Artigos

Nem heresia e nem pecados morais. “O problema da Igreja Brasileira é a falta de fervor espiritual”, disse Hernandes Dias Lopes.

Comments (13)
  1. PHEDRO disse:

    Pode o morto falar de vida para outro morto? Presbiteriano falando de frieza nas igrejas brasileiras?
    Faça-me um favor,eu nunca ví até hoje um presbiteriano,metodista ou batista evangelizando na rua.
    São pessoas que estão totalmente preocupadas com suas vidinhas,preocupados com suas carreiras profissionais,estudos etc,a maioria dos tradicionais só fazem bafafá na internet ou atrás de um pc,mas na pratica ou na ação são parasitas que se escondem.
    Quer falar em frieza,fala na Europa ,quer falar em apostas ia fala das igrejas americanas.
    A situação das igrejas no Brasil não é das melhores mas também não é das piores.
    Será que o Espírito Santo age na igreja presbiteriana?

    1. a verdade tem que ser dita, e o rev hernandes sempre tem dito, não fale dele assim.

    2. souza disse:

      Eles presbiterianos não prega em outra denominação , quais foram as igrejas que ele visitou (quase mil ) ? fui presbiteriano e conheço o sistema , inclusive questionei um presbítero ; porque eu era novo na fé e queria saber porque nós nâo sairiamos pra evangelizar de casa em casa , praças ele foi curto e grosso , pra que evangelizar ? nós já temos muita gente na igreja !
      Eu como novato na fé , no primeiro amor tive que me conter e acabei me tornando diácono , ainda assim inconformado por não sairmos pra ganharmos almas pra Jesus , fiquei alguns anos por lá , então Deus me levou pra outro lugar. Então falo com conhecimento ,meus irmãos presbiterianos são insimesmados e elitizados . Hoje eu sou pentecostal e vejo as manifestações do Espírito Santo e vejo a manifestação do poder de Deus , faço uma análise
      e vejo que este pastor esta falando da denominação dele e de outros históricos .
      Sou pentecostal porem moderado não gosto dos excessos e sou crítico dos excessos, e sei que no meio existe ! quanto a frieza espiritual ? ele deveria olhar pra frieza denominacional !

      1. PHEDRO disse:

        Souza

        Esse é o problema dos tradicionais,gente sem ação!

        1. Rafael disse:

          Eu sou batista, sou batista nacional. Nós fazemos evangelismo, vamos às ruas, fazemos impactos nos bairros.
          Essa informação de que os batistas não fazem nada está equivocada.

      2. Henrique disse:

        Hernandes pregou na Assembléia de Deus de um amigo meu. E aí?

    3. Henrique disse:

      Antes de falar (escrever) tais coisas, procure conhecer UM POUCO das igrejas históricas. Conhece o Hernandes? Já ouviu uma pregação dele? Conhece os frutos dele e de outros “tradicionais”? Questionar se o Espírito Santo age ou não age na Presbiteriana não é função sua (nem de ninguém). Pelos frutos se conhece a árvore.

      1. PHEDRO disse:

        Henrique

        Realmente pelos frutos se conhece a arvore,uma arvore boa não pode produzir fruto ruim,e vice versa,mas e uma arvore seca produz o que?

        1. Henrique disse:

          Meu irmão, você está falando de uma pessoa e de um ministério que nem conhece. Apenas está repetindo o que alguns (não todos) irmãos pentecostais ou neo-pentecostais falam sem refletir: “não tem unção”, “não tem poder”, “é frio”, etc… Te digo que sou fruto dessa “árvore seca”, que vc diz ser ele. Seus livros e mensagens muito me edificaram e encorajaram. Deus tem usado esse homem para abençoar a Igreja brasileira. Ele prega a verdade, não prega heresia. Ele volta os olhos da Igreja ao verdadeiro evangelho e a alerta a respeito do pseudo-evangelho pregado por aí. Deus usa pessoas diferentes, denominaçoes diferentes e age como quer: no barulho, no silêncio, na tempestade, na brisa suave. Não julgue, irmão. Ele e outros presbiterianos já pregaram em congressos interdenominacionais e em igrejas pentecostais. Deus usou João Batista, Pedro, mas também usou Paulo. Lembre-se que as aparências enganam muito. O que adianta também ser “do fogo” no domingo mas ser um sem vergonha cara-de-pau durante a semana. Dizer “a paz do Senhor, varão” e depois fazer fofoca, mentir, furar fila, andar pelo acostamento, passar os outros pra trás? De hipocrisia já estamos fartos! A lata mais barulhenta é a lata vazia.
          Para refletir: “Tais coisas, com efeito, têm aparência de sabedoria, como culto de si mesmo, e de falsa humildade, e de rigor ascético; todavia, não têm valor algum contra a sensualidade” (Colossenses 2.23).

    4. LV, Bragança disse:

      Não avalie o “todo” por “ uns”! Existem presbiterianos e batistas altamente preocupados com evangelismo e missões. Conheço batistas que saem às ruas, fazem cultos em feiras, praças, evangelizam indivíduos, lares, crianças; tem trabalhos em Universidades e em lugares simples. Conheço igrejas batistas que fazem viagens missionárias, com equipes preparadas para trabalhar com evangelismo, aconselhamento, ajuda em construção e reforma de templos. E todos contribuem… São igrejas sérias, com forte ensino bíblico e desafio prático, com resultados visíveis de mudanças nas pessoas envolvidas. Existem problemas? Claro, assim como entre os pentecostais; conheço os dois lados. Nem toda igreja “tradicional” é “fria” e nem toda igreja pentecostal é “avivada” de fato!

    5. Thiago disse:

      Amigo, se você conhecesse o Rev. Hernandes Dias Lopes, nunca mais escreveria tais bobagens! O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói. Provérbios 13:3

  2. clamando disse:

    a igreja estão deixando de ser pentecostais, para serem neo pentecostais, ou seja nem frio nem quente, são mornos e por isto DEUS tem vontade de vomita-los de sua boca, está escrito

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.