Filme “Somos tão jovens”

12

Assisti hoje ao filme que conta a história do líder da banda Legião Urbana “Somos tão jovens” uma espécie de biografia do Renato Russo e que conta o início da banda. Depois que terminei de assistí-lo, pensei em escrever alguma coisa sobre o filme, espero que gostem se não concordarem fique a vontade para comentar no final do post.

O Renato Russo era um cara problemático e cheio de dilemas que ele mesmo não se entendia mais acreditava em suas ideias, um exemplo disso é ele ter usado esses dilemas e questões sociais como inspiração de suas canções. Um jovem comum como qualquer outro jovem, porém diferenciado por conta de pensar a frente do seu tempo. Mal compreendido por aqueles que estavam em sua volta a não ser por aqueles que tinham os mesmos pensamentos revolucionários ou só queria curtir uma onda diferente.

Letras agressivas ao sistema, questionamentos a forma de vida da época mais que ainda são pertinentes aos nossos dias, ainda hoje servem de inspiração e estão na boca dos jovens atuais do século XXI, não peguei a época que ele era vivo, mais me lembro de uma pessoa que morava perto de minha casa no Recife que sempre estava com seus amigos de preto, ouvindo rock e bebendo vinho, de bota, cabelos e barbas grandes. Era uma legião de jovens em toda parte do Brasil aderindo à ideia de uma pessoa que teve a ousadia de pensar fora do sistema militar e opressor. As vezes me pergunto até onde isso é bom? Bem não sei responder! Pois não me refiro a pessoa do Renato como bom exemplo ou de que suas atitudes que não foram corretas, pois à luz da bíblia não foi. Mais esse sentimento de mudança, revolução, como ele mesmo diz no filme através do personagem: Eu quero ser um referencial para essa geração.

A bíblia diz: Que os filhos das trevas são mais prudentes do que os filhos da luz. Paro e penso, essa frase deveria estar em nossas bocas não? O filme mostrou um lado bonitinho e romântico do líder da primeira banda de punk de Brasília, não quero cometer o mesmo erro. Mais o que será que está acontecendo com os cantores gospel? Com os cristãos atuais? Tô falando de uma pessoa que não era evangélica mais que conseguiu marcar gerações por conta de suas palavras, ainda que suas atitudes foram erradas e conflitantes. E nós que conhecemos a verdade e temos a razão tanto para morrer quanto para viver, mas estamos parados se rendendo ao sistema e vivendo como pessoas normais.

No Brasil, como também em todo o mundo uma crise de princípios irá ocorrer,  uma erupção, jogando suas lavas por todo o lado destruindo a todo e qualquer conceito bíblico e moral. E os líderes preocupados consigo mesmo, e a juventude correndo atrás de seus objetivos, a mídia destruindo a imagem dos cristãos a qualquer custo mais as estrelas gospel estão lá, se vendendo e enchendo seus bolsos de dinheiro.

Gosto do livro de Romanos no capitulo 12:2 onde nos convida para não nos conformarmos com esse mundo, pense nisso! Você pode fazer parte da ultima geração que essa terra viu, faça alguma coisa relevante para impactar pelo menos aqueles que andam com você de ônibus, seu vizinho ou seus amigos de faculdade. Se o Renato Russo conseguiu uma legião de pessoas o seguindo sem a ajuda de Jesus e sem a sua inspiração, já pensou o que Deus pode fazer através de você? Seja cheio do Espirito Santo de Deus e esteja disponível, não se preocupe com o que as pessoas vão dizer de você ou em ser aceito por todos, mais seja a voz de Deus para essa geração.

12 COMENTÁRIOS

  1. A PAZ DE JESUS ! Irmão DIEGO muito bom o seu comentário;EU vivi esta epoca,quando jovens queremos viver tudo ao mesmo tempo, Renato russo marcou uma geração, e, influenciou-a com seus ideais de vida,era poeta que falava das mazelas de um pais injusto para com os injustiçados; ELE até citou em sua canção que sem AMOR nada seria! Está escrito: Visto como, na sabedoria de DEUS, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a DEUS salvar os que crÊem pela loucura da pregação.(1 corintios cap.1, vers.21).Espero que no seu ultmo momento RENATO RUSSO tenha entregado sua vida a JESUS! Q DEUS t abençoe.

  2. Eu não admiro o Renato russo pelo que disse ou cantou. Pois é muito fácil falar aquilo que não se vive. Cazuza fez o mesmo e muitos o idolatram até hj. Assista o filme e verás um jovem revoltado, cheios de complexos internos. Um pessimo amigo, pessimo filho, muitas vezes mandou sua mão para aquele lugar. Mas mesmo assim muitos ainda acreditaram nesse amor cantado, porém não vivido. Nossa inspiração tem q estar voltada Aquele que, nasceu, viveu e morreu por esse Amor, pois Ele mesmo è a esssencia do AMor de DEus, manifestado a todos nós e para nós. Que, mesmo cheio de glórias, esvaziou-se de si mesmo, se fez homem como nós, habitou no meio de nós e nos deixou uim legado de luta pelos mais fracos por aqueles que sofrem perseguições por causa de Sua justiça, por aqueles que choram e que são discriminados. Esse sim merece toda nossa admiração, pois não apenas falou desse amor, como viveu e demonstrou pra toda humanidade que precisamos amar uns aos outros como Ele nos amou.Continuo afirmando que não admiro Renato russo, Cazuza, Chorão e outros que viveram entre nós, pois é muito fácil falar de amor e viver no meio das drogas, bebidas e orgias. Admiro sim, os verdadeiros jovens cristãos que, com tantos bombardeios do inimigo permanecem de pé e não negam sua fé e, a todo custo, buscam implantar o Reino de DEus aqui na terra, através do Seu Amor, Sua justiça em suas comunidades,familias,trabalhos, escolas. Esses sim merecem nossa admiração e valor!.

  3. Eu era adolescente nesta época, cheguei a conversar rapidamente com o Renato Russo em um programa de rádio, pois ele veio fazer um show em João Pessoa, e naquela época ele era um ícone , um modelo de jovem que queríamos ser, mesmo ele não seguindo os padrões normais da sociedade, acredito que hoje falta ao jovem cristão exemplos, pessoas que eles queiram imitar, como Paulo foi um modelo para os primeiros cristãos, hoje falta exemplo de verdadeiros cristãos que tenham vida de santidade, humildade e garra para lutar em um mundo tão corporativista e consumista que se tornou o meio evangélico!!!!

  4. Irmãos ,

    Não adianta sabermos a verdade para impactar o mundo.Precisamos de pessoas que possuam a “chama” que ele possuia. Esse brilho especial , o magnetismo , é dom de Deus , e ele dá a quem quer.Não adianta querer que os medianos consigam feitos incríveis ,pois não o podem.Estrela , é escolhida a dedo pelo próprio Pai , é o Senhor que reveste de autoridade e brilho!!!!! quanto aos medianos , basta aplaudir.

  5. Renato Russo era um cara confuso, tão confuso que em determinados momentos chegou a recitar passagens bíblicas em suas canções, mesmo pregando na contramão. Talvez pelo medo da morte que veio de forma precoce ! O salário do pecado é a morte.

    Foi um tempo em que muitos jovens não tinham a verdadeira dimensão do Cordeiro de Deus, tudo passa !

    Estou com tigo Diego, ” não vos conformeis com este mundo”, Romanos 12.

    Como um rolo compressor movido pela mídia, os falsos valores vão invadindo os nossos lares e escolas, criando uma cultura neo-pagã e anticristã, deformando a educação das crianças e dos jovens. É preciso com coragem combater tudo isto por amor a Deus e aos homens.

    Paz e Bem

  6. Renato lia muito a biblia, sua mãe e evangelica, alguem ja parou para ouvir a musica monte castelo, o começo dela e com base 1 corintios 13, se tivesse se convertido teria feito canções lindas

  7. A palavra de justiça deve estar nas nossas bocas também, estais certo. No entanto, criticar o sistema sem discerní-lo e ilusão puramente esquerdista e você está errado nesse sentido. O evangélico em si tem que criticar sabendo e defendendo um estado mais livre e menos opressor. Essa historia é longa e confunde muitos evangélicos, não é a toa que muitos se vendem com a Teologia da Libertação, ideias marxistas e socialistas, etc. Entenda algo rápido: golpe militar ou contra-golpe?

    Resposta: Contra-golpe, pois se os militares não tomassem o estado para futuramente reorganizar a democracia que ainda somos hoje, nós seríamos um estado comunista.

    Estudem política e entendam isso, depois e talvez tenham alguma autoridade para questionar esses assuntos.

    J.Carlos Ferreira – Prof. de Filosofia

  8. O que tenho a dizer é que a primeira coisa que a “onda gospel”,marketeira e mercantilista) atual fez foi matar a onda gospel anterior (do inicio dos 90’s ) quando bandas de rock cristão aliavam a postura “rockinroll”, questionadora,assertiva engajada ao evangelismo (palavra fora de moda não ?)…Pra mim isso e a palavra protestantismo tinham tudo a ver. Hoje é só cantoria de uma multidão que vive, as vezes só uma fantasia !!! É raro por exemplo uma banda que toque no tema drogas, quando as bandas de rock gospel antigas tinham nisso seu tema ideal…e por aí vai! aguem complemente o tema por favor !

    • Hamilton o seu nome para mim é muito familiar, pois tive um real encontro com Deus por meio de uma maravilhosa banda de rock que um dos músicos se chamava Hamilton, e concordo plenamente com vc… E pela sinceridade estou a crer que vc viveu essa época e acho muito possível vc ser o Hamilton que imagino… Eu tenho muitas saudades passar a noite acordado no Projeto Amar no copam saudades de Resgate, Oficina, Katsbarnea e vários outros que acreditavam em missões e realmente dava certo sou a prova viva disso…

      Essa foi minha conversão…

      Novos Rumos
      Resgate

      Dava pra perceber o meu desespero
      Dava pra ver nos olhos o meu estado
      Como a ferrugem que consome o dia inteiro
      Me consumia assim o meu pecado

      Sem a luz
      Cada vez mais forteo que era o meu escuro

      E vinha a noite a meia noite
      E meus velhos grilos
      Eu percebi nos atos o seu intento
      Foi como perceber pra onde sopra o vento
      Como uma águia se renova no seu vôo
      Me fez subir assim pro meu renovo

      Com a luz
      Jesus me fez viver em sua claridade
      E veio o dia a luz do dia
      E meus novos rumos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here