Artigos

Todos que são “batizados” com o Espírito Santo falam em línguas?

Next Article
O trigo e o joio
Comments (77)
  1. Rozane disse:

    Tratando-se de Edir Macedo, pode-se ouvir qualquer coisa. Realmente um falso profeta.Certa vez, deixei um comentário repudiando o abroto, meu comentário foi prontamente removido pela equipe de Edir…

  2. Pitagoras disse:

    Falar em línguas estranhas, era um atributo dos(as) bacantes, em suas celebrações, mil anos antes da bíblia.

    1. jorge melo disse:

      Errado, Pitágoras,
      Seja mais explícito, e pela Bíblia tá ? Fora da mesma só existe argumentos =futéis.

    2. Pitagoras disse:

      J.Melo, evidente que a bíblia não dirá nada sobre as bacantes. No livro “História das crenças..”, diz que estas, nas celebrações, entravam em transe, e em êxtase, gritavam palavras incompreensíveis. Isso não é futilidade, mas história das religiões antigas.

      1. dayane glaucia disse:

        então se ñ estar na biblia ñ é vdd e nem existe

    1. Victor disse:

      CUIDADO Jairo, A Bíblia fala que Blasfêmia contra o Espírito Santo é Imperdoável.

  3. Jose Matias disse:

    Estou totalmente em concordãncia, com esta mensagem. Em 35 anos de crente já vi muita gente falando em linguas como papagaios, mas a sua vida de testemunho completamente contrária, aos ensinamentos e vida de Cristo. Autênticas aberrações á sã doutrina. Acredito no falar em linguas, mas para o que é útil, de acordo com a vontade de Deus, mas nunca para mostrar espiritualidade barata. Quantas vezes os demónios a usam para gerar confusão dentro das congregações.Pois que o diabo nisto é esperto, imita todos os dons de Deus; mas tenha em atenção…nunca por nunca imita o AMOR de DEUS. Bem aja meu irmão pois pela advertência. Quem tem ouvidos que ousa.

    1. Jairo Luis Jairo disse:

      35 anos de crente? BEM FEITO, QUEM MANDOU NÃO ESTUDAR? CONEÇA O AMOR DE DEUS >>>> http://es.scribd.com/doc/53170726/COLECAO-FABULAS-BIBLICAS-VOLUME-1-CRIMES-DE-DEUS

    2. Lupercio Campos Rodrigues disse:

      Incrível tudo isso,sou pentecostal e nunca tinha ouvido e aprendido,tal coisa e achei o máximo,bem simples e não carregado de citações bíblicas…eu crei muito no dom de línguas,línguas estranha,línguas dos anjos,mas Paulo,nos adverte se não tiver quem a interprete,é bom que nem se tenha,o dom de línguas…eu creio assim e aprendi assim,junto com esse dom,tem que se ter,alguem que a interprete e não é um sinal do batismo no ou com o espírito santo,fiquei maravilhado,com o conteúdo,desse blog…é bem ao contrário,das posições e crença,das maiorias das igrejas pentecostais e neo pentecostais.Mas ao meu ver,é a maior coerencia já dita em toda minha vida e na vida da fé cristã,devemos crer,que o dom de línguas,realmente,não é um sinal do poder do Espírito Santo e nem um sinal de que tal pessoa,fora batizado no ou com o Espírito Santo,amei essa página,estão de parabéns e continuem nessa força e sabedoria,pois creio,que são pentecostais,iguais a mim e isso pra mim,é o máximo,vamos viver essa nossa fé em Cristo.

      1. Lupercio Campos Rodrigues disse:

        Eu vou concluir minhas palavras,que aqueles que tem Cristo,não precisam ter um dom especifico e nem falar uma língua em especial,ter dons não significa ser salvo…temos apenas que nascer de novo e isso,creio ser o suficiente,pra cada um de nós,pode crer.

  4. Muito esclarecedor a mensagem e o assunto em questão, hoje o dom de líguas virou praga em algumas Igrejas, que ao invés de servir para edificação do corpo de Cristo, está servindo para criar 'casta de crentes' como "os mais e os menos espirituais" dependendo do tanto de vezes que falam linguas na Igreja.

    1. Verdade, Deosdety. No fundo é uma prática usada para exercer domínio sobre os outros ( exploram a ignorância), como se mais espirituais fossem. É sede por reconhecimento humano. A paz.

      1. Renan Byll disse:

        Cara se vc não acredita em Deus; sinto muito por vc. Nós acreditamos!!
        Alem do mas, se todo mundo confia-se nos mandamentos da Bíblia, o mundo seria um lugar bem melhor!!!!

  5. muito esclarecedor, me ajudou muito, pois eu também tinha essa dúvida.

  6. Izabel Fernandes disse:

    Muitas vezes eu me frustrava e achava que algum erro em mim não permitia que eu fosse batizada com espírito santo, mas ao mesmo tempo eu não me dedicava plenamente em buscar isso. Agora tudo ficou claro. Abençoada palavra de Daniel. Que Deus continue o usando com o dom da palavra.

  7. leydiane disse:

    ótimo texto. Esclarecedor. Contudo, não podemos generalizar os cristãos da IURD.

  8. O.k Daniel, de vez em quando aparece uma palavra de sobriedade. É necessário desmistificar o que muitos amados irmãos chamam de batismo com o Espírito Santo, afirmando coisas sobre as quais não tem o menor conhecimento ( apenas ouviram falar e se fizeram cópias, sem ao menos questionar ). Para fechamento, gostaria de compartilhar uma palavra: Jo. 3:8 O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo que é nascido do Espírito. O Espírito Santo é soberano, não queiram subjugá-lo à vontade humana, pois isso só aumenta as divisões. Jesus Cristo é o Senhor!

  9. gilmara disse:

    concordo em td com vc e mesmo antes de me converter eu via esse homem como falso e até hoje não consigo ve´lo de maneira diferente.na verdade o povo erra por falta de conhecimento ,por que nao querem ler a biblia e pedir ao espirito santo para faze-lo entender..levam a biblia para a igreja lê o trecho que o pregador que falar e das maioria das vezes ouve mais o homem do que a palavra de DEUS diz.

    1. j.gilmar disse:

      Gilmara;
      compartilho da mesma opinião.
      sempre gostei de dar um voto de confiança a quem anuncia o nome de Jesus cristo,
      até que se revelasse seu carater,sua índole;

      mas ao minduim, desde que ouvi falar dele a primeira vez;
      nunca consegui engolir seu trabalho , como se fosse algo de Deus;
      pra mim, a turma do minduim, não passam do cumprimento da profecia;
      “…por ganância, farão de vós ,negócio…;”

      e agora que ele deu de perseguir e falar mal de outras igrejas,
      acabei de crêr , que realmente ele é um falso menstre, conforme 2ª pedro 2;

      e me baseio, no que Jesus disse:” quem não é contra nós ,é por nós .” .

  10. Carlos Oliveira disse:

    Foi muito importante pra mim realmente ler este artigo, to com 10 anos de vida cristã, me frustrava por nao saber orar em linguas, mesmo percebendo que Deus tinha colocado novas coisas em meu ser, em minha personalidade que antes eu nao tinha e no meu olhar humano eu achava impossível de adquirir, mas foi Ele quem me deu.

    1. orar em linguas?? .. o povo a partir do momento que vc aceita JESUS como seu unico salvador e se batiza por emissao de aguas e batizado no espirito santo tb … e vale mais fala 5 palavras profeticas que 10 mil em linguas estranha que nao edificaram a niguem a nao ser a si se tiver interprete ou se cale. sem mais.. leiam a biblia.

  11. Edilson Silva disse:

    Faço minha as tuas palavras, José Matias.Pois eu também tenho presenciado o mesmo que vc!A lingua "estranha" que muitos falam é estranha, pois o FRUTO DO ESPIRITO, não acompanha a vida do falante.

    1. Edigar Caires disse:

      O livro de Numeros conta a História do profeta Balaão e sua jumenta, este animal em uma situação viu um anjo e conversou com o profeta. Vamos analisar a partir desta história a importancia dos dons e do caráter na vida dos cristãos. http://www.edigarcaires.com.br/a_jumenta_de_balaao_seria-arrebatada.php

  12. Gabi disse:

    eu sou batizada com espirito , graças a Deus Ele me deu essa honra e nem pq sou batizada falo em linguas, e é verdade, pq na minha igreja vi pessoas com a vida toda errada mas que falam em linguas então acho que é um dom de Deus e certas pessoas nao valorizam esse dom concertando sua vida e se firmando com Deus e isso é uma pena.

    1. Emerson disse:

      Eita gente … esse dom de línguas de Atos 2, como foi falado refere-se a línguas estrangeiras (lalia). Como crente acha que falando “Ashibalalai” consegue ser mais “puro” … nada disso …

      Eu sou cristão (salvo), me senti cheio pelo espírito no momento de minha conversão, depois me batizei (e batismo significa “descer às águas”) como prova apenas PÚBLICA de minha conversão, já que o batismo não salva, e não falei em língua nenhuma a não ser portuguẽs. Isso por acaso me faz menor que alguém, Sr Macedo?

      Alias, se olhar ao pé da letra, como é um dom, se eu aprender qualquer língua estrangeira, se isso for fácil pra mim (por obra do espírito) eu então tenho o dom de línguas, certo?

  13. Karmen disse:

    Conheço muirta gente do retetê que só porque fala em linguas, gosta de ameaçar crentes, dizendo o que Deus não mandou ou querendo se beneficiar financeiramente disso! Tudo fariseu do inferno!!!

    1. alguem disse:

      Tambem ja vi varios… eu fujo desses falsos profetas.

  14. alguem disse:

    Mas essa ideia não nasceu na iurd e sim numa igreja pentecostal que é a mais conhecida desse ramo no pais…. a bleia.

  15. Concordo com Daniel Simoncelos. Há uma tendencia exacerbada do pentecostalismo em enfatizar o falar em línguas estranhas. Isso contraria os ensinamentos do apóstolo Paulo. Parece que se esquecem de praticar I Coríntios 13, onde fica muito claro que o principal dom é o amor. Aliás, Daniel e demais leitores, vocês sabem que o falar em línguas estranhas não é exclusividade de cristãos? Há seitas totalmente avessas ao cristianismo cujos integrantes falam em línguas estranhas (não idiomas nacionais como em Atos 2). Leiam o que o apóstolo Paulo diz em I Coríntios 14.20-25. No verso 22 ele diz que as línguas constituem um sinal não para os crentes, mas para os incrédulos; mas a profecia não é para os incrédulos, e sim para os que creem. É preciso urgentemente de estudarmos mais a Bíblia a fim de não continuarmos meninos na fé, sujeito aos "ventos" de doutrinas. Será que muitos dos que valorizam tanto o falar em línguas estão enquadrados aí no versículo 22? Paulo Afonso

  16. Prosseguindo meu comentário, já prestaram atenção a um detalhe muito importante?: Quando foi que Jesus recebeu o Espírito Santo? Quando foi batizado por João Batista. Daí podemos concluir que ao sermos batizados, tendo crido primeiro, é claro, recebemos o Espírito Santo. Acredito que as pessoas confundem batismo com Espírito Santo com ENCHIMENTO com o Espírito Santo, que acontece progressivamente na medida em que o crente vai colocando em prática o dom ou dons recebidos. Porque no plano de Deus, tudo o que Ele nos concede tem um propósito. Em atos 2.4 está registrado que "todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem". Qual o propósito disso? Para quê? Para cumprir o IDE de Mateus 28.18-20. Aí eu pergunto: será que todos os que querem o "batismo" ou até os que se consideram "batizados" estão dispostos a cumprir o propósito da Grande Comissão? Acho bom meditar nisso.

  17. MArcos disse:

    “Quando falamos de uma nova língua, tal língua não tem apenas uma palavra, ou uma frase. Existe concordância, gramática, tempo” Quem é que disse que o dom de línguas tem que ter Concordância ou gramatica ou tempo???? Usando a mente natural para entender o que é espiritual??? Nunca vai conseguir!!! Não estou defendendo Edir Macedo… Mas a Palavra…

  18. sebastião tavares disse:

    Com o respeito total com os comentários aqui feitos, quero lembrar que nunca senti e sinto que o Apóstolo Paulo fosse mentiroso ou que a sua doutrina fosse da sua cabeça e “glória”!; o ensino dele é muito claro e só lembro 2 pormenores focados na Palavra de Deus:
    1Co: 12:10 (fala além doutras, discernimento) + 14:26 : não sou pregador por vocação, mas sim por convição e com fé. Jo:6:45

  19. Eliene disse:

    Interessante, mas, me recuso a acreditar que um dom, dado por Deus um ser Supremo, Criador, Onipotente, Maravilhoso, Pai da Eternidade seja tão assim como dizer… mesquinho, de palavras desconexas, repetitivas, incompreensível, que traz tantas divergências. Será irmãos que não estaremos nós subestimando o nosso Deus? Lembremos-nos as coisas de nosso grande Pai são sempre feitas com ordem e descência, para edificação da nossa alma. Será que alguém tem dúvida disso?

    1. Pitagoras disse:

      Quem diz falar em línguas após batizado, está apenas querendo parecer “salvo” peranante os demais, ou por iniciativa própria, ou por sugestão de outros. ou por ingenuidade. Nada verdadeiro.

      1. Valter Borges disse:

        Afirmação precipitada, preconceituosa, e, também, ingênua. Negar o inegável é uma contradição!

      2. Pitagoras disse:

        Bem Borges, A hora que alguém provar que, após batizado estárá falando grego, latim, hebraico, ou qualquer outro idioma, coerente, e permanentemente, (nada de balbuciar sons ininteligíveis e desconexos), passarei a acreditar. Até lá, nada feito. Paz

  20. Já vi que tem muita gente desinformada na igreja mesmo, o Dom de línguas é dom de inspiração, quando os irmãos falam em línguas e geralmente repetem as mesmas frases, são línguas de batismos que é diferente do dom de variedade de línguas. E os discípulos no dia de pentecoste não falaram idiomas daqueles povos, eram línguas repartidas como de fogo, agora o Espírito Santo os faziam interpretar no seu próprio idioma, para de conversar o que não conhece, pelo jeito você tem ciúme de quem é batizado e vai ler mais a Bíblia.

  21. shirley disse:

    o poder de Deus não é pra ser explicado,falar em linguas é um dom que edifica a quem falar,e a falar em linguas e falar variedades de linguas; voces criticam porque não tem esse dom. são piores que o marcedo

    1. Vera Lúcia disse:

      Verdade Shirley precisam conhecer o verdadeiro dom de Deus.

  22. Luciana Paixão Ullmann disse:

    Não venho defender o b.Macedo, e não acredito também que só é batizado ou cheio do Espírito Santo quem fala em línguas, mais acredito no dom de línguas quando é dado realmente por Deus, vemos sim no meio pentecostal muitas coisas absurdas, mais tais coisas não desqualificam quem tem realmente esse dom de Deus.Acredito no que está escrito “Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.”

    1 Coríntios 14:2-3 nesse verso não se fala em língua estrangeira, mais fala de mistérios que se deve falar com Deus, por isso acredito que quando se ora em línguas deve se orar em tom baixo pois é um particular entre nós e nosso Deus a não ser quando há interprete como recomenda o apostolo Paulo por que só com a interpretação a língua estranha traz edificação ao que ouve.

    O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.

    1 Coríntios 14:4-5

    Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar.

    1 Coríntios 14:13-14

    Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.

    1 Coríntios 14:14-15

    No mais o que nos resta é continuar meditando nos ensinamentos da Biblia, orando e pedindo a Deus que nos esclareça em todas as coisas.

    1. Iraceli disse:

      Concordo absolutanente com vc!

  23. Valter Borges disse:

    Sinto muito pela sia análise rasa e preconceituosa quanto ao Pentecostalismo e o dom de línguas. Enfatizo que não compartilho com muitas, ou, quase toda a totalidade do que o Bispo macedo afirma, entretanto, quanto a esse assunto, é objeto de meus estudos. Veja, uma parte de meu artigo sobre o assunto:

    “Os pentecostais consideram que a evidência inicial do Batismo com Espírito Santo é o falar em línguas estranhas. Como isso se dá? Para melhor compreensão faz-se necessário tecer algumas considerações sobre a questão do êxtase. Segundo Mendonça, o êxtase deve ser analisado enquanto fenômeno religioso não peculiar à religião cristã, mesmo se acompanhado de profecias em linguagem compreensível. Em grande ou em menor proporção o êxtase está presente nas manifestações pentecostais. Embora, o êxtase não seja o iniciador do processo; mas, sim, o resultante de uma ação divina sobre a vida do crente. É o “estar cheio” do Espírito! É importante, observar que essa característica humana não é uma regra. Há experiências sólidas de crentes que falavam em outras línguas, sem, contudo, estar visivelmente extasiados.
    Champlin, na verdade, relata que o “falar em línguas” pode ser feito através de meios naturais, também, através de meios demoníacos (desnaturais), finalmente, há as línguas sobrenaturais, onde o Espírito Santo inspira a falar línguas, sem o auxílio de êxtases, transes, psicologias, filosofias e técnicas. A Bíblia diz que o Espírito Santo é quem permitia que falassem, e não uma provocação extática, mas, sim, a ação de Deus! Significa “declaração clara e em alta voz, sob um impulso miraculoso” (CHAMPLIN, 1995, p.45). O dom pentecostal é o mais rico dom de Deus. Isso por causa das seguintes razões, segundo Champlin: 1) Sua origem – Os méritos de Cristo, sua humilhação e exaltação; 2) Sua própria natureza – a união do Espírito de Deus com o espírito humano; 3) Sua influência e resultados – uma nova criação do coração e do mundo. Champlin relata que no tocante à nova língua que essa é conferida mediante a doação pentecostal do Espírito Santo:
    John W. Wyckoff demonstra, com particular precisão, que a glossolalia é a evidência inicial do Batismo com Espírito Santo. Segundo ele, “os pentecostais sustentam que o falar em outras línguas era a experiência normal, esperada de todos os crentes neotestamentários batizados no Espírito Santo” (HORTON, 1996, p.449).
    É importante frisar, embora o falar em outras línguas, seja a evidência inicial, ressalta-se, que, o falar em línguas é uma inspiração divina, ou seja, o resultado do poder capacitador do Espírito Santo de Deus. J. R. Willians observa que “o propósito central, ao ser outorgado o Espírito, é o poder capacitador mediante o qual o testemunho de Jesus pode ser levado adiante, tanto em palavras quanto em ações” (HORTON, 1996, p.451). Conforme lembra Wyckoff, “os pentecostais, ao insistirem que a experiência de um batismo distintivo no Espírito Santo está à disposição dos crentes hoje, não estão sugerindo que os cristãos que não falam em línguas não têm o Espírito” (HORTON, 1996, p.454) . Wyckoff cita J. Ramsey Michaelis, que acredita que “existe um perigo na ideia pentecostal da ‘evidência inicial’ – ela pode reduzir o Espírito ao falar em línguas” (HORTON, 1996, p.457-58).
    E. S. Willians, um antigo pentecostal, declarou: “O que é da máxima importância é ‘o poder do alto’”. Em sua dissertação de mestrado, Reginaldo Leandro Plácido explora bem essa questão ao inter-relacionar os acontecimentos bíblicos com a fé pentecostal moderna, embasada pela teologia pneumatológica do teólogo Paul Tillich, quando este aborda o conceito de “Presença Espiritual”.

    Portanto, insisto da necessidade de aprofundar na questão e não desmoralizar. Acho que é mais fácil desmoralizar do que argumentar!
    Mas, não é de estranhar, pois, o próprio termo “pentecostais” foi cunhado pelos tradicionais cessacionistas de forma degenerativa, vide história do pentecostalismo.

    Ev. Valter Borges
    Pastor Assembleia de Deus
    São Bernardo do Campo
    Teólogo, Cientista Social, Jornalista,
    Pesquisador de Religião pela UMESP
    que

    1. Anderson disse:

      Concordo com o Daniel. O Pentecostalismo está dilacerando o evangelho. Veja estas Assembléias de DEUS múltiplas e divergentes entre si. Veja este Malafaia pregando a demoníaca teologia da prosperidade.

      Foi só uma pesquisa anunciar que os “evangélicos” estão em marcha crescente que os filhos de Lutero se arvoraram em comemorar o crescimento de sua religião “una”. Sites e mais sites enaltecem a subida vertiginosa das religiões e igrejas ditas evangélicas.

      Entretanto, alguns fatos passaram desapercebidos:

      a) O crescimento evangélico já foi maior nos primeiros anos da década pesquisada;

      b) O número de evangélicos que se declara como “sem igreja” já soma mais de 6 milhões de pessoas e continua crescendo.

      c) Todo mundo já ouviu de algum pregador protestante a famosa expressão: “Nós o povo de DEUS representamos 30% da população brasileira.”…

      Primeiro que não são 30%. São 22% , sendo que 6.000.000, aproximadamente, integram o grupo dos “sem igreja” e neste caso os 22% representam mais ou menos apenas 19%. De 30% anunciados pelos pregadores televisivos para 19% existe uma diferença bem grande.

      Segundo, tais pregadores que falam do “Povo de DEUS” não possuem condições de avaliar o que cada crente em cada denominação crê e pratica.

      Se já é difícil a um pregador de São Paulo conhecer a fé de cada um dos seus súditos, o que se dirá da fé e cristianismo praticados em uma denominação em Roraima ou da fé e cristianismo de um crente em Goiânia!

      Terceiro, neste suposto “Povo de DEUS” estão incluídos aqueles que são acusados de heresias por outros pregadores.

      Sim. Não há um pregador que não acuse outros pregadores de heresias e não há um pregador que não tenha sido chamado de herege por outros pregadores protestantes.

      No entanto, quando surgem as estatísticas, como em um passe de mágica, todos voltam a ser “Povo de DEUS”, “Raça Eleita” e “Irmãos em Cristo.”
      Como isto é possível, a não ser pelo fato de que o protestante crê na salvação pelo rótulo ?

      Ora, entre os 22% de evangélicos espalhados pelo país estão aqueles que pertencem à denominação cujo líder é favorável ao aborto.

      Encontram-se dentro deste percentual também aqueles que diziam que o papa João Paulo II era a besta do apocalipse. Erraram feio, mas ainda que sejam falsos profetas continuam sendo respeitados e tem gente parando para escutar o que esses falsos “ungidos” pregam!

      Dentro desse percentual encontram-se ainda aqueles que integram a denominação que defende a heresia de Ário.
      Encontram-se ainda os praticantes do evangelho judaizante, os defensores do casamento entre pessoas do mesmo sexo, os defensores do divórcio e aqueles que pregam a teologia da prosperidade…

      A estes grupos acrescentamos os “sem Igreja”, os defensores da “teologia da determinação” e aqueles que praticam unção do cachorro, unção da vassoura, unção do helicóptero, unção do zoológico e unção da galinha, entre tantos outros grupos.

      Que unidade evangélica é essa desse suposto “povo de Deus”?

      Estariam todos “salvos”, sendo tão divergentes entre si?

      Nestes 22% que se autodenominam “Povo de DEUS” estão aqueles que disseram que 99% dos cantores evangélicos estão endemoniados. E curiosamente encontram-se também nos mesmos 22% os ditos endemoniados que, negando a acusação, dizem que seus algozes estão desesperados com a fuga de fiéis.

      Incrível ! Só no protestantismo tal ocorrência é possível. Integram o grupo dos “salvos” os acusados de terem demônios e seus acusadores. E todos se reconhecem como “irmãos em Cristo”.

      Vamos considerar a máxima: Se todos estão salvos, o que lhes favorece tal condição mesmo que sejam divergentes entre si e mesmo que uns acusem outros de heresias ?

      A primeira coisa a considerarmos é que se todos acusam alguém no meio como hereges e todos são chamados de hereges em algum momento, podemos afirmar categoricamente que para o protestante heresia protestante não condena ninguém ao inferno.

      É incompatível alguém chamar outro de herege e ao mesmo tempo os dois juntos integrarem um mesmo “Povo de DEUS”.
      Mas é assim que funciona o protestantismo.

      Assim sendo, se por um lado admitem que heresia protestante não condena ninguém ao inferno, o que efetivamente leva o protestante para o céu ?

      1)Estão todos salvos pelo fato de que todos “aceitaram” Jesus em um templo protestante ?
      Então o protestante é salvo pelos próprios méritos. Ele teve a inteligência de escolher uma denominação protestante para seguir e teve a sabedoria de “aceitar” Jesus.

      2)Estão todos salvos por que desfilam com os rótulos protestante ou evangélico ?
      Então ao contrário do que dizem que placa de igreja não salva, já não é a fé ou o cristianismo que se pratica, mas apenas o rótulo. Pouco importa seguir ou não a Jesus e seu evangelho, mas apenas receber as marcas protestante ou evangélico.

      3)Estão todos salvos por que possuem em comum como inimiga a Igreja Católica ?
      Então o que é o protestantismo a não ser a doutrina que prega o anti catolicismo ?

      Temos ainda no meio protestante quem goste da transferência de unção. Já tem doutrinador negando que Jesus Cristo é DEUS, mas apenas uma criação deste mesmo DEUS. Outros tantos praticam a doutrina que determina a vitória em nome de Jesus. Outros professam um Jesus patrocinador e adepto de dízimos no débito automático.
      Tem até Jesus operador de TV a cabo. Que horror!

      As opções são muitas no protestantismo. O que não falta ao protestante é criatividade. Tem “Jesus” para todos os gostos.

      Há também aqueles que praticam quebras de maldições e descarrego.
      Temos ainda a unção da lama ou do chifre. Temos Jesus protestante adepto de fogueiras santas e desafios financeiros
      Tem unção do helicóptero e benção do aeroporto !
      Tem teologia da regressão ao útero materno. Diz o protestante: “Deve ser tremendoooooo”
      Tem quem determina sua vitória e faça exigências a DEUS para que suas “necessidades” sejam atendidas.

      Tem até quem defenda que se deve tomar posição diante de DEUS.
      Não foi isto que Judas fez ? Não foi ele que tomou posição diante do DEUS vivo ?

      Tem quem diz que DEUS irá restituir tudo que lhe foi tomado.
      Tomado por quem ? DEUS está obrigado a restituir ? Será que ele já não nos deu o bastante ?

      Tem pregador com cobra enrolada no pescoço e tem quem batize em parque de diversões.
      Tem quem promova lutas para atrair público. Eu pensava que Jesus Cristo já era motivo mais do que suficiente para atrair as pessoas.

      E todos são “irmãos em Cristo”, todos engrossam o “Povo de DEUS”, todos aparecem nas estatísticas como 22% da população brasileira e todos, sem exceção, vibram com a possibilidade de chegarem aos 50% em 2040.

      Em outras palavras, no meio protestante quem não pratica tais doutrinas se faz cúmplice de tais obras quando assume a condição de religião única evangélica ou quando se declara “irmão em Cristo” de um daqueles.

      Todos os protestantes creem da mesma forma ? Definitivamente não.

      Os protestantes são parecidos no que eles costumam definir como “doutrina básica” ?

      Não. Existem doutrinas muito divergentes. E nem Jesus ou a Bíblia ensinam que as doutrinas poderiam divergir e que “tanto faz” isso ou aquilo.

      Seguramente, podemos afirmar que Jesus Cristo não tem opiniões distintas para um mesmo tema. Ele é firme. Ele é a verdade e não meia verdade. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

      Portanto, repudiamos as doutrinas que defendem um Jesus Cristo do tanto faz. Tanto faz se tem batismo ou não. Tanto faz se aceita ou não o divórcio. “O importante é a fé”. “Não importa a denominação.” “Olha para Jesus.”

      “Uma só fé”, disse S. Paulo. Significa que todos devem crer nas mesmas verdades. Tal não ocorre no protestantismo.

      “Um só batismo”, disse S. Paulo. No protestantismo tem quem não batize, tem quem batize muito diferente um do outro e tem que não aceita batismo de outra igreja.

      “Um só Senhor”, disse S. Paulo. É no protestantismo que tem gente negando o Senhor.

      Um só DEUS. No protestantismo cada denominação ou cada cabeça cria seu próprio “deus” moldado conforme as necessidades pessoais.

      Onde são vistas as heresias que acima evidenciamos ? No protestantismo ou no catolicismo ?

      E agora ? Uma só Igreja ou 50.000 divergentes entre si ?

      Somadas as milhares de seitas, estas juntas alcançam a 1/3 do número de católicos.
      Foram necessárias 50.000 igrejas diferentes se unirem contra apenas uma para alcançarem menos de 20% da população brasileira.

      E o que têm todas essas seitas divergentes em comum ? Aversão pela Igreja Católica.

      Que ninguém se engane. Esta igreja não atravessou dois milênios para nada.

      Esta Igreja assistiu a derrota do Império Romano. Assistiu a derrota dos nazistas e a derrocada dos comunistas no mundo inteiro.
      Esta Igreja viu Napoleão e seu grande exército desaparecerem.
      Esta Igreja continuará oferecendo até o fim dos tempos o sacrifício perfeito do qual falaram os profetas no Antigo Testamento.

      Com toda certeza podemos dizer:

      1) “PESQUISA DO IBGE, ESTATÍSTICA E RÓTULO DE POVO DE DEUS NÃO SALVAM NINGUÉM.”

      2) “E as portas do inferno não prevalecerão contra minha Igreja”

      Mateus 16:
      (15) Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou?
      (16) Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!
      (17) Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus.
      (18) E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
      (19) Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
      Autor: A. Silva / Com a colaboração de V.De Carvalho e Claudio Maria

  24. Regina disse:

    Concordo com você Daniel.
    Não há necessidade de tanta ênfase, como algumas denominações fazem, no que diz respeito ao dom de línguas.
    Vamos ler a Bíblia!!!
    I Coríntios 13
    1.Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. (ou seja: não terei valor nenhum!)
    .2Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. (ou seja: nada vale, se eu não tiver amor)
    8. O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará;
    13.Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.
    Então, por que se preocupar tanto em falar línguas? O Amor é o maior de todos os dons.
    Será que estamos preocupados em amar?

    1. VERA LUCIA disse:

      Sou VERA:
      Gente que tanta polêmica, Deus não vai mudar o plano de SALVAÇÃO porque você quer ou porque você acha… Se vocês soubessem o gozo do que é falar em línguas mesmo sem ter intérprete por perto. A edificação que fica em você, não criticavam. Não existe batizados com o espírito Santo sem que fale em línguas estranhas, em mistério. Não línguas de povos e sim línguas dos anjos línguas do céu. O poder é muito grande e só sabe ou só sente este gostinho quem recebe. Deixem de olhar para crenças, pastores, igrejas e denominações tudo isto faz parte do ser humano e todos são falhos. Vamos olhar só pra JESUS pois DELE vem a perfeição. Vamos deixar as acusações de lado pois ELE vem buscar um povo limpos de mãos e puro de coração. Quem quiser aprender outras línguas que não seja a sua vá fazer cursos de Inglês. .Francês. .Grego..Espanhol. .Japonês. .Italiano e outras. Porém se você deixar o ESPÍRITO SANTO DE DEUS TE ENCHER Falarás em línguas estranhas sem fazer curso algum. Vamos viver à realidade e não do que eu quero ou acho. “Eu sou batizada nas águas e também no Espírito Santo. Falo em linguas. Tenho o dom de discernimento. E pude discernir aqui em todos os comentários contrários que vocês falam porque não conhecem o dom gratuito de CRISTO. Como é bom ter convicção das coisas de Deus. Porém muita gente prefere ter convicção das coisas humanas. Parem de mostrar erros de Macedo..Mala faia e outros pentecostes e passem a estudar a vontade de Deus pra sua vida pois a Salvação é individual. Deus quer salvar à todos que se fizerem verdadeiros adoradores que O Adorem em espírito e em verdade. Deus abençoe à todos.

  25. SALETE disse:

    AMADOS, A PAZ. LI E ENTENDI O TEXTO E ACHEI EDIFICADOR, ESCLARECEDOR, MAS INFELIZMENTE TENHO QUE ESCREVER O QUE NÃO ACHEI CORRETO, FICAR ESCREVENDO O NOME DE OUTRAS PESSOAS E COLOCAR A PESSOA COMO ERRADA, ETC… NÃO DEVEMOS AGIR ASSIM, NÃO E MESMOI!!!DEVEMOS ESCLARECER O QUE ACHAMOS E DEIXAR QUE CADA UM FIQUE E ACHA CONFORME O SEU ENTENDIMENTO , NAO E?????????// ABRAÇOS

  26. O dom de línguas é uma orientação romana para os romanos falarem e compreenderem as variedades de línguas das diversas tribos dominadas pelo império romano,pois os antigos romanos apenas se comunicavam em latim,logo era preciso falar em línguas “estranhas”(estrangeiras) assim ate nossos dias os europeus treinam seus filhos para falarem diversas línguas e com a arte da cidadania eles infiltram nas diversas sociedades e manipulam resultados e assim dominam o mundo com reinos chamados reinos sacerdotal.
    Deuteronômio 28:43 O estrangeiro que está no meio de ti se elevará cada vez mais sobre ti, e tu cada vez mais descerás;
    Deuteronômio 29:29 As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, mas as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que observemos todas as palavras desta lei.

  27. Rafael disse:

    A matéria escrita está parcialmente errada pois se vcs me disserem que eu estou errado ao afirmar isso, estarão dizendo que as escrituras estão erradas pois a biblia diz:
    “E estes sinais acompanharão aos que crerem; em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas” Marcos 16:17
    Como podem ver o falar em linguas é para todos aos que crerem. O que a matéria relata é sobre o dom da variedade de línguas e não a oração em linguas a qual é totalmente distinta. O dom de variedade de línguas é somente a alguns,já a oração em linguas é para todos. A diferença está que o dom de variedade de línguas é seguida de interpretação e serve para a edificação coletiva da igreja. Vocês podem analisar no texto:
    ” E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro mestres, depois operadores de milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedade de línguas.
    Por vendo são todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? São todos operadores de milagres?
    Todos têm dons de curar? Falam todos em linguas? Interpretam todos? 1 coríntios 12 28-30
    “Vejam que quando Paulo alista primeiramente os dons e ministério no v28., ele apenas fala sobre variedade de línguas, sem mencionar o dom de interpretação. Mas na hora de perguntar se todos falam em linguas, ele acrescenta: “interpretam todos?”, deixando nítido e cristalino o conceito que quando fala de dom de variedade de línguas, subentende-se que a interpretação o acompanha, pois é só assim que a igreja é edificada.”
    A oração em linguas é para todos que crerem em Cristo, basta buscar pois é um direito nosso e é uma ferramenta útil para nossa edificação ,utilizando-a não ocasionalmente apenas na igreja, mas sim ,constantemente na vida secula orando sem cessar. Lembrando falar em linguas n serve para status ou superioridade espiritual, isso se chama ignorância e infantilidade aos que afirmam tal ato. Pois conheço pessoas mais santas e crentes que nunca falaram em linguas do que as que ja falaram. Como tbm o contrário. Então vê se que isso n é plausível para gabar-se que é mais santo.

  28. sou obreiro da ipda mais os membros e os dirigentes acreditam e pregam que para ser batizado com o espírito santo tem que falar em linguas

  29. sou obreiro da ipda mais os membros e os dirigentes acreditam e pregam que para ser batizado com o espírito santo tem que falar em linguas isso niguem consegue mudar a opinião deles

  30. Línguas espirituais (ou estranhas) são sim a evidência externa do batismo no ESPÍRITO SANTO (At 2.4; At 10.45,46). Favor não confundir dom de línguas com batismo no ESPÍRITO SANTO. Primeiro ocorre o batismo no ESPÍRITO SANTO e ai o salvo fala em uma linguagem desconhecida para ele, porém conhecida por DEUS. essa linguagem é principalmente para o salvo orar em línguas para falar com DEUS e ser edificado (Ler 1 Coríntios 14.4). Depois pode o salvo receber um dom do ESPÍRITO SANTO ou não. Se receber o dom de línguas (1 Co 12.10) vai receber a capacitação do ESPÍRITO SANTO para falar em diversos idiomas que nunca estudou ou aprendeu. Exemplo disso se vê no dia do pentecostes quando os discípulos falaram na língua dos estrangeiros que visitavam Jerusalém (Veja Atos 2.8). Poderá também falar numa linguagem que poderá ser interpretada por ele mesmo (1 Co 14.13) ou por outrem 1 Co 14.27).

  31. Iraceli disse:

    Eu recebi por essa semana q passou umas palavras desconhecidas q dizem: shêrêimanàiilabasshêrêi mas eu nao sei o q isso quer dizer! Creio q isso vem do Deus altissimo sou batizada nas aguas e antes de falar em linguas ja era batizada com o espirito santo. Porem depois q falei esses misterios me sinto com mais certeza da existencia de Deus. Quando o apostolobdiz q cada um recebe o dom pra o q for util esse pra mim ta sendo util pra me fortalecer com meu Deus!! E outra nao tenho vontade de usa lo na igreja pra q todos vejam pois paulo mesmo adverte, se nao tem interprete q fiquemos calados eu so falo quando sinto vontade em casa na minha oraçao a Deus eu e ele as vezes falo na igreja porem bem baixinho!! #fikadika ler a biblia eh o melhor a fazer pois o povo de Deus erra por falta de conhecimento!!

  32. A paz do Senhor Jesus Cristo a todos, queridos irmãos quero expressar o meu pensamento sobre esse assunto, não obstante dos nossos dias tivemos vários homens que fizeram a diferença no seu tempo, homens que deram a vida pela pregação da palavra, homens que estavam cheios do Espírito Santo, pois só assim eles poderiam ter a coragem que tinha para enfrentar de cabeça erguida os obstáculos existente em suas épocas. No entanto na sua maioria não vamos ver menção de falar em línguas, os Dons como o irmão falou são diferentes e cada um recebe da maneira com o Senhor deseja, pois ele sabe as possibilidades de cada um, porem se buscarmos mais dons com certeza Ele nos dará mais, pois é para servir na obra que somos capacitados. Ocorreu um debate sobre esse assunto na igreja que congrego, e creio que é corriqueiro as duvidas sobre esse tema; algumas igrejas pregam, se não tem o Dons de línguas estranhas voce não é batizado; analisemos um pouco esse pensamento, a Bíblia relata que os Dons de línguas é o menor, porem não há relato que primeiro nos temos que ter os Dons de línguas para termos outros Dons, a palavra nos revela que cada um recebera pelo menos um dos Dons. (1 Coríntios 12:3-13) Também não posso refutar o meu irmão ou a igreja que ele serve por ser uma igreja tradicional, pois a salvação não esta vincula aos dons, a salvação e o recebimento do Espírito Santo, esta vinculada a aceitação do sacrifício salvífico que Jesus Cristo fez por nos na cruz do calvário. Antonio Carlos (cooperador)

  33. Alexander disse:

    Eu discordo. Creio q se vcs não se converterem de fato e de verdade. Vão todos arder no lago de fogo. Com a biblia na mão. Terno e gravata. Se falavam em linguas e sua vida é toda errada, é pq foram batizados pelo espirito enganador. O diabo. Que era um anjo. Parem de olhar o Homem. Todos samos falhos e pecadores. Não há um justo. Um se quer. Vcs não temem a DEUS? Aquele que vcs jugam ser um falso profeta. Para DEUS é um verdadeoro jô. Só ELE o sabe. E não vcs! Acaso onde estava cada um de vcs quando DEUS FORMAVA A TERRA? QUANTAS ESTRELAS TEM NO CÉU? ME DIGA QUANTOS ANJOS EXISTEM. E O NOME DE CADA UM? ME DE A RESPOSTA. E O HOMEM A QUEM JUGAM SER FALSO PROFETA , CERTAMENTE SERÁ. LEMBRE-SE O Q ACONTECEU COM OS QUE CHAMAVAM DE CALVO O PROFETA ELIZEL?

  34. Raimundo de Souza Leite disse:

    EU DISCORDO DO DANIEL PORQUE O DOM DE VARIEDADES DE LÍNGUAS QUE ESTÁ EM 1.CORINTIOS.12;28 NÃO É A EVIDENCIA DO BATISMO COM O ESPIRITO SANTO AQUI PAULO ESTÁ FALANDO DOS DONS DO MINISTÉRIO ELA FALA DO APÓSTOLO , PROFETA, MESTRES,DEPOIS OPERADORES DE MILAGRES ,DONS DE CURAR,SOCORRO GOVERNOS VARIEDADES DE LÍNGUAS,O EVANGELISTA NÃO É MENCIONADO NESTA LISTA MAS É VISTO NO OPERADORES DE MILAGRES E DONS DE CURAR PORQUE ESSES DONS ACOMPANHA SEU MINISTÉRIO, O PASTOR É VISTO NO GOVERNOS E VARIEDADES DE LÍNGUAS ESTÁ MAIS LIGADO AO MINISTÉRIO DO PROFETA JÁ A LÍNGUA COMO EVIDENCIA DO BATISMO DO ESPIRITO SANTO É PRA TODOS PORQUE EU RECEBI O BATISMO DEPOIS QUE EU FUI BATIZADO NAS ÁGUAS FALEI EM LÍNGUAS E NÃO É A VARIEDADES DE LINGUAS JÁ LI VARIS ARTIGOS SOBRE ESSE ASSUNTO UNS DIZ QUE NÃO OUROS DIZ QUE SIM MAS UMA COISA EU SEI OS DONS DO ESPIRITO SANTO EM PRIMEIRO AOS CORINTIOS 12 SÃO MANIFESTAÇÃO DO MESMO E NÃO É PARA TODOS MAS A LINGUA COMO EVIDENCIA DO BATISMO COM O ESPIRITO SANTO É PRA TODOS .P

  35. Jessé disse:

    Parabéns Daniel…mas não critique nenhuma denominação evangélica, pois seguro estou de que as ovelhas dos diferentes apriscos não tem culpa dos seus líderes equivocados e não convertidos… A paz de Deus pra todos!!!

  36. lvanessa disse:

    primeiramente, acho que vc deveria procurar mais nas suas fontes,procurar fontes veridicas, e nao.ficar inventando coisas na .internet, e facil julgar sem saber a verdade. outra.coisa tenho um texto do proprio bispo edir macedo, no seu blog, falando que quem e batizado no E.S. nao.e obrigado e nem precisa falar em linguas. colocarei aqui o texto e se vc quiser eu posso deixar o link do blog da universal, e la vc lera com seus proprios.olhos. que Deus te abencoe.

  37. sandra maria da silva oliveira lacerda disse:

    OLHA que cada lider de igrejas vai presta conta com DEUS SE TIVER USANDO DE MÁ FE COM SEUS FIEIS, O ESPÍRITO SANTO DE DEUS ele não so batiza com dons de lÍngua mas com profecia,cura,visão,louvor,revelação do espírito santos de DEUS.NÃO DEVEMOS TOCAR EM NÍNGUÉM CADA UM TEM UM MINISTERIO COM deus.

  38. A graça e a paz do Senhor Jesus, Daniel, muito bom sua explanação e o interessante é que a poucos minutos atrás ensinava justamente sobre isso. Agora gostaria somente de fazer uma observação sobre uma parte da sua fala onde você diz que é impossível alguém que não tenha o Espirito Santo e receba um dom espiritual, se você olhar a Biblia Sagrada com cuidado verá que tanto Cornélio quão os familiares e amigos que estavam em sua casa receberam o dom espiritual através da ministração da Palavra através do apóstolo Pedro e isso sem mesmo fazer uma aliança com Cristo, Leia e entenda:

    Atos dos Apóstolos: 10. 44. Enquanto Pedro ainda dizia estas coisas, desceu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. 45. Os crentes que eram de circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que também sobre os gentios se derramasse o dom do Espírito Santo; 46. porque os ouviam falar línguas e magnificar a Deus. 47. Respondeu então Pedro: Pode alguém porventura recusar a água para que não sejam batizados estes que também, como nós, receberam o Espírito Santo? 48. Mandou, pois, que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Então lhe rogaram que ficasse com eles por alguns dias. – Bíblia JFA Offline

    Agradeço pela oportunidade.

    O Senhor Deus te abençoe e guarde em Nome do Senhor Jesus

    Pastor Eduardo Mendes

  39. BRUNO LASALVIA GOUVEIA disse:

    “A MESMA BÍBLIA QUE APRESENTA JESUS COMO ÚNICO SALVADOR MOSTRA QUAL É O ÚNICO E VERDADEIRO DOM DE LÍNGUAS” ESPERANÇA VIVA,CPB,PÁG.: 49

  40. Anderson Thomaz da Silva disse:

    E a propósito amém e graças a Deus meu irmão , bem edificante , de muita sabedoria e esclarecedor esse linck , só tenho a lhe agradecer e pois essa questão muito me maltratara .

  41. O falar em línguas é sim a evidência do batismo com o Espírito Santo, de qual outra maneira vou saber se a outra pessoa é batizada com fogo se não a ouvir falando em mistério? A questão é pode uma pessoa ser batizada com o Espírito Santo é não falar em mistério, ou ser tímida a ponto de não querer falar?????

  42. Rogério Dantas disse:

    Muito bom esse pequeno e completo estudo,por muito tempo fiquei oprimido na igreja por não falar em outras línguas,pensava que só era batizado quem falava,mas acabei vendo pessoas que falavam e não era exemplos de verdadeiros cristãos,e vi também pessoas que não falava mas refletia as características de Cristo em suas vidas.resumindo pra mim vale mais o testemunho de vida,se é um bom marido ou uma boa esposa, se é um bom filho ou uma boa filha,do que não ser e falar em outras línguas que nem sabemos se é de fato de Deus!o poder de leitura Deus deu pra todos,cabe a nós ler e viver a palvra.abraço fiquem na paz.

  43. munick disse:

    hoje meu pastor disse que só é quem batizado que fala em línguas .. mais só que eu li na Bíblia que Deus da diferentes dons a cada um. sou nova convertida e estou estudando a biblia.

  44. Kelly Silva disse:

    Eu não sou batizada , mas tenho muita fé em cristo , e não sou cristã , mas eu fiz a minha primeira oração em casa estava escutando um louvor , e muito angustiada , ai comecei a clamar no nome de Deus chamar por ele , e entrei em crise de choro e msm assim não parei de orar ai acabei falando em línguas , falei por 4 segundos e parei logo depois e minha angustia tinha passado , mas fiquei muito assustada , impressionada com oq tinha ocorrido , não sabia oq tinha acontecido , falei a mh mãe ela não acreditou a mh irmã nn deram importância ai conversei com meu avô que e cristão e ele me disse , que eu so poderia falar em línguas se fosse cristã e batizada , ai me assustei , como assim então falei em línguas do demônio ? Mas eu orei clamei por Deus disse isso nn ta certo , fui e fiz uma oração em minha avó mas passou foi dias , ela é cristã tbm foi a primeira a escutar eu falando em línguas se arrepiou e disse filha , nn perde tempo nesse mundo nn Deus te espera vc está pronta eu nn entendi me assustei , dps tive mas algumas vezes agr parou , pois nn oro mais nn dedico meu tempo a Deus e eu nn vou a procura eu sei que tenho a obrigação mas nn quero ir

  45. eris valdo azevedo disse:

    as linguas que foram faladas no dia de pentecostes foi o dom de linguas estrangeiras(idiomas) pois que estavam alí vinham de todas as partes do mundo…por isso Deus deu à eles o dom de falar nas linguas dos povos que alí estavam. linguas estranhas, só seriam estranhas, se os povos não entendessem o que falavam os discipulos…porem todos entendiam o que os discipulos diziam em suas respectivas linguas…

  46. Linda Marcia Oliveira disse:

    Eu me converti há dez anos, e nunca fui batizado com o batismo no Espírito Santo. No ínicio eu tinha medo, até eu entendi que era por isto; mas depois comecei a orar neste sentido; eu queria ser batizado com o Espírito Santo, pois ouvia dizer que Deus só usava quem tinha este dom; mais nada acontecia, aí houve uma época que quase entrei em parafuso; pois todos diziam que Deus só falava com a pessoa, só dava revelação, discernimento de espírito, etc… com quem tinha este dom. Então eu fui buscar na Palavra respostas para esta situação. Em 1 Coríntios 12: 4 a 11 me foi revelada o que realmente acontece, que Deus dá os dons a quem Ele quer, e que a cada um Ele se manifesta de uma forma. Pois, irmãos, desde que me converti, ainda nova na caminhada, Deus me mandava profetizar, e na mesma semana acontecia. E foi evoluindo, hoje, ainda não falo línguas estranhas, mas Deus fala e me usa de formas tremenda. Com um detalhe, assim como eu buscava o batismo no ES, eu passei a me entregar literalmente à Jesus para que ELE me usasse da maneira que Ele determinasse, que Ele colocasse na minha vida e me Ele colocasse na minha vida de pessoas que Ele queria alcançar, me levasse onde Ele quisesse, e que onde eu fosse eu falasse do seu amor. E isto tudo tem acontecido de forma sobrenatural. Deus conhece nosso coração e Ele sabe exatamente onde seremos mais úteis a Ele, como diz 1 Coríntios 12: 7 A paz!

  47. Mauro Alfredo disse:

    A Paz do Senhor Jesus Cristo para todos os irmãos. Ufa! Depois de ler alguns comentários, fiquei despreocupado e feliz, muito feliz em saber que nem todos, obrigatoriamente, ao ser batizado nas águas, e recebem o Espírito Santo de Deus, passam a falar em ” línguas estranhas ” e aqueles que não falam, não receberam o Espírito Santo de Deus, ou seja, seu batismo não valeu. Graças a meu Deus, estou no evangelho de Cristo Jesus a 9 anos e recebi os dons que foram da vontade de Deus. Quanto a Edir Macedo, naquele grande dia, a cobrança de Deus, virá. Quanto aos servos do Senhor que hoje frequentam a IURD, estão lá, felizmente, porque acreditam em Deus.

  48. Mauro Alfredo disse:

    Amado irmão, não consegui confirmar no e-mail que recebi a pouco. Como proceder para confirmar. Obrigado.

  49. amiga disse:

    1° Deus não nos colocou na terra pra julgar o outro!
    2° Se forem em terreiro de macumba o diabo manifesta suas entidades e falam também em línguas.
    3° Quem diz se somos batizados com o Espírito Santo ou não, são os frutos, e a própria vida como testemunha viva de Deus.

    *As línguas estranhas como sinal do batismo*

    Todos os que são batizados com o Espírito Santo falam línguas estranhas, mas nem todos os que falam línguas estranhas são batizados com o Espírito Santo. É muito difícil para alguém que pensa ser batizado e fala em línguas estranhas aceitar essa verdade, mas os frutos da sua própria vida são testemunhos do engano em que vive.

    Realmente, todos os que foram batizados com o Espírito Santo tiveram a evidência do falar em outras línguas, e, como consequência, não só se manifestaram como verdadeiros instrumentos nas mãos de Deus, mas também deram testemunhos de que traziam dentro deles a própria ressurreição do Senhor Jesus, vivendo em novidade de vida.

    Aqueles, portanto, que falam em línguas estranhas e não produzem os frutos do próprio Espírito Santo não só estão enganando os outros, mas também a si mesmos, pelos espíritos imundos que neles habitam e que também sabem falar em línguas estranhas, tentando imitar o Espírito de Deus.

    *Como saber se as línguas estranhas são de Deus ou do diabo?*

    Dentre os frutos do Espírito Santo na vida de uma pessoa podemos citar os pensamentos livres de maldades, de ciúmes doentios e de desconfianças excessivas; no linguajar, palavras de amor em vez de palavrões.

    No coração, desejo de estar em comunhão com os irmãos da fé e, sobretudo, com Deus, através de orações e jejuns, e sempre procurando desviar os pés do caminho do mal.

    Sentindo-se em paz consigo mesma e, acima de tudo, com Deus, a pessoa perdoa aqueles que um dia a ofenderam e tem grande desejo de salvar almas para o Reino de Deus.

    Isso tudo sem sentir na própria carne os sintomas de outrora, tais como insônia; medo; nervosismo; desejo de suicídio; tonteiras; desmaios e vícios.

    Em Atos 2.3-6, encontramos a evidência de línguas estranhas após o derramamento do Espírito Santo, como no dia de Pentecostes. Vejamos ainda: “E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e tanto falavam em línguas como profetizavam.” Atos 19.6

    *O batismo com o Espírito Santo e o dom de línguas*

    “Ainda Pedro falava estas coisas quando caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. E os fiéis que eram da circuncisão, que vieram com Pedro, admiraram-se, porque também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo; pois os ouviam falando em línguas e engrandecendo a Deus…” Atos 10.44-46

  50. Roberto Porchat Jr disse:

    Bom dia…primeiro meu caro consideravam Jesus Cristo como um falso profeta ..os RELIGIOSOS, ..entāo o seu aval sobre qualquer líder para Deus nada Vale.Nāo sou da Iurd , mas vejo ia frutos do trabalho da Igreja de Cristo. Religiosos criticam os outros que creem no mesmo JESUS CRISTO.Os RELIGIOSOS SĀO ASSIM..Acabei de ouvir o BISPO EDIR MACEDO e ele falou o que vc mesmo disse. É mais quando ele se referiu em línguas estranhas foi no sentido do próprio mal que IMITA ou ENGANA falando línguas estranhas. Os Frutos da IURD..eu vejo..Da plenitude …Da Internacional da Graça …É tantas outras . É uma pena que cristāos critiquem cristāos…Eu não vejo padre criticando padre , nem macumbeiro criticando macumbeuro.É um nojo isso no nosso meio. Só porque não cremos mediante a doutrinas fechadas e teóricas , ai falamos mal de outros que demonstram muito mais trabalhos e frutos do que a pessoa que critica.Muito ruim isso no meio cristāo..dito evangélico…Deus abençõe a todos em o NOME DO SENHOR JESUS CRISTO..!

  51. tucann disse:

    Sugiro que leiam o livro Os dons do Espírito Santo de Gordon Chown, que explica com propriedade sobre o assunto e mostra os erros tanto do presbítero Macedo como do autor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.