Artigos

Uma lição de humildade com Max Lucado

Previous Article
Fidelidade
Comments (16)
  1. Candida Maria Ferreira da Silva disse:

    Interessante.

    1. Juliana Monteiro disse:

      Gosto muito de Max Lucado!

  2. Nato disse:

    Na universidade, os hipócritas marxistas simulam solidariedade ao falar de desigualdade social, mas fingem não enxergar a desigualdade intelectual por eles estabelecida entre si e os proletários a quem eles afirmam defender. Defendem o multiculturalismo e a “cultura com c minúsculo” enquanto vilanizam a cultura europeia tradicional, mas por conhecerem Platão, Russeau e Nietszche se acham superiores a quem ouve Capypso.
    Na verdade a vaidade acadêmica acaba subindo à cabeça, tanto do marxista quanto do “ouvinte exclusivo de mpb cristã”, e se tornando o principal objetivo dos seus estudos. Seu trabalho perde o foco e, em vez de trazer benefícios à sua vida e a do seu público, apenas alimenta a sua vaidade.
    Talvez seja por isso que se tenha tantos teólogos que se tornam ateus.

  3. estudante de teologia disse:

    Esse é o problema da igreja de hoje, o conhecimento sobrepôs a simplicidade do evangelho, como vc concluiu: Percebi, então, que para desqualificar a abordagem de Lucado eu teria de desqualificar as parábolas de Cristo. Pois são estilos muito parecidos… lembrei-me desse fato antes de vc omencionar; na época de Jesus havia doutores tbm, e isso só servia para os distanciar mais de Deus.
    Outra parte que me chamou a atenção foi: Talvez Lucado esteja fazendo um bem maior à vida devocional de seus leitores do que muitos dos eruditos. Pode apostar nisso!
    E concordo com sua conclusão de que há espaço para todos, cada um com seu talento e sua missão.
    E espero sinceramente que assim como essas conclusões lhe fizeram engolir minha soberba acontece tbm em relação a Kenneth Hagin, pois como disse ele tbm tem contribuído para o Reino. E certamente tem abençoado biblicamente muito mais pessoas do que você.

  4. Caro irmão Mauricio, a palavra do Senhor diz que muitas vezes perecemos por falta de conhecimento e que a soberba antecede a queda e tb diz que não devemos julgar a nossos irmãos e sim nos julgarmos para que não sejamos julgados e comecei lendo o seu artigo acima acerca do Max Lucado e fiquei tocada com o que li, pois Deus dá a cada um uma medida de fé e o livro bom é aquele que lemos e e reconhecemos ele dentro de nos e percebemos que o autor apenas escreveu nossos pensamentos. Mas irmão, gloria a Deus que o Senhor abriu os seus olhos do entendimento a esse respeito e aproveita essa descoberta e a estenda num sentido mais amplo. Assim como vc mudou de ideia a respeito do Max Lucado após fazer a adição, aproveite e tente tb editar os livros do Kenneth Hagin e vc vai perceber que está enganado no seu julgamento; não deveria estar julgando; e iria perceber que Kenneth Hagim está totalmente alinhado com a Biblia em todos os aspectos e a palavra de Deus vem para transformar vidas e verdadeiramente nos tirar do imperio das trevas e nos trasportar para sua maravilhosa luz. Entregou Jesus para que pudessemos ter novamente o direito de usufruir do paraiso perdido para satanas, Jesus morreu para que pudessemos ter uma vida abundante. Estar na miseria, doente, desprovido da paz que excede todo entendimento não significa ter vida abundante e é a esse respeito que os livros do Kenneth Hegin nos ensina…Acho que o Senhor sabe escrever muito bem, mas está perdendo o melhor de Deus na sua vida.

    1. João Batista disse:

      Quem nasceu para Lucado nunca chega a Kenneth Hagin. Dai aos ‘rasos’ o que (leite racional) é dos ‘rasos’…e prossigamos em conhecer a Deus.

  5. João Batista disse:

    “Dai aos ‘rasos’ o que (leite racional) é dos ‘rasos’…e prossigamos em conhecer a Deus.

  6. Simplícidade faz toda a diferença.

  7. JAMILES disse:

    MAURICIO DEUS O ABENÇOÊ POIS O CARATER DE DEUS SE APERFEIÇOA NA NOSSA FRAQUEZA MAX LUCADO É O QUE DEUS QUIS QUE ELE FOSSE E VOCÊ TAMBÉM . AINDA BEM QUE DEUS ABRIU SEUS OLHOS E PARA QUEM CRITICA MANDA-OS LER 3;16 OU SIMPLISMENTE COMO JESUS OU DIAS MELHORES VIRAÕ OU MOLDADO POR DEUS OU DERRUBANDO GOLIAS OU NAS GARRAS DA GRAÇA OU … A SÃO TANTOS QUE FALTARIA TEMPO É ESPAÇO TUDO GERADO PELO ESPIRITO SANTO DE DEUS MAX LUCADO E UM INSTRUMENTO DE DEUS

  8. Jr disse:

    E aos imbecis o que (o feijão da altivez) é dos imbecis! E prossigamos com esses idiotas intelectuais e suas complexidades infrutíferas.

  9. Maria da Paz disse:

    Eu glorifico a Deus pela vida de Max Lucado, já li praticamente quase todos seus livros, e tem sido uma benção para a minha vida, pois se trata do amor de Deus numa linguagem simples e fácil de compreender, o Amor que Dele recebemos e que temos que oferecer. Acho que nós seres humanos precisamos ler mais Mateus 7 e nos perguntar: Julgar é fácil mais nós estamos preparados para sermos julgados?

  10. eduardo disse:

    Os livros do Max Lucado são rasos, mas tem gente que precisa do raso. Não sendo herético, desejo boa leitura para quem gosta dos livros dele.

  11. Ana Maria disse:

    Gloria a Deus por tão precioso artigo. Sou leitora de Max Lucado e como vc disse, mhá livros para cada momento de sua vida. Assim como o proprio Jesus , com “aparente” simplicidade , falou a muitos de coisas profundas , de coisas do Reino e muitos eruditos não o entenderam. Parabens pela sua lição de humildade.

  12. Geison Melo Oliveira disse:

    Irmão, a Graça e a Paz!

    Concordo com sua opinião sobre o Pr. Max Lucado. Também já li diversos livros dele, e cheguei a julgá-lo, mas ao mesmo tempo concluí que se tratava de uma exposição feita num nível “médio”, para ser compreendida pelo maior número de leitores possível. Apesar disso, sempre temi que ele estivesse se rendendo a uma indústria literária, que lhe cobrava a produção de literatura num nível frenético, o que poderia comprometer a profundidade, dado o tempo exíguo de preparação de uma boa obra. Rogo a Deus que o livre disso, e continue a nos abençoar com seu trabalho que tanto tem a contribuir para nossa edificação.

    Agora, sobre as parábolas, Jesus não as utilizava para facilitar a compreensão, mas para que se cumprisse o propósito de Deus de que “Para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e compreendam com o coração, e se convertam, e eu os cure”. Tudo, aliás, em cumprimento a profecia: “E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, mas não compreendereis,e, vendo, vereis, mas não percebereis”. (Mateus 13:14) “Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis”. (Isaías 6:9)

    Vejamos o que nos diz Mateus 13:10-17:
    “E, acercando-se dele os discípulos, disseram-lhe: Por que lhes falas por parábolas?
    Ele, respondendo, disse-lhes: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;
    Porque àquele que tem, se dará, e terá em abundância; mas àquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado.
    Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem nem compreendem.
    E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz:Ouvindo, ouvireis, mas não compreendereis,e, vendo, vereis, mas não percebereis.
    Porque o coração deste povo está endurecido,E ouviram de mau grado com seus ouvidos,E fecharam seus olhos;Para que não vejam com os olhos,E ouçam com os ouvidos,e compreendam com o coração,e se convertam,e eu os cure.
    Mas, bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem.
    Porque em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes, e não o viram; e ouvir o que vós ouvis, e não o ouviram”.

    No fim, mesmo com parábolas, só entendia a mensagem aqueles que se meditavam sobre ela e buscassem a Jesus para sua explicação:

    “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.
    E, acercando-se dele os discípulos, disseram-lhe: Por que lhes falas por parábolas? (Mateus 13:9-10)

    “Escutai vós, pois, a parábola do semeador.
    Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do caminho.
    O que foi semeado em pedregais é o que ouve a palavra, e logo a recebe com alegria;
    Mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e, chegada a angústia e a perseguição, por causa da palavra, logo se ofende;
    E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera;
    Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta”. (Mateus 13:18-23)

    No amor de Cristo.

  13. Michele Severino disse:

    Max Lucado, é uma bênção.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.