O ódio contra transsexuais no Brasil e os cristãos

85

Me lembro das minhas primeiras reflexões acerca dos transsexuais. Eu era criança ainda quando pensei pela primeira vez que deveria haver algo na vida deles além dos adjetivos que comumente os acompanhava.

Eram meados dos anos oitenta e eu ouvia de parentes e seus amigos – os adultos – coisas como “são uns safados”, “não têm vergonha na cara”, “imorais”, “marginais”… entre outros ‘deselogios’ da espécie.

Na época, eu conjecturava comigo mesmo coisas triviais como “será que eles tem mãe, pai? Será que tomam remédios, comemoram o natal, comem, bebem?” Acho que ficava intrigado com a maneira de todos ao meu redor enxergar apenas e somente aspectos do ‘gênero’ na vida daquelas pessoas, como se tudo para elas resumisse ao ato e ao fato de se vestirem com roupas comuns ao sexo oposto e de serem – presumidamente – homossexuais.

Essas eram coisas que passavam pela minha cabeça, no auge dos meus nove ou dez anos de idade, quando me lembro de ter refletido sobre esse assunto e confesso que só voltei a pensar nessa temática e nessas pessoas com esse nível de cuidado muitos anos depois, quando a onda GLBT se tornou uma bandeira, tornando-se tema de discussões em nível nacional.

Já se passaram cerca de trinta anos desde minhas primeiras impressões sobre os transsexuais e agora entendo que tudo o que ouvia sobre os transsexuais não passava de preconceito, de discriminação que visava diminuir, desqualificar aquelas pessoas “diferentes”, que, em suma, sempre foram idênticas a todas as outras.

Há um lado interessante que eu não sabia discernir na época, mas hoje entendo que pensar e tentar entender o que se passava com a vida deles significou meus primeiros passos na direção de “me importar com ‘os outros'”. Com o passar do tempo, observo que minhas reflexões e compaixão se dilataram, na medida em que minha consciência humana se expandia. Consciência que, graças a Deus, não ficou resumida ou encarcerada numa redoma convencional, me levando a ver as coisas como são de fato: pessoas assim como eu!

Sim, seres humanos, pelos quais, segundo minha fé cristã, o sangue salvífico do Messias verteu na cruz do monte da caveira.

Ao tomar conhecimento, recentemente, de que 40% dos assassinatos de travestis e transsexuais no mundo ocorrem em solo brasileiro, fiquei alarmado. Nos Estados Unidos, país com 100 milhões a mais de habitantes, foram registrados 16 assassinatos de transexuais em 2013, enquanto no Brasil foram executados 108.

Meu Deus! Esses são dados horrorosos e me ponho a pensar no que poderia fomentar esse tipo de violência. Não sei dar as respostas diretas acerca dessa bizarrice, mas tenho que admitir com honestidade que boa parte desse tipo de reação violenta da sociedade é fruto da irresponsabilidade de psicopatas armados com discursos de santificação, através de argumentos fundamentalistas e literalistas extraídos de sua religião hipócrita, com a qual ‘espancam’,’violentam’ e ‘matam’ transsesuxais sem o menor remorso.

Em nome de quem? De Jesus? Da família? Dos bons costumes?

Me parece incrível ver cristãos, ainda hoje, utilizando o Filho de Deus como argumento para ferir, destruir, matar e roubar.

Pra mim, são uma cambada de vagabundos com bíblias nas mãos e satanás no coração. Não cristãos.

Nossa humanidade hipócrita vem frutificando conforme sua espécie, gerando esses animais escrotos, sociopatas carregados de um zelo religioso bizarro, que parecem ter sido gerados das profundezas da terra, como orcs da religião.
Esse hábito que a igreja adquiriu de se tornar a palmatória do mundo, elegendo cristãos ao posto de juízes morais da sociedade sempre foi uma grande jogada elitista, entendo. Contudo, a irresponsabilidade, fanfarrice e leviandade de seus discursos – no tocante a transsexuais – vem amaldiçoando suas vidas, redundando em vi9olência e crimes reais, embora hoje não sejam capazes de assumir isto.

Cristãos institucionais, políticos atuantes da sociedade deveriam vir a público para promover o amor, o respeito, a coexistência diante de todas as diferenças, pois esta é a marca do Cristo – o Deus encarnado, identificado com os seres humanos de todas as classes.

Já os discursos que promovem ódio, que são instalados em mentes fracas como verdadeiras bombas relógio, podem explodir a qualquer momento, pela má compreensão linguística de muitos analfabetos funcionais psicopatas que se encontram espalhados invisíveis entre nós.

Este texto não é teológico! Não quero defender a atitude de quem quer que seja. Não me importam as atitudes dos outros. Este texto é sobre amor, sobre respeito, sobre a vida.

Este texto é sobre mim e sobre cada cristão diante da responsabilidade de cumprir com as palavras da Carta de Tiago, que diz: “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado”.

Este é o único bem que eu posso fazer hoje: escrever para meus irmãos cristãos do Brasil e dizer que todos devemos amar nossos semelhantes, mesmo que eles sejam “exteriormente” diferentes de nós, tenham ideias diferentes e até que suas atitudes não sejam compreendidas por nós.

Gostaria que a igreja brasileira vencesse esse vício preconceituoso e que não colaborasse mais com o discurso do ódio e da intolerância, empreendidos por hipócritas oportunistas disfarçados de defensores da família e das pessoas de bem da sociedade.

Se de fato somos filhos de Deus, então, somos capazes de amar, de receber, de acolher e, senão, somos, no mínimo, capazes de não colaborar com essa violência que acontece de forma desastrosa no Brasil, em grande parte, por culpa de nossa “santidade”, que, sabemos, é apenas um disfarce para nosso moralismo hipócrita, mentiroso e impossível.

Por fim, se você tem a liberdade de viver sua fé e dizer que é um cristão, um evangélico, um crente, por que não é capaz de permitir que os outros vivam suas vidas da forma como entendem que devem viver?

COMPARTILHAR
Pastor, músico, compositor, poeta, jornalista, produtor musical, blogueiro, twitteiro, facebookeiro, observador da igreja dos últimos dias à serviço de Cristo.

85 COMENTÁRIOS

  1. rafael reparador você com esse texto se auto denomina pastor? no minimo vc é dessas igrejas inclusivas de aberrações gays. não envergonhem o povo de Deus se auto denominando pastor. os gasy morrem por eles mesmo e não por ação homofobica. reflita e reavalie seus conceitos.

  2. A conexão entre o excelente texto do autor e as palavras de Cristo “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” (João 13:35), são a prova final da degradação da igreja evangélica e seu afastamento – talvez irremediável – do Evangelho e do próprio Jesus Cristo.

    • Sandro

      O que eu acho ”interessante”, pra não dizer vergonhoso, é que muitos gays sofrem violência todos os dias, são mortos todos os dias, e rejeitados pela sociedade(apesar de aparentar o contrário) de uma forma bem contundente, pois ninguém em sã consciência quer ter um filho(a) gay.

      E o que me deixa P… De raiva, é que ninguém vê ou escuta essa violência praticada ou apoiada por cristfãos evangélicos!

      Eu não vejo essa revolta de vocês em relação a pessoas que matam ou agridem gays em estações de metrô, restaurantes, no meio da rua e etc.

      É como se os ativistas gays dissessem: “Ok, se você não é evangélico, pode agradir, matar e humilhar que não haverá problema.” Mas se for evangélico, não tem direito de dar sua opinião por que é crime de homofobia”

      Acho isso o cúmulo! Cara, a minha opinião é minha e eu tenho o direito de da-la, acho isso uma total inversão de valores!
      Chamar um crente de: Alienado, evanjegue, ladrão, fanático, bitolado e etc, pra vocês é algo bem natural, mas emitir uma opinião que vá de encontro à essa prática da qual não concordamos pra vocês se caracteriza como crime?

      Na minha opinião esses texto é apenas pra fazer média, não existe uma maneira de falar do amor de Cristo e ao mesmo tempo esconder a verdade do que baseado na bíblia é de acordo com a vontade de Deus.

      • Quando eu assisto telejornais, de vez em quando, noticiam crimes passionais entre homossexuais, ou seja, homossexual matando homossexual por “amor”. Acho um absurdo dizer que evangélico mata homossexual, a não ser algum louco que de vez em quando aparece por aí. Podemos e devemos combater o mal, o pecado, que nesse caso, Paulo chama em Romanos de “PERVERSOS” ou seja, aquele que perverte os caminhos do Senhor. Devemos sim amar a todos assim como Jesus amou, mas Jesus veio para libertar o homem da escravidão do pecado: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Todos os pecadores (que os fariseus desprezavam) dos quais Jesus se aproximou com muito amor, nunca mais foram as mesmas pessoas. A igreja de Cristo (a verdadeira) deve amar as pessoas, mas jamais ser permissiva. Será que já fizeram uma pesquisa na vida dos homossexuais para saber por que se tornaram homossexuais? Será que não vão descobrir que a maioria na sua infância foi vítima de tarados? Pensem nisso!

      • Precisa ser lembrado aqui, que casais heterossexuais são os que mais se matam dentro de relacionamentos . . .
        O que tem de noticias de marido que matou a muulher por N motivos, não esta no gibi
        Marido que mata filhos do primeiro casamento, por ciume, que estupra filhos e netos . . .
        Enfim, evangélicos gostam de falar que essas coisas só acontecem em relacionamentos gays, mas não é verdade .

      • Elder Lima, meu caro, ou você esta muito desinformado ou tem tido, da realidade, uma percepção seriamente prejudicada, pois afirmar que não vê “… revolta de vocês em relação a pessoas que matam ou agridem gays em estações de metrô, restaurantes, no meio da rua e etc.” é, no mínimo, faltar com a verdade, pois tais casos de agressão aos gays tem recebido protesto não somente da comunidade homoafetiva, mas dos próprios meios de comunicação (jornalistas, apresentadores, âncoras, etc.) que os divulgam (lembra-se do caso dos marginais de classe média e que agrediram rapazes gays em São Paulo com uma lâmpada?).

        Além disso, ao declarar “É como se os ativistas gays dissessem: “Ok, se você não é evangélico, pode agradir, matar e humilhar que não haverá problema.”, você faz uma afirmação tão absurda, desproposital e falsa que já trás, em si mesma, sua refutação, pois ninguém, tendo o mínimo de consciência, concordará com sua absurda declaração.

        Mas você não para por aí, e logo vem com mais esta pérola: “Mas se for evangélico, não tem direito de dar sua opinião por que é crime de homofobia”.

        Sem prejuízo do fato de que o “direito de opinião” é garantido pela Constituição, mas seu exercício tem limites (sim, ou você acha que alguém tem o “direito de opinião” de defender o nazismo, o racismo, a xenofobia?), até por que ninguém pode, em nome de um conceito de direito de opinião deturpado, cometer crimes tipificados como sendo de calúnia, injúria, difamação, apologia ao crime, etc., o fato é que nós, gays, não somos contra o direito de opinião, a liberdade de expressão, mas contra, sim, toda declaração que incite o preconceito, a discriminação, o ódio, o crime, pois a realidade demonstra que a incitação ao crime se manifesta muitas vezes por declarações, escritas ou faladas, de verdadeira aversão, desprezo, ódio de uns pelos outros, e muitos evangélicos têm, sim, feito tais declarações contra os gays, o que incita ao crime.

        Quanto a sua declaração “Acho isso o cúmulo! Cara, a minha opinião é minha e eu tenho o direito de da-la, acho isso uma total inversão de valores!”, você tem, sim, o direito de expressar sua opinião, mas sua opinião não deve ser estendida ao ponto de você cometer crimes como, repito, os de injúria, calúnia, difamação, racismo, xenofobia, homofobia, etc., etc.

        “Chamar um crente de: Alienado, evanjegue, ladrão, fanático, bitolado e etc, pra vocês é algo bem natural, mas emitir uma opinião que vá de encontro à essa prática da qual não concordamos pra vocês se caracteriza como crime?”

        Sem prejuízo do fato de que há indivíduos, crentes ou não, e que realmente são alienados, ladrões, fanáticos, bitolados, o fato é que muitos crentes provocam as pessoas que não comungam de sua visão estreita, superficial, medieval de mundo por chamá-las de “pecadoras” (crentes, por exemplos, insultam os católicos chamando-os de “idólatras”, os hinduístas e budistas de “pagãos”, os espíritas de “macumbeiros”, e por aí vai, num horroroso festival de ofensas e agressões à visão espiritual do outro, não respeitando a fé de cada um, sendo agressivos proselitistas ao ponto de irem em países onde há outras expressões de fé e desafiarem a cultura e as leis locais tentando impor sua religião e sua própria visão de mundo, no que provocam distúrbios sociais, religiosos e são, em muitos casos, enquadrados nas leis locais fato que os leva a dizer que estão sendo perseguidos), e, no que se refere aos gays, não manifestam o mínimo de sensibilidade e respeito por chamá-los de “abominação”, “pervertidos, “endemoninhados”, e, depois, sem o menor pudor, fazer carinha de choro e se colocar como pobres vítimas de perseguição quando, em reação ao seu desrespeito pelo próximo são, por um ou outro gay, chamados de “fundamentalistas fanáticos”, “opressores de consciência”, “proselitistas agressivos”, “evanjegues”, “alienados”, “ladrões do templo e vendilhões do evangelho”, etc.

        No que diz respeito a sua fala: “Na minha opinião esses texto é apenas pra fazer média, não existe uma maneira de falar do amor de Cristo e ao mesmo tempo esconder a verdade do que baseado na bíblia é de acordo com a vontade de Deus.”, não vejo porque o texto queira “fazer média”, pois o que autor deseja, na realidade, não é defender o estilo de vida gay, mas como um verdadeiro cristão – e toda a igreja – deve se portar em relação às pessoas homoafetivas e se você não o compreendeu então é porque seu cristianismo não passa de um oco formalismo e pérfido farisaismo.

        • Sandro

          Vou resumir todo seu longo texo que com muita paciência eu li: NÃO! A mídia não retrata a violência contra os gays da maneira que você diz mostrar, apenas curtas notas em jornais.

          SIM! Os ativistas gays se preocupam mais com opiniões de religiosos do que com os que realmente agridem e matam homossexuais!

          E(outra vez) SIM! Esse texto apenas faz média, como eu posso falar do amor de Cristo e não repreender o pecado praticado? Isso não existe!

          Bons cristãos pregam o amor, mas também não são coniventes com o pecado!

          Pra vocês ativistas gays, é mais ofensivo alguém condenar a prática homossexual, do que alguém agredido ou morto vítima do preconceito!

          • quanta besteira . . .
            voce não sabe o que fala
            NÃO é gay nem vive no meio pra afirar tudo isso

            Faltou um EU ACHO
            Afinal, voce NÃO é o dono da verdade

        • Você sabia que o termo medieval utilizado de forma pejorativa é considerado preconceito de idade média e anacronismo? e não são agressores proselitistas como você diz, é obediência ao ide e pregai o evangelho a toda a criatura.

    • Parabéns Rafael, ainda existe DEUS em algumas pessoas na igreja e não está tudo perdido, o farisaísmo por si só os leva ao abismo, mesmo que estes tenham veste de ovelha o cheiro e a podridão que há dentro deles é mais notório não se vê o amor e a compaixão de Cristo neles, não conseguem se colocar no lugar do humilhado e perseguido, como disse Elana Raquel ” Eles são bom demais pra isso”.
      O fundamentalismo farisaico, criou um exército de cristão que nunca conheceram à Cristo, e de tanto lerem a ” Lei”, estão mortos pela letra e difundindo juízo e morte sem nenhuma compaixão.
      No coração deles a GRAÇA de Cristo foi anulada.

    • Vc está equivocado, cite um caso desses que teve apoio dos evangélicos, não confunda, quem concorda com essa violência, dever ser preso juntamente com a pessoa que praticou. O amor e o respeito são a base da fé cristã, e deve ser seguido por todos os Cristãos, quem não observa esses princípios nunca fez parte da família de Cristo.

      • Verdade, será que voce já se esqueceu do Pastor que quer exterminar os gays até o Natal ??
        e se voce olhar na noticia, vai ver que MUITOS desse site, acharam a idéia ótima

          • Você é BURRO ou não sabe ler ?w
            O Geoclau pediu pra alguem citar um caso de extremo preconceito evangélico e foi o que eu fiz.
            Ele agora pode ir la na noticia e ver a quantidade de evangélicos que comentaram a favor do tal pastor ( se bobear voce deixou seu comentário de apoio lá também, não é ?? )

            Em nenhum momento eu falei que era opinião unânime de todos vocês.
            São voces, os evanjegues, que adoram generalizar . Pra voces TODOS os gays são filhos do demonio, todos vão pro inferno, e blah blah blah blah . . . . . .

          • Felipe

            Desculpe ter te chamado de “imbecil”, animal irracional seria mais adequado!

            “opinião unânime” eu usei como forma de expressão, SEU GAY ANALFABETO!!!!

          • forma de expressão ??
            quando voce escreve – “você entende como uma opinião unânime de todos os cristão? ” voce quer dizer que estou generalizando.
            NÃO é ISSO ???

            Só te mostrei que em nenhum lugar eu escrevi que TODOS os evanjegues são assim, porque sou irracional ??

            Voce que é o crente BURRO e IRRACIONAL.
            EU apenas respondi o seu comentário

          • Bom, se na sua concepção “entender” alguma coisa é ter um “macho” te socando o “nabo” no feofó, tem razão; não entendo nada mesmo!!!

          • que obseessão pelo que os outros fazem entre 4 paredes
            voce deve ser uma pessoa muito frustrada

            Acabaram seus super argumentos inteligentes ?
            Agora voce vai apelar pra baixaria ??
            típico de evanjegues acéfalos

          • ELDER,coitado,por ser falso crente alienado,burro e fanático,apanha
            mais do que mulher de bandido neste site.Sem moral e argumentos inteligentes para se defender, aprendeu a ser cínico – típico de crentes
            imbecibilizados que acha que estã arrasando.Esta não.Você está sendo sempre arrasado.Uma vergonha,mas você não tem e finge
            que está tudo às mil maravilhas.Hipócrita.

          • Para as duas bichinhas Janio e Felipe

            Eu não tenho necessidade de me descer ao nível de vocês, além viados, burros!

            Mas podem continuar com os seus histerismos de gays sem o mínimo de vergonha.

            Vocês não passam de um desgosto de família!

          • Felipe

            Tudo bem, posso ser um “lixo imundo” como você disse, mas não fico espalhando doenças aos outros por aí, seu desgosto de pai!

  3. Más, não devemos cometer o pecado da omissão. Amar também é falar a verdade de acordo com a Bíblia, afim de que eles vivam de acordo com a vontade de Deus. Devemos ensiná-los que suas práticas de acordo com a palavra de Deus é abominação e que eles devem deixar suas práticas para ter o direito à salvação eterna.”Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22),”Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9), Se eles quiserem continuar em suas práticas, não devemos ignorá-los, nem ter preconceito, devemos respeitar a prática homossexual, más, não concordar. O problema é que existem muitos que homossexuais, até pastores que querem mudar o que está escrito na Bíblia, inclusive querem casar na Igreja Cristã, respeito muito, a todos eles, más, a palavra de Deus é a regra, nós, é que devemos nos adaptar a essas regras. Que Deus continue tocando no coração de cada um deles e que eles venham ao arrependimento. NÃO, AO PRECONCEITO HOMOSSEXUAL, SIM, Á PALAVRA DE DEUS.

    • Voce já parou pra pensar que muitos ( não só os gays ) fazem parte de outras religiões ??
      Porque então essa mania de querer evangelizar a todos ?
      Porque as pessoas não podem ter o direito de escolher sua religião e ser feliz ?
      Porque voces querem obrigar a todos a fazerem parte da religião de voces ??

      isso não é uma falta de respeito ??
      Voces demonstram total desrespeito pelas religiões diferentes da de voces, e isso é muito errado.

      É a mesma coisa que umbandistas quererem OBRIGAR a todos a seguir os mandamentos de sua religião ( coisa que nunca vi eles fazendo ) . Voce já imaginou que saco todo mundo ser obrigado a fazer despacho na esquina ??
      Pois é assim que voces se comportam quando querem IMPOR as normas da religião de voces a todos .

      Voce esqueceu de citar que os maldizentes TAMBÉM não herdaram o reino de Deus . . .
      Porque será que voces sempre esquecem disso ??
      Será que querem ser liberados pra falar horrores dos outros ???
      pense nisso

      • O verdadeiro cristão ñ obriga, ele PREGA. Aceita quem quer. Se a pessoa ñ tá satisfeita com a pregação, ñ ouça, mande embora o pregador, faça outra coisa. Perto de minha casa há muitos centros de umbanda, e ñ poucos despachos. E nem por isso vejo crente reclamando q eles enfeitam as encruzilhadas com galinhas e potes de farofa. Estão no direito deles. Temos o direito de pregar. Aceita se vc quiser.

      • O verdadeiro cristão ñ obriga, ele PREGA. Aceita quem quer. Se a pessoa ñ tá satisfeita com a pregação, ñ ouça, mande embora o pregador, faça outra coisa. Perto de minha casa há muitos centros de umbanda, e ñ poucos despachos. E nem por isso vejo crente reclamando q eles enfeitam as encruzilhadas com galinhas e potes de farofa. Estão no direito deles. Temos o direito de pregar. Aceita se vc quiser.

      • O verdadeiro cristão ñ obriga, ele PREGA. Aceita quem quer. Se a pessoa ñ tá satisfeita com a pregação, ñ ouça, mande embora o pregador, faça outra coisa. Perto de minha casa há muitos centros de umbanda, e ñ poucos despachos. E nem por isso vejo crente reclamando q eles enfeitam as encruzilhadas com galinhas e potes de farofa. Estão no direito deles. Temos o direito de pregar. Aceita se vc quiser.

        • O que eu to falando é DIFERENTE.
          Voces não fazem simplesmente um culto e quem não quer assistir pode ir embora, como fazem os umbandistas

          Voces querem obrigar a TODOS a seguir as normas da SUA religião

          Por exemplo, voces são contra o casamento gay, então voces lutam na justiça pra que esse direito seja barrado a qualquer custo aos gays.

          O que as pessoas gays – que não são da sua religião – tem a ver com isso ??
          Voces deveriam proibir o casamento gay entre os evangélicos, não querer IMPOR isso a todos. A sua religião interfere diretamente na vida das pessoas que não fazem parte dela. Não é simplesmente desviar de um despacho na rua, como voce quis exeplificar .
          Essa é a grande diferença . Isso se aplica a tudo ( querem proibir o aborto para TODOS e não só pra voces, os evangélicos – euj também sou contra o aborto, mas não posso impor isso pra todo mundo, entende ?? onde ficam as liberdades individuais ??

          Esqueceu de comentar sobre os maldizente não entrarem no céu . . .
          Porque será que voces fazem questão de esquecer isso ??
          será que é pra voces continuarem xingando os outros e fingir que tá tudo bem ???

  4. Concordo em partes. Texto muito parecido com q a militância Gay prega. Se pegarmos esses dados, tirados de um site tendencioso, podemos ver q boa parte, senão a maioria, dessas mortes é resultado de crimes passionais. E desafio colocarem mais de 5, se HOUVER, crimes contra homossexuais, resultado de ódio de cristãos. Creio q ñ acham 2. O amor é a essência do cristão. Aquele q afirma agredir gays em nome de Deus, esse se torna pior q os maiores criminosos. Acredito q nenhum cristão concorda com isso, entre em qq igreja séria q veremos as respostas. Mas tb ñ podemos “tapar o sol com a peneira”, para agradar os outros. A verdade é q, SEGUNDO A BÍBLIA, isso É PECADO. E pronto. E é isso q essa sociedade corrompida, essa inversão de valores, esse falso pensamento progressista querem nos calar, dizendo ser ódio contra gays.

    • O que voce não entende é que , se um pastor vem a público e diz – Vamos exterminar os gays até o Natal .
      Pra muitos isso pode parecer loucura, mas pra outros, parece uma boa idéia.
      Esse tipo de idéia em uma cabeça doente, já é o suficiente pra uma desgraça acontecer.

      Veja os comentários dessa notícia, e voce vai ver que muitos de voces concordam com tal extermínio .

      Lembre-se também que crimes passionais entre casais heterossexuais é muito mais comum do que voce imagina
      Não queira empurrar tudo que existe de errado pros gays, voce não esta sendo justo .

      • Um pensamento desse ñ se passa na cabeça de nenhum cristão, é inadmissível. Se isso existir, podem prendê-lo, e quem concorda com essa asneira ñ pode ser chamado de cristão. São pessoas psicopatas, q ñ podem ser elencadas no rol da cristandade. E geralmente quem concorda com tamanha atrocidade aki, pode ter certeza, é fake.
        Outra: Ñ estamos falando dos assassinatos de heterossexuais, nem de todos crimes passionais. Estamos falando dos assassinatos de gays, e a maioria desses ocorre de maneira passional, ou seja, morte por causa de relacionamentos amorosos. E ñ tentem fugir disso, pois é vdd.

        • Pessoas, desse site apoiam o extermínio de gays, proposto pelo tal pastor .
          Claro que a maioria ficou calado, mas no fundo , aprova também .

          delldellphone disse: 5 de dezembro de 2014 ás 2:48 pm
          O ilustrissimo pastor ja tem cadeira cativa céu. E as aberrações gays cheias de doenças e dsts tem vaga cativa no esgoto do inferno. Temos que acabar com a prega dos gays mesmo e livrar o mundo da desgraça que eles representam.

          Ta Serto disse: 5 de dezembro de 2014 ás 10:20 am
          campos de concentração?? não, amigo, vc entendeu errado…
          Hitler usava os campos de concentração para humanos normais que ele achava diferente…
          Eu só pedi uma reserva… tipo um zoológico para vcs, abominações, com cuidadores e tudo o mais (conforme vcs buscam)!!
          Abraços, amigão!!

          ——————

          josé carvalho disse: 4 de dezembro de 2014 ás 10:04 pm
          cara este é o verdadeiro homem de deus sabe tudo

          ——————-

          delldellphone disse: 10 de dezembro de 2014 ás 9:04 am
          pessoal o pastor falou a maior verdade. quando ouve a peste , mataram os ratos. com as aberrações gays é a mesma coisa. se as aberrações forem eliminadas o mundo ficará livre da aids e das dsts. ou a outra saida é obrigar esses monstros a viverem nos esgotos como os ratos. lá eles morreriam sem fazer mal aos seres humanos normais.

          —————————-

          • rsrsrsr… Tudo fake… Vc ñ pode generalizar todos os cristãos por causa de 6 dúzia de desocupado q vem aki… Outra: quem garante q são cristãos? da mesma maneira q vc vem aki postar, esses caras podem vir aki soltar suas asneiras tb…

          • sempre o mesmo argumento

            quando algum evangélico faz alguma merd* , voces vem correndo dizer que ele não era um evangélico de verdade .

            Assim fica facil né ??

            quer dizer que o pastor que pregou o extermínio também não era evangélico ??

            Assumir as responsabilidades ninguém quer . . . .
            Vou começar a usar esses argumentos infantis tbm
            Se um gay fizer alguma besteira, vou simplesmente argumentar – Esse não era um gay de verdade – e pronto , assunto encerrado

          • Falo isso q, para ser um Cristão, devemos seguir os fundamentos de jesus e as Santas Escrituras. Como posso falar q um cidadão q fala em exterminar gays é cristão? Nunca! No máximo, pertencente a alguma seita das diversas q tem por aí…

          • IRRA ..IMUNDO
            O primeiro passo para sair do armário é achar que ser gay é natural, é achar que quem condena veementemente esta pratica nojenta e promiscua não é de Deus.

        • Voce pode nos mostrar fontes e provas de que a maioria dos assassinatos de gays são cometidos por outros gays ??
          Por favor,
          Voces adoram repetir isso, mas nunca trazem as fontes,

          E que eu saiba não é assim não. Já li relatórios da PM e a maioria dos gays são exterminados por preconceito e existem até grupos de extermínio de homossexuais. Só aqui em São Paulo são vários grupos por sinal .

        • IRRA ..IMUNDO
          O primeiro passo para sair do armário é achar que ser gay é natural, é achar que quem condena veementemente esta pratica nojenta e promiscua não é de Deus.

  5. Se cremos na bíblia como a genuína palavra de deus para nossas vidas.
    Devemos observar tudo com muito cuidado,e responsabilidade porque o poder da palavra do senhor é que liberta o pecador dos seus pecados,quando conhecemos alguém que pratica iniquidades ,nos cristãos devemos agir com amor, orando pela vida en questão e pregando a ele a palavra da verdade porque a poder na palavra pra salvar curar e transformar vidas,sou eu mesmo prova viva deste poder eu prego o espirito do senhor e quem convence o pecador dos seus pecados ,se ele não aceitar amem ai é ele e Deus .

  6. Brasil bate recorde em homicídios e fica em sétimo lugar entre 100 países

    Setorizar a violência no país não me parece justo com a grande maioria da população brasileira vítima dessa triste epidemia. Cristãos que vivem a essência do evangelho não pertencem a essa estatística.

  7. Textos como esse, do Rafael Reparador, lançam luz no triste e escuro caminho de muitos crentes que se comportam como verdadeiros fariseus, tal o legalismo e falta de amor e compaixão que caracteriza sua religião. Entretanto, caros comentaristas, creio que chegamos a um ponto, no conhecimento de fatos relacionados a religião, teologia, psicologia, biologia, astronomia, história, arqueologia, sociologia, antropologia, entre outras ciências, em que não mais é possível se fingir de ignorante e passar por alto os erros graves, insuperáveis do fundamentalismo religioso, seja cristão ou de qualquer outra religião. Um fato, por exemplo, que ninguém pode, em sã consciência, negar, é que não é mais possível seguir ignorando que a Bíblia não é, não obstante as coisas boas e maravilhosas que muitas vezes ela expõe, um livro inerrante e inspirado em cada uma de suas páginas, em cada um de seus ensinos, mas que esta repleta de erros graves em todos áreas ou campos do conhecimento, anacronismos, injustiças que jamais poderiam ser justificadas em face dos tempos inclusivos e de direitos humanos em que vivemos. Observem, por exemplo, o decálogo, o qual, dizem, foi escrito pelo próprio dedo do Criador: como pode ordenar a proibição de se fazer qualquer obra de escultura ou simples representação do que há nos céus, na terra e debaixo da terra (o que proibi inclusive desenhos e, agora, fotografias), sendo que, no mesmo tempo, o próprio Criador teria, consoante textos bíblicos, dando ordens para decorar o santuário com imagens de anjos e querubins? Quem não, quem não percebe a flagrante, absurda contradição? Mas não para aí, pois, vejam vocês, que o mandamento que determina santificar o sábado é dirigido apenas ao homem, ao chefe de família, pois diz, proibindo o trabalho aos sábado, “… nem tu, nem teus filhos, nem tua mulher…”, ou seja, não diz “… nem teu marido…”, então é claramente machista. Outro exemplo é este mandamento: “Não cobiçarás a mulher de teu próximo”, mas não diz “Não cobiçarás o marido de tua próxima”. Então, caros comentaristas, o próprio decálogo é machista, pois a mulher é apenas um detalhe, ela não é igual ao homem, mas totalmente sujeita a ele. Ora, como mandamentos assim poderiam ser tidos como perfeitos se já trazem, em si mesmo, a imperfeição, a discriminação, o machismo? Não esta claro que eles, se serviram para um tempo antigo na forma como foram escritos, hoje não servem mais, pois, no atual estágio da humanidade, trabalhamos com noções como direitos humanos e que inclui a igualdade entre homens e mulheres? Tem muitos outros exemplos, mas termino por aqui, senão escreveria muitas páginas.

    • É, meu caro amigo. Ñ posso negar q vc sabe usar muito bem as regras de português, e tem um bom vocabulário. Mas, infelizmente, de Bíblia vc ñ sabe. Procure se informar antes de postar alguma coisa sobre ela. Exemplo, qdo eu ñ sei o q diz o alcorão ou sobre qual contexto está inserido alguma coisa, é melhor q eu ñ faça acusações. A mesma coisa se dá com vc. Estude a história bíblica, hermenêutica, e das civilizações antigas tb, para q vc possa afirmar alguma coisa.
      Uma coisa q vc falou eu concordo: é impossível querermos incluir ensinamentos bíblicos nessa sociedade totalmente permissiva, travestida de “inclusiva e humanista”. E é isso q a militância e ativismo gay quer, sufocar os q pregam a Bíblia, pois, ñ se encaixam ao modelo de sociedade q tanto almejam.

      • NÃO DA PARA ACREDITAR DAFADEZA É A MARCA DESTE SITE COMO PUDE CONSTATAR O IRRA…IMUNDO NÃO PODE SER CONTESTADO NESTE SITE, LEMBRA BEM A PROTEÇÃO A TEUS E GAYS QUE AQUI SE FAZ EM DETRIMENTO DOS CRISTÃOS

          • Felipe. Por mais que você não acredite em Jesus e que o Natal atualmente seja um data comercial e com referências pagãs,
            aproveite a ocasião e fique relaxado, tanto estresse faz mal.
            Se tu não crê, beleza. Mas não precisa ficar comentando toda hora em site gospel só para “causar”.
            Falow rapaz e algum dia talvez possamos marcar um video game, uma boa leitura, um jogo de futebol juntos. Abraços.

  8. Este Rafael “reparador” não passa de uma tremenda BICHONA QUEIMADORA DE ROSCA, pastor de “BODES”, d’aqueles bem FEDORENTOS, sujeito asqueroso, servo direto do próprio SATANÁS!!! “E por não seres frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca”!! palavras do SENHOR!!!!

  9. Rafael vc precisa falar para os namorados destes rapazes benzinhos não serem tão violentos , os namorados destes os matam , e querem colocar a culpa nos crentes que não concordam com os seus estilos de vida!!!!

  10. Parabéns Rafael, ainda existe DEUS em algumas pessoas na igreja e não está tudo perdido, o farisaísmo por si só os leva ao abismo, mesmo que estes tenham veste de ovelha o cheiro e a podridão que há dentro deles é mais notório não se vê o amor e a compaixão de Cristo neles, não conseguem se colocar no lugar do humilhado e perseguido, como disse Elana Raquel ” Eles são bom demais pra isso”.
    O fundamentalismo farisaico, criou um exército de cristão que nunca conheceram à Cristo, e de tanto lerem a ” Lei”, estão mortos pela letra e difundindo juízo e morte sem nenhuma compaixão.
    No coração deles a GRAÇA de Cristo foi anulada.

  11. Pelo fato de serem homossexuais, lutarem jejuarem por anos e anos, mas a natureza não dá trégua, o desejo sexual é como fome, e sono ele vem e vem, o desejo pelo mesmo sexo, é de 100% e não existe nada nenhum resquício de desejo pelo sexo oposto, um homossexual não conhece o desejo pelo sexo, oposto pra nós ver casais héteros as beijos também é nojento, mas nós suportamos fazer o que. Sortudo são os héteros e os bissexuais, que podem viver em suas igrejas em seu mundo heteronormativo, namorar, beijar com consentimento de todos.
    Os filhos homossexuais principalmente de famílias evangélicas, o que sobra???
    Sobra, a rejeição social e familiar, as piadas na escola até por professores, e uma vida marginalizada, sem o direito de amar e ser FELIZ, e porque somente porque nascemos de uma forma diferente dos outros 95%.
    Em nossos pequenos grupos nós somos um para o outro irmão, pai e mãe, na falta daqueles que nós desprezam e nos abandonaram pelo nossa condição humana.
    Mas DEUS É MAIOR que tudo isso.

  12. Sou cristão.. E se realmente sirvo a Jesus, tenho obrigação de ser como ele.
    Certo que ele não veio matar ninguem, mas sim salvar…
    Cada faz o q quer, porém Deus trará a juízo tudo o que fizermos, quer seja bom ou mal
    A respeito de ser homossexual,
    Isso esta relacionado a criação, a abuso,:a abandono…
    E esta errado…homem com homem não procriam.
    O projeto de Deus pra familia e homem com mulher…

  13. Passei por diversas igrejas. Tive contato com várias pessoas. De velhos a novos. Tanto no interior das naves, quanto fora. NUNCA ouvi, em nenhum momento, que deveria-se matar ou espancar qualquer tipo de homossexual. Isso é balela do escritor. Julgar que, por ser um país de maioria católica, o que é feito no Brasil é fruto de uma interpretação do catolicismo, é a mesma coisa dizer que gostamos de futebol, carnaval e samba porque somos cristãos!!! Não tem nexo. “Nós” matamos mais homossexuais, porque somos o país CAMPEÃO MUNDIAL em homicídios, assassinatos, mortes de trânsito e, com certeza, aborto clandestino. Isso é fato. Antes de combater a morte de gays, de uma forma única, deve-se combater a morte de brasileiros, para então daí diminuir a morte de LGBT, heterossexuais, crianças, velhos, homens, mulheres, empregados, desempregados, etc.

  14. O Rafael Reparador trás luz às trevas da ignorância fanática.Um homem de DEUS sábio e
    que seu testemunho de vida de bons testemunhos cristão,contribuirá para converter a
    JESUS CRISTO muitos deste falsos crentes fariseus.Parabéns,Rafael,pelo excelente texto.

  15. Pois é isto ai o primeiro passo como ser humano para sair do armário é esta começar aceitar que esta pratica, que pela ciência não existe pois o genes que existe é macho e fêmea , homem e mulher, então impossível ser natural, bem pelo contrário é anti-natural e nojento = a promiscuo.
    Também ainda pela ciência médica o conselho nacional de psicologia determinou ser gay, não é doença, logo se não é doença psicológica se não é genes, o que seria.
    Talvez tara desvio de conduta, ter sido seviciado sei la, só sei que não é natural e segundo milhares de pessoas que abandonaram esta prática e até mesmo testemunho de Freud tem cura.
    Então concluo que o primeiro passo para alguém sair do armário é aceitar como natural a pratica promiscua da homossexualidade.

  16. COMO PUDE CONSTATAR O IRRA…IMUNDO NÃO PODE SER CONTESTADO NESTE SITE, LEMBRA BEM A PROTEÇÃO A TEUS E GAYS QUE AQUI SE FAZ EM DETRIMENTO DOS CRISTÃOS

  17. Após ler o texto eu fiquei refletindo se o autor é realmente pastor. Como pessoa criada na igreja, eu sei dos vários problemas e preconceitos que vários evangélicos possuem (até porque todos nós somos preconceituosos e se alguém dizer ao contrário está mentindo). Contudo nunca li, ouvi e aprendi que devemos mal tratar alguém. Esse argumento do pastor é terrível pois a maioria da violência cometida contra os homossexuais é em relação a tráfico de drogas, prostituição e passionalidade, que são os mesmos motivos dos assassinatos das pessoas heterossexuais. O texto propõe que as igrejas são os responsáveis. Isso eu não aceito de forma alguma e o site deveria ter vergonha de publicar isso. Como conclusão: as igrejas,de fato, precisam saber tratar melhor os homossexuais , mas de forma alguma devem omitir-se em relação a prática pecaminosa. E posso garantir que a esmagadora maioria dos cristãos reprovam tal comportamento apresentado no texto.

  18. Se minha opção é anti natural, tenho que arcar com as consequencias, é como o ladrão sofre as consequencias de sua opção.. Na realidade o que acontece, é que pretensos defensores dos fracos e oprimidos, acham que todo mundo deve compactuar com os procedimentos desses, agitam, criam associações e fomentam o enfrentamento, isso acontece também em relação aos negro, a melhor maneira de acabar com as diferenças e parar de falar, parar de fomentar a discordia e gerar o ódio. colocar classes sociais, classes de raça e cor em lados opostos não é uma atitude correta. Assim como difundir em escolas onde a idade das crianças é de 6 ou 7 anos, que o relacionamento de menina com menina ou menino com menino é normal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here