Portas de pérola

3

“E as doze portas eram doze pérolas”

(Apocalipse 21:21)

Uma das mais difíceis lições que aprendermos é confiar em Deus em períodos de incerteza. Isso se chama “esperança”, ou seja, a habilidade de enxergar um futuro melhor. É também a capacidade de criar expectativas, mantê-las vivas e viver por elas. E não há nada melhor do que momentos de incertezas para nos oferecer valiosas oportunidades de crescimento.

Veja o que nos ensina o livro de Apocalipse: “E as doze portas eram doze pérolas; cada uma das portas era uma pérola; e a praça da cidade de ouro puro, como vidro transparente” (Apocalipse 21:21). A Bíblia está falando sobre onde iremos viver eternamente com Cristo. Trata-se de um local em que as portas são pérolas. Aqui há um grande mistério, pois pérolas são formadas por irritação e conflito. Um grão de areia entra na concha da ostra, e uma pérola é formada em volta dele, para impedi-lo de causar dano.

Ao adorarmos, em meio a conflitos e incertezas, passamos a criar, igualmente, algo de real valor. É quando o sacrifício é recompensado por uma porta, uma entrada por onde o Rei da Glória pode acessar nossas vidas. Por isso, se queremos realmente ver Deus agindo, precisamos construir uma porta para o Pai, edificada através do louvor entoado em meio à angústia. Então, pare de murmurar e comece a adorar.

A incerteza deforma a imagem que temos de Deus. Há situações que atrapalham nossa motivação em continuar perseverando. Mas é exatamente nesses momentos de tribulação que somos capazes de construir – por meio de orações, louvores e súplicas – portas de pérola para o Senhor, de modo que possa entrar em nossas vidas e transformar nossa realidade.

Se Jesus for tua esperança, o Senhor trará a solução. Tendo fé, você e sua casa serão salvos, protegidos, livres e justificados para viver integralmente o chamado e a grandeza de Deus. Por isso, creia e permaneça fiel nos caminhos do Pai.

COMPARTILHAR
Nascido em um lar evangélico em São Paulo, Rinaldo Seixas Pereira, o Apóstolo Rina é o fundador da Bola de Neve Church. Após uma experiência sobrenatural do amor de Deus e de constatar a existência real do inferno, quando sobreviveu a um acidente de carro, passou a dedicar sua vida a pregar a salvação.

3 COMENTÁRIOS

  1. MUITO BOM TEXTO.
    PARABÉNS AO G+ QUE DEIXOU DE FORA ESTE ANO ESCRITORES QUE SÓ BUSCAM FALAR MAL DAS IGREJAS E PRS.
    FOI O QUE DISSE EU A TIAGO, SE QUISER TEM COMO PRODUZIR BOAS COISAS SEM APELAR.

  2. gostaria aqui de registrar, que vendo a qualidade das reportagens, que agora são postadas aqui nas colunas, os gays e ateus fugiram desta parte do site, pois agora não produzem sensacionalismo, somente a palavra e a verdade, logo eles fogem daqui, mas também me causa estranheza é daqueles que se dizem cristãos não postarem junto a matérias tão pertinentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here