Artigos

Pastor Árabe-Israelense pede que deixem Israel terminar o “seu trabalho” e libertar Gaza do Hamas

Comments (11)
  1. Israel Souza disse:

    A maioria que critica Israel, é composta por gente que não conhece a história e muito menos a Bíblia e menos ainda o plano do nosso Deus para a humanidade.
    Muito bom o texto; Elucidativo.

    1. JOSÉ CARVALHO disse:

      Israel
      É a maior verdade, os falsos cristãos ou ateus de plantão que estão aqui e se dizem cristão saem sempre em defesa do erro.

    2. Maria disse:

      Concordo com vc!
      Israel está apenas se defendendo.

  2. Gus disse:

    O artigo anterior foi escrito em 2009 e continua atualíssimo.

    1. Raquel Elana disse:

      Gus, você deve ser um ativista “raso”, leigo que se apoia na retórica da cópia. É só alguém sentado na cadeira, divulgando os ideais dos seus partidos. Se você estivesse no Oriente, ou conhecesse a História dos cristãos árabes que neste momento enfrentam um dos seus piores momentos na história, eu até deixaria que “utilizasse” este espaço para “copiar” os artigos que procuras para embasar suas fantasias. Mas tô a fim não. pois parece que você se importa mais com o partido terrorista HAMAS do que com os cristãos árabes.

      1. Gus disse:

        Eu ativista? … rsrsrs… Qualquer um que divulgue informações acerca da podridão e atrocidades cometidas pelo povo dito “escolhido” é chamado de ativista? Posso até ser leigo no assunto (nem tanto) mas não sou burro nem alienado!
        Qualquer um que estude, um mínimo que seja sobre o conflito em questão, aprende que as origens desta guerra remete à ideologia racista do sionismo que com a ajuda do Reino Unido protestante fundou um país às custas da morte e do sofrimento dos palestinos.
        Se eu apenas “copiei e colei” informações que lhes são desagradáveis, sinto muito. Minha intenção não é constranger ninguém em suas crenças nem tirar-lhes a dúvida da fé.
        Porém a verdade deve ser revelada, doa a quem doer.

        Ah, a afirmação do sinhô dotô Moderchai, não é mentira não, viu?

        http://www.haaretz.com/news/national/.premium-1.606542

        Israeli professor’s ‘rape as terror deterrent’ statement draws ire
        ‘The only thing that deters a suicide bomber is the knowledge that if he pulls the trigger or blows himself up, his sister will be raped,’ says Bar-Ilan University professor.

  3. Gus disse:

    EX-MEMBRO DA INTELIGÊNCIA MILITAR DE ISRAEL DEFENDE ESTUPRAR AS MULHERES PALESTINAS

    Publicado em 24/07/2014 por Maurício M

    Em entrevista ao programa de rádio Hakol Diburim da Radio Israel Bet, o Dr. Mordechai Kedar defendeu que estuprar as mulheres palestinas seria uma medida efetiva para amedrontar os combatentes desse povo. Mesmo quando o entrevistador Yossi Hadar respondeu que tal proposta “pega mal”, Kedar respondeu dizendo que “é a cultura” e “estamos no Oriente Médio”. E insistiu: “Eu estou falando da realidade: a única coisa que vai deter um atacante suicida – se ele souber que, se puxar o gatilho, sua irmã será estuprada”.

    Kedar serviu 25 anos na inteligência militar de Israel, se especializando nos grupos islâmicos. Atualmente é investigador do Centro Begin-Sadat para Estudos Estratégicos da Universidad de Bar-Ilan. Essa é a mesma universidade onde estudava Yigal Amir, o militante de extrema-direita que assassinou Isaac Rabin (o motivo: ele negociou com os Palestinos, enquanto deveria simplesmente exterminá-los).

    Além disso, Kedar é diretor do “Israel Academia Monitor”, um centro “neo-macartista” que policia os acadêmicos das universidades israelenses caçando qualquer acadêmico que não siga obedientemente as diretrizes do governo de Israel.
    Com informações do Alternative Information Center (Israel) e da RTP (Portugal)

    1. Raquel Elana disse:

      Meu Deus, quanta mentira…..mas usando a ONU como base, explica-se tudo….CUIDADO GENTE, tem muita gente do HAMAS NO Brasil e por enquanto no Brasil, só usam a arma ideológica…..cuidado!

  4. JOSÉ CARVALHO disse:

    porque meus comentários não entra e deste herege que denigre a Israel entra aos montes, é só concordar com os ateus escritores deste site

  5. Vitor disse:

    Os palestinos perderam boa parte do seu território com a formação do estado de Israel. O pouco que restou é ocupado por colônias israelenses que defendem o discurso de que os palestinos devem perder todo o seu território!! Querem que eles (os palestinos) fiquem passivos diante desta situação??

  6. Maria disse:

    Todos deveriam ler o livro “Filho do Hamas”

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.