É só o começo, só o começo

9

Frases como #ogiganteacordou e #vemprarua parecem que se tornaram obrigatórias na rede social. Numa época onde a seleção de futebol disputa um torneio FIFA em solo brasileiro, não se fala em outra coisa: o povo quer mudanças sociais pra valer.

Infelizmente preciso começar este post convencendo alguns irmãos que estão tímidos, para não dizer inertes, a tudo o que está havendo. Falta teologia bíblica para o povo, por isso mais uma vez ficamos, como igreja, na rabeira da história, quando deveríamos estar na vanguarda. Honestamente, estes movimentos não são apenas permitidos por Deus, como deveríam nascer dentro das igrejas. Estudamos em nossa igreja por 5 meses neste ano sobre os profetas menores. Fomos batizados em palavras proféticas ditas há 3 mil anos atrás e que agora levamos estas palavras proféticas para as ruas.

Faço uso das palavras do Villy Fomin para acalmar os que se preocupam de estarem quebrando algum princípio bíblico ao protestar contra a injustiça social:

Toda autoridade é imposta por Deus? Sim, e em uma democracia a autoridade é o povo, os governantes são eleitos para servir a essa autoridade e quando os mesmos fogem de suas obrigações, abusando do poder, negligenciando o pobre, oprimindo o oprimido, sendo indiferente às necessidades das pessoas, torna-se necessário lembra-los quem os colocou lá e para que estão lá. Sem violência e sem vandalismo, nada mais nobre e forte que uma postura integra para reivindicar justiça. O protesto por justiça e honestidade é uma semente de esperança, vamos semear.”

Minha ovelha Alan de Macedo Simões, advogado, nos lembrou de que todo poder emana do povo, diz a nossa constituição. O artigo quinto da carta magna garante toda e qualquer manifestação pacífica em locais públicos sem quaisquer permissões dos poderes públicos.

Isto posto, vamos ao que interessa. Deus está se movendo! Sim, ele nunca foi um Deus estático, Desde Gn. 1.2 vemos um Deus que se move, Ele antes usou profetas: “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho” Hebreus 1:1, e hoje usa o Filho, Cristo, do qual o corpo é a Igreja que somos nós. Deus usa mãos e pés disponíveis para se mover entre nós e estabelecer o seu Reino, com o objetivo: “E nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo, isto é, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.” Efésios 1:9-10. Plenitude dos tempo foi a cruz, e Deus está estabelecendo seu Reino entre nós e em nós.

Quando decidimos sair de nossa igrejas e ir para rua, precisamos ter a convicção bíblica (acima exposta) pois vamos caminhar com muitas pessoas diferentes de nós. Tive esta experiência na segunda-feira quando gritei palavras de ordem (e progresso) no centro de Curitiba ao lado de pessoas muito diferentes de mim mas que lutam por um propósito comum e que (pelo que já escrevi) faz parte de um projeto divino. Você pode chamar estas pessoas de “pedras que clamam”, ótimo, mas lembre-se que no dia em que isto acontecesse, nós povo de Deus deveríamos nos envergonhar e nos juntar a eles. Eu fui pra rua com muita alegria e sabendo que estava fazendo parte de algo muito maior do que um projeto social, mas um projeto espiritual, de um Deus que não se cala com injustiça e que saciará aqueles que tiverem fome e sede dela “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos.” Mateus 5:6

Aprendemos a ler este texto pensando na auto-justiça ou numa justiça egocêntrica ou do nosso nicho evangélico, mas este texto fala de todas as justiças, inclusive (ou especialmente) a social. Sim, Deus se importa. Não adoramos a um Deus que se importa apenas com o pós-morte, mas com a vida qualificada (não quantificada) como ETERNA. Uma vida que precisa ser pregada, proclamada, protegida e defendida antes da morte também. Vida abundante é uma bandeira, se tiver alguma dúvida disto procure na sua Bíblia a parábola do Bom Samaritano e venha pra rua.

Este post é para a Igreja, tenho um compromisso com minha consciência de fazer outros posts para conversar com um número mais amplo de leitores, mas acredito que este post era necessário. Venha para rua sem medo, Jesus está lá, junto com os profetas menores e com o mesmo Espírito de Deus que se moveu sobre as águas no princípio, levantou os profetas até Cristo e proclamou que: A verdadeira religião é trabalho a favor do nosso próximo.“A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.” Tiago 1:27

Vem pra rua Igreja, Jesus convida você.

Ps:. Não vou gastar tempo falando de violência e baderna. Obviamente sou contra, ao contrário do que os noticiários divulgam, o número dos baderneiros é insignificante perto do que Deus está fazendo em nossa nação.

9 COMENTÁRIOS

  1. “…Vida abundante é uma bandeira, se tiver alguma dúvida disto procure na sua Bíblia a parábola do Bom Samaritano e venha pra rua…”
    .
    O que a parábola do bom samaritano tem a ver com ir à rua? Sinceramente, estou estupefado de ver muitas pessoas usarem a bíblia de maneira tão leviana. Quer ir pra rua, que vá, mas não queira ficar “carimbando’ tudo com Jesus para se justificar!!
    .
    Deus controla esse mundo, Deus é o Senhor, ELE é REI te toda a terra.
    .
    Quem quiser ir pra rua que vá – não fiquem procurando jsutificativa na bíblia, isso já ENCHEU “as paciência”!!

  2. Estamos falando de um Deus Santo, Maravilhoso, Senhor da vida e da SUA PALAVRA!!1 Mais temor, por favor, muito mais temor à Bíblia. Revoluções e comoções sociais já tivemos aos montes na história, não tem nada de eespecial nessa. Vamos parar com essa MANIA evangélica de querer “jesuisar” TUDO o que acontece!!
    .
    Quer ir pra rua? Que vá!!

  3. Boa tarde, quero até me retratar pelo exagermo do rigor em minhas palavras. Sei que o escritor do texto nao possui nenhuma intenção de ser leviano perante a Palavra. Mas por favor povo evangélico, por favor, vamos parar com essa cultura de usar a bíblia pra qualquer coisa…isso é como um instrumento desafinado. Incomoda os ouvidos!!
    .
    Quem quiser, sentir necessidade, tiver isso no coração, vá às ruas, mas não vamos tentar justificar isso pela bíblia, por favor!!

      • Nesse caso específico em que estamos vivendo não tenho parecer, honestamente. O ponto em que me indigno é querer jsutificar isso na bíblia, quase como uma “missão cristã”. Não sei o ponto certo e equilibrado de nossa participação nessas coisas. Por isso fica meio que livre, quem quiser ir vá, mas não busque justificativas na bíblia, só isso!

  4. Nick, concordo com vc. rsrsrsrsr! Essa geração facebook tem essa mania, de Jesuisar tudo aquilo q lhe convém. Vc está certíssimo: quer ir pra rua, vai meu filho, mas deixe as coisas espirituais, sagradas de fora disso. Dai a César o q é de Cesar e a Deus o q é de Deus. Se fosse uma causa DEFINIDA E ORGANIZADA, até eu estaria ali, mas, com certeza, sem desculpa esfarrapada achada na bíblia…

  5. Olá querida, Prazer em te conhecer, Como vai você e sua família? Meu nome é Deema Abdel, estou feliz por entrar em contato com você, eu só visto o seu perfil agora e tornou-se interessado em você para um relacionamento sério, eu espero que você vai ser a pessoa honesta e carinho que eu tenho procurado, a idade não importa, mas o amor e cuidado, se você não se importa, por favor contacte-me em meu endereço de e-mail privado em: (deemababy@hotmail.com) para que eu possa lhe dizer mais sobre mim e também enviar as minhas fotos diretamente para você, Obrigado por sua compreensão, esperando para ler seus e-mails em breve, ter um dia nica, Atenciosamente senhorita Deema.

    (deemababy@hotmail.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here