Artigos

O fracasso do Estado de Bem-Estar Social

Comments (6)
  1. Glauco disse:

    O capitalismo é muito excludente.
    Exclui o preguiçoso,o medíocre, o parasita, o acomodado, o invejoso, o inerte, os que não cumprem deveres, aqueles que não estudam…Injusto,né?
    Já o socialismo é extremamente inclusivo inclui o mentiroso, os medíocres, os que querem roubar(digo, expropriar a propriedade alheia),aqueles que querem tudo do estado,os preguiçosos, o dependente, os estudantes que não estudam,o pensadores que não pensam, os trabalhadores que não trabalham, os que se negam aos deveres e só querem direitos,os ladrões da liberdade alheia, o assassinos que promovem paredões, os vândalos que destroem a propriedade alheia.
    “O capitalismo promove distribuição desigual de oportunidades.
    O socialismo promove distribuição igualitária de miséria”(W. Churchill)
    Não há regime que promova maior concentração de renda que o socialismo: todo dinheiro na mão do estado e a miséria reinante entre a população sem perspectivas de prosperar.Todavia a cuia de comida,roupas do estado para todos.Eum plus: controle total do direito de ir e vir.
    EX:
    Cuba hoje se tornou uma grande senzala!
    O estado se tornou dono do povo e vende sua mão de obra ficando com 80% do rendimento do trabalhador. Pense num capitalista escravagista este governo de lá.
    Acho que é o único país onde a escravidão é oficial.
    Bom exemplo para nós…

    1. souza disse:

      Parabens Tiago Cortez pelo texto ! e parabens para o Glauco pelo comentário, tocou na ferida mas ,rapaz ; não adianta vc falar e expor a eles as mentiras que eles pregam como se fossem verdades absolutas ! A mente destas pessoas foram deformadas e implantada a visão estrábica pelas faculdades ,que estão impregnadas destes estrábicos que nunca viveram neste regime , mas vivem Vociferando esse sofisma !

  2. Gustavo disse:

    Rapaz eu nunca tinha pensado dessa forma! Que coisa!

  3. Leandro Araujo Torreal disse:

    nada eh perfeito, nem mesmo os melhores governos do mundo.
    e nenhum estado de bem estar social impede a existencia de mendigos, jah que muitos o sao por escolha.
    a questao eh distribuir a renda que se encontra concentrada, de forma que todos possam sobreviver com o minimo de conforto.
    para isso eh necessario exigir uma contraparte dos beneficiados pelo sistema.
    mas sabemos que o problema do desemprego eh estrutural, nao existe emprego para todos.
    a producao industrial estah quase automatizada.
    muitos nao vao conseguir trabalhar, mesmo que se esforcem para isso.
    e eh obrigacao de todos nao deixar que essas pessoas morram de fome, ou deixem de ter o basico para a sobrevivencia.
    o estado de bem estar social nao fracassou, ele apenas eh como tudo mais.
    precisa sempre de alteracoes para que funcione de forma minima, ou seja, nao serah para todos, mas para a maioria dos necessitados.
    o acumulo extremo de riquezas nas maos de algumas familias no mundo nao eh algo positivo.
    enquanto alguns tem muito dinheiro, muito mais do que precisam, existe muita gente passando fome e frio.
    deixa-los a mingua eh uma crueldade que nao encontra razao quando sabemos que existe riqueza suficiente para todos.

  4. Torreal disse:

    excluir pessoas que nao tiveram oportunidade, nasceram para sofrer, belo exemplo cristao.
    ha que se pensar em todos e nao somente nos mais aptos.
    deixar pessoas a mingua por nao fazerem parte do processo produtivo eh algo cruel e egoista.
    existe riqueza para todos.

  5. Carlos disse:

    Texto falacioso que quer substituir um erro por outro. Conservadores Cristãos de fato deveriam repudiar todo modelo liberal, não apenas no aspecto moral, mas boa parte do econômico. É neste que mora as maiores afrontas ao Cristianismo verdadeiro: a egolatria, a ganância (ambição é necessária e deve ser valorizada, mas sempre freada para nunca se transformar em ganância) e a ode ao egoísmo travestida de individualismo. Uma coisa é cuidar de quem não quer trabalhar, outra coisa é garantir a quem trabalha sustento via sua própria renda. Se isso fosse feito, não haveria necessidade de um estado de bem estar social. E nunca será feito se seguirmos o o modelo mises”riano “.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Colunas Gospel+ é um espaço de opinião, voltado ao público cristão, com abordagem de diversos assuntos ligados à jornada de fé, sociedade, política, música e muito mais.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.