Ditatura gay entra com ação em cidade e proíbe comemoração do dia das mães

37

Recebi uma denuncia de moradores de Brusque, em Santa Catarina, de que as escolas municipais não comemoraram este ano o dia das mães por imposição da militância gay da cidade.

Apesar dos esforços de participação em uma audiência pública na Câmara de Vereadores da cidade pedindo a volta do dia das mães, as escolas municipais não comemoraram neste ano este dia tão importante para uma criança.

A tempos venho alertando sobre a ditadura gay, inclusive com texto publicados aqui no Gospel+, onde sou colunista, alertando justamente a população para se defender quanto a estes abusos dessa ditadura gay que se instalou no Brasil.

Segundo informações de Jesiel Rodrigo Fernandes, morador da cidade, e informações publicadas no site de uma das radios locais, houve uma audiência pública que discutiu vários assuntos polêmicos, entre eles o fim da comemoração dos dias das mães, bem como a retirada do nome pai e mãe da identidade de todas as crianças para não constranger quem tiver dois pais e/,ou duas mães.

O absurdo disso tudo é que para valorizar o modelo de familia que a ditadura gay quer impor na sociedade e não constranger uma criança que possa ter dois pais (o que não é comum, mas já prevê o futuro que esta ditadura está implantando) retira-se um direito de todas as crianças que são maioria de ter em sua identidade o nome de seu pai e sua mãe.

Já que não se comemora mais o dias das mães, as crianças que tem mãe que sofram por isso e os pais que gostam de ter este momento com seus filhos que se frustrem. E vocês ainda acreditam que eles se importam com alguém? Que se importam com as crianças? Não percebem o grau de vingança subliminar nesta conduta travestida de direito da criança? É inadmissível tirar direitos de outros para conquistar os seus.

A ditadura gay diz que o modelo familiar mudou. Eu pergunto, onde? Podem haver exceções sim, mas a grande maioria é familia tradicional, que não mudou nada em sua configuração. Ainda que seja criança adotiva ou pais separados essa criança tem sim uma mãe, ou é filha de “CHOCADEIRA”?

Sabe porque não tiraram o dia dos pais? Porque eles são homens. As pessoas e mídias que não enxergam um palmo adiante do seu narizes acabam servindo de idiotas úteis nas mãos de ativistas que mostram com essa atitude um subliminar preconceito até mesmo contra as lésbicas que, antes de tudo, são mulheres e também geram filhos, e portanto são mães.

É com muito indignação que vejo a passividade de muitos cristãos frente a esses ataques. Tem medo do que? De perdeu seu diploma? De ser perseguidos na igreja? E o discurso nos púlpitos é só para alienar? Para” inglês ver” como dizia minha avô? Cadê a fé, Igreja? Cadê a sabedoria, o poder de Deus em nossa vidas? “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Sabe o que penso? O maior inimigo que temos somos nós mesmos, nossa falta de fé, de estratégia e de conhecimento. O meu povo sofre por falta de entendimento (Oséias 4.6).

Algumas pequenas dicas para você lutar de forma natural (ação), pois a espiritual (oração) todos sabemos  fazer:

Vou dar alguma dicas práticas de como você pode agir em sua cidade para enfrentar essa ditadura. Com ordem e decência, mas sem omissão. Não espere por um “libertador”, pois Jesus Cristo já nasceu e já ressuscitou, e deixou ensinamentos para você viver e enfrentar este mundo. Faça a sua parte e Ele estará contigo.

Assim diz o senhor para sua vida: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16:33

Eu te esforço e te ajudo e te sustento com a destra da Minha justiça” (Isaías 41:10).

A Igreja precisa participar de audiências publicas, de encontros diversos, principalmente em pelo menos 3 áreas: educação, saúde e assistencia social. Participe como delegado em conferências municipais, estaduais e fique atento aos projetos propostos. Tenha coragem de propor, discordar e fazer manifestações contrárias ou a favor das políticas publicas que querem implantar em nossas escolas, saúde, segurança e etc. Mostre sua indignação, saia do armário da igreja! Somente assim sendo ativo nos municípios é que você poderá interferir nas políticas públicas do sua região e do seu estado.

O mais importante: não venda seu voto. Vote consciente em quem tem trabalho e compromisso com a família e já tenha lutas na área. Investigue quem é e o que faz seu candidato, seu partido e as bandeiras que defende. Fique longe dos oportunista.

Segue abaixo minhas orientações que podem ser facilmente organizadas em sua cidade e que colocará a igreja em posição de contraditório e como voz ativa:

1ª Reunião de trabalho: organizem um encontro de pastores, padres e lideranças locais (independente de religião). Junte pessoas que não concordam com essa ditadura.

2º Organizem palestras para todas as lideranças com profissionais que militam na área sobre a estratégia da ditadura gay. Sugiro que leiam textos publicados neste site e na minha coluna aqui, bem como textos do Pastor Malafaia, Reinaldo Azevedo, Olavo de Carvalho, Mídia Sem Máscara, Julio severo, Pe.Paulo Ricardo ,Luciano Garrido, Damares Alves, Rosangela Justino e outros que seguem a linha de defesa da família e dos verdadeiros direitos humanos.

4ª Organize abaixo assinado exigindo que seja revogado abusos que são contrários a família tradicional e a igreja, pois como a maioria de direito isso é democracia. Porém é importante fazer com que o abaixo assinado chegue às mãos certas.

5ª Organizar ato publico pacífico como uma marcha pacífica. Proteste em frente da câmara municipal, prefeitura e/ou assembléias legislativa reivindicando seus direitos enquanto cidadão.

6º Use muito as redes sociais, patrulhem tudo o que está acontecendo e se junte a pessoas que militam em defesa da família como pastores que estão na luta sem medo de enfrentar a ditadura gay, como todos nós ou como o pastor Marco Feliciano por exemplo.

7º Exija implantação de uma assessoria e ou um departamento para discutir ações de prevenção e proteção das pessoas desde a maternidade para proteger de fato a familia tradicional.

8º Implante associações, ONGs, seminários de discussão, ações contra temas que podem ser considerados “tabus”, como drogas, aborto, eutanásia, cultura de morte, ditadura gay e etc. Faça um mutirão social para legalizar as existentes.

Enfim , tenha conhecimento, fé e atitude. Seja superior as agressões, não ofenda, não caia no jogo sujo de ativista ideológicos que querem nos transformar em inimigos dos homossexuais. Não somos inimigos de ninguém, apenas não seremos mais massa de manobra, ou idiotas úteis nas mãos dessa minoria de ativista que quer comandar o mundo e nos colocar debaixo de um julgo exatamente como o Egito fez com o povo Judeu.

Heterossexualidade é o normal de nascimento e deve ser preservada para a garantia de preservação de espécie humana e ponto final. Por outro lado, os homossexuais existentes são pessoas como nós e merecem todo amor, carinho e respeito. Já ativistas malucos que querem “psicotizar” a nação, nós não podemos mais aceitar! Para isso temos que sair do conforto de nossas igrejas, ir para as ruas e garantir nossos direitos de viver conforme nossa fé, e assim podermos comemorar a verdadeira realidade.

E aqui assino apenas como Marisa Lobo ativista pelas causas da Familia de Cristo, direito meu enquanto cidadã. Exija também o seu.

COMPARTILHAR
Marisa Lobo é psicóloga clínica, escritora, pós-graduada em saúde mental, conferencista realiza palestras pelo Brasil sobre prevenção e enfrentamento ás drogas, e toda forma de bullying, transtornos psicológicos, sexualidade da familia, entre outros assuntos. Teóloga, ela é promoter e organizadora da ExpoCristo realizada no Paraná. Marisa é casada, tem dois filhos e congrega na IBB em Curitiba.

37 COMENTÁRIOS

  1. Cara Marisa,

    seria possível publicar a matéria divulgada pelo w-w-w.araguaiabrusque.com.br/noticias_ver.asp?noticia_id=13475, para mobilizarmos as comunidades cristãs em Brusque ?

    Paz e Bem

  2. Bah! a cada dia esta mais complicado. É com essas noticias e mais aquela do auxilio prostituição, que vejo o porque que o mundo vai acabar e sendo destruído por Deus. Salomão fala em Eclesiastes 1: 9-10, que já aconteceu antes e aconteceria novamente. Aí vemos a historia de Noé e porque Deus destruiu a terra com o Dilúvio, também vemos Sodoma e Gomorra e assim só posso presumir que não há outro rumo a não ser a destruição total.

    Não tenho problema com os direitos homossexuais, cada um faz o que bem entende com sua vida e Deus não deixa ninguém sem resposta, isso deixa eles por conta (a palavra de Deus ta sempre anunciada, só não vê quem não quer), mas creio que o direito deles acaba onde começa os meus e vice versa. Eles estão tocando “guéla a baixo” e isso pode não dar muito certo. Se olharmos a historia e acontecimentos, um dia alguém re sevolta e pode ser muito mais doloroso.

    Um dia ouvi uma piada assim:
    “Uma vez ser gay era proibido, depois começou a ser aceitável, hoje é normal e eu vou embora antes que seja obrigatório!”.

    È uma pena que esta piada esta se tornando realidade.

  3. Os noticiários não falam de outra coisa. O liberalismo sexual, no qual se inclui a causa gay, ganhou de vez as manchetes dos principais jornais do país, numa avalanche que parece não ter mais freio. A unanimidade da imprensa em decretar o novo padrão de moralidade é tão eloquente que os mais desavisados sentem-se quase que impelidos a concordar com ele, mesmo que a contragosto. Mas enganam-se aqueles que, ingenuamente, atribuem essas movimentações ao curso natural da história. Trata-se, pelo contrário, de uma agenda compacta, determinada e amplamente financiada, cuja única meta é: minar os fundamentos da sociedade ocidental – o direito romano, a filosofia grega e a moral judaico-cristã – e, em última análise, a natureza humana.

    Não é mais segredo para ninguém a hostilidade com que inúmeras nações se referem ao cristianismo. Praticamente todos os programas de governos atuais têm por política o combate aos últimos resquícios de fé cristã que ainda restam na sociedade. E essa agenda ideológica encontra eco sobretudo nas Organizações das Nações Unidas, logicamente, a mais interessada na chamada “Nova Ordem Mundial”. Essa perseguição sistemática à religião cristã se explica pelo fato de ela ser única a levantar a bandeira da lei natural, que é a pedra no sapato dos interesses globalistas.

    Em linhas gerais, o direito natural refere-se ao que está inscrito no próprio ser da pessoa. Isso supõe uma ponte de acesso a uma moral humana já pré-estabelecida, com direitos e deveres naturais, conforme a ordem da criação. Não corresponde a um direito revelado, mas a uma verdade originária do ser humano, que através da razão indica aquilo que é justo ou não. Essa defesa do direito natural foi o grande diferencial do cristianismo em relação às demais religiões no início do primeiro milênio.

  4. porque os homosexuais não geram os proprios filhos, ja que é um comportamento natural então a relação deveria dar futos ou seja, terem filhos.

    • Por que alguns casais héteros não podem gerar filhos? Ou por que alguns que podem gerar jogam na lixeira sem nem pensar que pode existir alguém que possa dar amor e felicidade para ele, seja hétero ou gay. A humanidade não se define ou divide por Hetero e Gay, Homem e mulher…SE DEFINE POR SERES HUMANOS QUE SÃO DEFINIDOS POR ATITUDES E NÂO POR ORIENTAÇÂO, SEXO, RELIGIÃO OU QUALQUER OUTRA COISA.

      • Tem mães que espancam, abusam, deixam o pai ou namorado estuprar os próprios filhos e não está nem aí. Agora só porque é mãe tem que ser colocada num pedestal? Só porque é capaz de reproduzir? Grande coisa. Coloca no mundo uma criança indesejada, para maltratar, e a pobre criança ainda tem que agradecer, afinal “é sua mãe”. Ser adotada por gays, que poderiam dar o que essa mãe não deu, nem pensar.

  5. Isso e piada? cade os brasileiro,essa nação por acaso e de gay. da na hora de macho fazer alguma coisa,pois essa lei no brasil e recheada de gay e tudo que não presta ,gente decente la e meno ria, mas a população não. ta ana hora de colocar essa raça pra fundar uma nação pra eles

  6. Cara, tirar a comemoração dos dias das mães, por causa da Ditadura Gay, é mais estupidez, que declarar guerra contra os Americanos. O Dia das Mães, vai sempre existir, enquanto existir vida humana neste mundo. O que acontece com esta afronta Gay, é puramente inveja pela incapacidade, incompetência, inviabilidade, impotência, incondicionalidade, incompatibilidade, inconcessibilidade, impossibilidade, inaturalidade, etc, etc… de gerar filhos! Nos corações dos filhos, o dia das mães, é todo dia, afinal, se vivemos um dia após outro, é graças a elas que nos geraram em seus ventres por meio da Graça divina de Deus. Quem não estiver satisfeito nesse mundo, tendo que conviver sob princípios morais, que se mudem!

  7. Dia da mãe, dia do pai, dias disto e dias daquilo…como os que se chamam cristãos ainda celebram essas dias que tem raízes na adoração pagã?

  8. E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; HOMEM e MULHER os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra.
    Gênesis 1.27,28

    Ninguém vai conseguir mudar a palavra que sai da boca de Deus, vai continuar desta forma até o fim… Macho e fêmea! Nós vamos ver as consequências de tudo isso. Há com certeza um salário para tudo na vida segundo a palavra de Deus (Romanos 6.23). E aquilo que você semear certamente colherá (Gálatas 6.7).

  9. Isso me cheira a campanha eleitoral anecipada pró-Aécio Neves. Não vi essa notícia em nenhum site de notícias sério, e olha que eles odeiam o PT (Veja, Folha, Estadão). Lamentável que evangélicos estejam se prestando a esse papel de espalhar boatos.

  10. Sabe que é engraçado, durante toda existem do dias das mães nunca pensaram nas crianças orfãs, não pensaram na tristeza delas por verem seus amiguinhos preparar os carões elas teriam que dar para a avó ou tia. Mas, agora…temos uma ditadura para impor isso, onde vamos parar, daqui a pouco vão proibir a palavra pai e mãe no dicionário, vão mudar os termos nos livros e tudo mais.
    Esse cretinos esquecem que para eles estarem aqui, ainda precisaram de um pai e uma mãe e mesmo que procriem artificialmente, a natureza que Deus criou vai estar ai gritando que há uma caminho natural, pois sempre será preciso o macho e a femea para que haja procriação.

  11. Como assim não pode haver comemoração do dia das mães?Tudo bem não devemos ter preconceitos,mas também é preciso respeitar o que foi deixado no início dos tempos.Se querem formar um novo modelo familiar é preciso respeitar,mas respeitem o que já foi deixado também.O homem e a mulher foram deixados para se amarem,aprenderem juntos e construírem uma vida juntos,e a criança precisa ter o amor do pai e da mãe.Até mesmo os homossexuais vieram de uma mãe e de um pai,ou não!

  12. isso e uma tremenda falta de respeito , e uma invasão de direitos ,violação civil onde já se viu isso?? tirar o direito de uma criança de comemorar o dia das mães,de ter no seu documento a filiação de seus pais … o que é isso ??? não sou contra os homossexuais mas não posso concordar com isso.. é um real abuso .
    o que eu posso ver é que os mesmos não querem lutar por seus direitos, e sim tirar o direito de outros então agora a sociedade tem que ser gay se não está errado ? daqui a pouco vão querer tirar a palavra progresso da bandeira do brasil para colocarem homossexualismo então não ficara ordem e progresso e sim ordem (desordem) e homossexualismo ah por favor querem lutar por seus direitos lutem ,mas não forcem a barra por que isso tudo já está se tornando ridículo ….

  13. que absurdo … crianças não poderem comemorar o dia das mães ,não poderem ter o direito de ter o nome de seus pais na identidade , o que virá depois abolição do casamento entre héteros? só os gays poderão casar , ter família ,trabalhar ,estudar , será que é isso ??? estão lutando pelos seus direitos ou querendo retirar os dos outros? depois reclamam de preconceito? espera aí reivindicar direitos não é saír atropelando tudo ,passando por cima de todos isso tem outro nome : abuso !!! não me preocupo com quer ser gay ou deixar de ser , mas aí querer violar meus direitos civis é demais , os homossexuais não querem ser contrangidos mas querem contranger ,não querem ser desrespeitados mas desrespeitam ,não querem sofrer preconceitos mas os tem … cada um tenha sua opinião ,sua opção sexual , mas sejam razoáveis , o país , o mundo ,a terra, o planeta, o universo , a via láctea , não tem que ser homossexuais por que vocês são …

  14. A verdade sobre esse assunto:

    VE O TEMPO DA MARIA LOUCA, HOJE VIVEMOS A ERA DA MARISA LOUCA UNGIDA E MENTIROSA !!! AQUI NOTA DE ESCLARECIMENTO DA ESCOLA, DESDE JÁ DESMENTINDO ESSA PSEUDOPSICO !!
    “Sou Diretora de Ensino da Secretaria Municipal de Educação de Brusque e também professora Universitária, portanto, participo de muitos fóruns de discussões sobre esses assuntos, a fim de adequar a nossa Rede de Ensino ao que há de mais oportuno e adequado para essa grande mudança que estamos vivendo, ou seja, a Educação Infantil passa a fazer parte da Educação Básica e o Ensino passou de oito para nove anos. Diante desse panorama, criamos Diretrizes de trabalho, já que temos alunos de seis meses à 16 anos.
    Lançamos no ano de 2012, às Diretrizes Curriculares Municipais e ao discutir com os professores, todos os assuntos, a rotina da escola foi discutida exaustivamente. A primeira conclusão a que chegamos é que nossas crianças estão na Creche na sua grande maioria para que a mãe possa trabalhar, portanto não cabe fazer uma homenagem à ela, no horário onde ela não tem como participar e isso causa constrangimento à mãe e à criança , pois em uma sala de 20 crianças compareciam10 mães e as outras 10 faziam homenagem a quem? Sentavam em um cantinho e aguardavam? Trabalhamos o ano todo a autoestima das crianças e em um momento desses tudo caia por terra. Resolvemos então usar a seguinte estratégia a escola faz uma pesquisa com as famílias para ver qual é o melhor horário para que os pais possam participar, se é em um final de tarde, a noite, no sábado. Outra questão são os diferentes tipos de crenças religiosas, em respeito a elas damos a opção da família participar ou não, quando em anos atrás era feita em horário de aula, essa criança geralmente chegava com um bilhetinho dizendo que que a família não concordava e a criança ficava sentadinha esperando até finalizar, isso é correto? Cada família tem o direito de escolha sobre sua vida religiosa e também pode escolher se quer ou não participar de festividades na escola , já convite lhe dá possibilidades de escolha, isso é democracia.
    Hoje fazemos da seguinte forma, em consonância com a APP da escola, em horário em que os Pais possam participar, se for oferecido um lanche é para todos.
    As outras datas são organizadas da mesma forma, dia da família na Escola, Festa Junina, festas de encerramento, sempre privilegiando a criança “nosso ator social” e também, a família razão de ser da escola. A escola só existe quando há crianças e tudo que fazemos nela é para e pelas crianças.
    Nossas Diretrizes privilegiam a inclusão e inclusão de todos. Nunca houve nenhum tipo de proibições nem por parte da Secretaria Municipal de Educação nem por parte do Prefeito que é sim o grande incentivador da família na escola. Nosso modelo de comemorações é referência para outros municípios assim como nossas Diretrizes Curriculares Municipais”.

    Penso que o senhor recebeu uma informação equivocada e também no meu ponto de vista maldosa.

    Atenciosamente, Gracielle Boing Lyra

    Diretora de Ensino- SEME -Brusque.

    Estágios e Formações.3251-1877

    graciele.educacao@brusque.sc.gov.br

  15. Agarantir a extinção humana.
    Inseminar excremento é na menor das hipóteses, uma atentado contra a humanidade, é crime de lesa humanidade, visto que tentar reproduzir excremento em vez de gente é atentar contra a vida.
    E a tentativa de extinção da mulher e sobretudo de mães é uma sabotagem praticada pela gaystapo e temos que entender isso como guerra, e temos que eliminar a gaystapo em honra a nossas mães.
    E que as mães de pederastas entendam que o erro delas custa muito caro socialmente, assim, está na hora dessas mulheres começarem a entender que sexo é reprodução e vagina é a porta da vida e não parquinho de diversão de canalhas.

  16. Aqoilatar vagina, a porta da vida, ao ânus, o esgoto do corpo é garantir a extinção humana.
    Inseminar excremento é na menor das hipóteses, uma atentado contra a humanidade, é crime de lesa humanidade, visto que tentar reproduzir excremento em vez de gente é atentar contra a vida.
    E a tentativa de extinção da mulher e sobretudo de mães é uma sabotagem praticada pela gaystapo e temos que entender isso como guerra, e temos que eliminar a gaystapo em honra a nossas mães.
    E que as mães de pederastas entendam que o erro delas custa muito caro socialmente, assim, está na hora dessas mulheres começarem a entender que sexo é reprodução e vagina é a porta da vida e não parquinho de diversão de canalhas.

  17. não tenho nada contra gay,cada um que cuide de sua vida,como achar melhor,mais tirar um dia tão especial de nossos filhos isso já é de mais,se não fosse essas guerreiras não estáriamos aqui pesem nisso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here