Quem é intolerante?

2

Muitos pregam que os cristãos são intolerantes. Quem é visto como tolerante é aquele que aceita o discurso do movimento LGBT. Qualquer discurso diferente ou contrário não é tolerado. Que tolerância é essa pregada? O que temos não é um discurso de tolerância mas uma ditadura de um pensamento só que comanda a mídia e os discursos “politicamente corretos”.

Se sou contrário ao movimento LGBT então sou homofóbico. Se eles zombam de minha fé são modernos e progressistas. Se querem respeito, que também respeitem. Não querem ser odiados, mas podem odiar? Não querem ser agredidos mas podem agredir? Querem ser tolerados mas não toleram quem é contrário? A incoerência da esquerda marxista neste país é algo assustador.

Contudo, o cristianismo ensina que eu devo amar aqueles que me odeiam e zombam de mim. Não espero coerência e nem atitude cristã de quem não é cristão. Mas dos cristãos, espero que sejam como Cristo. Que Deus nos ajude.

COMPARTILHAR
Um pecador salvo pela graça de Deus. Casado com Marina e pai do Davi. Graduado em Economia pela UFJF, pós-graduado em Estatística pela UFJF. Graduando em Teologia pelo Seminário JMC e Mestre em Teologia pelo Seminário Servo de Cristo.

2 COMENTÁRIOS

  1. espero mesmo que cristaos nao sejam preconceituosos.
    mas existem muitas provas do contrario.
    seria bom que os cristaos comecassem a ir contra o preconceito dentro de suas proprias igrejas.

  2. A Bíblia é um livro de história e política precioso.
    Nos ensina a diferença entre caráter, moral e ética. E é importante ressaltar:
    – Caráter é o que é bom para cada indivíduo.
    – Moral é o que é bom para cada sociedade.
    – Ética é o que é o equilíbrio das duas, e é bom para todos.
    A moral muda de país para país, de cidade para cidade, de casa para casa. São as regras para o funcionamento das vidas das aglomerações de pessoas no mundo. Duas pessoas que entram em acordo tem uma moral, se falamos de apenas uma, é caráter.
    Por isso o conceito de bom ou mal caráter é abstrato, é mais eficaz se pensamos no caráter como adequado, ou não, à moral de cada lugar.
    O que a Bíblia nos ensina, é a buscarmos Ética, acima de caráter ou moral. A buscarmos regras de convívio que beneficiem todos, buscando a nossa felicidade.
    Nela estão contidas as palavras de Deus, mas não é, em sua totalidade, escrita por ele, mas por homens, ao longo de muitas gerações. Deus nos deu 11 mandamentos de ética: dez através de Moisés, e um último através de Jesus: Amai-vos uns aos outros, como eu os amei – São esses, os ensinamentos que a Bíblia sugere que os cristãos sigam. Se alguém tem dúvida de como Jesus nos amou, precisa reler sua história, e sua relação com quem precisou dele. Jesus nunca foi maioria, mas tocou o coração de todos e fez diferença no mundo ao suportar a dor da crucificação em frente a milhares de pessoas.
    Entendido o conceito do que é moral, ensinado por Jesus, podemos dizer que ele lutou contra a moral daquela época, firmemente, pregando um mundo que olhasse além dela: um mundo ético, ou seja, equilibrado. É muito fácil compreender a Bíblia quando somos cristãos conscientes da sua simplicidade, e ao mesmo tempo, de sua genialidade. Fiquemos atentos às mudanças naturais nas regras da nossa sociedade, e busquemos o que é bom para todos. Vamos enxergar as coisas com olhos de amor, e descobrir que qualquer pessoa pregada numa cruz, seja ela de qualquer gênero, cisgênero ou não, está nos lembrando o que Cristo nos disse, quando o crucificamos lá atrás “Pai, perdoai, eles não sabem o que fazem”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here