Carta aberta à Presidenta Dilma Rousseff

49

Excelentíssima senhora presidenta da República

Meu nome é Marisa Lobo, sou psicóloga, cidadã desse país, presidente do Corpo de Psicólogos Pró-família, coordenadora nacional da Campanha contra a Legalização da Maconha, consultora do Fórum Nacional de Ação Social Evangélico e voluntária do movimento. Entre outras funções que exerço, está o meu direito de professar minha  Fé. Sou cristã evangélica, participo e lidero parte do movimento nacional cristão contra a desconstrução da família, represento em minhas ações, entidades, profissionais cristãos católicos e evangélicos, muitos sem rosto, líderes que lutam por um país melhor e que para seu conhecimento, sem ostentar sua denominação religiosa. Este povo, que hoje seu governo rejeita, tem ido às ruas protestar contra essa atual política, essa corrupção que se instalou em nosso Brasil. O povo acordou e nós evangélicos fazemos parte de pelo menos 30% desse povo e temos e exigimos nossos direitos.

Dirijo-me à senhora em carta aberta para lembrá-la que somos evangélicos por opção e direito constitucional; pagamos impostos, trabalhamos colaborando com o país e com seu governo em causas sociais, preenchendo lacunas que, reconhecidamente pela senhora e o governo de forma geral, não consegue preencher, como a questão das drogas, por exemplo, e da violência contra a mulher e à criança e adolescente. Somos uma comunidade, excelentíssima presidenta, que faz parte segundo IBGE, de 30% da população nacional (evangélica) em um universo de 90% da população Cristã, e de 98% de um povo que tem fé e acredita em Deus, na família como fator protetivo e preventivo, e lutamos em nossa caminhada para reconstruir essa família; sem drogas, sem aborto, sem violência e fazemos isso de maneira voluntária na maioria das vezes.

Por causa de nossa fé que é cristã evangélica, muitos de nós temos sido massacrados por uma cultura de morte que se instalou em seu governo, e na política atual, que tem se declarado em suas ações e atitudes contra esta família, que tem  princípios religiosos. Por  motivação de pura intolerância e preconceito, muitos  se esquecem de que somos uma maioria  e que vivemos em um país laico (não ateu) e democrático por direito. Acreditava até a data de hoje, 28/06/2013, que se tratava somente de intolerância religiosa, mas pelas atitudes de seu governo creio que estamos prestes a sermos bode expiatório de um golpe para afastar o cristão de forma geral de todas as políticas públicas de seu mandato. Dessa forma entendo seu governo como perseguidor intelectual de cristãos, pois nos deixa à margem das políticas públicas e nos usa apenas como números (voto). O que seu atual governo acredita que somos? “Idiotas úteis”? Massa de manobra?

Não permitiremos que nos use nessa situação negativa  para manipular fatos, o Brasil clama por justiça e nós independente de nossa fé, não nos permitiremos sermos bode expiatório, para desviar o foco das atenções que é a corrupção e a  má administração pública. Nós fazemos parte desse movimento, estamos indignados e estamos indo às ruas unidos ao povo porque somos este povo.

Hoje me questionei se vossa excelência teria a coragem de usar um segmento da sociedade, perseguido por grupos minoritários de forma intelectualmente desonesta com anuência de seu governo e da mídia que os protege, por não saber gerenciar esses conflitos. Vai desviar o foco engrossando o coro daqueles que de forma intolerante nos acusam de proselitistas, fanáticos, fundamentalistas, homófobos, por sermos crentes em Deus? Vai permitir que a bandeira de Direitos Humanos seja utilizada como arma ideológica das minorias contra as maiorias de forma unilateral e se perder em seus discursos de direitos para todos?

Saiba que por trás desse apelo todo da mídia, inclinada a proteger o movimento LGBTT, existe uma parte desse grupo mal intencionada que só pretende acusar, desconstruir, difamar o cristianismo. Existe uma ideologia minoritária de ativistas políticos, travestida de direitos que legislam em causa própria, apoiada por uma mídia desonesta que induz preconceito contra cristãos taxando-os de homófobos em suas edições de jornais, revistas e emissoras de TV para implantar na cabeça da população que somos justamente o oposto do que pregamos e vivemos. Não digníssima presidenta, não podemos tolerar mais isso, pois somos nós os “religiosos” (e aqui incluo todas as religiões) que não medimos esforços tentando preencher as lacunas de seu governo no âmbito social e moral.

Hoje me senti humilhada quando recebi uma ligação e mensagens em minhas redes sociais de pessoas do Palácio dizendo que a senhora está convocando várias entidades sociais para uma conversa sobre as manifestações contra a corrupção no Brasil, inclusive recebeu o movimento LGBTT, e reafirmou seu compromisso em defender e impedir a violência contra a comunidade LGBTT. Muito louvável, e concordo ser muito importante que um governante defenda todas as classes e todos os grupos sociais contra discriminação e preconceito, mas me questiono indignada porque não está na sua “agenda” convocar lideranças evangélicas? E por acaso não fazemos parte da Nação? Ou os impostos caríssimos que pagamos para o governo não pagam as contas e não contribuem com  o desenvolvimento desse país?

Confesso que, como mulher a admiro, pois foi a primeira mulher a ocupar um cargo tão importante na nossa história. Mas hoje me envergonho, pois seu governo valoriza a cultura de morte, do relativismo, e nega a existência de um povo que luta e que contribui, e que, se move em amor à vida humana em nome sim de um Deus que acreditamos. Não nos envergonhamos e lutaremos por Ele de forma pacífica, mas não nos restringiremos mais em quatro paredes de nossas igrejas, como já demonstramos no evento que a senhora e a mídia não deram atenção, mas que liderado por um de nossos grandes líderes, pastor Silas Malafaia, levou em plena terça-feira, dia de expediente, mais de 70 mil pessoas a Brasília, sem nenhum incidente. Expressamos nossa indignação a favor da liberdade de expressão que está sendo de nós tirada. Após esse ato, movimentos como o Passe Livre, foram às ruas se manifestarem, e nós os “fanáticos” nos juntamos a eles sem preconceito apoiando todas as manifestações por um Brasil melhor.

Por isso através dessa carta quero pedir que a senhora convocque líderes de nossa sociedade (cristãos católicos e evangélicos) e que nos ouça, pois estamos a ponto de explodir, não aguentamos mais, sermos usados apenas para computar votos.

Espero um dia poder escrever outra carta à senhora e elogiá-la por estar sendo imparcial e democrática, pois hoje não posso, afinal, a senhora e seu governo não nos ouvem, só nos usam e se esquecem de que podemos decidir uma eleição, e estamos juntamente com outros grupos sociais patrulhando nossos próprios políticos e não aceitaremos acordos individuais, se é que me entende, Estamos de olho.

Para mostrar ao seu governo que também  temos voz, faço o seguinte apelo nas redes sociais: os internautas que concordam com esta carta, enviem agora e-mails para o gabinete da Presidência, e exija nossos direitos, e que seja dado a nós povo evangélico, bem como aos irmãos católicos, em momentos distintos, o direito de sermos ouvidos e mostrar nossa indignação e nossa contribuição, e que seja imediatamente convocada uma reunião com nossas lideranças principais representativas, como das igrejas Assembleia de Deus, Presbiteriana, Batista, Adventistas, Comunidades, Igrejas em células, Universal, Mundial, entre outras,  líderes que possam estar presente representado a política e a sociedade de forma justa sem preconceito religioso para debatermos a cerca dos rumos de nosso Brasil sem preconceito.

Abaixo segue o e-mail que será direcionado ao ministro Gilberto Carvalho da secretaria geral da presidência. gabinetesg@presidencia.gov.br. A hora é essa povo evangélico, e cristãos em geral, de exigirmos nossos direitos. Por enquanto, em redes sociais, e se não formos ouvidos, vamos engrossar o coro das ruas.

Atenciosamente,

Marisa Lobo franco Ferreira Alves, psicóloga ativista pelas causas da família.

COMPARTILHAR
Marisa Lobo é psicóloga clínica, escritora, pós-graduada em saúde mental, conferencista realiza palestras pelo Brasil sobre prevenção e enfrentamento ás drogas, e toda forma de bullying, transtornos psicológicos, sexualidade da familia, entre outros assuntos. Teóloga, ela é promoter e organizadora da ExpoCristo realizada no Paraná. Marisa é casada, tem dois filhos e congrega na IBB em Curitiba.

49 COMENTÁRIOS

  1. “Código de Ética Profissional do Psicólogo
    (…) Art. 2º – Ao psicólogo é vedado:

    b) Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas, religiosas, de orientação
    sexual ou a qualquer tipo de preconceito, quando do exercício de suas funções profissionais;(…)

    Pois é, eu gostaria de saber porque insistem em misturar religião com política. É redundante falar que o Estado é laico, parece que determinados cristãos não conseguem entender isso. A Sra. pode pregar dentro de uma Igreja, não há nenhum problema quanto a isso. E ter sua própria opinião sobre o que é uma família, o tipo de família que defende, etc. Agora querer que a sua visão de família, ou a do seu segmento religioso, prevaleça sobre as demais é um tanto quanto presunçoso, para dizer o mínimo. Todos somos iguais perante a lei, sejamos o que sejamos. Apenas deveríamos nos respeitar mais e tentar viver de uma maneira mais harmoniosa com as diferenças. Elas existem, sejamos francos. Não vamos querer que todos sejamos iguais porque isso não é possível. Deus, qual seja Ele, está muito acima de todos nós.

    • Quero estar por perto, quando Deus, botar esta cabrita, do lado seu esquerdo, por perseguir as minorias, ser falsa, mentirosa, e se promover com o sofrimento alheio.
      Pessoa farisaica, nosso povo graças a DEUS, tem percebido a serpente que você é, e por isso os protestos pedem a tua cabeça. Peça perdão a Deus, por ser tão dissimulada.

    • Não é porque você acredita em um livro bobo cheio de contos juvenil que você tem que por a sua estupidez a todos.
      Seja ignorante sozinha ou com as pessoas que desejam ser.

      • e3 não é porque voce não acredita neste santo livro que prega a verdade e te condena por tuas escolhas erradas como ser gay que nós temos de te suportar seja viado sózinho não prgue que ser gay é bom que é de nascença que o amor é lindo entre dois sei la o que como ves não da nem para definir o que voce é não é mulher nem é homem a que espécie pertences claro a das lombrigas ops..quiz dizer bixas… e não se esqueça da lei da fisica toda ação tem uma reação bateu levou

  2. oh cunpade opa ta bao eu vou mais ou manos as minhas custa e oce tamem –ce viu aquela bomba -qui bombinha –ou to falando bomba -bomba qui tamanho de bomba e essa –uai num tem aquelas bala de fusir 7.68 a sei quar so qui assim num tem aquelas carreta tanque de 34 rodas -tem pois e tipo assim um tancao daqueis -cum ponta tipo misso a igual míssil ne -e isso mesmo -mais onde ce viu essa bonbona uai foi la naquele tar de vaisticano vaisti o que cano –a ce ta falando vaticano isso la o trem pego fogo um tar de maissenho e monsenhor isso pois e o danadinho e tipo assim um chefe -qui chefia ce sabe ne sei uai -o danado e cheio da grana so gosta de andar com notas de 500 euros na carteira –oh danado em so –pois e o danadinho –feis de bocoses os larápios brasileiros e memo oh se e –feis aquele larapio de rondonia parecer aqueles trombadinha de meia tigela -oh doido e memo oh se e ce acha qui la e iguar aqui -o trem la e de minhoes de eirós -o tar do monsenhor toma de conta dos imobiliários do bando deis la –uai e o trem tem banco–tem uai o danadinho roba mais qui rato da barriga branca –e memo oh se e –ce sabe qui es gosta de pussia as coisas do zoto ne -pois e mas desta veis –o pussiado de coisas aieia foi esse tar de monsenhor que surrufiou 20.000.000.00 de euros do tar de vaisticano –e memo oh se e uai mais isso ai e muito dinheiro so -ora isso da pra inche a boca desss catulico –qui fica falando mar dos probe dos crentes uai–oh se da –mais e assim messs vamo ve o que eis vai fala ne –a mais eis la do vaisticano são acustumado pussia dos trem dozoto –e memo oh se e –aqui no brasil num tem nem cumo conta –la im brasilia memo –num tem aquela catedrar soteropolitana –oh cunpade num e soteropolitana não isso ai e trem de baiano –e catedral metropolitana de brasilia –pois e aquele monte de concreto qui ate num e muito feio não –foi construído para ser um trem assim ecurmeno –cunpade e ecumênico pois e esse trem ai –era pra todo mundo e memo e craro qui foi –so qui os tais qui nois tamo falano pussio do trem –ce ve era pra ser assim um dia ia a crentaiada –outro ia aquele povo qui as muie usa uns vistidao branco com umas trocha na cabeça cuns home cuns tambor –bao ai outro dia aqueles home tudo barbudo sisudo qui so de oia pres da vontade de correr–bao ai outro dia vai aquele povo qui tem um home qui veste um trem qui eis chama de batina –osso pur fala disso pre que serve aquele trem memo em –cunpade eu numsei muito bem não mai acho qui deve se pra assim difren ça assim dos dozotro –cumpade eu acho uma covardia o tar de batina bebe o vinho e da puzoto aquele trem piquititinho pus coitado cume –ce sabia que aquele vinho e chapinha dos brabo -e memo oh se e –so se mudaram agora porque ate o ano 2000 era chapinha -mis cuma ce sabe -ora -eu tava fazendo a reforma da catedral -paga cum dinheiro do povo brasileiro e claro como sempre –ce sabe qui pião de obra num e brincadeira ne –num e qui os danados pegou um garrafão e era vinho chapinha memo ai sabe cume –todo mundo intro na dança –mais ate tu cunpade mais e craro tive qui isprimenta uai –teve uns pião qui ficou assim ate chamando –uns nome qui agente nem intindia -tipo o nome daquele deputado qui tem o nome de carro antigo –wiswilllkklswis–mais o meno desse jeito qui es falava —mais cunpade e otar do monsenhor larapio UAI O TAR DO MONSENHOR–LARAPIOS VATICANUSIOS NUM SEI DAS QUANTAS–SURRUFIOU MESMO SEM DO –E TANTO DINHEIRO QUE DA PRA FECHAR TAPAR CUSTURAR A BOCA DESTES INSUBORDINADOS QUE FICA ACUSANDO A CRENTES INOCENTES –QUE NAO SAO CULPADOS PELOS ERROS DE OUTROS INSUBORDINADOS –ASSINADO—DINAMITE PETARDO

  3. A coisa tá pegando fogo. São questões que envolvem muitas pessoas e esse assunto vem aparecendo muito nas redes sociais. Algumas religiões não se envolvem nessas questões, por que? A palavra de Deus está aí para apontar esses erros e elas acham que devido a isso não se envolvem. João Batista pregava no deserto falando muito sobre a vida preguessa do Rei e ele não conseguiu resolver o problema, sua cabeça foi posta numa bandeja e apresentada a Salomé. É preciso o religioso ter muito cuidado, nós sabemos que aquilo teria que acontecer, mas não de forma tão trágica. Hoje em dia não se age mais assim, mas com outras formas, através de leis e projetos que proibam tais coisas. Correto, mas não devemos escandalizar e querer ser os tais. Não, acho que nós evangelicos devemos deixar a poeira baixar, pois estamos com tantos problemas, os quais as autoridades constituidas estão querendo a todo custo resolve-los.
    O que é certo é o seguinte, ninguém escapará do julgamento de Deus. Vejam, aquelas 2 cidades
    Sodoma e Gomorra, só sei é o seguinte:QUEM DECIDIR ERRADO, VAI SE VER COM ELE.

    • João Batista era guiado pelo Espírito Santo desde o nascimento Ary, o julgamento que ele fazia não era dele, era de Deus, e ele não tinha outro destino a não ser a morte. Homens assim são mortos em nome de Deus, e o seu sangue é testemunha contra aqueles para os quais Deus enviou o aviso. Assim morreram os profetas, João, Estevão, Tiago, e o próprio Jesus Cristo. Naqueles tempos, o sangue desses homens caiu sobre Jerusalém, a assassina de profetas, que foi massacrada e destruída pelo Império Romano, e do seu grandioso templo só sobrou o muro das lamentações.

  4. EXTRA EXTRA noticia fresquinha jornal da record –MONSENHOR LARAPIOS DEDOS LEVES VATICANISIO — o danadinho fes de bobo e passou pra trais os larápios brasileiro –feis aquele larapio la de rondonia parecer trombadinha de buteco copo sujo de esquina -num e que o danadinho surrufiou 20.000.000 vente milhões de euros do Chiquinho –rapais o tal do vastic anus tem dinheiro pra dedel –a dinheirama que o –monsenhor larápios dedos leves vaticaisio —surrufiou do Chiquinho e presiso uma carreta daquelas de 34 rodas pra carregar –puxa o cara Umilhou os larápios brasileiros –mais com certeza ele feis isso foi pra –fechar arroia tampar costurar a boca larga destes catuli cus –que fica falando mal dos crentes inocentes que não tem culpa de alguns –também larápios evangélicos –mas aproveitam para escarner de nos–toma bando de insubordinados —

  5. O porto das curujas ce ta curujano gente quase boa o curuja escreveu ai -alago manipulado pelo homem que que e isso memo–o sujeito da pra esprica que que oce ta falando memo oh zoreia —oce de de se um um chefe da turma que ensaca adubo de galinha na granja num e memo –sera qui tem graja de curuja –a acho qui num tem não –mai vamo perguta -oh oce ai das num sei a onde das curuja -tem granja de curuja –so to preguntado –pregunta num ofende ne

  6. Fundamentalistas adoram cuidar da vida dos outros e depois quando as pessoas se revoltam contra eles começam a se fazer de vítimas, como no caso dos homossexuais que estão tentando viver suas vidas em paz, longe do preconceito e da homofobia,com direitos iguais (como está previsto no artigo 5º da Constituição) Marisa deixa os gays em paz e cuida da sua vida !!!

    • Jamais alguém se levanta contra o povo do Senhor Jesus Cristo, e ganha, só perde, ja perderam a muito tempo, pois quem está conosco é muito mais poderoooosooooo”
      Vocês mesmos viram tudo o que o ­Senhor, o seu Deus, fez com todas essas nações por amor a vocês; foi o Senhor, o seu Deus, que lutou por vocês.”
      Josué 23:3

    • Larissa…
      vc deve ser mais uma destas pessoas manipuladas pela mídia, e pela lgbtttt, nos que pregamos o evangelho de Cristo sempre seremos taxados de alguma coisa, a bola da vez é a de fundamentalista!

      hora hora hora, quem foi que disse que os gays não tem direitos, eles podem se casar, ter herdeiros, mudar de sexo, através da pl 122, eles queriam se tornar super humanos, e eles são tão poderosos que implantaram a ditadura gay no Brasil.

      mas a bíblia condena o homossexualismo (prática!), mas vc disse para deixar os gays em paz… pois bem Jesus disse eu não vim ao mundo trazer paz, mas guerra! e nos diremos sempre a eles, se arrependam, assim como também o digo a vc, ainda a tempo para vc enxergar a verdade!

    • Direitos iguais?? criação de “leis” exclusivas para um grupo minoritário, que os tornam priveligiados em detremiento de toda uma sociedade, eles não somente querem legalizar sua conduta como também converter pessoas à elas, querendo a implantação e distribuição de material apologético em escolas para os nossos filhos para acelerarem a sua sexualidade, como se uma criança ja soubesse fazer uso desta sexualidade pois ainda nem formados biológicamente estão para isso, quanto mais intelectualmente, se este grupo realmente desejasse viver em paz manteriam a sua opção dentro de quatro paredes e não auto promoveriam a sua discriminação.

    • Larissa você está equivocada, a Marisa não tem nada contra os gays e lésbicas, ao contrário, acompanho a sua trajetória profissional e só vejo elogios de homossexuais que a conhecem ou fizeram terapia com ela. Ela sofre perseguição, sim, dos ativistas endemoniados gays que são intolerantes e recebem apoio de uma mídia desonesta e imoral.

  7. Srª Marisa! Assim como FARISEUS a senhora fala em nome de Deus e apóia esses mercenários vendilhões da fé! Recebes orientação divina??? Ó quanta humildade…não há Cristo nisso! Consegues em sua cabecinha conceber o tamanho do universo? Não! Ainda sim pensas “falar em NOME DE DEUS”???? Bando de FARISEUS! Fiques sabendo dona Marisa que a senhora e seus amiguinhos JAMAIS representarão um Cristão Verdadeiro! Fale por sua boca não pela minha! Obrigado!

  8. que fim poderá virar isso uai vamo criar curuja ai no negocio das curuja –vossa inteligentíssima -pessoa -não sabe nem a hora de comer vai comer porque ve os outros comendo –fais assim não zoreia —-fundamentalista e aquele deputado frescarine -com nome de carro antigo —PARABENS MARISA VAI NESSA FORÇA DEUS E CONTIGO —

  9. Marisa Lobo, por vezes parece ingênua! Será que é tão dificil perceber que essa mulher qe ocupa a presidencia do Brasil é uma inimiga dos cristãos e um criatura absolutamente reprovável?

  10. Lutar contra a Pedofilia é a verdadeira bandeira dos que a família tradicional, pois esta maldita prática que fundamenta a “troca de sexo”. E o que se observa nas mídias e nos ativistas é a tentativa de abafar a causa e incentivar o efeito dos aliciados e aliciadores!!!

  11. Sou reconhecido pelos meus conhecidos, amigos e parentes como CHATO, CARETA, INCONVENIENTE, e outros adjetivos similares!
    Por quê? Porque defendo A FAMÍLIA, OS BONS COSTUMES, A ÉTICA, A MORAL, e principalmente por anunciar a CRISTO JESUS!
    Por que prego isso?
    POR AMOR AS ALMAS PERDIDAS! – Contudo, ninguém mais quer saber de AMOR ou SALVAÇÃO, o pessoal está somente interessado apenas em seus PRÓPRIOS DESEJOS E SATISFAÇÃO INDIVIDUAL! – OS DEMAIS QUE SE ‘FERREM’!

    • Não Wagner, o problema é que você não ensina primeiro o amor de Cristo a essas pessoas (com paciência de TJ, batendo à porta sem desistir, pois Deus não desistiu de você), mas fica querendo que eles concordem com seus princípios tradicionais (não estou dizendo que eles sejam ruims, concordo com eles, mas nem todos concordam, e devemos respeitar a consciência do próximo). Ou seja, você está julgando cegos por tropeçarem, e surdos por não te ouvirem. Sabe o que Billy faz (olha a intimdiade)? Dá a visão aos cegos, e a audição aos surdos (tradução, muda o mundo pregando o evangelho, faz a revolução de dentro para fora). Entendeu man?

  12. Os evangélicos se sentiram discriminados por não ter sido recebido no palácio do planalto pela presidente, porem o que eles tem feito nesses últimos dias se não querer impor goela abaixo da sociedade seus dogmas e ideias da idade do bronze. Não entendem que fé, cada um tem a sua e nem sempre são iguais ou parecidas. Em quanto eles perseguem os gays, achando que eles querem “desconstruir a família” Na verdade o que querem é igualdades nos direitos como qualquer cidadãos. Os evangélicos não entendem que a família evoluiu ao longo do tempo o seu conceito, que a família tradicional existe, mais também existe outras formas, outros núcleos familiares.

  13. É simplesmente lamentável que líderes de caráter questionável de alguns grupos (supostamente) cristãos estejam arrebanhando multidões e direcionando forças para fazerem pressões, ameaças e reivindicações políticas baseadas na crença obscurecida de que seu segmento (cristão) da sociedade esteja sofrendo “perseguição” política por causa da sua fé.

    Essa é uma postura que não tem cabimento por 3 razões principais:

    1) Não está ocorrendo tal perseguição! Ainda que hajam medidas políticas que estejam fazendo revisões nas leis sobre alguns dos valores defendidos por cristãos (como o casamento e o direito à vida) essas medidas não oferecem nenhuma ameaça nem ao cristianismo, nem aos valores defendidos pelos cristãos. O objetivo dessas medidas é regulamentar as diversas opções de vida e de conduta, dentre as quais – e ao lado de muitas outras – estão as que são defendidas pelos cristãos. Como reflexo de um Estado Laico, a política e as Leis devem contemplar toda diversidade dentro da mesma sociedade e dentro dessa diversidade o modelo familiar defendido pelos cristãos continua válido e não está sob ameaça. Todo sensacionalismo precisa ser evitado e o cristianismo não tem por função regular nem a política, nem as leis dos homens. O papel do cristianismo é outro: proclamar a salvação por meio da fé em Cristo.

    2) Ainda que houvesse uma perseguição aos cristãos (que não é fato no Brasil, aqui temos liberdade de culto e de prática religiosa), mas ainda que houvesse, a resposta cristã diante dessa perseguição, conforme ensinada na Bíblia pelo verdadeiro líder e Senhor Jesus Cristo, não é a atuação política belicosa, não é a pressão através de passeatas, nem palavras de ordem com uso de sentenças, reivindicações e ameaças, mas sim um tipo de comportamento registrado em Mateus 5:9-12 e que é bastante diferente do que temos visto:
    “Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
    Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
    Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
    Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.”

    3) Essas mobilizações de massas (supostamente) cristãs, na verdade não são mobilizações cristãs! Seus líderes são pessoas equivocadas em busca de poder, fama e dinheiro – veja que estão relacionados com escândalos, com enriquecimento às custas da religião, que são propagadores de teologias que distorcem o Evangelho e de sensacionalismos que são supervalorizados a ponto de substituírem o principal assunto da proclamação cristã: Cristo! Mais do que a salvação em Jesus Cristo, os assuntos que ocupam a agenda desses vendilhões são assuntos meramente morais, e o dinheiro, e os embates com a causa gay. Assuntos muito menores diante do principal que é intencionalmente negligenciado, porque a causa deles deixou de ser o Reino de Deus e a sua justiça para ser a busca por um bom lugar ao sol no reino dos homens deste mundo dominado pelo pecado. Por essas razões, esses líderes e essas mobilizações têm o caráter reprovável do ponto de vista cristão, coisa facilmente vista na desobediência ao texto já citado de Mateus 5.

    Essa é uma carta aberta que evidencia uma triste dor de cotovelo de uma militância equivocada.

  14. sou psicóloga, apoio o PDC 234/11, mas não por razões religiosas, mas científicas, uma vez que nenhum psicólogo pode inquerir seu paciente a se “assumir” gay e deve ter o direito SE QUISER a um acompanhamento psicológico que o auxilie num processo de reorientação. Temos estudos do próprio Freud, que afirma que é possível SIM, numa minoria de casos, a chamada (ou suposta) “reversão” sexual. Retrocesso é excluir uma minoria em detrimento de outra.Parabenizo a Psic Marisa pela excelente carta, em especial como evangélica que sou: foi a voz de um povo (evangélicos) que não aguenta mais ser excluído e alvo de tantos preconceitos.

  15. Vejamos o que nos diz o mais conhecido e utilizado relato sobre Sodoma e Gomorra. As partes em negrito merecem destaque:

    1) Ao anoitecer, vieram os dois anjos a Sodoma, a cuja entrada estava Ló assentado; este, quando os viu, levantou-se e, indo ao seu encontro, prostrou-se, rosto em terra. 20) E disse-lhes: Eis agora, meus senhores, vinde para a casa do vosso servo, pernoitai nela e lavai os pés; levantar-vos-eis de madrugada e seguireis o vosso caminho. Responderam eles: Não; passaremos a noite na praça. 3) Instou-lhes muito, e foram e entraram em casa dele; deu-lhes um banquete, fez assar uns pães asmos, e eles comeram. 4) Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados; 5) e chamaram por Ló e lhe disseram: Onde estão os homens que, à noitinha, entraram em tua casa? Traze-os fora a nós para que abusemos deles. 6). Saiu-lhes, então, Ló à porta, fechou-a após si 7. e lhes disse: Rogo-vos, meus irmãos, que não façais mal; 8- tenho duas filhas, virgens, eu vo-las trarei; tratai-as como vos parecer, porém nada façais a estes homens, porquanto se acham sob a proteção de meu teto. 9) Eles, porém, disseram: Retira-te daí. E acrescentaram: Só ele é estrangeiro, veio morar entre nós e pretende ser juiz em tudo? A ti, pois, faremos pior do que a eles.E arremessaram-se contra o homem, contra Ló, e se chegaram para arrombar a porta. (ARA) – Grifo do autor.

    Theodore W. Jennings – professor-assistente no Chicago Theological Seminary;
    1º ponto a se considerar: o texto bíblico diz que todos os homens de Sodoma cercaram a casa de Ló. Ora, em qualquer sociedade, os homossexuais são minoria, portanto, aqueles homens, definitivamente, não eram homossexuais. Sodoma não seria uma cidade tão numerosa e próspera se ali houvesse apenas homossexuais, na verdade, tal cidade nem subsistiria!

    Para refletir: Já conheceu alguma cidade em que todos os habitantes fossem homossexuais?

    2º ponto: Eles exigiam que os estrangeiros (anjos em forma humana) que ali estavam fossem postos para fora a fim de que fossem abusados (v. 5); Sua intenção era fazer o mal, humilhando os visitantes da forma mais vil possível:

    “…Não se pode imaginar desprezo maior das práticas orientais de hospitalidade do que submeter hóspedes de sexo masculino a estupro por outros homens.” Comentário Bíblico, Editora Vida Nova, SP, 2010, p.123
    Para refletir: Por que os homens de Sodoma queriam ser apenas ativos na relação sexual? Por que isso é incompatível com a realidade dos homossexuais de fato?

    Para refletir: já presenciou algum grupo de homossexuais que tenha invadido alguma casa com a intenção de violentar sexualmente algum visitante? Se a resposta for NÃO por que acha que alguns insistem em dizer que os habitantes daquela cidade eram homossexuais?

    John B. Cobb Jr. – Professor Emérito de teologia e co-diretor do Centro de Estudos sobre Processo da Faculdade de Teologia de Claremont, Califórnia;
    3º ponto: Os sodomitas nutriam sentimento de xenofobia, ou seja, ódio a estrangeiros. Ló também era estrangeiro. Os sodomitas ameaçaram fazer mais mal a ele que aos próprios visitantes. (v. 9)

    O texto revela claramente uma tentativa de violência sexual coletiva aos visitantes de Ló motivada pela xenofobia. Naquele sociedade patricarcal, dominada pelos homens, os habitantes de Sodoma desejaram submeter os estrangeiros à situação mais humilhante que um homem poderia experimentar: ser usado como uma mulher; transgrediram, assim, violentamente a lei da hospitalidade, sagrada para os povos semíticos (Êxodo 22.21). Na tentativa de humilhar os visitantes, mostraram-se maus, arrogantes e soberbos. Enxergar homoafetividade em tal gesto de violência demonstra uma completa ignorância ao que de fato a Bíblia diz. Se uma leitura atenta desse relato não bastar para se compreender o real pecado dessas cidades, seguiremos outra regra da hermenêutica, ou seja, examinaremos alguns textos paralelos:

    Ezequiel 16.49 e 50:

    49)Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão e próspera tranqüilidade teve ela e suas filhas; mas nunca amparou o pobre e o necessitado. 50) Foram arrogantes e fizeram abominações diante de mim; pelo que, em vendo isto, as removi dali.

    Lucas 10. 10-12:

    10) Quando, porém, entrardes numa cidade e não vos receberem, saí pelas ruas e clamai: 11) Até o pó da vossa cidade, que se nos pegou aos pés, sacudimos contra vós outros. Não obstante, sabei que está próximo o reino de Deus. 12) Digo-vos que, naquele dia, haverá menos rigor para Sodoma do que para aquela cidade.

    James B. Nelson – professor de ética cristã no United Theological Seminary em New Brighton e Minnesota;
    O profeta Ezequiel, em harmonia com o relato de Gênesis, aponta a soberba e o egoísmo como pecados de Sodoma. O profeta também menciona a palavraabominação, que, também nesse caso refere-se à idolatria, como indicam as 9 ocorrências dessa palavra no mesmo capítulo (4ª regra da Hermenêutica: definir o sentido das palavras pelos versos que precedem e seguem a perícope em estudo). No texto de Lucas, Jesus faz um alerta: nem todas as cidades receberiam os discípulos enviados e como exemplo dessa falta de hospitalidade Cristo utilizou a cidade de Sodoma. Nenhuma palavra sobre homoafetitivade consta em tais textos. Há, entretanto, uma referência muito clara sobre a rejeição aos mensageiros divinos. A relação entre o Evangelho e Sodoma é a recusa aos mensageiros divinos.

    Robert K. Johnston – Ph.D., professor de Teologia e Cultura no Seminário Teológico Fuller, em Pasadena – Califórnia
    Até mesmo os livros deuterocanônicos (das bíblias católicas) expressam o mesmo conceito acerca de Sodoma:

    Eclesiástico 16.8

    “Não poupou os concidadãos de Ló, aos quais detestou por seu orgulho.”

    Sabedoria 19.13-17

    13) Sobre os pecadores, porém, caíram os castigos de raios violentos, não sem as advertências que antes lhes tinham sido feitas; mas sofriam justamente por causa de suas próprias maldades, por terem praticado a mais detestável falta de hospitalidade. 14) Houve quem não acolhesse visitantes desconhecidos; outros reduziram à escravidão esses hóspedes que lhes faziam bem. 15) E não só isto: se ainda se aguarda julgamento contra aqueles que receberam com hostilidade a estrangeiros, 16) quanto mais contra os que atormentaram com cruéis sofrimentos aqueles a quem tinham recebido com alegria e que haviam participado dos mesmos direitos! 17) Por isso, foram feridos de cegueira como aqueles, à porta do justo, quando, envolvidos em densas trevas, cada qual procurava a direção da sua casa. (CNBB)

    Há outros textos bíblicos e extrabíblicos que confirmam que os pecados de Sodoma e Gomorra, bem como as motivações para tão degradante tentativa de abuso. Como exemplo, citemos um trecho do Midrash Judaico:

    “Os homens de Sodoma não se orgulhavam de outra coisa senão da fartura e da riqueza que possuíam […]. E eles diziam: Se de nossa terra tiramos pão e minério de ouro, para que precisamos dos forasteiros? Não precisamos que venha a nós qualquer pessoa, pois vem apenas para tomar o que é nosso. Apaguemos, pois, de nossa terra as leis e costumes de ir e vir.” Midrash, San’hedrin 109 – A Lei da Torá, Editora Sêfer, p. 46

    Como vimos, nenhuma só palavra sobre homossexualdiade.

    Para encerrar, leiamos o que dizem algumas traduções bíblicas:

    Eles chamaram Ló e lhe disseram: “Onde estão os homens que vieram à tua casa ao cair da noite? Traze-os para fora. Queremos descarregar sobre eles a nossa fúria homossexual!” Gênesis 19.5 (Grifo do autor) Bíblia Sagrada, Edições Loyola.

    “Não se esqueçam das cidades de Sodoma e Gomorra, e as cidades vizinhas, todas cheias de imoralidade de toda espécie, inclusive a paixão de homens por outros homens.” Judas 7 (Grifo do autor) Bíblia Viva, Editora Mundo Cristão, 2010.

    Para refletir: quem está manipulando a Bíblia para apoiar suas crenças?

    Leia também “Quem são os verdadeiros sodomitas da atualidade?”
    Muitos que se dizem cristãos neste site são sodomitas, inóspitos ao extremo, ao ponto de agredirem pessoas do evangelho quadrangular por causa de sua bandeira, quase arco-íris

  16. ejamos o que nos diz o mais conhecido e utilizado relato sobre Sodoma e Gomorra. As partes em negrito merecem destaque:

    1) Ao anoitecer, vieram os dois anjos a Sodoma, a cuja entrada estava Ló assentado; este, quando os viu, levantou-se e, indo ao seu encontro, prostrou-se, rosto em terra. 20) E disse-lhes: Eis agora, meus senhores, vinde para a casa do vosso servo, pernoitai nela e lavai os pés; levantar-vos-eis de madrugada e seguireis o vosso caminho. Responderam eles: Não; passaremos a noite na praça. 3) Instou-lhes muito, e foram e entraram em casa dele; deu-lhes um banquete, fez assar uns pães asmos, e eles comeram. 4) Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados; 5) e chamaram por Ló e lhe disseram: Onde estão os homens que, à noitinha, entraram em tua casa? Traze-os fora a nós para que abusemos deles. 6). Saiu-lhes, então, Ló à porta, fechou-a após si 7. e lhes disse: Rogo-vos, meus irmãos, que não façais mal; 8- tenho duas filhas, virgens, eu vo-las trarei; tratai-as como vos parecer, porém nada façais a estes homens, porquanto se acham sob a proteção de meu teto. 9) Eles, porém, disseram: Retira-te daí. E acrescentaram: Só ele é estrangeiro, veio morar entre nós e pretende ser juiz em tudo? A ti, pois, faremos pior do que a eles.E arremessaram-se contra o homem, contra Ló, e se chegaram para arrombar a porta. (ARA) – Grifo do autor.

    Theodore W. Jennings – professor-assistente no Chicago Theological Seminary;
    1º ponto a se considerar: o texto bíblico diz que todos os homens de Sodoma cercaram a casa de Ló. Ora, em qualquer sociedade, os homossexuais são minoria, portanto, aqueles homens, definitivamente, não eram homossexuais. Sodoma não seria uma cidade tão numerosa e próspera se ali houvesse apenas homossexuais, na verdade, tal cidade nem subsistiria!

    Para refletir: Já conheceu alguma cidade em que todos os habitantes fossem homossexuais?

    2º ponto: Eles exigiam que os estrangeiros (anjos em forma humana) que ali estavam fossem postos para fora a fim de que fossem abusados (v. 5); Sua intenção era fazer o mal, humilhando os visitantes da forma mais vil possível:

    “…Não se pode imaginar desprezo maior das práticas orientais de hospitalidade do que submeter hóspedes de sexo masculino a estupro por outros homens.” Comentário Bíblico, Editora Vida Nova, SP, 2010, p.123
    Para refletir: Por que os homens de Sodoma queriam ser apenas ativos na relação sexual? Por que isso é incompatível com a realidade dos homossexuais de fato?

    Para refletir: já presenciou algum grupo de homossexuais que tenha invadido alguma casa com a intenção de violentar sexualmente algum visitante? Se a resposta for NÃO por que acha que alguns insistem em dizer que os habitantes daquela cidade eram homossexuais?

    John B. Cobb Jr. – Professor Emérito de teologia e co-diretor do Centro de Estudos sobre Processo da Faculdade de Teologia de Claremont, Califórnia;
    3º ponto: Os sodomitas nutriam sentimento de xenofobia, ou seja, ódio a estrangeiros. Ló também era estrangeiro. Os sodomitas ameaçaram fazer mais mal a ele que aos próprios visitantes. (v. 9)

    O texto revela claramente uma tentativa de violência sexual coletiva aos visitantes de Ló motivada pela xenofobia. Naquele sociedade patricarcal, dominada pelos homens, os habitantes de Sodoma desejaram submeter os estrangeiros à situação mais humilhante que um homem poderia experimentar: ser usado como uma mulher; transgrediram, assim, violentamente a lei da hospitalidade, sagrada para os povos semíticos (Êxodo 22.21). Na tentativa de humilhar os visitantes, mostraram-se maus, arrogantes e soberbos. Enxergar homoafetividade em tal gesto de violência demonstra uma completa ignorância ao que de fato a Bíblia diz. Se uma leitura atenta desse relato não bastar para se compreender o real pecado dessas cidades, seguiremos outra regra da hermenêutica, ou seja, examinaremos alguns textos paralelos:

    Ezequiel 16.49 e 50:

    49)Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão e próspera tranqüilidade teve ela e suas filhas; mas nunca amparou o pobre e o necessitado. 50) Foram arrogantes e fizeram abominações diante de mim; pelo que, em vendo isto, as removi dali.

    Lucas 10. 10-12:

    10) Quando, porém, entrardes numa cidade e não vos receberem, saí pelas ruas e clamai: 11) Até o pó da vossa cidade, que se nos pegou aos pés, sacudimos contra vós outros. Não obstante, sabei que está próximo o reino de Deus. 12) Digo-vos que, naquele dia, haverá menos rigor para Sodoma do que para aquela cidade.

    James B. Nelson – professor de ética cristã no United Theological Seminary em New Brighton e Minnesota;
    O profeta Ezequiel, em harmonia com o relato de Gênesis, aponta a soberba e o egoísmo como pecados de Sodoma. O profeta também menciona a palavraabominação, que, também nesse caso refere-se à idolatria, como indicam as 9 ocorrências dessa palavra no mesmo capítulo (4ª regra da Hermenêutica: definir o sentido das palavras pelos versos que precedem e seguem a perícope em estudo). No texto de Lucas, Jesus faz um alerta: nem todas as cidades receberiam os discípulos enviados e como exemplo dessa falta de hospitalidade Cristo utilizou a cidade de Sodoma. Nenhuma palavra sobre homoafetitivade consta em tais textos. Há, entretanto, uma referência muito clara sobre a rejeição aos mensageiros divinos. A relação entre o Evangelho e Sodoma é a recusa aos mensageiros divinos.

    Robert K. Johnston – Ph.D., professor de Teologia e Cultura no Seminário Teológico Fuller, em Pasadena – Califórnia
    Até mesmo os livros deuterocanônicos (das bíblias católicas) expressam o mesmo conceito acerca de Sodoma:

    Eclesiástico 16.8

    “Não poupou os concidadãos de Ló, aos quais detestou por seu orgulho.”

    Sabedoria 19.13-17

    13) Sobre os pecadores, porém, caíram os castigos de raios violentos, não sem as advertências que antes lhes tinham sido feitas; mas sofriam justamente por causa de suas próprias maldades, por terem praticado a mais detestável falta de hospitalidade. 14) Houve quem não acolhesse visitantes desconhecidos; outros reduziram à escravidão esses hóspedes que lhes faziam bem. 15) E não só isto: se ainda se aguarda julgamento contra aqueles que receberam com hostilidade a estrangeiros, 16) quanto mais contra os que atormentaram com cruéis sofrimentos aqueles a quem tinham recebido com alegria e que haviam participado dos mesmos direitos! 17) Por isso, foram feridos de cegueira como aqueles, à porta do justo, quando, envolvidos em densas trevas, cada qual procurava a direção da sua casa. (CNBB)

    Há outros textos bíblicos e extrabíblicos que confirmam que os pecados de Sodoma e Gomorra, bem como as motivações para tão degradante tentativa de abuso. Como exemplo, citemos um trecho do Midrash Judaico:

    “Os homens de Sodoma não se orgulhavam de outra coisa senão da fartura e da riqueza que possuíam […]. E eles diziam: Se de nossa terra tiramos pão e minério de ouro, para que precisamos dos forasteiros? Não precisamos que venha a nós qualquer pessoa, pois vem apenas para tomar o que é nosso. Apaguemos, pois, de nossa terra as leis e costumes de ir e vir.” Midrash, San’hedrin 109 – A Lei da Torá, Editora Sêfer, p. 46

    Como vimos, nenhuma só palavra sobre homossexualdiade.

    Para encerrar, leiamos o que dizem algumas traduções bíblicas:

    Eles chamaram Ló e lhe disseram: “Onde estão os homens que vieram à tua casa ao cair da noite? Traze-os para fora. Queremos descarregar sobre eles a nossa fúria homossexual!” Gênesis 19.5 (Grifo do autor) Bíblia Sagrada, Edições Loyola.

    “Não se esqueçam das cidades de Sodoma e Gomorra, e as cidades vizinhas, todas cheias de imoralidade de toda espécie, inclusive a paixão de homens por outros homens.” Judas 7 (Grifo do autor) Bíblia Viva, Editora Mundo Cristão, 2010.

    Para refletir: quem está manipulando a Bíblia para apoiar suas crenças?

    Leia também “Quem são os verdadeiros sodomitas da atualidade?”
    Muitos que se dizem cristãos neste site são sodomitas, inóspitos ao extremo, ao ponto de agredirem pessoas do evangelho quadrangular por causa de sua bandeira, quase arco-íris

    • André Muito interessante, sua teoria sobre Sodoma e Gomorra, eu realmente ainda não sei nada sobre a sua visão teológica, bastante interessante é que os habitantes de Sodoma e Gomorra eram idolatras e promíscuos! Se eles eram bissexuais, se praticavam a pedofilia e tantos outros tipos de comportamento sexuais, não creio que seja tão relevante, mas com certeza a homessexualidade era algo que eles praticavam junto com todo o resto do seu comportamento. Porem o homossexualismo é apresentado como uma prática condenada por Deus no Novo Testamento e no Velho Testamento, eu nem preciso citar os textos aqui!

      Por isto nós como evangélicos respeitamos o homossexual como pessoa e cidadão e que ele tem o direito de optar por esta prática, mesmo que ele vá pra o inferno por causa dela, este é um direito dele, POREM, pregamos contra o homossexualismo para preservar o direito daquele que quer sair, daquele que quer se arrepender, daquele que quer ser crente em Jesus.

      Muitos hoje se tornaram liberais, aceitam TUDO! Fazem casamento de gays, defendem a prática do homossexualismo, e se esquecem daquilo que a própria palavra fala:

      Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
      E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens,
      Romanos 1:26-27

      • Sua tradução Viva, está errada colega, efeminados” do original, seria “homens moles ou mulherengos, ou masturbadores”.

        As palavras “efeminado” e “sodomita” em Coríntios só foram rotuladas como “homossexualidade” anos depois da Bíblia ser escrita. Há traduções mais antigas que rotulavam como “Devassos”, “Pervertidos” e até como “Mastrubadores’! Na verdade, as palavras originais em hebraico – “Malakoi’ e “Arsenokoitai’ não há tradução certa até hoje. Então, é erroneo dizer que homossexualidade é pecado, pois a homossexualidade é congênita.

      • Romanos (parte 2)
        Tentamos demonstrar que as condenações de Paulo, nestes versículos,
        estavam direcionadas às mesmas práticas pagãs que foram erroneamente identificadas como homossexualidade nas escrituras hebraicas.
        Romanos 2:1 1
        Portanto, és inescusável, ó homem, qualquer que sejas, quando julgas, porque te
        condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu que julgas, praticas o mesmo. De que maneira esta passagem se relaciona à anterior? Bem, eu creio que Paulo está dizendo que aqueles que julgam os outros estão usurpando uma prerrogativa de Deus.
        Somente Deus pode julgar os homens. Não temos permissão para julgar uns aos outros.
        Quando julgamos aos outros, ascendemos ao trono da (falsa) religiosidade, e esta atitude
        arrogante é equivalente à idolatria. Quando o fazemos, nos colocamos acima dos demais
        semelhantes, com a suposição de que temos o direito de ditar-lhes como devem viver. Nos
        tornamos deus em nossa própria opinião e isso é IDOLATRIA.
        Existem igrejas que, apesar de concordarem que os versículos 18 a 25 tratam da idolatria,
        acreditam que os versículos 26 a 32 são condenações à homossexualidade, e que a
        “depravação” da homossexualidade se manifesta nas condenações expressas nos versículos
        de 29 a 32. Está claro que as pessoas que assim interpretam têm que ignorar o versículo 26,
        bem como os versículos 28 e 2:1. Do contrário, o versículo 2:1 deveria estar dizendo que
        qualquer um que julga os outros estaria envolvendo-se em um comportamento
        homossexual, o que não tem sentido. Então Paulo estaria julgando os semelhantes e assim
        também igualando-se aos idólatras, segundo a nossa explanação no primeiro parágrafo
        desta apostila.
        Devemos ter como evidente nessas passagens do primeiro capítulo de Romanos do
        versículo 18 em diante uma crítica veemente contras os males da idolatria. A
        homossexualidade não é tratada nessa passagem, mas sim as práticas sexuais, praticadas
        pelos prostituto(a)s do templo, que envolviam-se em relações sexuais com pessoas do
        mesmo sexo, como parte dos rituais de adoração de ídolos (rituais de fertilidade), e que já
        foram estudadas em apostilas anteriores.
        Como foi demonstrado, a única maneira que uma pessoa pode usar esses versículos como
        condenação à homossexualidade seria tirando-os de seu contexto, fazendo uma
        inconveniente, inconsistente e deliberada mudança no significado intrínseco das palavras de Paulo, a fim de acomodá-las numa visão homofóbica. Na minha opinião, meus amigos, fazer isso significa mudar a verdade de Deus em mentira e honrar e servir à criatura…Amém.
        Assim terminamos o estudo desta apostila. Próximo estudo: 1 Coríntios 6:9. 33

      • Costuma-se dizer que uma agenda é para aquelas épocas em que o Espírito Santo não semove. Esta semana o Espírito fez-me saber que eu não terminei o que precisava ser dito sobre 1 Romanos 26-27.

        Romanos 1:26-27 (VBJ)
        Por isso Deus os entregou a paixões aviltantes: suas mulheres mudaram as relações naturais por relações contra a natureza; igualmente os homens, deixando a relação natural com a mulher, arderam em desejo uns para com os outros, praticando torpezas homens com homens e recebendo em si mesmos a paga da sua aberração.
        Romanos 1:26-27 (NVBI)
        Por causa disto, Deus os entregou a vergonhosas paixões. Até suas mulheres trocaram relações naturais pelas não naturais. Do mesmo modo os homens também abandonaram relações naturais com mulheres e estavam inflamados pela paixão de um pelo outro.
        Homens entregavam-se a atos indecentes com outros homens e recebiam em si mesmos a punição devida por sua perversão .
        Um dos principais argumentos contra a homossexualidade (ou à introdução da identidade de gênero) tem sido: “não é natural”. Um dos argumentos favoritos usado contra a homossexualidade é “Deus criou Adão e Eva, não Adão e Ivo”. Este é um não-argumento porque, naturalmente, Deus criou Adão e Ivo, e Maria e Jorge, e Alice e Suzana – Deus fez cada de nós, mas negar a validade de uma orientação porque esta não foi descrita no Jardim e é conseqüentemente “não natural”, é absurda, não obstante a poesia.
        Os seres humanos são os mestres do “não natural”, talvez começando com a primeira vez que alguém tirou a pele de um animal e usou-a como roupa ou como abrigo. Dos carros que dirigimos, aos televisores a que assistimos; dos computadores que usamos para permitirnos a comunicação através do mundo, ao despertador que nos acorda pela manhã; do último jantar congelado da noite ao forno de microondas que usamos para aquecê-lo, cada aspecto
        de nossas vidas celebra o “não natural” .Mesmo os Amish (ortodoxos) da Pensilvânia que se abstêm de nossas modernas conveniências “não naturalmente” arreiam seus cavalos às carroças para chegarem à cidade.
        Mas o que Paulo quer dizer quando usa o termo? Na língua original, as palavras usadas aqui em Romanos 1:26 eram para phusin, traduzido como contra a natureza, que muitos estudiosos interpretaram como se referindo à homossexualidade. Entretanto, nós verificamos que Paulo usa estas mesmas palavras em Romanos 11:24 para explicar aos gentios que embora estes não sejam naturalmente parte dos escolhidos, Deus dá boas vindas aos gentios e está disposto a enxertá-los na árvore da família, e também disposto a enxertar de volta nessa mesma árvore da família aqueles escolhidos que haviam se afastado: “Com efeito, se você (gentio) fosse cortado de uma oliveira silvestre por natureza

    • mas temos de ter cuidados sim pois se passar a pl 122, os gays poderam entrar como fizeram dentro de umna igreja se beijarem fazerem atos libidinosos e ninguém podera impedir sobre pena de cadeia sem direito a liberdade sobre fiança mas indenização ao queixoso, ou ainda na passeata gay emn minas que dois gays fizeram teatro de uma relação sexual oral ao som de hinos evangélicos..e mais ainda se aprovada a lei estes protegidos por força teram direito de passar a mão dizer o que quiserem se agarrar a filhos e maridos e porque não dizer a ma~es e filhas sem podermos reagir, pois sera homofobia chamaram a policia seremos levados presos e teremos de pagar danos morais aos gays, logo esta é não uma ameaça , mas uma realidade que vivemos hoje, e que nós quisermos nos calar ou protestar contra quem tenta repreender estamos sendo usados por satanas o inimigo de DEUS, cuidado pois Paulo diz que não só aqueles que cometem estes pecados são dignos de morte bem como aqueles que consentem com eles, levantemos sim nossa bandeira a favor da familia moral bons costumes e a santa igreja, o resto só é vidas que se perderam por amar mais a criatura do que o criador…longe de nós em concordar ou em sair em defesa deles, para que não sejamos anatemas diante do Senhgor

  17. É uma pena, que muitos só verão a verdae quando ele voltar, mas vamos orar para queo maximo se salve, é tudo que podemos desejar, Deus abençoe voce Marisa Lobo, e não se abale com as palavras de baixo calão, pois todos os profetas tiveram sua parcela de perceguição.

  18. parabéns por suas sábias palavras, temos que expressar nossa indignação sobre esse governo intolerante e ditatório. Se nosso governo abrisse os olhos e os ouvidos para o povo não chegaríamos a esse ponto .

  19. Esses ativistas gays já estão enchendo a paciência. Gente violenta, debochada de um linguajar chulo em todos os comentários em todos os lugares sempre. Como exigem tanto respeito se sempre estão com essas falas cheias de ódio e de extremo preconceito com os evangélicos e cristãos em geral? Bem contraditório essa gente. Mostram bem do que o coração delas estão cheio.

  20. Esses ativistas gays realmente estão enchendo a paciência já. Gente violenta, debochada de um linguajar chulo em todos os comentários em todos os cantos. Como exigem tanto respeito se sempre estão com essas falas cheias de ódio e de extremo preconceito com os evangélicos e cristãos em geral? Bem contraditório essa gente. Mostram bem do que o coração delas estão cheio.

  21. ESSA MALUCA FANÁTICA DEVE TER PERDIDO DE VEZ A POUCA SANIDADE MENTAL QUE TINHA, ONDE JÁ SE VIU, ALÉM DE PRECONCEITUOSA AGORA TAMBÉM QUER ATACAR DE TERRORISTA AMEAÇANDO A PRESIDÊNCIA DA REPUBLICA.
    ESSA SRA. TEM QUE ENTENDER QUE SOMOS TODOS BRASILEIROS E EMBORA TENHAMOS CRENÇAS DIFERENTES, NÃO PRESCISAMOS NOS CONSIDERAR INIMIGOS EM GUERRA.
    SENHORAS E SENHORES EVANGÉLICOS, VAMOS NOS RESPEITAR E NOS UNIRMOS PARA O BEM DE TODOS, QUE NOSSAS CRENÇAS E VALORES NAO SUBJUGUE OU SE SOBREPONHA SOBRE AS CRENÇAS E VALORES DOS OUTROS.

  22. A paz em Cristo ha todos Brasileiros.

    Estamos vivendo a era final, escrita por homens inspirados por DEUS através de seu Espirito Santo ,agora digo acreditem ou não filhinhos já é a ultima hora;Diz a biblia que as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja fiél que não se cala em meio a situações como a que estamos vivendo,tem pessoas que pensam que vão ser eternos aqui e se esquecem que tudo tem um principio a bíblia diz assim,que depois da morte segue-se o juizo heim voces acordem pois tudo tem um começo e fim;A bíblia diz que todo joelho se dobrara diante do Senhor Deus sendo que ninguém vai escapar desse dia pode acreditar,é so ver na história da humanidade quanto mais se afasta de Deus mais as coisas pioram nunca notaram isso? por favor cheguemos a um comssenço, Deus não deixara impune os nossos atos aqui vividos ;Deus ele mesmo e quem delega as autoridades e as permitem ocupar os seus cargos mas Deus certamente um dia vai cobrar o que ele mesmo te deu pode ter certeza disso,leia hebreus cap.9 v.27 leia!!! Nós seres humanos temos um livre arbítrio, mas temos também dentro de nós uma responsabilidade, uma ética um senso que fazem de nós seres racionais diante de toda criatura vivente;O final vem quem tem ouvidos que ouça o que Deus esta falando em meio aos acontecimentos,leia a Bíblia talvez pela misericórdia voce possa entender;Que o Senhor nos ajude.Meus parabéns a Marisa lobo que o Senhor te lavante e te proteja o DEUS dos céus esta com voce.

  23. Doutora Marisa Lobo, que Deus te der forças para prosseguir em frente, não querendo te desanimar, acredito que já estamos no fim dos fins, Veja a falta de amor na humanidade? Li no teu texto e em momento nenhum você falou contra os GLS, porém foi insultada por um deste, Jesus está voltando e a humanidade mais uma vez, vivendo nos tempo de Noé e no tempo de Ló, cuja diferença entre os dois período se dá no casamento, pois em noé se dava em casamento, porém em Ló não. Segura nas mãos de Deus e aguente firme. Parabéns.

  24. De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a tudo e a todos (inclusive os homossexuais). O próprio Jesus garantiu isso na Sua Palavra:

    “Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e para que entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã” (Apocalipse 22:10–16)

    Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me chamaram de homofóbico, preconceituoso, fundamentalista (e outros nomes feios que eu nem vou citar aqui por questão de educação), enfim, me insultaram de tudo que é jeito.

    Só sei de uma coisa: estou com a minha consciência tranqüila (ou seja, eu já fiz a minha parte). Cumpri o meu dever de cristão (que foi alertar a todos sobre o pecado). Se, mesmo depois disso, esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como disse o apóstolo Paulo:

    “Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus” (Romanos 14:12)

    Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois eles não vão poder dizer que não foram avisados!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here