Estado Islâmico fuzila 200 crianças em vídeo brutal.

0

Um vídeo divulgado por um grupo Anti-Estado Islâmico sediado no Yêmen, há 24 horas atrás, mostra em menos de 50 segundos, o fuzilamento cruel de 200 crianças prisioneiras.

O filme caseiro é horrendo, grotesco e não parece montagem. As crianças são fuziladas por mais ou menos 12 Jihaditas.  Apesar de não ter tido sua veracidade comprovada, sabe-se que o Estado Islâmico tem por prática filmar suas mais terríveis ações, além de ser conhecido por executar crianças no passado.

O vídeo provocou a ira de internautas, alguns dos quais disseram: “Que Deus queime o Estado Islâmico”. Outros afirmaram: “Não existe mais humanidade”.

A ação pode ser parte de uma tentativa de propaganda do “medo” devido as últimas retaliações que o EI sofreu por parte dos guerreiros Curdos.

Enquanto horrores como estes continuam acontecendo, o conflito da Síria não dá sinais de que vai terminar tão cedo. O Oriente Médio fragmentado e fragilizado ainda deve sofrer com a herança maldita de todo o sangue derramado.

Fonte: Daily Mirror

O vídeo pode ser visto aqui:

 

COMPARTILHAR
Raquel Elana, formada em Teologia, Pós Graduação em Jornalismo Político/ (Jornalista – MTb 15.280/MG) e Ministérios Criativos pelo IBIOL de Londres, é autora de 3 livros, entre eles: Anjos no Deserto - uma coletânea de testemunhos de mais de 10 anos de trabalho no Oriente Médio. Desde 2012 está envolvida com o trabalho de atendimento aos refugiados da guerra civil da Síria.

1 COMENTÁRIO

  1. Senhor volta logo Deus, pois é terrível assistir a esse tipo coisa, e ninguém faz nadaaaaaaaaaaa. …….Isso me parte o coração!
    Cadê a ONU que não faz nada? Há! Deve estar preocupada em impor a sua agenda gayzista e abortista!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here