Divórcio de Bianca Toledo: de quem é a culpa?

23

Desde que Bianca Toledo publicou o vídeo anunciando que estava se divorciando de Felipe Heiderich, seu segundo marido, após ele ter sido preso acusado de pedofilia, as mais diferentes reações surgiram. A maioria foi de apoio e força à missionária que descobriu que casou com um homem que abusava sexualmente de seu filho de 5 anos, mas uma boa porcentagem condenando-a, seja por estar se separando, por denunciar publicamente o seu cônjuge ou por seu passado e forma de se promover.

Eu, sinceramente, não me sinto confortável com a forma como a Bianca Toledo vende seu testemunho e produtos, nem mesmo “engulo” a história sobre como ela se divorciou do primeiro marido e se casou com outro. Porém entendo que não cabe a mim julgar, pois não sei o que passa no coração dela e acredito que se ela estiver errada será ela quem vai prestar contas a Deus pelos seus atos, não eu.

“Que Deus é esse que manda se separar, manda se casar [e] manda se separar de novo?”

“(…) desgraçou a vida do primeiro, agora tá desgraçando a vida do segundo”

A quantidade de pessoas que culpam a Bianca Toleto pelo divórcio e a acusam de negligência escancara a intolerância, preconceito e falta de sensibilidade de pessoas que esquecem do “dividir suas cargas” e do “ama teu próximo”.

Nesse momento é preciso separar a Bianca Toleto celebridade gospel, da Bianca Toledo mãe/esposa. A polícia prendeu Felipe Heiderich porque ele abusava sexualmente do filho de Bianca Toledo que tem apenas 5 anos. O fato é que uma mãe está sofrendo muito por, sem saber, levar para sua casa um pedófilo que abusava sexualmente de seu filho. Por um segundo feche os olhos e pense na dor que você sentiria se uma criança próxima sua fosse abusada sexualmente por um amigo seu. Isso não é nem metade do que essa mãe e esposa está sentindo nesse momento e por isso que a última coisa que deveríamos pensar é no que a celebridade gospel Bianca Toledo fez no passado.

Se ela não sabia que ele era gay ou não queria aceitar a condição enquanto esposa dele não muda o fato de que ela está sofrendo devido a um pedófilo que abusou do filho dela de 5 anos. Não seja intolerante e insensível, não é hora de acusar ela pelos erros cometidos no passado. Já é difícil ela como uma pessoa pública ter que fazer um vídeo para se explicar para as pessoas e mesmo assim não se importam com o que ela está passando. Ela ainda está tentando ser forte, por que muitos já teriam entrado em depressão ou se suicidado num momento como esse. Se você sofresse uma derrota gigante você preferiria que as pessoas a sua volta ficassem lembrando de outros erros seus, ou seria melhor para você se recompor que as pessoas te dessem apoio?

“Se a Bianca estivesse interessada na criança não a exporia dessa maneira”

Esse comentário chega a ser desonesto intelectualmente porque a própria cantora em nenhum momento no vídeo citou o filho dela, evitando exatamente expô-lo, o que mostra o quanto ela se importa com a criança. Quem divulgou isso foi o Senador Magno Malta e a própria polícia.

O mais triste disso tudo é que a maioria ou deu força a ela ou criticou, mas poucos perceberam que só olhar para ela nos faz tapar os olhos para a principal e mais importante vítima dessa história triste. Quase ninguém lembra da dor e consequência que a criança de 5 anos vai ter tendo crescer após sofrer abusos dentro de casas de um homem que ela convivia como pai. A maior vítima é a criança e só sabemos comentar sobre a a celebridade e o pedófilo.

Que Deus cuide da vida desta criança, por que da vida da mãe dela já tem gente demais cuidando.

COMPARTILHAR
Editor do portal Gospel+. Cristão desde criança, especializou-se em conteúdo para a internet há quase uma década trabalhando nas redações de sites como o Super Gospel e dotGospel, onde foi diretor geral. Já recebeu convites para ser parte da equipe de outros famosos sites gospel, além de ter participado da criação de reportagens investigativas da Folha de São Paulo, Revista Época, IstoÉ e outras. Há 9 anos é o editor do Gospel+, o maior portal cristão em língua portuguesa do mundo.

23 COMENTÁRIOS

  1. Fico abismado sobre um detalhe dessa historia. 1º Ou o cara e gay ou e pedófilo. Tem um precipício de diferença. Um gay se interessa por um homem. Pedófilo, não se interessa por homem, nem mulher, muito menos animais e sim por crianças… Confuso essa mulher… Ou acusa de ser Gay ou Pedófilo. 2º Sempre tenho medo dessas pessoas gospel show que fazem qualquer coisa pra aparecer. Quem garante que ela descobriu que o marido era gay (isso esta bem claro, basta ver pela aparência dele…) e por vingança chamou a policia dizendo que era pedófilo para prender e de quebra pra pousar nas câmeras para auto se promover? Nesse mundo doido não duvido não… Mesmo que seja verdade acho lamentável como uma pessoa faz questão de colocar algo tão intimo em publico.

    • Pensei nisso, Jean, mas meu marido advogado disse que ela certamente foi orientada pelo advogado a divulgar, para não correr o risco de ser acusada como cúmplice. Seria a orientação dele. Talvez por isso o vídeo.

  2. O título da matéria, artigo, enfim é de uma falta de sensibilidade que o próprio autor critica os que criticaram a tal pastora missionária. Culpa por divórcio? sim existem e interessa ao casal, relacionamento a dois é algo muito debatido e julgado nas igrejas evangélicas, sou evangélica e meu relacionamento com meu marido nunca foi da conta e interesse de ninguém na igreja seja pastor ou quem for.
    Apenas a Deus compartilho.
    Essa tal missionária fez de sua vida um espetáculo e sempre gostou dos holofotes e glórias a ela, quem pagou o pato foi o filho, esta colhendo o que plantou, infelizmente.

  3. Gente vcs sao nojentos , a gente nao consegue imaginar que tal pessoa pode ser pedófilo, se fosse assim nao existiria casos de pedofilia pq saberiamos quem seriam os tais, ela é como qqer outra pessoa que nao sabia o mato que tava lenhando, de ele ser gay o problema é dele , agora pedofilia gente!!! Ninguem planta nada pra receber uma noticia de que seu filho esteja sendo abusado, pelo amor de Deus neh! Acho q vcs deveriam se por no lugar dela e ver o qto esta sofrendo! E por ela estar desabafando em rede social é de se ver o tamanho desespero! Sejam mais amaveis e menos humanos nojentos 🙁

    • Perfeito, Deca! Meu Deus, o que esta mãe deve estar sofrendo… Não dá nem pra imaginar! Quase a colocam como cúmplice! Não interessa quem ela é, ela sofre. Mas percebo que as mulheres da mesma religião a atacam mais que os homens, sinto uma pontinha de inveja aí… e sobre a exposição, criticam pois o corporativismo religioso prega que os escândalos sejam tratados entre a membresia, abafados, para não ridicularizar a Igreja. Mais uma vez, a mesquinhez, julgamento e desamor são muito mais fartos nas congregações do que o amor. AMOR. Era só isso que ela deveria receber de seus convivas agora e são os que a atacam. Por isso aos 25 anos deixei a Igreja. Não vejo amor lá dentro. Apenas em Deus. Sigo Jesus e Ele nos diz para amarmos.

    • teu comentário é lastimável…você é uma pessoa pobre de espírito sem entendimento nenhum…vá se libertar vai…….faz bem para enxerga a verdade de longe

    • Existe “uma coisa” chamada ESPÍRITO SANTO e, que se essa mulher desse ouvido a voz do Espírito, saberia que não deveria casar-se novamente, tão pouco com um pedófilo. Diz ter tanta intimidade com DEUS e não teve sensibilidade de ver uma fonte jorrando água doce e salgada dentro da sua própria casa.

  4. O Senhor cuida de nós , mas as vzs não damos ouvidos aos conselhos do Senhor. Esses acontecimentos terríveis são consequências da desobediência aos sinais do Senhor, com certeza Deus não a deixaria enganada . Mas tds estão sujeitos ao erro , agora é orar pela nossa irmã pq td que ela está passando serve de lição para ela e para todos nós.

  5. Fico estarrecido,pois de todo lado vem bomba,
    Independente se se ela errou, ou se promove por meio de certos infortúnios,
    certo é que não são nossos comentários que irão mostra ao fundo quem esta certo ou errado.
    Deus em seu tempo julgará corretamente todas as coisas.
    Pois só ele sabe quem é quem nessa história.

  6. A principal bancada do ministério de Bianca e Felipe é a internet. Foi por meio desse canal que eles alcançaram sim muitas vidas com suas ministrações, louvores etc. Eles eram um casal público e com certeza as criticas seriam as mesmas se ela, ao contrário, escondesse do público a real situação do seu casamento, família e ministério. Diriam que ela estava escondendo um escândalo, que era mentirosa cúmplice de uma acusação tão grave como essa de pedofilia. Nada mais coerente do que vir a público também por esse canal.
    Em NENHUM momento ela dá entrevistas ou vem a televisão contar a sua versão da história ou se promover. Há apenas 2 vídeos da mesma explicando que está se separando e outro em que se justifiça após uma avalanche de críticas da mídia e público em geral.
    1- O primeiro casamento de Bianca foi desfeito pelo próprio marido que a abandonou após ela despertar de um coma totalmente desfigurada (Atitude bastante honesta a dele não é? Não saúde e na doença…)
    2 – Se casou segunda vez com um Pastor (não era qualquer homem) já vi diversos casos pessoas convertidas ao evangelho e que se dizem ‘curadas’ de transtornos de sexualidade. Eu não julgo e você tem esse direito?
    3 – Ela postou um vídeo TODA MAQUIADA para demonstrar seu sofrimento… Gente PELOAMOR se ela filmasse toda descabelada e com cara de sofrimento as críticas seriam outras. AFF

    Enfim a única coisa mais que tenho a dizer é CONVERTAM-SE pois o mais triste dessa repercussão toda (além é claro do sofrimento da criança) é o fato de que os que mais criticam são os próprios cristãos que não aprenderem ainda que o nosso principal diferencial nessa terra é o AMOR .

    • Meu Deus, Berta, finalmente!!! Gente, estou chocada!! Foi por isso que deixei a igreja aos meus 25 anos de idade e não me arrependo. Minha relação com Deus melhorou muito depois que saí e sigo a Cristo com muito mais verdade e afinco. Gente, Jesus é só amor!!! E vocês julgam, criticam e maltratam uma mãe que deve estar sofrendo de uma forma que nem podemos imaginar!!! Se a própria gente dela a trata assim, o que ela fará dentro do Evangelho a partir de agora? Encontraria mais amor e acolhimento em qualquer outro lugar.
      E o mais triste como você disse, Berta, é que críticas sobre ela, só vejo de evangélicos. Todas as outras pessoas emanam compaixão… Isso é algo muito importante para se pensar…
      E sim, ela tinha que denunciar para não ser acusada como cúmplice, meu marido advogado disse que seria a primeira orientação que daria à ela.
      Além do que, esconder a mazelas da Igreja não a torna melhor, a torna mais suja.
      Obrigada, Berta, por me ajudar a manter a fé no ser humano. Sua humanidade me conforta.

    • Berta,

      Gostei das tuas colocações.

      Apenas faço uma ressalva:
      Não é a Bianca que está fazendo toda esta balburdia, somos nós internautas que tornamos este assunto enfadonhamente repercutido.

  7. O cara pode muito bem ser homossexual e pedofilo. Conheço homossexuais que são maravilhoso e de carater eximio e conheço homossexual podre, pobre de espirito, capaz de qualquer coisa para satisfazer seus caprichos. Eu vou com o Sen. Magno Malta, de que nao existe Padre, Pastor, lideres espirituais pedofilos. O que existe sao criminosos, sem carater, dispostos a qualquer coisa que se usam de seus ministerios para abafar seus crimes.
    Eu como mãe, morro por dentro so de tentar me colocar no lugar dessa mulher, esquecendo quem ela é, apenas sentindo a dor de uma mãe. E pensar que existe PL tramitando na camara dos deputados, pedindo a liberacao da pedofilia, pois faz parte da cultura do nosso pais? Me desculpem os que acham isso normal, mas nos meus filhos ninguem coloca as maos imundas.

    • Você está enganada tentando ser ‘equilibrada’ no julgar, Não existe isto de Homossexual de caráter exímio’, simplesmente porque a Santa palavra disse em Rm14, que quem opta por este estilo de vida, tem deficiências sérias de Caráter (leia, está lá preto no branco, letra a letra, não seja mais uma que se dizendo cristã, finge que a palavra do Senhor é menos que lembrete perante os conceitos seculares).

      Na parte da pedofilia, você tem razão, mas parte do pressuposto que ele está julgado e condenado, esta é a questão, até que ponto a palavra de alguém que se intitula pastora (e não existe e não pode existir pastora mulher na bíblia, é cargo eternamente destinado ao varão), esta palavra serve de ‘presunção de culpa ou inocência’ ? primeiro esperem uma Setença judicial, e mesmo assim ainda haveria um ‘q’ de dúvida, basta lembrarmos que Cristo foi condenado pela justiça e juízes da época, e sob falsos testemunhos, cuidado com simpatia de mulher para mulher.. Eu acho que ela pode estar correta, mas acho que ele tem o benefício da dúvida, que em direito é chamado ‘presunção de inocência’.

  8. Tenho certeza que se ela fosse direcionada pelo Espírito Santo não cairia nessa esparrela. Aliás, nem teria se separado do seu primeiro marido. Dizem que ela faz shows gospel, então ela é uma artista? Talvez isso explique algumas coisas.

    • Graça,

      Não se pode dizer que ele não foi guiada pelo Espiríto Santo, pelo fato de ter feito um péssimo casamento. Sabemos que na área sentimental todos nós estamos sujeitos a cometer erros e acertos, pois somos seres humanos falhos. Não me refiro que o Espírito a direcionou errado, jamais. Somos todos livres para fazermos nossas escolhas.

      Cabe lembrar que nós não enxergamos como o Senhor ver, olhamos a aparência e como as pessoas se apresentam para nós e/ou até gostamos de dar oportunidade as pessoas acreditando que tenham sido transformadas. Mas infelizmente muitos se mascaram e acabam enganado ao homem. Saliento que não há nada em oculto que não venha a ser revelado.

      Não estou defendendo ninguém, estou apenas alertando quanto a crítica, pois aquele que está de pé cuide para que não caia.

      Somos seres inteligentes e podemos aprender com os erros dos outros. Que tomemos como um ensinamento toda esta situação, seja na vida sentimental, em cuidar para sermos cautelosos com quem devemos nos relacionar; no âmbito espiritual, não sendo juízes, mas suportes, orando para que tudo se resolva, se seu esposo é culpado, arcar com as consequências conforme a lei do homem, se ela está fazendo as coisas por aparência, que o Senhor se revele para ela.

  9. Matéria cheia de termos Marxistas-Secularistas,
    Desde quando Preconceito é um termo para se abordar um Casamento sob a ótica de Deus ? Desde quando Deus é Tolerante com o pecado (é Intolerante, dai a Queda de Adão e Eva por um único pecado).

    O Editor diz ‘não me sinto confortável para julgar Bianca’, mas se sentiu confortável para Descer a Lenha no ex-marido, já dando uma de Juíz e Sentenciador ‘abusou do filho’, caso o Editor não saiba, Cristo foi acusado por Falsas testemunhas, deveria ter mais cuidado,porque outras Escolas de Base podem surgir no meio Gospel também, nem tudo que reluz é ouro (e vice-versa). Primeiramente Abandono não é justificável pelo cristianismo (no caso do 1o Marido, o segundo ainda gera outras discussões porque o filho está em questão de perigo iminente, caso verdade o abuso), com este papo de ‘tolerância’, se justifica tudo, mas conceitos Seculares Não nos serem, Cristo Não era tolerante com Fariseus, Não era com o pecado, mas queria a tolerância aos Arrependidos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here