A Cruz revela nosso valor ou nosso pecado?

2

A cruz mostra o nosso pecado que é pago por Cristo ao morrer nela. É também revela o valor que Deus dá a nós, a ponto de entregar seu único filho para morrer na cruz para que nós também nos tornássemos filhos de Deus.

O homem é criado a imagem e semelhança de Deus e sua vida vale mais do que o mundo inteiro para o Senhor, segundo as Escrituras. O fato de sermos pecadores não tira de nós a imagem e semelhança de Deus, que é distorcida mas não apagada.

Portanto, ao olhar para Cristo e sua obra, seu amor nos constrange porque percebemos quão miseráveis somos, e quanto amor ele tem por nós. E isto deve nos levar a louvá-lo e serví-lo ainda mais.

COMPARTILHAR
Um pecador salvo pela graça de Deus. Casado com Marina e pai do Davi. Graduado em Economia pela UFJF, pós-graduado em Estatística pela UFJF. Graduando em Teologia pelo Seminário JMC e Mestre em Teologia pelo Seminário Servo de Cristo.

2 COMENTÁRIOS

  1. palavras bonitas, mas muito distintas da verdade
    A crucificação era um horrível método usado pelos romanos para aplicar a pena de morte a algumas pessoas. Somente os piores criminosos eram condenados à cruz. Os próprios romanos – um povo implacável – aboliram a crucificação, por considerarem que era uma prática cruel.
    Jesus, que não tinha nenhum pecado nem culpa, foi pregado na cruz pelos pecados da humanidade. Pela Sua morte na cruz, todos aqueles que creem podem ter vida eterna
    Logo não há aqui nenhuma alusão a o miserável pó que somos, antes o sr. deixa bem claro quem não cumprir o mandamento de receber Jesus e ser batizado está condenado, ou seja por maior que seja o amor de Deus, devemos entender o novo nascimento a nova criatura e ai então voltar a ter a semelhança de Deus ser novamente co-herdeiros com o primogenito.
    Concluindo não temos valor algum, se fizer tudo que o sr. mandar ainda assim nois chamará de servos inúteis.
    Mas lembre que este mesmo valor alegado, não parece nada em contrapartida daqueles que rejeitam a Cristo sofreram a danação eterna, onde está o valor do homem, se uma simples aliança abençoa ou então penaliza…fica somente o amor de Deus, mas prevalece a SUA JUSTIÇA.

  2. O problema dos exegetas é a interpretação equivocadas das escrituras. Se olharmos para cruz como pecadores veremos nossa miserável condição em viver longe de Cristo, porém, ao receber Jesus nossa condição é transformada pois Cristo não é ministro do pecado. Nada em nós atrai a Deus, a não ser seu próprio Espírito que passa a habitar em nós após a reconciliação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here