Galinhas, Girafas e Urubus

2

Você pensa que os “contos” da “Galinha Pintadinha”, ou da Girafa “danadinha” ficaram no passado?

Acredita mesmo que os “Bichos” fazem parte das “manchetes” da semana passada e são assuntos que já perderam a “graça” ou o “viço”?

Pois eu vou provar para você que ainda existe muito “bicho” solto por aí… (te garanto que são os piores…).

 

Os Urubus;

Famosos pelo anseio da “carnificina” tanto da Galinha, ou da pobre Girafa, que à essa hora, ocupada, deve estar pensando nas coisa “lá do alto”…

Eles, em sua jornada, não fazem outra coisa a não ser olhar para a terra em busca de algo que os alimente.

Os “da terra”, no entanto, estão firmes; por toda parte, buscando algo que os sustente em seu “voo”… Deveria ser caminhada, a sua forma de condução, mas não a desejam…  A caminhada tem seus percalços, sua dor e cansaço…  “Melhor voar… Voar em busca do que me interessa, me alimentando do que pra mim, é prazeroso”, pensam… Sim, porque estes tem raciocínio, embora pouco, usem.

Terrível, ter que se alimentar da “morte”, da carne podre… Mais terrível ainda, é não ter a consciência do que é o “alimento” que consomem.  Ambos; as aves e os “da terra”…

Independente da capacidade de subsistência da ave ao seu alimento, eu pergunto: Já viram uma foto de um urubu?

Sem mais perguntas…

Cada um é o que come… Tanto na Alma quanto no corpo.  Desculpem-me, mas até a bíblia nos prova isso.

Voltando aos Urubus – falo das aves – Devem julgar, o cheiro de morte vindo da desgraça e fim de animais, algo como que o cheiro da “comida da mamãe”… Um Manjar a ser consumido até a ultima migalha?

Não.  É que não sabem caçar.  Um alimento saudável, então é algo difícil… Mas este, torna-se “agradável” com o passar do tempo…

“Até com o ruim a gente se acostuma…”   Não é bíblico “ao pé da letra”, mas sim, um adágio verdadeiro.

 

Ávidos por uma refeição; Melhor dizendo, ávidos por algo que cheire à morte, o “mais fácil”, buscam um prato por dia… Pelo menos, um.

Dai, perdoem-me… Já não sei se em minha escrita, falo dos “crentes” que se alimentam desta podridão, ou da pobre ave que em sua “evolução”, cada vez mais se acostuma com o cardápio… Penso que os dois.

 

A bíblia fala de um ser que se alimenta dessa mesma morte; Ele come (e com muito gosto), o “pó”, a morte, todos os dias; Ele sim,  sente prazer neste “delicioso” “Manjar”.

O nome dele é Diabo.   Mas você não seguia e deveria se parecer com Jesus??

 

Então, responda você que lê este texto:

Do que você tem se alimentado?

 

Será ainda, do cheiro de morte que infesta a igreja com suas práticas “pagãs”, num misticismo desenfreado no qual, Deus não compartilha?

Em seu cardápio, além do “almoço de domingo” na igreja, a sua “dieta”, são noticias sobre para “que lado” vão os pastores em suas “visões” do Reino?

Seriam as noticias sobre o quanto a humanidade caminha para o mal, para que você se dê conta de repetir a frase: “É… estamos no tempo do fim…”

Ou ainda,  são “Os testemunhos” sobre a escalada de “vitórias” de irmãos famosos e você, é claro, não que ficar para trás?

 

A despeito de tudo acima, que é claro, verdadeiro e, mais terrível do que o alimento podre e infecto dos infelizes “Urubus”, como a “Galinha” e a “Girafa” em seus supostos “significados”, não seja tolo…

 

O Pão da Vida já está na mesa… Já foi partido.

 

Dê “adeus” aos “Urubus” e às suas práticas…

 

Cuide-se;

Coma do “Pão da Vida” e beba da sua “Água”.

 

Jesus é quem te garante:

“Você nunca mais terá fome, ou sede…”.

 

 

COMPARTILHAR
Rogério Ribeiro é um cristão livre do sistema religioso. É Cineasta, roteirista e cronista. Escreve no blog "edição de amanhã", no "Antireligiosidade (http://antirel.blogspot.com.br/), entre outros. É autor de "Descansado sobre a Relva", livro que fala do relacionamento pessoal com Jesus Cristo, acima de qualquer coisa ou "impedimento" proposto pelo mundo religioso. Observador atento, Rogério Ribeiro aceitou o dever de alertar a igreja e, desde então é um compromissado "atalaia" dos nossos dias, às ordens de um só Senhor: Jesus Cristo.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here