Meditação – Ser perfeito

4

Graça e Paz,

Perfeito serás como o Senhor teu Deus. Dt. 18:13a)

Hoje venho compartilhar convosco sobre o ser perfeito como Deus, como está escrito: “perfeito serás como o Senhor teu Deus”.

A palavra perfeito parece ter surgido na Grécia. A cultura helénica dava um grande valor à perfeição. Como a história só pode ser considerada pela escrita, os grêgos foram na antiguidade os grandes amantes da filosofia que é o amor ao saber como os meus amigos bem sabem. Também é notável como esculpiram a imagem do homem pois muito valorizavam a plástica do corpo perfeito e isto com as medidas e os contornos exemplificados na Venus de Milo. Também na sociedade de hoje é muito valorizado o corpo e para conseguir os indícies de perfeição recorre-se à cirurgia plástica, musculação e a outras artes estéticas como a maquiagem.

A noção do ser perfeito pode também ser avaliada no esforço que cada um de nós faz para que tudo fique “certinho”. São os perfeccionistas.

A nossa meditação refere-se a que sejamos capazes de ser perfeitos como Deus é perfeito. A perfeição de Deus nunca foi referida com a Sua imagem. Até mesmo Jesus, Homem, Filho de Deus nunca foi referido nas Escrituras como um ser esbelto salvo quando se transfigurou e resplandeceu, no Monte da Trasnfiguração, acompanhado de Moisés e Elias e isto na presença dos seus discípulos, Pedro, João e Tiago.

A perfeição é uma escola onde se aprende o que depois temos de praticar, está pois ao nosso alcance sermos perfeito como Deus é perfeito. Os Evangelhos narram o encontro de Jesus com um jovem que aparentemente era perfeito, guardava a lei, mas faltava-lhe uma coisa que era dar os seus bens aos pobres e depois seguir a Jesus. Infelizmente que este moço valorizava os bens mais que o ser perfeito como Deus é perfeito.

Nos nossos dias muitos cristãos procuram um viver ascético e isto com o objectivo de poderem resplandecer a presença de Cristo nas suas vidas. É certo que a comunhão com Deus, o Ser perfeito nos ilumina mas se não formos perfeitos com o próximo jamais poderemos alcançar a perfeição.

No Sermão da Montanha Jesus instruiu em tudo os seus discípulos a fim de que pudessem atingir a perfeição, dizendo-lhes: “Sede perfeitos como é perfeito vosso Pai que está nos céus”. Mt. 5:48.

Continuei nas minhas meditações e interroguei-me a mim mesmo, dizendo, será que eu sou um cristão perfeito? Logo me apercebi que tudo dependia da forma como eu tratava o meu próximo. Será que eu amo os que me perseguem, os que me excluem e os que dizem mal de mim?

Outrossim, será que eu tenho medo e que me preocupo com todas as coisas que me podem vir a acontecer?

Entendo que, “o perfeito amor lança fora todo o mêdo”. I joão 4:18, e que nada nos pode separar do perfeito amor de Deus. Rm. 8:38 e 39.

Também estamos instruídos a respeitar Satanás que já foi um amor perfeito do Perfeito amor de Deus, Ez. 28: 14 e 15 e S. Judas verso 9.

Finalmente Meus Amigos, a todos os homens tenho procurado amar e respeitar. Vejo que para ser um amor perfeito, tudo depende não dos meus conhecimentos bíblicos, nem das pregações, nem dos milagres e nem das expulsões de demónios mas do verdadeiro amor ao próximo. Lembro as palavras de Agostinho um devasso que se converteu em amor perfeito, dizia êle que amar a Deus dependia de amar o próximo.

O perfeito amor nos converterá em amores perfeitos.
Casal com uma missão,
Amilcar e Isabel Rodrigues

Veja o Especial Projetos Sociais! Faça sua missão, ame sua missão.

Amilcar Rodrigues foi ordenado pastor em 1978 na "Apostolic Faith Mission" na República da África do Sul, onde fez estudos teológicos. Como missionário em Portugal, fundou três igrejas e foi Presidente Nacional da Comissão de Programas da Aliança Evangélica Portuguesa, para a televisão, RTP2. Foi formado produtor de televisão "Broadcast" pela "Geoffrey Connway Broadcast Academy" Toronto, Canadá, é filiado do "Crossroads Christian Comunication". Em 1998 veio para o Brasil convidado pelo Ministério Fé Para Todos, Rio de Janeiro. No ano 2000 fundou em Cabo Frio uma congregação do mesmo Ministério e foi nomeado Vice-Presidente do Conselho de Pastores até ao ano de 2004. Em 2006 ficou cego. Escreveu o livro "Deus da Aliança" , Evangelho dos Sinais aos Hebreus" e "Contos do Apocalipse". Foi convidado pelo Gospel+ para participar como colunista em Maio de 2012.

4 COMENTÁRIOS

  1. O homem é totalmente imperfeito, mesmo para os padrões humanos de conduta, de raciocínio, de intelecto. Achar-se perfeito é muita arrogância e prepotência, ainda mais se essa comparação for feita com um deus a quem, se atribui onipotência, onisciência, etc.- O artigo é mera divagação.

  2. Pergunte-se, não se é um cristão perfeito(isso é imponderável), mas sé é um cidadão razoável, meta alcansável e determinada. Se você tivesse nascido noutro lar, que não cristão, você se perguntaria se é um islâmico perfeito? um budista perfeito? um ateu perfeito? Não precisa amar o próximo, é suficiente respeitá-lo, conviver pacificamente. Isso não requer religião, só boa vontade. Creio que é o mais próximo que podemos chegar da perfeição -Paz

  3. A verdadeira religião não se baseia em sentimentos, mas na vontade. Esta tem que ser realizada por Jesus Cristo em nós. Não há outro Deus alem Deste, a Ele lhe foi dado todo poder no céu e terra. Este Jesus provou com a sua ressurreição, que Ele é o verdadeiro Deus e a vida eterna.Ser religioso por conta própria, ou melhor por seu próprio esforço não o leva á dita PERFEIÇÃO. Este Deus verdadeiro disse: Sem mim nada podeis FAZER. Se Cristo não habitar em si, focê andará em trevas bem escuras. Quem tem o Filho tem a vida quem não tem o Filho não tem vida.Perfeição neste caso não quer dizer perfeito na integra como Deus, pois a palavra nos ensina, que perfeitos não somos mas para lá caminhamos. O corpo do pecado ainda está em nós. Mas dou graças a Deus que na ressurreição, este corpo será finalmente transformado num abrir e fechar de olhos. Aí sim veremos este Deus maravilhoso FACE a FACE.Então sim atingiremos a perfeição que o nosso Pai tanto desejou, e finalmente Ele enxugará todas as nossas lágrimas. Sede pois perfeitos como o vosso Pai celestial. Tão simples com isto, não complique o Evangelho, seja simples como Deus é simples, deixe pois Deus fazer morada em si, para que possa cumprir com os seus MANDAMENTOS, não crie para si próprio leis que só o podem conduzir ao inferno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here