Julgar! Uma resposta aos críticos…

40

Os cristãos atuais acreditam que seja errado expor o erro e citar nomes. Nesse artigo quero de uma vez por todas mostrar com base bíblica que julgar é dever de todo o cristão (Bíblico).

Mais de 60% dos comentários que recebo no meu blog são as seguintes frases:

  • Não julgue para não ser julgado,
  • Como você pode tocar num Ungido?
  • Só Deus pode julgar,
  • Quem é você para julgar?

Hoje os apologéticos comprometidos com a palavra de Deus são taxados pelos analfabetos bíblicos como os “sem amor” ou os que fazem um “des-serviço” ao reino.

O versículo TOP mais usados por esses é a passagem de Mateus 7:1 “Não julgueis, para que não sejais julgados”. O versículo isolado como está sendo exposto dá mesmo essa impressão, mas sabemos que toda passagem deve ser tomada pelo seu contexto. Se lermos todo o capitulo veremos nitidamente que o texto está se referindo ao julgamento hipócrita.

Já no versículo 25 Jesus adverte contra os falsos profetas. Como poderemos identificar esses falsos profetas que inclusive poderão vir vestidos de ovelhas se não o julgarmos segundo a palavra de Deus? Identificando o falso profeta é licito e bíblico alertar a igreja de Cristo sobre os mesmos.

Muitos leitores do blog me questionam e se revoltam porque cito nomes, denuncio o erro e alerto contra aqueles que pregam um falso evangelho, em resposta vou citar algumas passagens bíblicas:

  • “Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca” (Mateus 12:34). Aqui Jesus fala diretamente aos religiosos fariseus.
  • Quando Cristo ficou cara a cara com os falsos mestres, os chamou de “hipócritas”, “guias cegos”, “cegos”, “sepulcros caiados”,”serpentes” e “raça de víboras” (Mateus 23 :23-34).
  • “Jesus subiu a Jerusalém. E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados. E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas; E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorará” (João 2:13-16)
  • “Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões” (Marcos 11:17).
  • “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (1 João 4:1).
  • “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles” (Isaías 8:20)
  • …posto “à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos” (Apocalipse 2:2).
  • “E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles” (Romanos 16:17).
  • “Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé” (Tito 1:13).
  • reter “firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes” (Tito 1:9).
  • “E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as” (Efésios 5:11).
  • “Mandamo-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu” (2 Tessalonicenses 3:6)
  • …”se alguém não obedecer à nossa palavra por esta carta, notai o tal,e não vos mistureis com ele, para que se envergonhe. Todavia não o tenhais como inimigo, mas admoestai-o como irmão” (2 Tessalonicenses 3:14-15).
  • …alguns terão “aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destesafasta-te”, pois essas pessoas são “nunca podem chegar ao conhecimento da verdade” (2 Timóteo 3:5,7).
  • …”pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina” (2 Timóteo 4:2).
  • …”Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras” (2 João 10,11)
  •  “Ao homem herege, depois de uma e outraadmoestação, evita-o” (Tito 3:10)
  • “Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema” (Veja Gálatas 1:6-9)
  •  “Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei” (2 Coríntios 6:17).

Agora quero pontuar versículos que denunciam o erro e apontam os nomes:

  • PAULO CITOU PEDRO PUBLICAMENTE – (Gálatas 2:11-14),
  • PAULO CITOU DEMAS POR AMAR O MUNDO – (2 Timóteo 4:10),
  • PAULO CITOU HIMENEU E ALEXANDRE – (1 Timóteo 1:18-20),
  • PAULO CITOU HIMENEU E FILETO – (2 Timóteo 2:15-18),
  • PAULO CITOU ALEXANDRE, O LATOEIRO – (2 Timóteo 4:14-15),
  • JOÃO CITOU DIÓTREFES – (III João 9).

Quero fechar esse artigo com uma frase:

Se você é um(a) dos que acha que “o importante é que o evangelho está sendo pregado“, eu te digo que esse evangelho fajuto deve ser considerado maldito (Gálatas 1:8-9) e certamente esses que o estão espalhando serão julgados por isso..
Um “evangelho” que não prega arrependimento e não aponta os pecados como condenáveis pode ser qualquer coisa menos cristianismo…

O espaço está aberto aos críticos de plantão! Aos que gostam de usar essas frases de efeito que citei acima, favor responderem e comentarem com base bíblica! Que deveria ser a base para todo o cristão verdadeiro.

COMPARTILHAR
Pai de Thainá / Thais e esposo de Samara e também criador do blog "Web Evangelista". Nosso canal do Youtube: https://www.youtube.com/user/euacreditosim Nossa Pagina no Facebook: https://www.facebook.com/webevangelista Apenas um servo inutil, salvo pela infinita Graça.

40 COMENTÁRIOS

    • Sr. Wagner lemo nao estou contra o q diz nem tampouco a favor, mas eu particularmente qnd vejo eresias eu nao saio divulgando ate por q podemos matar mais ainda aqueles que nao conhece o verdadeiro evangelho concordo sim que esta cheio de pastores charlatoes por ai, e quando eu divulgo um falso profeta ou uma falsa profecia, eu na hora desafio entregando a minha propria vida se euestive rerrado, Senhor devia fazer o mesmo pra provar o que fala porq falar e muito facil dificil e provar

  1. TODA PALAVRA É PROVEITOSA, ELA TEM PODER DE MATAR E DAR VIDA, MAS SE CUMPRIRMOS O MAIOR MANDADMENTO "AMAR A DEUS ACIMA DE TODAS AS COISAS E O PRÓXIMO COMO A NOS MESMO " SEREMOS MISERICORDIOSOS COMO ELE É. E POR CAUSA DE SUA MISERICORDIA É QUE NÃO SOMOS CONSUMIDOS.

  2. Faço minhas cada uma das palavras de seu Artigo, caro Wagner Lemos! E acrescento: quando Jesus "baixava a lenha" nos escribas e fariseus, um mestre da lei protestou… "E, respondendo um dos doutores da lei, disse-lhe: Mestre, quando dizes isso, também nos afrontas a nós. E ele lhe disse: Ai de vós, também, doutores da lei…". Ou seja, Jesus não se intimidava com aqueles que pretendiam calá-lo em nome da "política da boa vizinhança" ou da "política do politicamente correto". Entretanto, você continuará sendo duramente criticado, pois estas pessoas não estão nem aí para base bíblica!

  3. A leitura mais básica do Novo Testamento revelará que a palavra ‘krino’ no grego (geralmente traduzido como ‘juiz’) é usada de diversas maneiras. Assim lemos na palavra que o ‘Pai a ninguém julga’ (João 5:22), mas (evidentemente em outro sentido), Ele realmente ‘julga’ (João 08:50). Cristo não veio para ‘julgar’ (João 8:15), mas na verdade ele ‘julgou’ (João 5:30; 8:16,26). Não há aqui contradições, é nossa ignorancia que nos afasta da verdade.
    Paulo diz aos da igreja de Corintios para que não ‘julguem’ nada, e logo depois critica-os por ‘não julgar’ o caso (1 Coríntios 4:5. 6:1-3). Krino (julgar) pode significar simplesmente, tomar uma decisão, ou analizar consequências (Atos 20:16; 26:8; 27:11, 1 Coríntios 2:2; 7:37., 2 Coríntios 2:1. ;. Tit 3:12). Por isso, somos encorajados a ‘julgar’ as situações de acordo com a Palavra de Deus e seus princípios, assim ‘julgar’ pode significar ‘formar uma opinião’ com base na interpretação correta da palavra (Jo. 7:24,. 1 Coríntios 10:15; 11:13, 2 Coríntios 5.14

  4. Um dos versículos que você usou …”se alguém não obedecer à nossa palavra por esta carta, notai o tal, e não vos mistureis com ele, para que se envergonhe. Todavia não o tenhais como inimigo, mas admoestai-o como irmão“ (2 Tessalonicenses 3:14-15), não corresponde com a prática de muitos denunciantes dos hereges que sempre tem seus nomes citados, inclusive você, sua atitude. Está certo que temos que saber QUEM é o herege ("notai-o"), e usar de procedimentos disciplinares para que ele seja corrigido ("e não vos mistureis com ele, para que se envergonhe" – ele se envergonhará do que fez por causa do afastamento disciplinar, não por ter seu nome virando piada numa rede social). No entanto, o que vejo é um ataque como se eles fossem inimigos (" Todavia não o tenhais como inimigo") e até onde minha educação me ensinou, eu jamais colocaria fotos de um irmão meu numa rede social vista por milhares de pessoas, insinuando que meu irmão é "ladrão" e outras coisas. Creio que assim não é a melhor forma de atender a parte final do versículo que diz: "mas admoestai-o como irmão". Ora, pra mim o melhor lugar de denunciar crimes é na delegacia. Isso eu faria com um irmão meu. Até alguns pais fazem, como vemos nos jornais. Mas como não se tem provas contra os "hereges" que denunciam, é melhor e mais fácil dar uma de militante cristão apontando o dedo e publicando coisas na internet só pra fazer polêmica. Se é pra denunciar que seja da forma correta, ética. Paulo não fugiu da ética ao citar nomes. Os nomes que ele citou eram de pessoas do convívio dele. Ele tinha propriedade ao falar deles, porque tinha contato pessoal com eles e podia provar suas acusações, já que algumas das atitudes condenadas por paulo e por ele denunciadas foram praticadas contra ele mesmo, como por exemplo Demas que abandonou Paulo e o evangelho. Quando ele repreendeu Pedro, foi pessoalmente, ele tinha convivio pessoal com Pedro e não estava gostando do procedimento hipócrita dele e ao repreendê-lo publicamente, não o tratou como inimigo (a amizade deles continuou), anos mais tarde Pedro demonstra em sua epístola, admiração pelos escritos de Paulo, defendendo-o de pessoas que distorciam seus ensinos inspirados, por acharem difíceis de entender, até Pedro achava difícil. O apóstolo João denunciou aquele homem porque ele estava assolando uma igreja que provavelmente foi fundada ou liderada por ele tempos antes. E pelo que eu saiba você não pastoreia nenhuma igreja. O que eu quero aqui dizer NÃO é para o respeitavel irmão parar de denunciar e alertar dos erros que são disseminados, mas que tome o CUIDADO ÉTICO ao denunciá-los para não escandalizar os não evangélicos. Eu já presenciei várias pessoas comentando esses ataques internos nas denominações evangélicas e afirmando que não veem Deus nisso. Certa vez, uma dessas pessoas assim se expressou: "Esse povo fala de amor, de Deus, mas ataca uns ao outros como se estivessem em guerra. Dessa forma como eu vou saber que lá é a igreja que Deus se agrada? Como eu vou querer ir para uma igreja que está em pé de guerra com outra, desunida??? Eu não vejo o amor de Deus nisso". É claro que uma pessoa não evangélica não compreende que toda a instituição tem seus conflitos internos, mas o que a gente tem que se lembrar é que esses conflitos não desmereçam nosso testemunho cristão ( Note que o mesmo Paulo que escreveu que se deve denunciar os que não obedecem em 2 Tessalonicenses 3:14-15, escreveu que isso deve ficar só na igreja e não afetar "os de fora", ou seja, os não evangélicos, 1Tessalonicenses 4. 12). Creio que é isso o que os "denunciadores" dos hereges estão se esquecendo de fazer, de trocar o evangelho da agressão e mostrar mais o "evangelho da paz" (Efésiso 6. 12). Seja mais humilde e não se expresse dizendo "O espaço está aberto aos críticos de plantão!" desse jeito suas próprias palavras denunciarão sua arrogância. Ao invés de gastar seu tempo denunciando os "hereges" quanto tempo você gasta evangelizando os descrentes??? Pelo jeito parece ser menos tempo. Peço que Deus ricamente te abençoe, e NOS dê entendimento. Sem FALSA HUMILDADE peço perdão caso minhas palavras tenham sido duras de mais e tenha usado a bíblia indevidamente em minhas citações. Me esforcei para atender seu pedido: "favor responderem e comentarem com base bíblica! Que deveria ser a base para todo o cristão verdadeiro." Bem, sou cheio de defeitos, sem falsa modéstia, por isso, peço perdão, mas peço que considere minhas palavras em seu coração. Deus te abençoe!!! Paz.
    Tentando ser mais util ao evangelho e a Deus, Pedro Magalhães Alves Júnior

  5. Que já existe outro evangelho que não é o de Cristo, existe sim, principalmente este evangelho anunciado nas televisões e rádios, evangelho de Mamom. Quero ver quando vão parar de ensinar a doutrina diabólica do dízimo, em plena Graça que é Jesus Cristo.

  6. Crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. O povo perece por falta de conhecimento, por isso são levados a todo tipo de doutrina e manipulados segundo o propósito de muitos que se inflamaram com as coisas deste mundo esquecendo-se que são apenas mordomos das coisas de nosso Senhor e que vão prestar contas quando Ele voltar.

  7. Ótima resposta, mas quero ressalvar que o melhor termo seria Seguidores do Caminho e do Evangelho de Jesus, pois "Cristianismo" é mais um "ismo" que destrói e aliena a mente das pessoas em benefício de um grupo ou líder de um grupo religioso ou seita nada diferindo do Nazismo, Fascismo, Comunismo, entre outros.

  8. Existe um grande lapso entre julgar e condenar. Ainda que seja involuntariamente o lapso.

    Julgar é analisar os fatos. Dever de todo Cristão: Ser simples como a pomba e prudente como a serpente (MT10:16). Ora se a prudência é originada de análises, logo cabe julgar se a ação ou o fato é ruim ou bom, e escolher. Seja uma amizade, um relacionamento, uma aquisição ou venda.

    Condenar é proferir sentença, seja verbal ou atribuição.

    Devemos não confraternizarmos com pessoas mundanas, contudo devemos orar por elas e estar prontos quando procurarem alguma orientação, quando derem ouvido ao chamado do Espírito Santo.

    • Amigo.. Os novos convertidos devem conhecer o Evangelho Puro e Simples e verdadeiro. Não esse acucarado como o pregado nos dias de hoje! Se isso abala tua fé, sinal que não conhece ainda o Deus da minha biblia!

  9. estou de pleno acordo.Quando um remédio é lançado no mercado e causa efeitos q prejudicam a saúde ou um auto móvel está com um item oferecendo riscos.logo e falado o nome do remédio e a marca do automóvel.

  10. Irmão
    A Paz
    Compartilho 100% com suas idéias sobre o assunto e, por este motivo tenho sido também perseguido (malvisto).
    Mas é isso ai. DEUS É FIEL.

  11. o/ Um sábio! Nem sei quem você criticou, e porque. no assunto em questão, você pode até ter criticado quem eu não concorde, até injustamente. Mas você se mostrou sábio.
    Já passei e passo por isso diversas vezes. A fala "não julgueis para que não sejais julgados" é dita a mim com certa frequencia, ontem mesmo me disseram. Eu costumo responder "Eu JULGO para SER JULGADO, e que bom seria se me julgassem pelo que faço justamente". A bíblia tem uma série de momentos de julgamento. Os juizes, os reis, etc. Se nós julgaremos até os anjos, também devemos julgar as coisas da vida, etc.

    Sou 100% a favor de julgamentos, criticas, e denuncias, mesmo severas, contra qualquer um. SE JUSTAS ai é outra questão. Mas fato é que quem julga é quem pensa, quem analisa. E é um sinal de amor. Deus é juiz também. E também muitos juizes há no mundo, que seria de nós sem eles? Hipócritas, quero ver eles viverem sem os juizes. Eu julgo e julgarei com intenção de ser julgado. E se me julgarem com a mesma medida, eu sou corretor, sério, misericordioso, e exigente. Se me julgarem como eu julgo, eu também serei corrigido, caso haja algo em mim de errado, então QUE BOM! Que venham os julgamentos.
    E ainda dobro: quem fala "não julguem para que não sejam julgados" também está julgando, novamente. E MAU, julga somente por JULGAR, somente por querer SER JUSTO e criticar. Anarquistas é um termo que me vem a mente.

    Gostei MUITO do artigo, agradeço. Vou acrescentar a minha teologia, como um ponto importante no comportamento cristão.

  12. Aquele que diz que não tem pecado é mentiroso , se Jesus foi e é capaz de perdoar quanto mais nós carne, que não sejamos defraudadores e detratores uns dos outros, pois Jesus o tempo inteiro sabia que Judas era o traidor e hipocrita mas não escreveu uma carta e nem expôs ele publicamente, apesar de nota-lo, que sejamos um para que o mundo creia em Deus.

  13. Pedro Magalhães . Olá .

    Seu post está bem especifico mas não correto . Em primeiro lugar não é preciso ter convívio com o lobo para avisar as ovelhas . Paulo falou contra os falsos apóstolos em Corinto através de sua carta aos irmãos em Corinto , sem ter convívio com tais falsos apóstolos .Jesus que até onde sei não tinha convívio com Herodes o chamou de raposa em Lucas 13:31 e 32 . Você chama as pessoas que pregam heresias de "irmãos" o que se fosse você tomaria cuidado com isso . E ainda que fossem realmente irmãos muitos dos que pregam heresias na Tv são de difícil acesso pessoalmente por terem em suas agendas muitas programações e assim seriam difícil repreende-los . Os que poderiam fazer isso seria as pessoas perto deles , mas as pessoas perto deles geralmente são da mesma convicção das deles . Silas Malafaia por exemplo , já sabe que há um publico que o adverti que ele prega a Teologia da Prosperidade . E ele parou e se arrependeu ? Não . Continua firme e forte na heresia da Teologia da Prosperidade . E antigamente acreditava ser ele um irmão , mas após a persistência dele em tal pecado , já tenho dúvidas dele . Portanto é livre a crítica bíblica a qualquer falso profeta , ainda que o nome seja citado , pois não há nenhuma proibição bíblica quanto a isso de divulgar o nome desde que seja para avisar o povo e não para difamar o nome da pessoa , já que de certa forma a atitude da pessoa em pregar heresias já difama ela mesma , mas há o incentivo bíblico de pregarmos toda e qualquer refutação bíblica de forma mansa e tranquila , pois você Pedro disse a respeito do Wagner Lemos : " No entanto , o que vejo é um ataque , como se eles fossem inimigos" – Você disse que vê dessa forma , portanto uma coisa é ver assim , outra é ser assim . Pois o que você viu dessa forma pode não ser . O que vi de Wagner Lemos foi um aviso com amor em Cristo , pois quem diz a verdade com as motivações certas ainda que seja duro a advertência , o faz por amor e não para polêmica , pois polêmica quem faz é quem pratica as heresias e as pregam e não quem as denuncia ! Tornei-me acaso vosso inimigo, porque vos disse a verdade? (Gl 4:13) – Com amor em Cristo , Daniel Januário .

  14. NÃO SOU METRA PORÉM ENTENDO ASSIM EXEMPLO SE TENHO NA COMUNIDADE PESSOAS QUE TEM UM CARGO E FICA EN FRENTE AO ALTAR PREGANDO A PALAVRA DE DEUS E LÁ FORA DEMONSTRA TUDO AO CONTRARIO CABE A MIM SE SEI LEVAR AO CONSELHO DA IGREJA SE O CONSELHO NÃO CONSEGUE LEVAMOS ATÉ AO PADRE.MAS SE ME CALO ESTOU SENDO OMISSO.

  15. Na Palavra de Deus em várias ocasiões, o Senhor usou profetas para cobrar de Seu povo uma postura que O agradasse. Os profetas não tinham medo do que lhes poderia acontecer porque para eles era mais importante cumprir os mandamentos de Deus do que temer o que homens pudessem lhes fazer. E assim continua a saga dos profetas, ou você acha que eles não mais existem? Amados, se Deus vos usar, não fuja! Se somos usados por
    Ele, não temos o que temer. Mas só se formos usados por Ele, não esqueça disso.

  16. Na Palavra de Deus em várias ocasiões, o Senhor usou profetas para cobrar de Seu povo uma postura que O agradasse. Os profetas não tinham medo do que lhes poderia acontecer porque para eles era mais importante cumprir os mandamentos de Deus do que temer o que homens pudessem lhes fazer. E assim continua a saga dos profetas, ou você acha que eles não mais existem? Amados, se Deus vos usar, não fuja! Se somos usados por
    Ele, não temos o que temer. Mas só se formos usados por Ele, não esqueça disso.

  17. evangelho sem doutrina , o evangelho sem santidade , evangelho onde a vitoria esta em auto realizações, tv , estatos , chous , artistas gospel , o que mais falta ata igrejas de lesbicas , e homossexuais realmente jesus tem razão a porta é realmente estreita isto por acaso não é um jugamento do mundo sem Deus ou da igreja apostata

  18. e as Dez virgens que esperavam o noivo e cinco era prudente e cinco eram nercia , cujo o azeite terminou , que eu saiba o texto biblico nos diz que cinco prderam o direito de entrar para ter com o noivo interpretando o texto a luz da palavra com o contexto isto é uma alusão a igreja que um dia sera arrebatada isto não é um jugamento divino , não ameis o mundo nem as coisas que ha no mundo se alguem amar o mundo o amor do pai não esta nele 1 jo 2;15 Em toda a biblia ha uma oportunidade de salvação pra a humanidade , mas tambem é um julgamento para com todos os povos, até para os anjos que se rebelaram pra com Deus

  19. amigo nem me dei ao trabalho de ler o artigo todo, mais cabe algumas meditações: 1º- Julgar e criticar são coisas diferentes; 2º-o fato de eu citar alguem como tendo equivocado-se não é julgar(por exemplo a negação de Pedro, posso cita-lo sem julga-lo), 3º- Há um alerta nisso, que é que, com o peso que medires será medido. Reflita nestes pontos amado autor.

  20. Tornou-se comum evangélicos acusarem de falta de amor outros evangélicos que tomam posicionamentos firmes em questões éticas, doutrinárias e práticas. A discussão, o confronto e a exposição das posições de outros são consideradas como falta de amor.Essa acusação reflete o sentimento pluralista e relativista que permeia a mentalidade evangélica de hoje e que considera todo confronto teológico como ofensivo. Vivemos dias de frouxidão.Pergunto-me se a Reforma protestante teria acontecido se Lutero e os demais companheiros pensassem dessa forma.

  21. A bíblia diz que iremos julgar os anjos, quanto mais as coisas desta vida!(1 Co 6.3)
    No meio cristão virão coisas que serão ser necessárias avaliarmos e mantermos nossas opiniões (julgar)!
    O cristianismo tem mudado, principalmente por falsos ensinos!
    Paulo diz que o homem espiritual julga todas as coisas (mas fala do homem íntegro na presença de Deus), e não adianta querer julgar sendo um avaliador hipócrita (em pecado e sem temor a Deus)!
    E quando uma causa é pra ser julgada, vai ser preciso a repreensão! E agora que muitos não gostam de ser repreendidos fica bem difícil de se resolver muitas questões! Davi foi repreendido pelo profeta Natan;Pedro foi repreendido por Paulo etc…
    Que Deus ajuda a igreja e que tire esses falsos ensinadores pra bem longe!!
    Graça e Paz!!!D&G!!

  22. e vc tem um tanto de razão opecado esta destruindo as nossas vidas !!!! nós estamos em guerra contra um inimigo que tem muitos anos de esperiencia, que ja derubou varios homens de Deus temos que ter cuidado comas artucia do nosso inimigo sagas e incasavel tragador de almas vamos horar mais gejuar mais

  23. só consegue aparece
    + do q ajuda.

    assim como Silas malafaia:tenta provar na biblia a teologia da prosperidade.
    como Edir Macedo prega que o maior valor de dizimos é prova de fé.
    e como os homosexuais tentam a todo custo provar na biblia, que relação entre pessoas do mesmo sexo não é pecado.
    fica sendo mais um.
    na lista dos que fazem de tudo pra chamar a sua atenção.
    inclusive usar a biblia.

  24. Irmão , ótimo o seu artigo ! Não desanime de expor a corrupção , lembre-se que se quisermos agradar a homens jamais agradaremos à Deus . Os profetas eram espancados , presos ,e caluniados por que pregavam aquilo que NINGUÉM queria ouvir ! até mesmo eles não queriam ouvir … mas como a Palavra nos exemplica , que ela é doce na boca , mas amarga no ventre – de quem ouve , mas primeiramente na de quem prega .
    Não sejamos covardes , seremos presos psicologicamente , caluniados (taxados de santinhos e falsos moralistas ), espancados pela nossa própria consciência no processo de busca pela Verdade . Mas, a recompensa ninguém nos tirará !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here