O Incontornável Apóstolo Paulo

27

Natural de Tarso de nome próprio Saulo, At 9:11, foi discípulo de Gamaliel At 22:3, da tribo de Benjamim, Fp 3:5, fariseu e circundado ao oitavo dia, da linhagem de Israel,hebreu de hebreus e segundo a justiça que há na lei, irrepreensível, Fp 3:6, perseguidor de cristãos e conivente na morte de Estêvão, At 8:1, 9:1 e 22:4, teve um encontro com o Senhor Jesus Cristo no caminho de Damasco quando
tencionava em seu zelo perseguir a Obra missionária naquela região.

É singular a conversão de Saulo de Tarso porque segundo ele revelou, avistou uma grande luz e a voz do Senhor o interpelou, dizendo-lhe: Saulo Saulo porque me persegues?

Predestinado, segundo ele, desde o ventre de sua mãe para o apostolado entre os gentios, não consultou a carne nem o sangue, não se submeteu a um presbitério, partiu como um nômada, um emissário e admite-se que foi atraído à Península Arábica onde Deus lhe falou ao coração, Gl 1:17. Um sobredotado, segundo o meu entendimento, de um carisma que o catapultou até ao extremo do mundo conhecido de então, a Península Ibérica.

Dir-se-ia que o cristianismo como hoje o conhecemos, isto é sem as cartas apostólicas de Paulo seria completamente desfigurado.

A conversão de Saulo ganha grande proeminência pelo Evangelho que recebeu diretamente do Senhor Jesus por intuição ou revelação, como ele o declara, Gl 1:12.

O Evangelho da graça ou da incircuncisão é confrontado na sua essência com os sinópticos e com o Evangelho de João.

É admirável a alegoria referida à cerca da sua compreensão sobre a Lei e a graça. A clivagem entre o Evangelho da circuncisão anunciado por Pedro, Tiago e João, os colunas da igreja de Jerusalém, e o da incircuncisão que foi confiado a Paulo é por ele ilustrado, como segue:

“Mas que diz a Escritura lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre. De maneira que, irmãos somos filhos, não da escrava, mas da livre, Gl 4:30 e 31“.

O incontornável apóstolo Paulo é também capaz de grande manifestação de diplomacia ao cumprir o voto de nazireu quando pretende visitar, pela última vez, os colunas da igreja, Nm 6:1-21; At 18:18 e 21, 23-26, que desafortunadamente não foi bem sucedido, bem como em Antioquia, numa tentativa de redimir-se do Cisma referido em Gl 2.

Prevaleceu até aos dias de hoje o Evangelho paulino, ou seja o cristianismo de Paulo.

Casal com uma missão,
Amílcar e Isabel Rodrigues

COMPARTILHAR
Amilcar Rodrigues foi ordenado pastor em 1978 na "Apostolic Faith Mission" na República da África do Sul, onde fez estudos teológicos. Como missionário em Portugal, fundou três igrejas e foi Presidente Nacional da Comissão de Programas da Aliança Evangélica Portuguesa, para a televisão, RTP2. Foi formado produtor de televisão "Broadcast" pela "Geoffrey Connway Broadcast Academy" Toronto, Canadá, é filiado do "Crossroads Christian Comunication". Em 1998 veio para o Brasil convidado pelo Ministério Fé Para Todos, Rio de Janeiro. No ano 2000 fundou em Cabo Frio uma congregação do mesmo Ministério e foi nomeado Vice-Presidente do Conselho de Pastores até ao ano de 2004. Em 2006 ficou cego. Escreveu o livro "Deus da Aliança" , Evangelho dos Sinais aos Hebreus" e "Contos do Apocalipse". Foi convidado pelo Gospel+ para participar como colunista em Maio de 2012.

27 COMENTÁRIOS

  1. Nossa! Pulamos do relativismo da palavra para idolatria ao homem.
    Será que Paulo o apostolo aceitaria suas observações fruto de filosofia humanista

    1 Coríntios 2:6
    Porém, para os que são espiritualmente maduros, anunciamos uma mensagem de sabedoria. Mas não é de uma sabedoria deste mundo nem a dos poderes que o governam e que estão perdendo o seu poder.

    1 Coríntios 1:10-19
    10 Rogam-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.
    11 Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós.
    12 Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo.
    13 Está Cristo dividido? Foi Paulo crucificado por vós? Ou fostes vós batizados em nome de Paulo?
    14 Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei, senão a Crispo e a Gaio,
    15 Para que ninguém diga que fostes batizados em meu nome.
    16 E batizei também a família de Estéfanas; além destes, não sei se batizei algum outro.
    17 Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã.
    18 Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.
    19 Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.

    1 Corintios
    26 Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
    .27 Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;
    28 E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são;
    29 Para que nenhuma carne se glorie perante ele.

    Muito bem!!

    Alias você não disse que ia sair deste site?
    Afinal confusão,heresias e doutrinas de demônios já infestam demais este ambiente,seria muito bom que você colaborasse não semeando mais sandices intelectuais que nada edificam, mas muito pelo contrario, causam mais estrago ao que jã esta bem danificado.

    Afinal qual e sua missão? (ISTO e UMA PERGUNTA RETORICA E SARCÁSTICA)

    Agora você pode falar sobre julgar, sobre com eu sou somente um leitor e você o escritor e todas as coisas de sempre.

      • Sei! Sempre no pedestal da sabedoria humana.Orgulho e presunção.

        Você não continua escrever por achar que pessoas como eu estão em um tipo de trevas do entendimento das coisas do Senhor,você continua a escrever pois a sua presunção e maior que seu conhecimento sobre como o Senhor age.

        Em sua mentalidade encabrestada somente os “intelectuais religiosos” podem trazer algo de Deus o resto não passa de inferiores leitores.

        Mas graças a Deus que perante ele os menores são os maiores no Reino dos Céus.
        Humildade no Senhor não e ser pobre ou se fazer de coitado, e estar aberto ao que o menor perante os homens tem a dizer.

      • Não me refiro ao celibato – voto de brahmacharya -, caro Amilcar Rodrigues, mas à forma como ele se referia e tratava as mulheres. Suas frases provam sua misoginia. Observe:

        “Seria bom que homem algum tocasse no corpo de uma mulher “,

        “Por causa da prostitução [veja que motivo ele apresenta: a prostituição], cada um tenha sua mulher”;

        “As mulheres permaneçam caladas na igreja e interroguem em casa seus maridos”;

        “A mulher estema em tudo sujeita ao homem” [Hoje, não há essa sujeição, pois homens e mulheres são iguais em direitos e deveres];

        “É indecente a uma mulher o falar na Igreja”.

        • Caro Leitor,
          Sandro,

          Quando referi o celibato foi devido à sua observação “misógino”. Num sentido escatológico não haverá mais vida sexual pois seremos como os
          anjos.

          No que respeita ao relacionamento com mulheres, Paulo manifestou a sua
          formação cultural hebreia.

          Amílcar

          • Fomação cultural Hebreia o Celibato??? não existe nem a palavra solteiro na bíblia judaica. Isto foi um costume que veio da cultura grega, os Essênios eram influenciados por esta filosofia Grega.
            Para judiaca eram algo mal visto um homem adulto solteiro, ainda mais um idoso

  2. Caro Leitor,
    Paulo Agnóstico,

    Admito não me ter feito entender no que respeita a celibato e à cultura hebreia com mulheres, por esta razão esclareço:

    1- Quando referi o celibato é porque Paulo admitia que seria melhor os homens não casarem e
    isto por talvez admitir a vinda breve de Cristo.

    2- Quanto ao relacionamento com mulheres estou absolutamente de acordo consigo no que res
    peita a casamentos. A advertência de Paulo quanto ao comportamento das mulheres é porque se supõe serem tagarelas, em Corinto. Por outro lado, Paulo não referiu as mulheres no que respeita às aparições do Cristo e aí existe já uma possibilidade de não as considerar testemun-
    nhas válidas por razões da sua formação farisaica.

    Saudações cristãs,
    Amilcar

  3. AMILCAR vcs sempre tentam colocar o tal contexto de época na questão das mulheres, mas quando falam dos gays este contexto não existe.
    Paulo falou para os gregos bissexuais(pederastia que era cultural lá), não falou de gays. Jesus falou dos eunucos de nascimento e não foi ameaçador com estes eunucos, que segundo o Talmude judaico eram os gays atuais em grande maioria;
    Paulo quando falou das mulheres gregas(que eram mais falantes que as judias, tinham sacerdotisas e até filosofas) Paulo falaria o mesmo com as mulheres de hoje, até as evangélicas.
    Ou deus muda seus conceitos??
    Como também no que tange ao divorcio, vcs casam adúlteros desde Henrique VIII
    Quanto ao celibato, Paulo colocava o celibato acima do crescei e multiplicai
    Quando o Judaísmo nunca aceitou o celibato.

    • Paulo fazia apologia ao Celibato, ferindo a lei de deus do crescei e multiplicai

      […] O solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor; Mas o que é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à mulher.” – 1 Coríntios 7:32-33

      “Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.” – 1 Coríntios 7:8

      Quanto às pessoas virgens, não tenho mandamento do Senhor, mas dou meu parecer como alguém que, pela misericórdia de Deus, é digno de confiança.
      Por causa dos problemas atuais, penso que é melhor o homem permanecer como está.
      Você está casado? Não procure separar-se. Está solteiro? Não procure esposa.

      1 Coríntios 7:25-27

      De modo que aquele que dá sua filha em casamento faz bem, mas o que não a dá em casamento faz melhor.

      1 Coríntios 7:38

      • No hebraico bíblico não havia palavra correspondente a “solteiro”. A não exis­tência da palavra, prova, ipso facto, que não havia necessidade dela. A simples idéia de não se casar era inaceitável para o judeu de antanho. Mais tarde, o Talmud aventou a opinião penalizada de que “um homem solteiro vive sem nada de bom, sem ajuda, sem alegria, sem bênção e sem expiação”. No decorrer do período talmúdico, quando as for­mas tradicionais de vida judaica estavam sob o impacto desorientador dos hábitos greco-romanos, devem ter existido alguns elementos inclinados a permanecer solteiros, os quais, na opinião dos rabinos, deviam ser estimu­ados ao matrimônio

        • Caro Leitor,
          Paulo,

          O seu comentário certamente que contribuirá para que cada leitor possa ajuizar o assunto em questão.

          Não discordo da sua opinião e reitero a minha convicção de que Paulo es-
          tava convicto da brevidade da vinda do Cristo. Digo isto porque Paulo dig-
          nificou o casamento em Efésios, 5:33.

          Amílcar

          • Mais outra falha deste livro primitivo, tanto Paulo quanto Cristo achavam que o mundo tava no fim, passou 2000 anos e nada.
            mas as frases são estimulo para permanecer solteiro, pois o mundo mesmo antes de Paulo estava em crise, como também ao longo destes dois mil anos.

          • Kd a tal inspiração divina, que levou ele falar esta frase, fazendo assim legiões de solteiros durante séculos??

            Acredito que ele se baseou tb na “inspiração divina” de Cristo que falou que o fim estava ainda naquela geração

          • Em tempo… Paulo e vcs não acreditam numa vida além para convertidos?? Então não faz sentido esta explicação, qual a diferença de ser solteiro ou casado com filhos do outro lado(no céu)??

  4. Caro Amilcar Rodrigues, o senhor escreveu que “No que respeita ao relacionamento com mulheres, Paulo manifestou a sua formação cultural hebreia.” Entretanto, por tudo o que lemos no Evangelho, chegamos rápida e claramente à conclusão de que Jesus rompeu com a cultura hebreia de submissão da mulher. Paulo, que afirmou ser um apóstolo de Jesus, deveria ter ciência disso, não acha?

  5. O senhor também afirmou que “Quando referi o celibato é porque Paulo admitia que seria melhor os homens não casarem e isto por talvez admitir a vinda breve de Cristo.”, e, de fato, Paulo cria mesmo e chegou a afirmar que Cristo voltaria em seus dias, o que prova que seus escritos referem apenas suas próprias opiniões e visões de mundo, não tendo origem divina ou inspiração transcendental, e isso no que diz respeito, inclusive, às suas visões sobre a mulher e a homossexualidade. Paulo foi apenas um homem de seu tempo, com as mesmas virtudes e defeitos, jamais um iluminado.

  6. Paulo passou seu ministério todo afirmando seu chamado, mas fico com apenas dois ou tres versículos da bíblia, 16 Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;
    21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.
    8 Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos,

      • paulo
        já pensou vc. sendo gay poderia ter seguido o exemplo de Paulo e não se contaminado com mulher..ops quis dizer com homens.
        Cara isto é uma coisa muito pessoal, e por isto Paulo deixou claro, melhor é ficar solteiro, mas se não aguenta que case pára não pecar, qual crime ve vc. nisto, cada pessoa é de um jeito eu se não fosse minha esposa sei lá cara onde me entrego e esqueço deste mundo e seus problemas é em seus braços, não que fuja deles, pois não tenho temor de nada, mas faço do amor a minha esposa, fortaleza para enfrentar as lutas, e sei que ela faz o mesmo, nós nos completamos como uma corda de três dobras

        • Melhor é comparativo, ficar solteiro é melhor. Então casar não é tão bom como ficar solteiro. Apologia ao celibato, contradizendo o crescei e multiplicar. nem Cristo fez esta comparação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here