Artigos

Jovem pastor “homossexual” confessa vida dupla e pede socorro: “Não estou feliz, mas não consigo me libertar”

Comments (26)
  1. clamando disse:

    Elana tenho estranhado tuas reportagens, que de uma maneira ou de outra tem introduzido certos assuntos, que no teu modo de postar, deixou em cheque tua fé, em outra já defendi tua posição por achar quew apenas não tinhas tomado partido ao escreve-la , mas agora sinto que criei uma resistencia a ti

    1. clamando disse:

      quero saber onde estão os comentários do facebook, que foi estão escondendo as trapalhadas do escritor?

  2. mauro disse:

    Caríssima Raquel Elana, faltou as suas considerações, por gentileza somos todos ouvidos.

    As minhas preces aos homossexuais que vivem o celibato na pleinitude por compreenderem que Cristo é o melhor parceiro para se viver e amar, e assim abandonaram definitivamente o pecado.

    +++

    Alguem para escrever a reação cristã pelo mundo ? Vamos lá Gnotícias ! Dê o devido espaço.

    CROÁCIA APROVA EM REFERENDO EMENDA CONSTITUCIONAL QUE PROÍBE CASAMENTO HOMOSSEXUAL. LIBERAIS ESPERNEIAM: “UMA REVOLUÇÃO NEOCONSERVADORA”.

    1. Andre disse:

      Você, acha justo entrega-los ao c elibato ‘forçado” então porque não se torna c elibatário também. Por cargas nas costas do próximo e bem mais fácil.

    2. mauro disse:

      André,

      quem se entrega ao celibato o deve fazer por vocação e amor, e não como fuga.

      1. mauro disse:

        O casamento é o meu sacerdócio.

        1. Andre disse:

          casamento é seu sacerdócio não me faça, rir de tamanha hipocresia, você não faz sexo por prazer? Porque se for só para procriação como está em gênesis, poderiamos chamar de sacerdócio coisa que vocês descumprem.

          1. mauro disse:

            Nota-se que você não compreendeu a profundidade do exposto, amadureça primeiro.

  3. Douglas disse:

    Também passei por isso, e eme senti sujo indigno de Deus. Mais a palavra do Senhor diz que a Sua graça me basta. Então tudo ficou para trás pois o prazer que eu tenho em estar em comunhão com meu Deus é bem maior que os prazeres carnais!

    1. clamando disse:

      EXPLICA VENCEU AS TENTAÇÕES, OU SUCUMBIU A ELAS, E ADORMECEU TUA CONCIENCIA

      1. Andre disse:

        As tentações de agressão e palavriado torpe e cheio de ódio, fazem parte de você clamando, E ADORMECEU TUA CONCIENCIA

        HIPÓCRITA.

        1. clamando disse:

          andré deixe de ser tolo o0 douglas é meu amigo e sabe que apenas estou tentando fazer falar daquilo que postou, ou seja ajudando a conversar, mas como sempre o sr. intolerancia parte para agressão ststst que feio

    2. marilene disse:

      nada melhor do que escolher Jesus <3……..:)

  4. Alex disse:

    Ele não é o unico…

  5. Andre disse:

    Toda criança homoafetiva, é perseguida e se não for amparada pelos pais, é sima abusada, entretanto não é abuso ue torna homossexual, na verdade ela é abusada por héteros, pois estes vêem na criança “AFETADA” no caso meninos afetados, uma segunda classe de menina, que não pode falar, se forma abusada, ou seja alvo fácil de canalhas.
    As estatísticas mostran que depois das meninas, os garotos homoafetivos “afeminados” são os mais abusados na infância.
    É triste que os mesmos abusadores, são na maioria “homofóbicos”. Motivo pelo qual precisamos da cartilha anti-homofobia, pra proteguer essas as crianças homoafetivas.
    A homossexualidade já na infância, dá sinais, só cego não vê. O completo hípócrita e desonesto intelectual como Malafaia , Feliciano e seus seguidores.
    Pobre homem, conheço muitos na mesma situação que ele, casados, em ministérios e com vida dupla.

  6. Andre disse:

    …Homossexualidade não é genética, mas surge no útero, afirma pesquisa .Qua, 12 de Dezembro de 2012 21:25 Victor de Andrade Lopes Acessos: 8667 . .

    Um estudo publicado na The Quartery Review of Biology por um grupo internacional de cientistas mostra que nós talvez nunca encontremos um “gene gay”.

    Segundo os pesquisadores, a orientação sexual não é definida pela genética, mas sim pela epigenética, ou seja, o processo no qual o DNA sofre ação de fatores externos do ambiente. E, no que diz respeito à homossexualidade, o “ambiente” é o próprio útero materno.

    A Chave Epigenética

    A homossexualidade pode ser explicada pela presença de epi-marcas, segundo William Rice, professor da Universidade da Califórnia, EUA, e Urban Friberg, da Universidade Uppsala, na Suécia. Essas marcas são alavancas temporárias que podem controlar como nossos genes se expressam na gravidez e depois que nascemos.

    Há marcas específicas do sexo que passam de pai para filha ou de mãe para filho, diferente de outras marcas, que não costumam passar de geração para geração e terminam “deletadas”. Isso explicaria porque a homossexualidade parece se repetir em famílias, mesmo sem que haja algum motivo genético para isso.

    Os mecanismos genéticos são como camadas de informação adicionadas ao nosso DNA. As epi-marcas regulam a expressão dos genes de acordo com as pressões externas. Elas determinam o momento, o local e a quantidade em que esses genes são expressos. Além disso, elas são feitas desde a estaca zero a cada geração, apesar de evidências novas apontarem para a ocasional transferência de uma mãe para seu filho. É esse fenômeno que faz parecer que temos genes compartilhados com nossos parentes.

    Masculinização e feminização

    Para alcançar os resultados, os dois professores criaram um modelo biológico-matemático para mapear o papel da epigenética na homossexualidade. Para tanto, eles aplicaram a teoria evolutiva em avanços recentes na regulamentação molecular de expressão genética e desenvolvimento sexual dependente de hormônios.

    Os dados foram combinados com descobertas recentes do controle epigenético da expressão de genes, principalmente em células-tronco. Com isso, os pesquisadores desenvolveram e apoiam empiricamente um modelo matemática de uma canalização baseada em epigenética, que é a tendência da hereditariedade de restringir o desenvolvimento de novas características em um ou alguns traços. O modelo previu com sucesso a evolução da homossexualidade em homens e mulheres quando epi-marcas canalizadoras passaram de geração em geração com probabilidade diferente de zero.

    De acordo com a equipe que conduziu o estudo, “mudanças rastreadas na estrutura de cromatina influenciaram a taxa de transcrição dos genes (codificantes e não codificantes), incluindo reposicionamento de nucleossoma, metilação do DNA e/ou modificação das caudas das histonas, mas sem incluir mudanças na sequência de DNA”.

    O modelo resultante previu que a homossexualidade pode ser produzida por herança epigenética transgeracional.

    Epi-marcas sexuais são ativadas durante o desenvolvimento fetal para proteger a futura criança de variações naturais excessivas na testosterona, o que ocorre mais tarde na gravidez. Os processos epigenéticos previnem que um feto acabe adquirindo características de outros sexos quando a testosterona atinge altos níveis. Eles também trabalham para impedir que traços sexuais acabem resultando em seus opostos, o que inclui a orientação sexual.

    Willian e Urban acreditam terem descoberto, essencialmente, que há epi-marcas “sexualmente antagônicas” que podem às vezes passar para a próxima geração e tornar uma prole de sexo oposto homossexual.

    As regras darwinianas de seleção também atuam aqui: essas características epigenéticas podem se proliferar facilmente na população porque elas aumentam a aptidão da mãe e as protegem de variações naturais em hormônios sexuais durante o desenvolvimento do feto. Só em raros casos eles reduzem a aptidão em filhos.

  7. Diogo disse:

    Cada um tem sua crença (ou não) e cada um é livre para fazer o que quiser. Essas pessoas sofrem demais e mais ainda quando tentam se heterossexualizar, porque uma coisa é não praticar a homossexualidade mas isso NÃO faz a pessoa ter desejos pelo sexo oposto, isso na verdade é uma repressão, reprimem seus sentimentos e desejos devido a sua crença ou o preconceito da sociedade. E como esse pastor disse, ele se vê realizado com outro homem, se vê completo com outro homem, sentimento é algo muito pessoal, cada um sabe dos seus, a psicologia já provou que o melhor remédio é auto aceitação mas a questão aqui é a crença, porque para ele são duas coisas muito fortes, sua religião o condena mas essa condenação é a sua felicidade! e agora?

  8. Joaquim Nabuco disse:

    “Quando meus pais moravam juntos, lá pelos meus 5 anos de idade, um vizinho começou a abusar de mim sexualmente, não havia sexo, mas ele me mostrava o pênis dele, pedia para eu pegar, pedia que eu mostrasse o meu. Por volta dos meus 6 ou 7 anos um primo começou a fazer praticamente a mesma coisa.”…

    Viram, homossexualismo é fruto de abusos sexuais na infancia e tesão reprimido, estes que abusaram dele tambem eram homossexuais, ora, homossexualismo é relação entre duas pessoas do mesmo sexo, quem não sabe que é sempre assim ? Mesmo assim, minha dica a este rapaz é a seguinte : Ou viva como um eunuco, guardado para Deus, buscando se arrepender de seus pecados e desviando-se do mal e tendo obras dignas de arrependimento, ja que não sente interesse em mulheres, ou se não… meus pesames.

  9. Caio Ferraz disse:

    Crie um vincluo de amizade com o Espírito Santo!!!!!
    Ele está ai dentro de vc já! Mas precisa que vc converse com ele mais! Leia muito mais a Bíblia! e pare de tentar lutar contra isso sozinho, pq assim vc não vencerá nunca!!!!
    O Espirito Santo é a maior arma que nós temos, e muitos de nós nem usamos, por achar que ele é só um ventinho, uma pomba, uma agua. O Espirto Santo é o fogo que te defenderá! É uma pessoa! Ele quer dialogo a todo tempo com vc!
    Peça implorando para estar cheio dele! Mas busque a santidade, e entregue seus caminhos a Deus!
    TMJ somando forças em oração por vc homem do Senhor, HOMEM DO SENHOR!

  10. Rany disse:

    Deus abençoe esse rapaz para que consiga sair dessa vida!

    O pecado não estar em ser homosexula mais sim em praticar esse pecado

  11. ALMIR disse:

    nao desista de luta a sua atitude em procura ajuda ja conta muito pra sua vitoria. confia em DEUS e deixa ele agir.

  12. Rogerio Ribeiro disse:

    Mas afinal o jovem em questão era diácono, evangelista ou pastor? pensando bem isso não importa pois pecado é pecado, em que pese os cristãos liberalíssimos pensarem diferente, a Bíblia condena a prática do ato .

  13. Rogerio Ribeiro disse:

    Gay é gay , cristão é cristão, o engraçado é que muitos tentam ser gays e cristãos ao mesmo tempo, não pode, são situações/posições excludentes.

  14. clamando disse:

    onde foram parar os comentários do facebook, será que os escritor está em apuros e por isto não deixam visualizar

  15. Ed disse:

    Momento de reflexão, um homem roubou uma moeda o outro um bau cheio de moedas o crime não e’ a quantidade de moedas e sim o roubo . Pensem o fato de alguem abrir seu coração não da a libertade de conflita-lo e sim ajuda-lo a refletir .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.