Artigos

Transparência na Igreja: exija!

Comments (24)
  1. Edson Souza disse:

    Se fizermos isso vamos ser taxados como rebeldes.
    E se tiver algum cargo na igreja pode se preparar que vai perder. Se não andar como esses lideres querem não serve pra eles.

    Vou contar um caso que aconteceu a muitos anos atrás em minha congregação pra entender.

    Uma vez o pastor de nossa igreja por infelicidade entrou em contenda com um dos membros que era muito querido por nós irmãos. Nisso o pastor ficou descontrolado e começou a atacá-la em cima do púlpito essa irmã.
    Ficamos indignados e fomos à sede para relatar ao caso a um superior, o pastor da sede. Nos recebeu muito bem, disse que nosso pastor de nossa igreja já estava na hora de mudar de igreja(fazia acho uns 12 anos que ele estava conosco)

    Esse pastor da sede pediu para os irmãos irem pra casa que tal domingo irá levar um novo pastor e convocou toda a igreja.
    Na hora do culto quando o pastor da sede levantou e disse:Quero apresentar o novo pastor.E mandou levantar esse pastor que estava a mais o menos 12 anos.
    Ficamos envergonhados e olhando uns para os outros sem entender nada.
    Decidimos não se envolver mais com nada que envolva casos de lideres pq para eles as ovelhas não têm voz para reclamar, para exigir alguma coisa.
    Acabamos se passando por um grupo de irmãos rebeldes.
    E se envolver dinheiro, acredito que coisa ficaria mais feia ainda.
    Conclusão. O pastor da sede que já é um pastor de idade avançada não conseguiu discernir o que estava se passando com o nosso pastor.E acabou em um certo tempo esse pastor caindo em adultério com uma mulher casada que regia a mocidade.

    Infelizmente ovelha não tem voz, tem que aceitar o que os lideres querem, querendo ou não.

    1. clamando disse:

      edson entendo teu problema e sei bem como é, mas vou tentar te mostrar outro lado, quando sai da assembléia pensei , a primeira coisa é a transparencia e todos os meses colocava no quadro de avisos o nome dos dizimistas e o valor que davam, não demorou muitos dias, alguns irmãos vieram a mim e pediram gentilmente que não mais coloca-se o valor deles restituido a DEUS, passado alguns dias vieram outros e reclamaram que queriam saber quanto tinha dado o irmão tal a irmã tal, dai eu disse isto é um problema deles com DEUS, certo disseram, dai pediram para ver os livros caixa da igreja, mostrei pois queria transparencia, pronto estava outro problema instalado, os irmãos do bairro tal, queriam construir a igreja sede deste bairro, mas eu estava construindo capelas, onde antes eram casas de madeira que foram tiradas as repartições, dai começaram, mas daqui se arrecada tanto, usa tanto para isto e tanto para aquilo, e eu queria transparencia e que o povo tivesse direito a voto, fui deixando me envolver, nestas pecuinhas, até que a igreja havia colocado toda a verba, e mais um pouco logo estava devendo e começou os cobradores a bater na porta da igreja para cobrar, deixei de receber salario voltei a trabalhar no secular e ainda tinha que usar o do secular para pagar as contas, e me diziam não faz mais que a obrigação, até que coloquei as contas em dia, terminei o começado, botei um basta no direito de dizerem o que queriam, e deixei DEUS mandar, pronto acabou meus problemas, construi todas as 78 igrejas, nunca mais fiquei devendo um centavo a quem quer que fosse, logo, creio que se DEUS esta no negócio e olhamos só para JESUS ele cuida de nós

      1. Edson Souza disse:

        Realmente se os membro souber o tanto de dinheiro que a igreja arrecada aqui.E não se faz nada para os irmãos necessitados ia começa a ter murmuração.”Se viu o tanto de dinheiro que nossa igreja arrecada?”
        “Daria para o pastor colocar um ar condicionado aqui pq não agüentamos tanto calor.”
        E por ai vai.
        Sem falar que iria ficar no pé do pastor pra comprar um equipamento de som de qualidade. hehehe

        Em uma época tentei arrumar com os irmãos o som da igreja. Pq os lideres de periferia não mexe com os dízimos e as ofertas. Pedir autorização e com uma prancheta na mão e fui atrás dos irmãos. kkkkkk
        Me lasquei levava cada cacetada.Teve um que na minha cara disse:Eu já dou o dizimo na igreja e não vou dar mais nada.
        Vixi pior que ele tava certo. Sair tonto por causa daquela cacetada.
        O Engraçado que todas as vezes que vejo ou converso com esse irmão lembro de fato.Gravou.hehehe
        Acabei desistindo pq o povo na época já era “pobre” e ainda fica pedindo mais?

        Infelizmente transparência é meio complicado de exigir ainda mais sendo um simples membro,pq eles acabam olhando vc com maus olhos.Como uma ovelha rebelde.

        1. clamando disse:

          é de dar risadas, realmente o povo nunca esta contente, falar em dar perdeu o amigo heheh fique com DEUS maninho

  2. Rodrigo disse:

    Igreja é um covil de ladrões. Basta ligar a televisão, ou se quiser vá até qualquer igreja. Fato.

    1. jose disse:

      Voce é bem atrasado em termos de informações amigo. Na sua mente então: todos os pastores de todas as igrejas, de todas as cidades, de todos os estados do Brasil são ladrões e todos os padres de todas as igrejas do mundo inteiro são pedófilos? Preconceituoso. Precipitado no falar. Precisas ler provérbios amigo, e muito viu?

  3. LV Bragança disse:

    Transparência é fundamental no meio do povo de Deus. Pedro desafia os crentes a viverem de modo honesto, para não deixarem dúvidas entre os “gentios” (1ª Pd. 2:12). A igreja que frequento tem o seguinte procedimento: o pastor é eleito pela igreja, por tempo indeterminado, mas pode ser demitido quando a igreja quiser. Escolhe-se anualmente, entre os membros, uma diretoria (presidente, vice, secretário e vice, tesoureiro e vice, diáconos ). Esta diretoria executará o que a igreja decidir em assembléia. A cada 2 meses há reunião da assembléia, para ouvir prestação de contas da diretoria, onde os relatórios financeiros, com todos os recibos e notas, são lidos e disponibilizados para os membros. Pagamentos são feitos mediante duas de três assinaturas autorizadas. A assembléia de membros determina quanto o pastor receberá por sua função. Qualquer decisão da diretoria deverá ser validada pelos membros; nenhuma outra igreja tem autoridade sobre esta. Ao final do mandato, escolhe-se uma comissão auditora, que examinará as contas, e apresentará à igreja, em assembléia, que é o órgão soberano.

    1. Ricardo Leite disse:

      *LV Bragança, penso que toda e qualquer igreja evangélica que tenha postura condizente com o evangelho bíblico da Graça redentora de Jesus Cristo, não deixa de ser uma sociedade com seus respectivos “sócios”, tal como uma empresa, onde deve a lisura deve ser imperiosa, a prestação de contas não é mais do que uma obrigação sim de quem administra (ou manipula) um dinheiro santo, onde está presente o suor não só dos abastados, mas também de humildes pais de família, trabalhadores que vivem dum mirrado salário mínimo! E o que tristemente se constata, é que as igrejas estão sendo transformadas em organizações mafiosas geridas por estelionatários, que bem se utilizam de uma falácia eloquente, embasados pela Palavra! Ora, até o próprio satanás usou a Palavra de Deus para tentar ao Senhor Jesus! Por que seria diferente em nossos dias?
      “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!” JEREMIAS 17:5

    2. sirlei disse:

      Já exerci a função de tesoureira na Igreja, há um controle informatizado, com valores recebidos, contas pagas, caixa, enfim todo integrado, é possível ao membro e até não membro contribuinte ( que tambem é identificado no lançamento) solicitar seu extrato de contribuição, de dizimos, ofertas, tec…é apresentado relatórios mensais, recebimentos (mantendo sigilo publico quanto ao ofertante e valor individual) existem funcionários registrados, com seus salários, direitos trabalhistas, horas de trabalho, dentro do que exige a lei…prebenda dos pastores definidas em assembleia, auxílios … conselho fiscal…e essa denominação vai bem, com a Graça de Deus e com todo o direito de SENDO TESTEMUNHA ensinar aos membros assim serem. em sua empresa, lar, sociedade….A serem honestos e corretos para que tudo vá bem….nunca houve a necessidade de se COBRAR PARA QUE PAGUEM ( pois isso não é uma divida) dos membros O DIZIMO, A OFERTA….pois está bem claro na PALAVRA/BIBLIA que isso se faz de acordo com o coração de cada um…e que não se compra bençãos materiais do SENHOR e sim com trabalho honesto e acima de tudo longe do pecado…creiam É UMA IGREJA EVANGÉLICA…

      1. Edson Souza disse:

        Vem cá.
        Onde esta escrito no Novo testamento que é válido O DIZIMO?
        Dizimo não uma lei mosaica?
        É pq só o dizimo é aceito no cristianismo,na era cristã?
        Os apostolos se referiam a ofertas voluntárias e não mencionavam dizimos.

        Se observar bem nas escrituras o apostolo Paulo não ficava nada feliz quando vinham os judeus cristãos querendo impor rituais judaicos aos gentios que se convertiam ao cristanismo.

        E não venha com esse verciculo de Mateus 23:23 pq Jesus estava comprindo a lei como Judeu.Lembre-se que após a morte do nosso salvador o véu se rasgou.

        1. clamando disse:

          edson leia hebreus 7 e vejas que o fiador desta melhor aliança nada mais nada menos é o SENHOR JESUS

          1. Edson, o dízimo é antes da lei Mosaica!

  4. Gil disse:

    Caro Ariovaldo,
    Transparência é uma palavra que não existe no meio evangélico, principalmente se for relativo ao setor financeiro, este então é uma verdadeira caixa preta, inacessível às pobres ovelhas que a enchem a casa do tesouro com as suas poucas gorduras (dízimos e ofertas), onde o tilintar das moedas é abafado pelo barulho “espiritual” das poderosas orações, milagrosas e proféticas, feitas pelos santíssimos apóstolos, pastores e bispos. Portanto, se queremos entender o verdadeiro significado da palavra utopia, é só pedir transparência nas contas das igrejas. Na realidade igreja. hoje, tem o veradeiro significado de lucro fácil e trampolim social. É lógico que tal situação, à luz da Palvra de Deus isso é condenável, por isso é que ocorre sob a benção das sombras, das trevas, no centro da escuridão, ambiente propício para o pecado, onde ninguém vê (acham eles). Em contrapartida, alimentam aqueles que tem sede de justiça, os bem aventurados, dando sentido a artigos como esse, que expressam a vontade de um grande número de pessoas que não se dobraram à Mamom, à Baal e principalmente aos deuses modernos que corrompem a igreja com as suas teologias de prosperidade, num contexto capitalista selvagem que cada vez mais se confundem uma com a outra.

    1. jose disse:

      Gil, anote aí meu e-mail que quero confrontá-lo na palavra de Deus suas colocações ignaras e ultra precipitada. newtonstarling@yahoo.com.br. Voce está super mal informado e demasiadamente preconceituoso. Nunca opne sem antes pensar 3 vezes e questionar na fonte se realmente seu ponto de vista é uma realidade ou ficção mesmo. Leia provérbios. O autor lá descreve nitidamente o tipo de tua mentalidade.
      Fui tesoureiro na igreja católica e na evangélica (Igreja Batista). Tenho argumentos fartos para lhe ensinar amigo. Deus te abençoe e lhe revista de sabedoria.
      Newton.

      1. Edson Souza disse:

        Uma vez me aconteceu um fato que nunca vou esquecer
        Um membro de uma igreja estava passando dificuldades financeira pelo fato de sua filha estava gravemente doente,
        Aposentado e a data de receber a aposentadoria estava longe e precisava de dinheiro para comprar medicamentos que eram carissimos.
        Não teve outro jeito e foi a sede da igreja onde ele congregava.Eram considerando uma das igreja mais rigorosa no meio evangelica.
        Dizimista fiel.Procurou o tesoureiro e contou o seu caso.
        Foi levado ao diregente e ele passou que não poderia fazer nada pq não tinha dinheiro.O tesoureiro levou triste o fato ao próprio membro fiel.
        Nisso veio um documento pendindo a liberação de um valor altissimo para comprar um carro para o filho do missionário.
        Sabe que o tesoureiro fez?

        Apartir de hoje entrego meu cargo de tesoureiro.

        Eu por diversas vezes com o irmão que me contou esse caso, confirmou que era verdade.

        Agora esse aqui eu ouvir com meu próprio ouvidos.

        Fui na sede geral das Assembléia de Deus(Madureira) com um amigo e irmão que trabalhava por conta.E tinha um dinheiro pra receber e formos direito para o escritorio.

        O tesoureiro vendo ele e como tava meio agitado la (acho que era horário de culto)
        Gritou.
        Espera um pouquinho ai deixa eu primeiro atender as vitimas.
        Vitimas???
        Ele se referiam aos que estavam trazendo as ofertas dos irmãos(ovelhas)kkkk

        Não acreditei que ouvi isso.
        Eu meu amigo ficamos abismado como foi tratado algo sagrado que são as ofertas dadas para Deus, tratado como vitimas.

        1. LV Bragança disse:

          Caro Edson Souza, fatos como os que citou são tristes, e realmente acontecem, mas não devemos generalizar. Existe diferença, infelizmente raras. mas existem. No meio em que congrego, quando alguém esta doente e não tem condição de adquirir remédio, a igreja providencia; famílias estão necessitadas, cestas são levantadas e doadas. Recentemente, uma irmã estava sem nada em casa, e foi informado ao pastor, que acionou os diáconos para resolver a situação. Quando a irmã recebeu a cesta, informou que tinha orado, sem saber o que dar aos netos no outro dia; agradeceu muito. A irmã (descrente) de um membro, vinda do interior, estava internada em um hospital, sem alguém para acompanhá-la; as senhoras da igreja se mobilizaram e foram ajudar! O pastor e diáconos estão sempre atentos a situações que necessitam cuidado. Como disse, há igrejas sérias, realmente bíblicas. Eu congrego em uma.

          1. Edson Souza disse:

            Claro irmão não são todas que agem assim, não posso generalizar,tenho consciência disso.

            Deus tenha misericórdia de mim ser falar da igreja de Cristo que tem uma conduta seria e cristã.

      2. Gil disse:

        Caro José,
        Se vc já foi tesoureiro, então vc deve saber de muita podridão. Logo não vou debater com vc o óbvio pq eu também já fui diácono de uma grande igreja e sei o que se passa nos bastidores de muitas igrejas, não vou generalizar, mas a coisa está tão preta que causa inveja até no próprio diabo.
        Tenho conhecimento e informação suficientes para argumentar e debater com vc, tanto secular quanto bíblico, porém não vou perder meu tempo. Infelizmente a realidade da igreja evangélica no Brasil é esta e não sou preconceituoso.
        Também quero te dizer que o campo das idéias é um lugar livre grilhões, então sou livre para expressar a minha opinião sobre qq coisa, independemente de conhecer ou não, que não é o caso.
        A propósito, o livro de Provérbios trata de vários assuntos e se ele descreve a minha mentalidade, fico muito feliz, pq sigo a mentalidade de Cristo, pelo menos eu tento. Jesus também foi um duro crítico do sistema estabelecido e sofreu duras oposições, embora eu esteja muito longe de chegar aos Seus pés.
        Meu amigo peço que utilize seus fartos argumentos para ensinar aqueles que precisam obter conhecimento e sabedoria, não eu não precise, mas eu já tenho mestre por excelência – Jesus – A Palavra Viva.

  5. ana disse:

    na minha igreja as ofertas e dizimos vao pra pagar 2 faculdades dos filhos do pastor e pra acabar de fazer a casa de praia dele em angra dos reis, e pra pagar o aluguel do apartamento da filha dele,e pra compra varios imoves no nome dos filhos dele que ele coloca.e tambem pra pagar 3 carros que os filhos trocam todos os anos. eu nao dou nem um centavo pois nao sou otaria. se algum membro precisar de alguma coisa ele fala que nao tem. e um cara de pau.

    1. Edson Souza disse:

      “se algum membro precisar de alguma coisa ele fala que nao tem. e um cara de pau.”kkkk

      Qual igreja a irmã participa?

    2. LV Bragança disse:

      Ana,
      O Apóstolo (verdadeiro) Paulo elogiou os crentes bereianos (At. 17:11) por ouvir a mensagem e verificar nas escrituras, para confirmar a veracidade. O mesmo Paulo recomendou estar atentos aos promotores de dissensões e lisonjeadores, pois servem a si próprios e não a Cristo (Rm. 16:17,18). Pedro, (outro verdadeiro) exortou os pastores a não ser gananciosos, pastorearem o rebanho de Deus não como dominadores (I Pd.5:1-4).De fato, a inspirada, inerrante, suficiente Bíblia manda fugir destes aproveitadores. Veja II Pd. cap. 2; I Tm. 6:3-11, Fp. 3:17-19. Esse tipo de pastor deve ser questionado em suas decisões, deve ser confrontado com a bíblia, e exortado a obedece-la ou então, sofrer a disciplina pela igreja. Pastor não é dono da igreja, é servo! Se a Bíblia é palavra de Deus e norma para a igreja, deve ser obedecida, e os crentes deviam ir pra onde ela é ensinada, uma igreja séria. E ainda existem igrejas sérias, procure uma…

  6. Edson Souza disse:

    Se era antes da Lei, pq os pastores usam como obrigatório dar o dizimo?(se não dar fala de maldições e roubando a Deus)
    Se eram antes da lei e então não dever se algo obrigatório e não poderia usar o texto de Malaquias como uma referência, esse texto como lei de moisaica manda trazer todos os dízimos?

    Não acha?

  7. Marcos Fialho disse:

    Quanto a frase “É perfeitamente justo exigir um detalhamento de entradas e saídas, para que fique explícito o quanto custam as estruturas e o quanto custam os pastores e obreiros.” concordo em parte, se a pessoa é um cooperador financeiro ativo da congregação, nada mais justo de ela ter o direito de saber da parte financeira da igreja. Agora se não dar nada não tem direito algum. Mais uma igreja transparente sempre atrai mais pessoas fieis a contribuição.

  8. Boby disse:

    Eu presto serviço para uma igreja desde 2012 e recentemente achei uma planilha com uns lançamentos de despesas de alguns meses de 2014, na época eu recebia R$ 600,00 e esta lançado como despesa do pagamento para mim de mais de 4 mil reais cada mês, agora me fala como se chama isso que esse pastor faz? Onde está a igreja que tem lideres idôneos que queria conhecer, se for o caso de eu pedir o lançamento de entradas e saídas da igreja dos últimos 5 anos como eu posso fazer isso?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.