia(que compra o peixe podre que eles vendem) uma imagem de “coitadinhos e oprimidos”, mas ofendem, agridem(muitas vezes até fisicamente), fazem calúnias e não respeitam a opinião de ninguém. Pessoas assim jamais conseguiram o respeito de alguém!!!

    • REALMENTE NOSSO PAÍS É CARENTE DE POLITICOS SÉRIOS, E TODAS AS INSTITUIÇÕES QUE AI ESTÃO, SÃO CORPORATIVISTAS, CRM OAB POLITICOS, PMS CIVIL, FEDERAL, EM TODAS AS AREAS, FICAMOS NA MÃO DE PESSOAS QUE FAZEM O TRABALHO DO ESTADO. E ESTES SÃO REPUDIADOS, POIS TRAS AFRONTA, PARA AQUELES QUE NÃO FAZEM, E DEVERIAM FAZER, PARA NOSSOS POLITICOS, QUE NA VERDADE SÃO ATEUS MAÇONS OU ILUMINATTIS, O TRABALHO DA IGREJA INCOMODA . POIS ATRASA A ENTRADA DO ANTI-CRISTO…APROVEITEMOS ENQUANTO É DIA E DA PARA TRABALHAR

  2. olha minha sincera opniao sobre tdo isso,deus ama tdos igualmente tdos somos filhos dele apesar de qlquer coisa um beijo a uma forma de expressar vontades,desejos,e carinhos entre dois homens,entre duas mulheres,entre homem e mulher,gente morrendo a cada hora por motivos bem mais perversos gente de bem senhor e senhoras trabalhadoras sao assassinados ao sairem de casa do trabalho,drogas e tdo de ruim q possa trazer,e por um beijo demostração de carinho e amor ao próximo gays,lesbiscas,travestis,transexuais sao desdenhados por outro ser humano tao pecador como o mesmo ah por favor ne! ”deus nao comete erros em suas criações” amem o proximo e isso ja bastara pra nao haver tanta miseria,mortes,terror,e maldades ja existente no mundo em ponta a ponta! evangelicos por amor de deus respeitem a diversidade ninguem paga conta de niguem entao parem com essa hipocresias de vcs logos vc em qnto gays se qer falam em nome do diabo vcs falam a tdo instante! triste ver essas desdenhas q os evangelicos teem sobre os publico gay. falando aqui uma HETEROSEXUAL!

    • Prezada Gabryella

      Parece que você não analisou o caso concreto, elas se beijaram durante um ato religioso.

      Imagine em seu casamento, dois homens se beijando, bem na frente de todos, retirando a atenção dos demais, inclusive num plano mais alto, a fim de que todos possam ver.

      Mesmo que fosse um homem e uma mulher, eu seria contra da mesma forma.

      • Concordo, basta colocar a coisa de forma pessoal que tudo muda de figura….Faltou respeito por parte dessas duas por todos que ali acompanhavam o culto e a OAB parece se lixar para as pessoas ali presentes e seus direitos.

    • Gabryela,vc pra mim nãon sabe o que está falando,devemos sim respeitar todos igualmente mais vc tem que entender o que diz na palavra de Deus,e Deus não criou o homem pra ficar com homem e mulher pera ficar com mulher,do mesmo jeito quemuitos cobram gente evangélicos de respeitar o homossexuais,sendo que gente já respeita,achotodos deveriam respeitar e dar mais ouvidos a palavra de Deus,pra mim vc é uma hiprócrita falando desse jeito,leia mais a bíblia e siga o que Deus fala e não o que vc acha…Que Deus te abençoe e mude seu modo de pensar …

  3. https://www.youtube.com/watch?v=YQewUi4dz5s acredito que vocês jamais passaram por algum tipo de preconceito na vida, ou não saibam de fato o que isso quer dizer, sendo assim, passo um link de um vídeo, que coloca literalmente o mundo de cabeça, onde vocês seriam os perseguidos…. é isso que passamos todos os dias, e nem Jesus, pregou que o amor somente era correto entre pessoas do sexo oposto, quem pensa assim é por como foi educado, e lamentavelmente, não sabe diferenciar uma vírgula de um ponto! são manipuláveis, e o discurso de ódio que é usado para converte-los não é mais do que uma ferramenta barata sem conceitos, vão estudar, a humanidade pede por isso! e parem de querer controlar a liberdade e a vida de quem quer amar!

  4. Corja de gente falso moralista, hipócrita, sexualmente castrada e reprimida. Esses fanáticos religiosos imbecilizados por suas próprias crenças, não respeitam a nada nem a ninguém, passam por cima de tudo e de todos em nome da farsa religiosa medieval na qual acreditam, querendo impô-la como uma verdade absoluta e inquestionável à toda a sociedade. Querem impor a sua crença autoritariamente a todos, gostem eles ou não, inclusive querendo moldar as leis do estado ao sabor do seu credo intolerante, hipócrita e falso moralista; ferindo frontalmente o princípio constitucional da laicidade do estado. Pagar impostos como todos pagam honestamente, eles não querem, e assim, se enfiam com unhas e dentes no legislativo para assegurar essa mamata e os seus privilégios descabidos, que já não são poucos; para não serem incomodados em suas toscas “biroscas pega besta de Cristo”, onde buscam se blindar do fisco, essas imorais e lucrativas empresas que sustentam a malandragem dos seus sacerdotes, que usam covardemente de um útil discurso reacionário, ultraconservador e baseado na truculência do “terror divinizado”, com a exploração do medo da morte, do conceito ilógico e infantilizado do pecado e da glamourização dos tais castigos divinos, maquiavelicamente manipulados e capazes de causar inveja a qualquer bom filme de terror trash, para impingir à gente crédula, fanática e ignorante, através de desumana lavagem cerebral, as suas vontades gananciosamente pérfidas, e assim arrancar-lhes facilmente tudo o que puderem, inclusive a dignidade e a autoestima.

    • Voa fora daqui lixo rancoroso, PRECONCEITUOSO CONTRA RELIGIOSOS, vai la no Vermelho ORG, Opera Mundi, Carta Capital, nos sites LGBTs, nos sites destes doentes que la é teu lugar.

    • E e ti digo mais se tu bater as botas do jeito que esta tu ira sim pros quintos dos inferno, mas vai mesmo por que você e um filho do diabo, e todo filho do diabo ao morrer vai para onde esta o pai satanás, E ISSO QUE VOCE QUERIA OUVIR POIS ENTAO ousa VOCE VAI PARA O INFERNO SIM

      • Quem te garante que você, não seja um filho do Diabo, tenho visto teus comentários cheios de ódio.
        A letra te matou, seus olhos estão cheios de escamas “chamada religião” de Cristo você e muitos aqui não tem NADA, muito menos amor ao próximo. Fariseu.

      • andré falou tudo

        Voce é o verdadeiro filho do diabo
        Do jeito que voces, fanáticos religiosos, julgam os outros
        Voces acreditam que são Deus, que tem o direito de dizer quem vai pro céu ou pro inferno

        Todos seremos julgados, por Deus
        Ninguem precisa de intermediários mediocres como voce

        • Concordo que não devemos julgar, e quanto ao manual que seguimos é a bíblia, o que diz nela sobre o comportamento humano? Sobre os padrões que DEUS espera da humanidade?

  5. Para refletir
    Uma equipe de cientistas está propondo um novo modelo biológico para explicar a existência da homossexualidade usando a epigenética -ou seja, alterações na maneira como os genes são lidos, e não no próprio DNA.
    A proposta é que a homossexualidade seria consequência da transmissão, para os filhos, de marcadores responsáveis pela ativação de genes que direcionam o desenvolvimento sexual.
    O estudo teórico foi publicado neste mês na revista científica “The Quarterly Review of Biology”. William Rice, da Universidade da Califórnia, é o autor principal.

    EPIGENÉTICA
    Os marcadores epigenéticos são moléculas que se ligam ao DNA, ajudando a ativar ou silenciar genes.
    Na maioria das vezes, essas marcas não passam de uma geração para outra, sendo apagadas e restabelecidas de outra maneira nos óvulos e espermatozoides.
    As marcas que aumentam a sensibilidade ao hormônio masculino testosterona na gestação garantem a masculinização de bebês meninos, enquanto as que diminuem a sensibilidade à testosterona “feminizam” as meninas (mulheres têm testosterona, pois ela também é produzida nas glândulas adrenais).
    Quando essas marcas não são apagadas em meninas, porém, elas dariam origem a filhas com tendências homossexuais. E, quando as marcas que diminuem a sensibilidade à testosterona passam para os filhos, dariam a eles mais tendências à homossexualidade.
    A simulação do modelo mostrou que isso pode se manter na população.

    Para Eduardo Gorab, geneticista do Instituto de Biociências da USP, “a novidade é que a proposta não se baseia em genética, como já foi feito, mas em fatores epigenéticos”. “Como hipótese, não deixa de ser interessante.”

    A proposta tenta explicar a prevalência da homossexualidade em 8% da população humana, predominantemente em famílias, bem como o fato de estudos genéticos não mostrarem uma explicação consistente para isso.

    No caso de gêmeos idênticos, nem sempre ambos são gays, embora eles compartilhem 100% de seus genes. Isso sugere um fator hereditário além da genética.

    O modelo prevê, por exemplo, que estudos epigenéticos vão mostrar diferenças significativas entre heterossexuais e homossexuais.

    Segundo Jaroslava Valentová, antropóloga do Centro de Estudos Teóricos da Universidade Karlova, na República Tcheca, e especialista em evolução da homossexualidade, o estudo apresenta uma “real alternativa para o desenvolvimento e a evolução” dessa orientação.

    PONTOS FRACOS

    Para Gorab, a proposta incorre em uma “generalização demasiado ampla sobre epigenética sem pistas concretas”.

    Valentová aponta que “os autores não definiram precisamente a homossexualidade”, misturando todos os não heterossexuais exclusivos, incluindo bissexuais.

    Ela ressalta que “os autores não mencionaram a diferença fundamental na orientação sexual masculina e feminina”. A masculina tem mais fatores genéticos descritos e muda menos ao longo da vida do que a feminina.

    Valentová ainda diz que os autores consideram a orientação homossexual como necessariamente atrelada a traços atípicos de cada sexo.

    “Mas um terço dos homens homossexuais tem comportamento considerado masculino, e uma proporção ainda maior das lésbicas seria classificada como feminina.”

    A busca por explicações biológicas para a homossexualidade, faz sentido porque formas de relacionamento entre membros do mesmo sexo são encontradas em quase todas as culturas estudadas, e estão presentes ainda em vários outros animais.

    Caso estes estudos sejam concluídos, muitos acusadores aqui prestaram contas a Cristo da vida de milhares de homoafetivos.

    • E se caso não for muitos militantes gays darão conta da vida de milhares de cristãos. Jesus ensinou o casamento e a família entre um homem e uma mulher cidadão. Fato.

  6. Para refletir
    Uma equipe de cientistas está propondo um novo modelo biológico para explicar a existência da homossexualidade usando a epigenética -ou seja, alterações na maneira como os genes são lidos, e não no próprio DNA.

    A proposta é que a homossexualidade seria consequência da transmissão, para os filhos, de marcadores responsáveis pela ativação de genes que direcionam o desenvolvimento sexual.

    O estudo teórico foi publicado neste mês na revista científica “The Quarterly Review of Biology”. William Rice, da Universidade da Califórnia, é o autor principal.

    EPIGENÉTICA

    Os marcadores epigenéticos são moléculas que se ligam ao DNA, ajudando a ativar ou silenciar genes.

    Na maioria das vezes, essas marcas não passam de uma geração para outra, sendo apagadas e restabelecidas de outra maneira nos óvulos e espermatozoides.
    As marcas que aumentam a sensibilidade ao hormônio masculino testosterona na gestação garantem a masculinização de bebês meninos, enquanto as que diminuem a sensibilidade à testosterona “feminizam” as meninas (mulheres têm testosterona, pois ela também é produzida nas glândulas adrenais).

    Quando essas marcas não são apagadas em meninas, porém, elas dariam origem a filhas com tendências homossexuais. E, quando as marcas que diminuem a sensibilidade à testosterona passam para os filhos, dariam a eles mais tendências à homossexualidade.

    A simulação do modelo mostrou que isso pode se manter na população.

    Para Eduardo Gorab, geneticista do Instituto de Biociências da USP, “a novidade é que a proposta não se baseia em genética, como já foi feito, mas em fatores epigenéticos”. “Como hipótese, não deixa de ser interessante.”

    A proposta tenta explicar a prevalência da homossexualidade em 8% da população humana, predominantemente em famílias, bem como o fato de estudos genéticos não mostrarem uma explicação consistente para isso.

    No caso de gêmeos idênticos, nem sempre ambos são gays, embora eles compartilhem 100% de seus genes. Isso sugere um fator hereditário além da genética.

    O modelo prevê, por exemplo, que estudos epigenéticos vão mostrar diferenças significativas entre heterossexuais e homossexuais.

    Segundo Jaroslava Valentová, antropóloga do Centro de Estudos Teóricos da Universidade Karlova, na República Tcheca, e especialista em evolução da homossexualidade, o estudo apresenta uma “real alternativa para o desenvolvimento e a evolução” dessa orientação.

    PONTOS FRACOS

    Para Gorab, a proposta incorre em uma “generalização demasiado ampla sobre epigenética sem pistas concretas”.

    Valentová aponta que “os autores não definiram precisamente a homossexualidade”, misturando todos os não heterossexuais exclusivos, incluindo bissexuais.

    Ela ressalta que “os autores não mencionaram a diferença fundamental na orientação sexual masculina e feminina”. A masculina tem mais fatores genéticos descritos e muda menos ao longo da vida do que a feminina.

    Valentová ainda diz que os autores consideram a orientação homossexual como necessariamente atrelada a traços atípicos de cada sexo.

    “Mas um terço dos homens homossexuais tem comportamento considerado masculino, e uma proporção ainda maior das lésbicas seria classificada como feminina.”

    A busca por explicações biológicas para a homossexualidade, faz sentido porque formas de relacionamento entre membros do mesmo sexo são encontradas em quase todas as culturas estudadas, e estão presentes ainda em vários outros animais.

    Caso estes estudos sejam concluídos, muitos acusadores aqui prestaram contas a Cristo da vida de milhares de homoafetivos.

    • Estudos teóricos sem comprovação alguma. E que também se refere a influência do meio no comportamento dos genes. As portas das igrejas estão abertas; Quem disse que eliminar o preconceito seja alguém aceitar união entre pessoas de mesmo sexo? É preconceito alguém não concordar? Jesus ensina o casamento e a família entre um homem e uma mulher.

      • Porque voce acha que temos de provar alguma coisa pra voce ??
        Voce fica explicando porque se tornou um fanático religioso fundamentalista ??

        Cada um faz o que quer da vida, se voce não acredita que as pessoas nascem gays, o problema é todo seu.

        Mas lembre-se que voce tbm não tem nenhuma prova do contrário

  7. QUE DEUS CONTINUE TE USANDO MEU GD AMIGO E IRMÃO PASTOR RUBENS,DEUS É CONTIGO VARÃO VALOROSO,MEDITE EM ISAÍAS,41:10 AO 13,FICA NA PAZ E ME ACESSE NO FACE SE FOR POSSÍVEL ME U PR.

  8. REALMENTE NOSSO PAÍS É CARENTE DE POLITICOS SÉRIOS, E TODAS AS INSTITUIÇÕES QUE AI ESTÃO, SÃO CORPORATIVISTAS, CRM OAB POLITICOS, PMS CIVIL, FEDERAL, EM TODAS AS AREAS, FICAMOS NA MÃO DE PESSOAS QUE FAZEM O TRABALHO DO ESTADO. E ESTES SÃO REPUDIADOS, POIS TRAS AFRONTA, PARA AQUELES QUE NÃO FAZEM, E DEVERIAM FAZER, PARA NOSSOS POLITICOS, QUE NA VERDADE SÃO ATEUS MAÇONS OU ILUMINATTIS, O TRABALHO DA IGREJA INCOMODA . POIS ATRASA A ENTRADA DO ANTI-CRISTO…APROVEITEMOS ENQUANTO É DIA E DA PARA TRABALHAR

  9. muito interessante, mas os mesmos fanáticos que acham que o beijo foi falta de respeito, são os que invadem a igreja católica pra quebrar imagens.
    Que tipo de respeito essa gente merece ???

    O próprio Feliciano grita aos quatro ventos que “católicos adoram Satanás e têm corpo entregue à prostituição”
    e agora fica ai se fazendo de vitima
    Ah, depois quando chamo voces de hipócritas ainda recebo críticas
    mas voces não tem moral nenhuma pra falar dos outros

    Pastor Marco Feliciano OFENDE e HOSTILIZA católicos
    http://www.youtube.com/watch?v=pBTl-lx1qOk

    Fiel de Igreja Evangélica invade Igreja Católica e destroi imagem.

    • Ao acaso, eu fiz isso que vc expôs? O problema é a generalização, isso sim se assemelha ao “pré-conceito”….ou seja,
      “preconceito . [De pre- + conceito.] S. m. 1. Conceito ou opinião formados antecipadamente, sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos; idéia preconcebida. 2. Julgamento ou opinião formada sem se levar em conta o fato que os conteste; prejuízo. 3. P. ext. Superstição, crendice; prejuízo. 4. P. ext. Suspeita, intolerância, ódio irracional ou aversão a outras raças, credos, religiões”…

      Quando vc diz “vcs” generaliza…

        • Então não use a mesma estratégia já que discorda dela. Não generalize. Para que possamos criticar a generalização, temos que nos isentar dela. O que acha?

          • jporque voces não fazem o mesmo ???

            eu estou apenas comentando aqui, agora voces e seus pastores falam esses absurdos em priogramas de tv, para milhares de pessoas
            são voces que lutam pra derrubar qualquer projeto a favor dos gays

            porque não começamos por voces ?????
            não seria um bom começo ???

            eu não estou falando que voces são filhos do demonio, – como voces fazem com os gays – apenas falando que vcs são fanáticos

          • Entendo, não devemos discriminar. Mas pensar diferente e expor suas idéias faz parte da democracia, afinal todos os grupos sociais não fazem isso? Não sei o pq de nos rotular de fanáticos. Isso tudo pq vc discorda do ideial de vida cristão?

      • a noticia do beijo das meninas tbm já esta bem antiga, mesmo assim voces ainda ficam aqui criticando-as

        e não é uma competição pra ver qual a noticia é mais fresquinha
        apenas estou ilustrando que evangélicos não tem moral nenhuma pra pedir respeito

  10. Recentemente Feliciano mandou prender ilegalmente lésbicas que se beijavam em protesto contra ele num “culto” numa praça pública. Agora na Parada do Rio, evangélicos ostentavam cartazes dizendo que homossexuais iriam para o inferno. O que mostra que quem na realidade busca impor uma ditadura são estes fanáticos religiosos que tem que ser detidos. De qualquer forma, a Parada carioca foi um sucesso. Saiba sobre como foi o evento e este incidente em http://www.andrepomba.com.br/?p=1925

    • Assunto requentado, mas atrapalharam o culto intencionalmente e foram penalizadas como está na lei. Se a lei vale pra vc vale pro crente também. Ele é cidadão também.

  11. voces não sabem o que é respeito, repito isso

    se voce acha que expor a sua opinião é classificar todos os gays como filhos do demonio, voce tem muito o que aprender

    Voces são fanáticos , todo mundo pode ter sua religião, acho saudavel acreditar em alguma coisa, mas não do jeito que vcs fazem, voce querem OBRIGAR a todos a seguirem a sua religião;

    Invadir templo de outras religiões e destruir tudo é só um exemplo do que a fé evangélica provoca nas pessoas
    Sua religião ensina o òdio e a descriminação
    isso é respeito pra voce ???
    reveja seus conceitos então . . .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here