O casal cristão pode usar produtos de sexshop para apimentar a relação?

15

Todos os dias chegam ao meu email perguntas de pessoas querendo saber alguma coisa a respeito da Palavra de Deus ou alguma opinião sobre algum assunto. Nos últimos dias recebi uma pergunta interessante de um casal cristão, a qual irei responder aqui para edificar a todos:

“Eu e meu marido somos cristãos e temos uma dúvida que queríamos esclarecer: O cristão pode usar aqueles produtos de sexshop para esquentar a relação? Utilizar esse tipo de produto não tiraria nossa santidade para com Deus? Alguns irmãos da igreja já nos disseram que esses produtos não são de Deus, pois lojas de sexshop são do diabo. O que você tem a dizer sobre isso?”

Bom, em primeiro lugar é bom esclarecermos que o sexo dentro do casamento é aprovado por Deus e deve ser desfrutado pelo casal. É um presente de Deus que serve para a procriação, mas também serve para a comunhão do casal dentro do relacionamento conjugal. Paulo orienta que o casal não deixe de fazer sexo, salvo por algum motivo especial e acordado entre os dois:

“Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência.” (1 Co 7. 5).

Dito isto, creio que o uso de determinados recursos para apimentar a relação (dentro do casamento) não seja pecado. Veja bem, é preciso observar que nem tudo aquilo que tem dentro de um sexshop é algo que o casal cristão deva usar. Cito como exemplo os filmes pornográficos. Não cabe dentro da relação de um casal cristão encher seu coração com imagens de filmes pornôs para estimular a relação sexual. Outro exemplo são os objetos que visam humilhar o homem ou a mulher, fazendo-os ou transformando-os em objetos. Aqueles que estimulam a violência também não cabem na relação.

Por isso, é preciso refletir bem sobre aquilo que convém ou não usar. É preciso refletir se aquilo de alguma forma fere algum principio da Palavra de Deus. Ou se aquilo não fere a dignidade do casal, ou do homem e da mulher enquanto filhos de Deus, ou gere conflito ao invés de unir. É algo que precisa ser bem pensado já que hoje nosso mundo tem sido muito atormentado com distorções em relação ao sexo e a sexualidade.

Não vejo nada pecaminoso, por exemplo, em usar óleo de massagem, roupa íntima especial, músicas apropriadas, objetos para criar um clima no ambiente, velas aromáticas, aromatizadores de ambiente, géis de estímulo, géis excitantes, lubrificantes íntimos, alguns joguinhos, etc.

Mas volto a frisar: nem tudo que tem dentro de um sexshop deve ser usado por um cristão. Se você tem dúvidas sobre algo que queira usar, se sua consciência te incomoda, melhor não usar. Pense em um sexshop como uma banca de revista. Nem tudo que tem na banca serve para você ver ou ler. Assim, seja prudente e apimente a sua relação de uma forma correta e que agrade a Deus.

Assim, fazendo bom uso desses produtos, sua santidade permanecerá intacta, pois não haverá pecado algum em seu uso e ainda você poderá ter momentos muito agradáveis com o amor da sua vida!

“O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.” (Hb 13. 4 – NVI)

15 COMENTÁRIOS

  1. O cristão TUDO PODE, mas…NEM TUDO CONVÉM. Se aplicarmos esse princípio bíblico em nossa vida deixaremos de ter essas dúvidas do tipo “pode-não pode”.

    Concordo com a opinião do autor do artigo e penso que no caso do sexo, não creio ser pecado um casal querer apimentar a relação com produtos comprados em sex-shop desde que estes produtos não venham macular o leito matrimonial ou provocar uma distorção dos valores cristãos baseados no amor, no respeito ao próximo e na decência. Por exemplo, Jesus não aprova a pornografia, o sadomasoquismo, o swing entre casais, os acessórios que simulam orgãos sexuais ou que sirvam de “ferramentas” para gerar prazer. Creio que o sexo no casamento é abençoado por Deus e portanto não necessita de maiores elementos externos além dos nossos corpos, mas não vejo problema em alguns produtos de sex-shop como uma roupa íntima mais sensual ou um lubrificante etc. Essa é apenas a minha opinião e se alguém discordar amém, que Deus o abençoe.

  2. Na visão do autor deve – se tomar cuidado e encarar o sex-shop como uma “banca de revistas” !

    A verdade é que sabemos onde pisar, porém o que queremos é justificar atitudes e abrir caminho para o mal entrar em nós !

    “Pegue a sua mulher e a leve a um sex-shop destes e compre um “brinquedinho tamanho GG” para ela… e vai ver só onde vai parar o casamento de voceis !”

    Francamente né gente !

    Não é preciso ir a um sex-shop pra comprar um óleo ou um gel…..existem mil e uma maneiras de aquecer um casamento (não uma relação) !

  3. outra opiniao tbm as pessoas confudem muito e acham que simplesmente uns produtos de sex chop vai melhorar a vida sexual do casal é muito mais do que isso é o respeito que muitos já nao tem mais, é a mentira no casamento, é o amor que já nao tem ,mais, a cumplicadade que ja foi enbora, existe marido que nao sabe nem a data de aniversario da esposa nunca sabe agradad a mulher nao é carinhoso e grosso ah me ajuda aiiiiii owwwwwwwwwww nao dá nem pra fica falando aqui que deus abençoa os casais e dar entendimento

  4. Ora amados, se voce acha pecado, se o Espirito de Deus te imcomoda, não usa.
    Mais também não vai dar uma de Santão na igreja, e em casa berra com a mulher, fala mal do pastor na frente dos filhos etc.. tem muita gente que se importa com algumas coisas, e acaba fazendo coisa muito pior!

  5. gente, sei que é polemico, mas:

    Pró-ter um local separado para o relacionamento intimo:
    Eis que és formoso, ó amado meu, e também amável; o nosso leito é verde.
    As traves da nossa casa são de cedro, as nossas varandas de cipreste.
    Cânticos 1:16-17

    Suave é o aroma dos teus ungüentos; como o ungüento derramado é o teu nome; por isso as virgens te amam.
    Cânticos 1:3

    Aliais, só Canticos 1 já fala bastante de uso de enfeites e perfumes, do homem ser como um saquinho de perfume entre seus seios… O que indica a aprovação também da pratica do uso do perfuminho entre os seios.

    Sou contra qualquer substituto do ato sexual como um vibrador ou pornografia, consolos, etc. Mas não é errado um casal usar de recursos para aumentar a agradabilidade e até mesmo a higiene da experiencia.

    O problema é que uma sexyshop é um local onde se atende a todos os valores.

    Tenho receio com relação a vestimentas, e especialmente aquelas que substituem a pessoa por um papel diferente (enfermeira, bombeiro, policial, prostituta, empregada, etc) são sementes de adultério aos meus olhos (atrai a algo que não tem) e desrecomendo. Tb apoio que tudo que se associe a mal e violencia se desconecte, mas coisas boas como frutos, perfumes, etc são altamente recomendaveis.

    Porém é contraditório com a bíblia afirmar que eles não podem dar uma caprichada. E aliais, se não podem usar de nenhum recurso, que se tire a cama, porque facilita, que se tire as comida, etc. Lembremos: agente tem que educar as ovelhas para alcançarem satisfação, concorrendo com um sistema violento. Não devemos dar a eles mais do que é correto, mas não devemos lhes refrear em possibilidades positivas, tantas quanto pudermos, para ajuda-los a se realizar positivamente. Não podemos deixar a igreja com fama de assexual num mundo de prostitutas, isso é entregar o povo de bandeja para o pecado porque eles são feitos para a sexualidade.

    Temos muito o que meditar sobre esse assunto, e tomar muito cuidado. O campo da sexualidade exige muito estudo, sim, mas é importante julgarmos bem essas coisas.

    O problema está nas sexy shops em si que devem ser a maioria absoluta não-cristãs sérias. De modo que ir lá é como ter de ir a um bar para pedir um refri, por falta de opção. Mas precisamos desenvolver esse negócio, e preparar os cristãos para criarem sexy shops puras, que sejam associadas ao casamento e santidade, mas mantendo o principio fundamental: sexo é de Deus. Precisamos repetir isso continuamente com as nossas atitudes.

  6. crente que precisa de estimulos para melhorar seu desempenho sexual, é porque esta faltando amor, é só ler salomão falando de sua amada, quando falta amor a relação esfria

  7. agora vai crente que precisa de estimulos para melhorar seu desempenho sexual, é porque esta faltando amor, é só ler salomão falando de sua amada, quando falta amor a relação esfria

  8. […] presbítero na Igreja Presbiteriana Bela Jerusalém, em Ribeirão Preto, e colunista do Gospel+, vê o uso de objetos comumente encontrados no sex shop com cautela. Apesar de afirmar que o uso de alguns itens para apimentar a relação não seja pecado, ele […]

  9. O problema é que tem muita gente falando de sua “opinião”, mas ninguém mostrou claramente nenhum versículo falando sobre isso. Opinião é uma coisa particular, nossa, e não uma evidente contestação da veracidade que um versículo pode esclarecer. Na verdade achei mais confusão em torno do assunto do que uma resposta edificante neste tópico. Se alguém tem algum versículo, que SEJA CLARO, do tipo ” não matarás ( não pode matar e pronto! ) que lance no tópico, por favor, em vez de ficar conjecturando coisas que só trazem mais confusão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here