Os Templos e a Arca da Aliança

5

O Eterno Deus ordenou a Moisés, a construção da Arca da Aliança, no Sinai, Para Ser presente, entre o povo de Israel.

Quando o Rei Salomão construiu o Templo ao Senhor Deus de Israel, a Arca da Aliança que acompanhou os que tinham vindo do exílio do Egipto, foi colocada no lugar do Santo dos Santos.

Não pode haver Templo de Deus sem a Arca da Aliança.

Por esta razão, propus-me saber porquê que no Templo de Ezequiel e de Herodes, descrito nas Esturas não está registada a presença da Arca da Aliança?

Durante anos procurei saber sobre esta intrigante questão e consultei livros e teólogos que me ajudassem a esclarecer sobre este assunto.

A resposta que obtive foi que o Templo de Ezequiel seria construído no milénio e que o de Herodes não se sabia da presença da Arca da Aliança.

Como nenhuma destas respostas tinham sentido, no meu entendimento, continuei em oração para que Deus me desse revelação.

Certo dia, comecei a imaginar que quando a Cidade Santa e o Templo foram destruídos e o povo levado para o cativeiro da Babilónia, Deus os seguiu à semelhança de como o fez no deserto.

O Templo de Ezequiel tem uma forma ciclópica que consiste no percurso da Terra Santa até ao rio Eufrates. Deus não abandonou o Seu povo durante a peregrinação para o cativeiro da Babilónia e o seu regresso até à restauração da Cidade Santa, à construção do Templo de Herodes que foi destruído no ano 70 da era cristã pelo General Tito ao serviço do império romano. Completaram-se assim os quatrocentos e noventa anos preditos pelo profeta, a saber:

“Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para extinguir a transgressão, e dar fim aos pecados, e espiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e ungir o Santo dos santos, Dn 9:24“.

No dia de Pentecostes, o Espírito repartiu-se em forma de línguas de fogo e veio habitar em todos aqueles que receberam Jesus Cristo, como o Messias de Deus, Salvador e Senhor, até ao dia da Sua segunda vinda.

Então, o Emanuel, o Único Senhor de todo o universo reunirá povos de todas as nações e de todas
as línguas, como está escrito:

E abriu-se o céu o templo de Deus, e a arca do Seu concerto foi vista no Seu templo: e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, e terramotos e grande saraiva, Ap 11:19“.

Casal com uma missão
Amilcar e Isabel Rodrigues

COMPARTILHAR
Amilcar Rodrigues foi ordenado pastor em 1978 na "Apostolic Faith Mission" na República da África do Sul, onde fez estudos teológicos. Como missionário em Portugal, fundou três igrejas e foi Presidente Nacional da Comissão de Programas da Aliança Evangélica Portuguesa, para a televisão, RTP2. Foi formado produtor de televisão "Broadcast" pela "Geoffrey Connway Broadcast Academy" Toronto, Canadá, é filiado do "Crossroads Christian Comunication". Em 1998 veio para o Brasil convidado pelo Ministério Fé Para Todos, Rio de Janeiro. No ano 2000 fundou em Cabo Frio uma congregação do mesmo Ministério e foi nomeado Vice-Presidente do Conselho de Pastores até ao ano de 2004. Em 2006 ficou cego. Escreveu o livro "Deus da Aliança" , Evangelho dos Sinais aos Hebreus" e "Contos do Apocalipse". Foi convidado pelo Gospel+ para participar como colunista em Maio de 2012.

5 COMENTÁRIOS

  1. “Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para extinguir a transgressão, e dar fim aos pecados, e espiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e ungir o Santo dos santos, Dn 9:24″.

    Ora, também a primeira tinha ordenanças de culto divino, e um santuário terrestre.

    Porque um tabernáculo estava preparado, o primeiro, em que havia o candelabro, e a mesa, e os pães da proposição; ao que se chama o santuário.

    Mas depois do segundo véu estava o tabernáculo que se chama o santo dos santos,

    Que tinha o incensário de ouro, e a arca da aliança, coberta de ouro toda em redor; em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas da aliança;

    E sobre a arca os querubins da glória, que faziam sombra no propiciatório; das quais coisas não falaremos agora particularmente.

    Ora, estando estas coisas assim preparadas, a todo o tempo entravam os sacerdotes no primeiro tabernáculo, cumprindo os serviços;

    Mas, no segundo, só o sumo sacerdote, uma vez no ano, não sem sangue, que oferecia por si mesmo e pelas culpas do povo;

    Dando nisto a entender o Espírito Santo que ainda o caminho do santuário não estava descoberto enquanto se conservava em pé o primeiro tabernáculo,

    Que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto à consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço;

    Consistindo somente em comidas, e bebidas, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção.

    Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação,

    Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.

    Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne
    Vejam bem que o Senhor Jesus não aboliu a Sua própria Lei,mas, sim extinguiu a lei da expiação!basta amar a palavra de tal forma que vai nos levar a compreensão que o juízo do tribunnal de Cristo terá como base a Sua Lei real qua já foi arrebatada!
    Pois todos devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal” (2 Cor 5:10).
    O fato é que todo todo julgamento deve ter uma base para se fazer justiça,faz sentido não?é por isso amados que o quarto mandamento tb está comprometido em nossas vidas entenderam?o negócio é muito sério!!

  2. Pois todos devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal" (2 Cor 5:10).
    Enfim esse julgamento se dará com base em que afinal?não será na Lei real?que está na arca do concerto?

  3. Creo que deberíamos empezar a estudiar las dimensiones verdaderas del tercer templo, dejando atrás el templo Herodiano o el de Salomón que fueron destruídos y no existen más. Aqui les pongo una imagen del Templo según el profeta Ezequiel que he realizado luego de hacer un profundo estudio de la Biblia y sobre todo de este profeta. Saludos cordiales Arch. Sonia Hidalgo

  4. Congratulações!Fazem dois anos que esperava encontrar alguém que notasse esse episódio! Contudo, eu vou mais além,a arca não somente sumiu como foi substituida por outra coisa sabe lá o que! Então isso me faz entender que nunca mais Deus se manifestou no santo dos santos. O que acontecia eram meros rituais tolerados por Deus (desculpe-me a franqueza). Vimos sim, a aparição de um anjo a Zacarias, mas nunca mais a manifestação de Deus entre os querubins. Isso é tão sério e real que a prova disso ou a confirmação do que eu estou falando é que o nosso Salvador que é a manifestação de Deus estava sempre do lado de fora do templo ou seja nas adjacências, perdoando e fazendo sinais, enquanto isso os “sacerdotes” e o “sumo sacerdote” estavam lá dentro do templo fazendo o que nunca passou de religiosidade e rituais. A arca do concerto que estava no tabernáculo no deserto e no templo de Salomão a onde Deus se manifestava entre os querubins já não estava no santo dos santos há muuuuuito tempo. E o pior é que a história se repete! O templo somos nós os que cremos em Deus por meio do Salvador e a arca que representa a presença de Deus está dentro de nós. Mas mesmo assim as pessoas preferem continuar com as suas religiosidades e rituais dentro de templos erguidos por homens. Eu sinceramente lamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here