Você realmente ama a Deus?

3

João 14:23-24 – Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou.

O livro As Cinco Linguagens do Amor ensina que se você deseja expressar o seu amor para a pessoa que você ama é preciso fazer isso de uma forma que ela entenda. Não adianta fazer um elogio para uma pessoa que se sente amada quando recebe presente, por outro lado não tem valor algum presentear alguém que a sua linguagem de amor é tempo de qualidade. O mesmo acontece com Deus em relação á humanidade, se você deseja demonstrar o seu amor para com Ele é preciso fazer de uma forma que Ele se agrade. É isso mesmo que estou dizendo Deus também tem uma linguagem de amor! A obediência é a linguagem de amor de Deus, se você quer agradar a Deus expressando o seu amor por Ele é preciso que suas atitudes estejam embasadas nas escrituras.

O ser humano tem um coração perverso e contrário á vontade de Deus, é impossível um ser humano agradar a Deus se não se render a soberana vontade do Senhor. Qualquer coisa que ocupa lugar em seu coração é o seu Deus. O vazio dentro do homem faz com que ele busque para si deuses a ponto de abraçar o liberalismo e humanismo, interpretando as escrituras ao seu bel prazer e colocando o homem no centro. Se você deseja agradar a Deus é preciso amá-lo com um amor sacrificial, pois o amor de Deus é algo sublime e sacrificial. No livro de João 3:16 Diz: Ele entregou seu único filho por amor a você, quem teria coragem de entregar seu filho para morrer por desconhecidos? No livro de Romanos 5:8 diz: Deus prova o seu amor, morrendo por nós enquanto nós ainda éramos pecadores. Isso sim é amor! Então lhe pergunto: O quanto você ama á Deus? O amor para com Deus não é só de palavras, mas de atitudes. Ele conhece o seu coração e mais cedo ou mais tarde vai permitir que você seja tentado para lhe revelar o desejo do seu coração. Os seres humanos estão com a mente cauterizada em relação ao pecado, o errado já não é tão errado.

Troca-se Deus por qualquer coisa! O amor que você canta no momento de adoração e diante da congregação é tão “fraco” quanto à intimidade que você acha ter com Ele. Agostinho diz a seguinte frase: Pregue, se preciso for use palavras. O testemunho é a maior pregação tanto para cristãos quanto para os que ainda não conhecem a Jesus. Deus requer um amor sacrificial!

Lucas 14:26 – Se alguém vir a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.

Será que você está disposto a abrir mãos dos seus sonhos e projetos por amor a Deus?

A idéia de que você pode ter sua vida espiritual e dividí-la com a secular, quando está no trabalho ou faculdade você não tem como algo espiritual, mais quando vai para um culto você torna-se espiritual. Este conceito é totalmente errado! Você só tem uma vida, você é espiritual em todos os momentos. Renda-se a soberania de Deus e aceite a vontade dEle para a sua vida. Só será possível você fazer qualquer coisa que deseja se Deus em sua soberania permitir, se Ele não quiser desista você não vai fazer com que Ele mude de idéia. A vontade do Senhor para você é a sua melhor escolha.

Mateus 10:38 – E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

Se realmente você ama á Deus você já não sente mais prazer neste mundo, pois tudo que há em você deseja estar na presença de Deus. Desagradá-lo seria um erro fatal, pois isso lhe afastaria do gozo da intimidade com o seu Senhor. Amar á Deus requer renúncia, não existe amor onde à libertinagem e falta de compromisso. No livro de Mateus 6:24 diz: Não podemos servir a dois senhores. Faça sua escolha neste estante se baal é deus siga-o se Deus é o Senhor viva como alguém que realmente deseja agradá-lo.

Mateus 22:37 – E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom! Preguei sobre o quanto mentimos quando abrimos nossa boca durante o louvor, quando cantamos e falamos que nossa alma é desesperada pela presença do Senhor, mas fazemos tudo de maneira religiosa e com medo da cobrança que vem da liderança da igreja. Minha alma anseia por ti Senhor, mas só vou ao culto quando não tem nada mais importante pra fazer! Misericórdia Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here