A Loucura da Cruz

1

O desencanto do Cristianismo é porque não está baseado em sabedoria humana e por esta razão, o homem natural, aquele que não crê na obra Redentora do Cristo, não pode aceitar porque lhe parece loucura.

No entanto, não temos outro Evangelho a anunciar que não seja a cruz de Cristo e qualquer desvio que façamos deste Evangelho perdemos o poder ou virtude que só Ele nos pode dar, Rm 1:16.

Leiamos o que Paulo escreveu aos Coríntios, a saber:

“Também eu, quando fui ter convosco, irmãos, não fui com o prestígio da eloquência, nem da sabedoria anunciar-vos o testemunho de Deus.

Julguei não dever saber coisa alguma entre vós, senão Jesus Cristo, e Jesus Cristo crucificado.

Eu me apresentei em vosso meio num estado de fraqueza, de desassossego e de temor.

A minha palavra e a minha pregação longe estavam da eloquência persuasiva da sabedoria; eram antes uma demonstração do Espírito e do poder divino, para que a vossa fé não se baseasse na sabedoria dos homens mas no poder de Deus, I Co 2:1-5“.

A prova disto é que a teologia da libertação, a teologia da prosperidade, entre outras foram efémeras por não estarem focalizadas na cruz de Cristo. Hoje, procura-se também, reconciliar as diversas religiões como se fosse possível democratizar a fé sem o Cristo crucificado. Nos Estados Unidos, por exemplo, a cruz foi retirada das escolas a fim de não provocar confrontação com outras religiões. O nascimento de Jesus, o Natal, converteu-se em papai e mamãe noel. O discurso do Papa Francisco foi muito aplaudido na Europa por denunciar os diversos conflitos entre nações e grupos fundamentalistas, no entanto, segundo o meu entendimento, pouco ousado na fé, pela ausência do poder que emana do Cristo.

Que este Novo Ano de 2016 confirme as igrejas no Evangelho da cruz que é loucura para o homem natural mas para os cristãos é o poder de Deus.

Casal com uma missão
Amílcar e Isabel Rodrigues

COMPARTILHAR
Amilcar Rodrigues foi ordenado pastor em 1978 na "Apostolic Faith Mission" na República da África do Sul, onde fez estudos teológicos. Como missionário em Portugal, fundou três igrejas e foi Presidente Nacional da Comissão de Programas da Aliança Evangélica Portuguesa, para a televisão, RTP2. Foi formado produtor de televisão "Broadcast" pela "Geoffrey Connway Broadcast Academy" Toronto, Canadá, é filiado do "Crossroads Christian Comunication". Em 1998 veio para o Brasil convidado pelo Ministério Fé Para Todos, Rio de Janeiro. No ano 2000 fundou em Cabo Frio uma congregação do mesmo Ministério e foi nomeado Vice-Presidente do Conselho de Pastores até ao ano de 2004. Em 2006 ficou cego. Escreveu o livro "Deus da Aliança" , Evangelho dos Sinais aos Hebreus" e "Contos do Apocalipse". Foi convidado pelo Gospel+ para participar como colunista em Maio de 2012.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here