Denúncia Grave! Guia ensina sexo, aborto, prostituição e homossexualidade para crianças

79

Denúncia grave! A Organização Mundial de Saúde (OMS) criou um “guia” para ensinar e incentivar masturbação, sexo, aborto e homossexualidade para crianças de 0 a 9 anos, e aborto e prostituição para crianças de 12 a 15 anos.

Não é segredo para o mundo que a Europa é o continente que além de ser a que mais incentiva aborto, possui a maior força tarefa gay. Além disso, estão havendo discussões sobre a pedofilia em 12 de seus países e agora a Europa acaba de lançar um guia de “educação” com 83 páginas para escolas e governos, desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em conjunto com a agência do governo alemão para a Educação em Saúde.

A igreja precisa se levantar já que nosso país está sem identidade e é fortemente influenciado pela essa cultura relativista sexual da Europa. Tenho denunciado isso em minha coluna, leiam os artigos sobre essa ditadura ideológica de gênero. Algumas pessoa acham que somos obsessivos, gostaria que quem pensa desta forma leia o conteúdo que descreverei aqui, do manual para desconstruir a fé, a moral e a dignidade de seu filho.

Peço aos profissionais do Brasil que se levantem, independente da religião, e que se revoltem contra esse absurdo; pois Organização Mundial da Saúde está militando politicamente na ideologia de gênero e está deturpando a ciência para induzir convicções  ateístas e de orientação homossexual.

O documento começou a ser enviado para os Ministérios da Educação e Saúde na Europa e é, indiscutivelmente,  um compêndio de corrupção de menores inspirado pelos dogmas da ideologia de gênero.

Abaixo, cito  alguns exemplos das aberrações e absurdos  que o guia recomenda transmitir às crianças com idades de 0 a 16 anos. Uma mistura de pedofilia, sexualização precoce, indução de convicções homossexuais, apologia ao aborto… enfim, leiam e se revoltem porque é a pior coisa que já vi. Realmente estamos em guerra  com os ateus, que odeiam princípios e estão destruindo a humanidade. Estas ações mostram que estamos realmente no princípio do fim.

Seguem as recomendações do guia para ensinar sexo, promiscuidade, prostituição e aborto as nossas crianças:

0 a 4 anos,  prescrevem aprendizagem  do “gozo”, orgasmo  e prazer quando tocamos o próprio corpo: “a masturbação da primeira infância”.

0 a 4 anos: a idade é ideal para “a descoberta do corpo e os órgãos genitais”.

Aos 4 anos, a OMS diz que nossos filhos são capazes de “necessidades expressas, desejos e limites, por exemplo, no contexto de brincar de médico”.

De 4 a 6 anos, as crianças precisam saber que a história da cegonha é um mito.

De 4-6 anos é uma ótima idade, segundo a Organização Mundial de Saúde, para “falar sobre assuntos sexuais”, explorar “relações do mesmo sexo” e “consolidar a identidade de gênero”.

De 6 a 9 anos, os especialistas da OMS dizem que os nossos filhos estão preparados para aprender e defender os “direitos sexuais das crianças”.

De 9 a 12, e até os 15 anos, devem saber o incômodo da maternidade inesperada. Parafraseando:  “o impacto da maternidade e gravidez entre adolescentes; ou seja, planejamento familiar, planejamento de vida/estudos, a contracepção, a tomada de decisão e os cuidados no caso de gravidezes indesejadas”.  O que eles afirmam, sem rodeios, é que antes de 15 anos nossos filhos estão prontos para estarem clientes sobre a indústria do aborto.

De 9 a 15 anos, é bom para receber informações sobre métodos contraceptivos onde encontrar e onde obter um aborto.

De 9 e 15 é uma idade-chave, de acordo com a OMS, para ensinar que a religião cristã é um obstáculo ao prazer e ao gozo de seus próprios corpos. “A influência da idade, sexo, religião e cultura” na educação afetivo-sexual.

Aos 15 anos é hora de “abrir-se para outros (admitir a homossexualidade, bissexualidade e outras opções)”.

15 anos é também a idade do saber, além disso, sobre “sexo comercial (prostituição e o sexo em troca de pequenos presentes, refeições, ou pequenas quantidades de dinheiro), pornografia e vício em sexo”.

Além dos  conteúdos específicos, o guia de sexo para os padrões de educação na Europa, desenvolvido pela OMS, ainda tem seus princípios:

O princípio de que os pais são uma “fonte informal” da educação, em relação ao estado como “fonte formal”.

O princípio de que a educação emocional e sexual das crianças deve ser planejada com “sensibilidade de gênero”. Ou seja: a natureza, os fatos, os dados, a responsabilidade dos pais… Enfim, tudo deve se submeter aos dogmas da “sensibilidade de gênero”.

O princípio de que a educação afetivo-sexual “começa no nascimento”.

O princípio de que a educação afetivo-sexual “deve ter uma abordagem holística”.

O princípio de que a educação afetivo-sexual serve ao “indivíduo e ao fortalecimento da comunidade”.

O guia tem 83 páginas e as palavras “amor” e “responsabilidade” não são citadas ou, quando o fazem, seu peso e significado é completamente irrelevante. Em vez disso, o guia fala constantemente de “prazer”,  “sexo”, “gozo”, “bem-estar pessoal”, “instintos” e aborto.

A Organização Mundial de Saúde é uma agência das Nações Unidas.

Com a orientação presente nas Normas de Educação Sexual na Europa, a agência tenta definir princípios e conteúdos básicos que os Estados devem desenvolver para educar sobre o carinho e sexo as crianças europeias, de acordo com os preconceitos e preceitos da ideologia de gênero. É um documento de enorme influência, dirigido aos ministros da Saúde e da Educação na Europa.

Os Europeus estão fazendo um abaixo assinado requerendo à diretora do Organismo Europeu da Organização Mundial da Saúde, a senhora  Zsuzsanna Jakab, a imediata retirada do guia. Vamos ajudar entrando no abaixo assinado, ou essa aberração virá para o Brasil.  Link do abaixo assinado http://hazteoir.org/alerta/51869-firma-c-mo-corromper-un-menor-y-que-parezca-saludable

Leia o manual completo:  http://www.madridsalud.es/publicaciones/OtrasPublicaciones/standars_de_calidad_de_la_educacion_sexual_en_europa_traducido_12nov.pdf

Provérbios 31:8: “Abre a tua boca a favor do mudo, pelo direito de todos os que se acham em desolação”.

Não se omita, não se corrompa.

Que Deus salve nossas crianças e que cada um de nós, profissionais e pessoas de bem, estejamos unidos contra essa aberração. Além de orar, precisamos nos mobilizar.

Marisa Lobo PSICÓLOGA e CRISTÃ

79 COMENTÁRIOS

    • A educação sexual aos nossos pequenos ” os protege primeiramente de seus próprios pais os quais são os principais abusadores em em segundo lugar os protege deste mundo.
      Trabalho na área social, e seu que as meninas são o principal alvo dos abusadores “os machões que se aproveitam dessas pequenas, na maioria das vezes seu próprio pai, pode ser um desses que não quer que sua filha entenda como é seus corpo assim fica mais fácil usá-lo.
      Em seguida depois das meninas vem os pobres meninos afeminados, quando os machões percebem, se aproveitam desses pequenos, indefesos na sua própria sexualidade não entendida por ele, não aceita pelos pais, mas este mesmo pais abusa de seu filho.
      os meninos héteros, são os meninos héteros são os menos abusados.
      A ONU através da OMS, presta um serviço gigante a todo o mundo, sabemos que meninas de 6 anos tem de se casar com homens de 40 no mundo arabe muitas morrem na noite de núpcias, todos sabemos também que na bíblia era muito comum, homens se casarem com crianças.
      Acusar os gays daquilo que vocês cometem com seus filhos é nojento, e tentar parar a ONU em busca dos direitos dos nossos pequeninos, é um crime.
      Fariseus, fariseus até quando voz suportareis…

      • bem sei e não nego que heteros façam isto, mas veja report do lider dos gays dizendo seu sonho, era seduzir e tirar o cabaço de ujm menino, então depravados estão em todos os lugares, mas ensinar as crianças a se prostituir ou que é normal ser gay, convenhamos é o fim da picada

        • A criança precisa desde cedo entender sua sexualidade e a partir dos do início da puberdade entender sua homoafetividade.
          Porque?? o mundo está moldado para o heterossexual, e trata com desprezo e até com abuso a homossexualidade, os meninos afeminados só perdem para as meninas no quesito “ser abusado na infância”
          E quem são a maioria do abusadores. Os pais machões, Clamando, para de hipocrisia.
          70% dos abusadores são héterossexuais, e as meninas e meninos homossexuais, são as principais vítimas.
          Motivo pelo qual a cartilha da ONU é muito bem vinda, vai ensinar nossos pequenos de seus direitos, em relação ao seu próprio corpo, afastando assim os pais abusadores e outras marginais.
          A trará aos pequenos que não entendem sua homossexulidade , um norte em meio a homofobia em casa, na escola e na igreja, onde estes pequenos sofrem.
          Clamando, você pode ter em casa uma criança, filho, sobrinho, etc. que seja homossexual, e cada vez que você condena a forma com que está criança foi formada por DEUS, você a apunha-la e alimenta a angústia.
          Pense nisso se ponha no lugar de uma criança homossexual, tive amigos ainda na infância, que tentaram suicídio tamanha a angústia sofrida, pela sua condição a qual não se escolha. Motivo pelo qua em quase todo reino animal existem indivíduos homossexuais, será que animais fazem opção??
          Espero e peço a DEUS, que ilumine os cientistas e que estes concluam suas pesquisas e comprovem o que é claro como água, que a homossexualidade é uma condição humana, criada por DEUS assim como a heterossexualidade, somos homens e mulheres, com desejo diferente da maioria de vocês, mas trabalhamos, estudamos e muito, e acima de tudo nos sentimos amados por DEUS, que nos criou, independente da acusação de vocês, ELE nos ama e nos aceita.
          Não venham falar das escrituras pois, vocês não cumprem nem metade do que está lá. E somente o que lhes convém e usam o resto para condenar o mundo.
          Falar em gays, convertidos é balela a bissexualidade, é agrande vilã neste episódio, homens e mulheres bissexuais, mesmo depois de se travestirem, ao se converterem, pois para estes é muito fácil fingem ser HETEROSSEXUAIS, eu em minha trajetória cristã, já fui assediado e sai com vários crentes, bissexuais, que escondem sua condição, até Pastor.
          Entretanto o bissexual, sim este pode escolher o seu desejo, mais sempre será bissexual.
          Mas voltando ao assunto, está cartinha, assim como a cartilha anti homofobia, “maldosamente apelida por vocês de cartilha gay”, precisam voltar as escolas, nossas crianças precisam se conhecer e principalmente respeitar seu coleguinha gay, mesmo que seu pai fundamentalista, mande odiar está criança.

        • Não concordo com o que este cara falou, mas você eu e todos nós sabemos, que a maioria dos machões, também fala abertamente, que tem vontade de tirar o cabaço de menininhas, que não sejam suas filhas tudo bem né.
          Em meu trabalho machões com grana se aproveitam de estagiárias de 14 anos e até de menos.
          E vocês não falam nada, não condenam não divulgam !!!! Na verdade vocês querem usar tudo que tiverem contra os gays.
          Gay, provoca seca, guerra etc. seus profetas de Ball um dia prestaram contas a DEUS.
          Todos os homens bombas são héteros, e a culpa é de gay.
          A seca é culpa de políticos héteros que roubam o nordeste, mas a culpa é de gay. Se isto fosse verdade São Paulo e Florianópolis serão desertos, sem uma gota de água.
          Os homossexuais, junto com judeus, ciganos, negros, deficientes etc. sempre foram vítimas da igreja. E da sociedade, mortos por Hitler, também em fogueiras da inquisição e hoje enforcados por Ismâmicos e alguns crentes da Africa.
          Acho que a vontade de vocês é perpetuar este sofrimento. DEUS abençoe a ONU em relação a busca incessante dos direitos das minorias.

          • Nem tudo é culpa dos gays, porém, Hitler era gay. Pode pesquisar. Não pega bem esse discurso vitimista, cheio de mimimi (a não ser que você seja uma criancinha), de que “o gay é culpado de tudo”… Agora, que o pecado (e entre eles a perversão sexual) provoca a ira de Deus e traz sobre as pessoas a devida condenação, isso é verdade! Aproveitando que você é uma pessoa de fé (ao que parece), sugiro que leia sobre a destruição de Sodoma e Gomorra, a carta de Paulo aos Romanos e outros trechos que confirmam isso.
            Não. Deus não vai te fulminar com um raio, mas aconselho que comece a deixar que essa Palavra encha o seu coração e transforme sua vida.

      • Ah, você subestima a capacidade de crentes de serem hipócritas e negarem a realidade, não importam as consequências para os próprios filhos. Argumentar não adianta, tem que ser firme com gente assim. Jamais dar trela para suas exigências absurdas. Essas pessoas não respeitam ninguém, se alguém falar contra eles é “alienado e sem moral, filho do capeta” e o que eles querem é implantar uma ditadura evangélica no Brasil.

  1. que adianta querer curar os gays, se eles querem contaminar nossas crianças com sua prostituição e nogenta pratica, deveriamos era sair as ruas e fazer como na russia

    • Se querem viver dessa maneira, o problema é deles ninguém tem nada a var com isso. Mas a partir do momento que querem passar ISSO para as crianças como algo normal e saudável, aí é outra história e providências devem ser tomadas.

      • o grande problema é que não querem viver a vida deles a sua própria maneira ..eles querem dominar e inpingir suas praticas nojentas, preparando as próximas gerações para serem ou para mais facil deixar o tranca ruia e a pomba gira solta, abrir espaço nas mentes e nos corações das nossas crianças

      • noberto, Clamando e Elder Lima, vocês necessitam se atualizar.
        A maioria dos abusos infantis e causado pelos pais héteros, lembra de cada 10 crinaças 8 são abusadas pelos pais, e olhe que a estatística e dos casos descobertos, mas na prática, a maioria dos casos a mulher jamais denuncia, e deixa a criança ser abusada pra não perder o marido.
        Onde vocês leram??? que gay, abusa de criança???
        Gay gosta de homem e homem grande… a incidência da doença ” PEDOFILIA”
        É esmagarodamente maior em héteros e em homens muitos até pastores e padres.
        E as maiores vítimas são as meninas (lembra gay, não gosta de menina) de cada 10 criança abusada 7 são meninas.
        E os pequeninos quando são afeminados são os preferidos dos machos pedófilos, pois estas pobres crianças jamais delatam seu abusar pra não ser chamado de menininha é muito vergonhosos para o menino gay.
        Como vocês fundamentalistas, são hipócritas e desonestos, que DEUS tenha misericórdia de vocês.

        • sim para haver abuso tem que ter hetero envolvido, mas da mesma maneira, este ensino é um deserviço a sociedade, ha! também sou a favor de pena de morte para pedófilos…

          • Com a pena de morte, muitos “irmãos ungidos” iram para cadeira, elétrica, você não tem noção de como a pedofilia tem uma incidência enorme no meio religioso.

          • minha mãe e meus irmãos são aqueles que fazem a vontade do pai, estes vestem se transfiguram de crentes para esconder seus podres, são mentirosos nunca conhecerão a CRISTO pena de morte para eles

    • noberto, Clamando e Elder Lima, vocês necessitam se atualizar.
      A maioria dos abusos infantis e causado pelos pais héteros, lembra de cada 10 crinaças 8 são abusadas pelos pais, e olhe que a estatística e dos casos descobertos, mas na prática, a maioria dos casos a mulher jamais denuncia, e deixa a criança ser abusada pra não perder o marido.
      Onde vocês leram??? que gay, abusa de criança???
      Gay gosta de homem e homem grande… a incidência da doença ” PEDOFILIA”
      É esmagarodamente maior em héteros e em homens muitos até pastores e padres.
      E as maiores vítimas são as meninas (lembra gay, não gosta de menina) de cada 10 criança abusada 7 são meninas.
      E os pequeninos quando são afeminados são os preferidos dos machos pedófilos, pois estas pobres crianças jamais delatam seu abusar pra não ser chamado de menininha é muito vergonhosos para o menino gay.
      Como vocês fundamentalistas, são hipócritas e desonestos, que DEUS tenha misericórdia de vocês.

    • Clamando
      A educação sexual aos nossos pequenos ” os protege primeiramente de seus próprios pais os quais são os principais abusadores em em segundo lugar os protege deste mundo.
      Trabalho na área social, e seu que as meninas são o principal alvo dos abusadores “os machões que se aproveitam dessas pequenas, na maioria das vezes seu próprio pai, pode ser um desses que não quer que sua filha entenda como é seus corpo assim fica mais fácil usá-lo.
      Em seguida depois das meninas vem os pobres meninos afeminados, quando os machões percebem, se aproveitam desses pequenos, indefesos na sua própria sexualidade não entendida por ele, não aceita pelos pais, mas este mesmo pais abusa de seu filho.
      os meninos héteros, são os meninos héteros são os menos abusados.
      A ONU através da OMS, presta um serviço gigante a todo o mundo, sabemos que meninas de 6 anos tem de se casar com homens de 40 no mundo arabe muitas morrem na noite de núpcias, todos sabemos também que na bíblia era muito comum, homens se casarem com crianças.
      Acusar os gays daquilo que vocês cometem com seus filhos é nojento, e tentar parar a ONU em busca dos direitos dos nossos pequeninos, é um crime.
      Fariseus, fariseus até quando voz suportareis.

      • bem sei e não nego que heteros façam isto, mas veja report do lider dos gays dizendo seu sonho, era seduzir e tirar o cabaço de ujm menino, então depravados estão em todos os lugares, mas ensinar as crianças a se prostituir ou que é normal ser gay, convenhamos é o fim da picada

        • clamando não siga alinha de raciocínio da Mara Lobo, o que se quer ensinar os pequenos é o que é prostituição, para que estes possam se defender de investidas dos pedófilos, quando levam doces e bonecas, para as meninas em troca…
          E estas pequenas não entendem o que está se passando, a educação será proteção, para nossos pequeninos, ninguém quer ensinar a se prostituir, mas se defender da prostituição.
          Pela falta de educação sexual nossos pequenos são alvo do mal ” Conhecereis a verdade e ela vos libertará”

  2. E TEM GENTE QUE AINDA não querem que os evangélicos não esteje na politica!!

    INFELIZMENTE SE NÃO LUTARMOS POR NOSSOS FILHOS QUEM VAI LUTAR!
    não podemos nos conformar com esse mundo!

    • noberto, Clamando e Elder Lima, Kelly, vocês necessitam se atualizar.
      A maioria dos abusos infantis e causado pelos pais héteros, lembra de cada 10 crinaças 8 são abusadas pelos pais, e olhe que a estatística e dos casos descobertos, mas na prática, a maioria dos casos a mulher jamais denuncia, e deixa a criança ser abusada pra não perder o marido.
      Onde vocês leram??? que gay, abusa de criança???
      Gay gosta de homem e homem grande… a incidência da doença ” PEDOFILIA”
      É esmagarodamente maior em héteros e em homens muitos até pastores e padres.
      E as maiores vítimas são as meninas (lembra gay, não gosta de menina) de cada 10 criança abusada 7 são meninas.
      E os pequeninos quando são afeminados são os preferidos dos machos pedófilos, pois estas pobres crianças jamais delatam seu abusar pra não ser chamado de menininha é muito vergonhosos para o menino gay.
      Como vocês fundamentalistas, são hipócritas e desonestos, que DEUS tenha misericórdia de vocês.

      • André, eu respeito a sua opinião sobre a defesa dos menores e indefesos. Mas vc se equivocou ao expor “Onde vocês leram??? que gay, abusa de criança???” Existem relatos sim desse tipo de caso. Basta procurar na própria internet.

        Abs

  3. Veem, isto vem la de cima, la da OMS, la da ONU, mostrem isto la para a madame Raquel Elana, são os socialistas fabianos que estão por traz disto, e os petralhas comunistalhas adoram este tipo de coisa e vão correndo seguir isto ai, estes devem ser DEVIDAMENTE DESOBEDECIDOS, os cristãos verdadeiros seguem a doutrina de Cristo, não a do mundo, voces não devem ficar agradando os comunistalhas e nem se rebaixando a estes, antes devem enfrenta-los, desobedecendo-os de todas as maneiras, não obedeçam e nem deem ouvido aos seus politicos, não obedeçam suas doutrinações nas escolas, não obedeçam o que diz a grande midia e os grandes portais de internet, mas para isso é necessario ter uma alternativa, fazer o seguinte :

    Ter faculdades cristãs
    Escolas so para cristãos
    Homeschooling (Aulas em casa com professoras (somente mulheres professoras) particulares ou com a propria mãe)
    Não assistir a programação da grande midia, talvez somente o noticiario
    Receber atendimento psicologico somente de Psicologos cristãos
    Apreender plantar alimentos, prepara-los e conserva-los
    Apreender filtrar agua, ter poços artesianos, etc

    Se voces se moverem nesta direção, sera destruido o poder diabolico dos comunistalhas, ou caso contrario, continuem sofrendo na mão destes satanazes que ainda vão acabar com voces, vide Cuba, China, Coreia do Norte a falecida União Sovietica.

  4. Imagino as pobres das crianças israelitas exiladas na Babilônia, ou as crianças cristãs que viviam em Roma e outras cidades pagãs, onde predominava a idolatria e a imoralidade. Será que conseguiam ser cristãs em um mundo como aquele?

    • Meu amigo, com certeza se eles tivessem alguma chance de mudar o panorama q viviam, eles iriam aproveitá-la. Mas, pelos exemplos q vc citou, vc deve saber q o povo de Deus adotou vários costumes babilônicos após o retorno à jerusalém. E outra, se opusesse aos governos, morte na certa. É um grande erro comparamos os tempos antigos com os atuais…

  5. Ao menor sinal de quem possui filho em escola pública ou privada e for vítima desse absurdo, informar aqui como forma de utilidade pública.

    Existem fortes instituições jurídicas cristãs prontas para agir.

  6. “Realmente estamos em guerra com os ateus, que odeiam princípios e estão destruindo a humanidade”. Nossa… Quanta intolerância… Deve ser muito difícil mesmo viver com o divergente… Ainda bem que no ateismo aprendi a ouvir e respeitar o próximo. E não me encontro em guerra com ninguém. Aliás, acho que o mundo já tem muitas guerras desnecessárias.

  7. Esses cristãos são muito burros e ignorantes, deveriam pagar professores particulares com aulas em casa então! Desde sempre houve aulas de “educação sexual” nas escolas, na minha época do ensino fundamental era perfeitamente normal, se falava sobre tudo e principalmente sobre prevenção para evitar doenças. As crianças e os adolescente devem aprender sobre a realidade, muitos não sabem como lidar com isso, com o crescimento do corpo e o interesse sexual, isso é algo NATURAL, aconteceu com todos nós, são nossas descobertas. Dificilmente os pais falam de sexo com os filhos. Agora as escolas tem religião definida? Elas não são obrigadas a seguir os mandamentos da Bíblia. Tudo isso que se fala é uma quebra de tabu, é ótimo um conhecimento de tudo para quebrar pré conceitos. Não ensinam a ser homossexual, mas ensinam que a homossexualidade é algo tão normal, saudável e natural como a heterossexualidade (de acordo com a ciência) e para que QUEM SE DESCUBRA homossexual saiba lhe dar com a situação. Não adianta reprimir seus filhos, porque eles vão fazer sexo com quem quiserem (homem ou mulher) e deve-se ensinar a prevenção para evitar doenças e gravidez indesejada. Bando de ignorantes!

    • 1°) Burro e ignorante é você!
      2°) Uma coisa são aulas de orientação sexual, outra bem diferente é o incentivo a prática de algo nocivo que vai contra as leis da natureza.
      3°) O homossexualismo não é, nunca foi e jamais será algo natural, e muito menos saudável!
      4°) Vocês homossexuais com essa conversa fiada de “liberdade sexual” querem enfiar na cabeça das crianças que é permitido fazer sexo com quem quiser, quando quiser, com quantos quiser e da maneira que quiser e Defendem descaradamente o assassinato de crianças(aborto).
      5°) E pra terminar, no dia que eu souber que algum professorzinho semiletrado estiver tentando enfiar esse LIXO na cabeça do meu filho, vai ser bom pra ele mudar de cidade!!!

      • Como a língua portuguesa é rica nas “palavras” tentam fazer modificações na geração das orígens. Preferência, opção, orientação sexual. O que é isso, muita firula para não chamar a homossexualidade de “doença”. Qual o problema em se dizer que é doença? Na natureza, também existe homossexualidade e não é opção, preferência ou orientação sexual. Se ficarem chocados com o termo doença, podem usar o “defeito de fabricação” como jstificativa para o termo homossexualidade

      • Elder, um fato interessante é que muitos evangélicos tem filhos homossexuais! Quando conflitos fortes de pensamento acontecem em famílias, pode ser que haja muita dor, sofrimento, não aceitação mas na verdade todos amadurecemos com a dor, e depois ficamos fortes!

        • Diogo, tenho muitos amigos homossexuais, e tenho observado aqueles de família católico, tem namorado, levam seus namorados para os pais conhecerem, ou seja tem uma saúde mental, que ocorre pelo fato de serem amados pelos pais.
          Já os de família evangélica, ou estão na prostituição por serem expulsos de casa pelos pais, ou se casam e vivem pulando a cerca com homens, pois tem um casamento de fachada, inclusive tive um namorado, depois ele noivou casou com mulher e ainda, tem ficado com amigos meus gays, escondido da esposa, ele é líder de louvor uma denominação muito conhecida.
          Como ele existem muitos pobres almas, que vivem uma mentira para agradar a igreja.

          • Conheci o caso de um evangélico casado há mais de 30 anos com uma mulher. Porém os dois dormem em quartos separados e sua esposa sempre desconfiou de sua sexualidade mas se acomodou e até hoje ele a traiu com outros homens, pra falar a verdade eu ñ sei qual dos dois é mais infeliz!

  8. Diogo

    Interessante mesmo. Mas vivem em conflito não por serem cristãos, mas porque todos a sua volta são normais, ou seja, têm desejo por pessoas do sexo oposto. Isso sim, uma prática saudável.

    Tem ainda pessoas que são gays sem nunca terem tido uma relação homossexual, mas o desejo é forte e insuportável. Elas também sofrem de homossexualismo, porém, escondem seus sentimentos e vivem de aparências, estes….. “evangélicos tem filhos homossexuais!” TAMBÉM!

  9. A ONU através da OMS, vem a muito tempo na vanguarda dos direitos da criança.
    Educação sobre sexualidade é sim proteção a criança pois desta forma ela estará protegida dos Pedófilos. E olhe que a a maioria dos abusos é praticado pelos PAIS, pasmem pelos PAIS E MÃES, e ai vem está MARISA querer por a culpa nos gays, seguida por uma tropa de gente alienada.
    TODAS, todas as pesquisas apontam que de cada 10 crianças 8 são abusadas em casa. (pelos pais héteros). Recentemente neste site, noticiou isto.
    Está mulher é um perigo deturpadora ao extremo, ela brinca com os direitos que com muita luta a ONU, tem buscado para os nossos pequenos.

  10. noberto, Clamando e Elder Lima, vocês necessitam se atualizar.
    A maioria dos abusos infantis e causado pelos pais héteros, lembra de cada 10 crinaças 8 são abusadas pelos pais, e olhe que a estatística e dos casos descobertos, mas na prática, a maioria dos casos a mulher jamais denuncia, e deixa a criança ser abusada pra não perder o marido.
    Onde vocês leram??? que gay, abusa de criança???
    Gay gosta de homem e homem grande… a incidência da doença ” PEDOFILIA”
    É esmagarodamente maior em héteros e em homens muitos até pastores e padres.
    E as maiores vítimas são as meninas (lembra gay, não gosta de menina) de cada 10 criança abusada 7 são meninas.
    E os pequeninos quando são afeminados são os preferidos dos machos pedófilos, pois estas pobres crianças jamais delatam seu abusar pra não ser chamado de menininha é muito vergonhosos para o menino gay.
    Como vocês fundamentalistas, são hipócritas e desonestos, que DEUS tenha misericórdia de vocês..

  11. noberto, Clamando e Elder Lima, vocês necessitam se atualizar.
    A maioria dos abusos infantis e causado pelos pais héteros, lembra de cada 10 crinaças 8 são abusadas pelos pais, e olhe que a estatística e dos casos descobertos, mas na prática, a maioria dos casos a mulher jamais denuncia, e deixa a criança ser abusada pra não perder o marido.
    Onde vocês leram??? que gay, abusa de criança???
    Gay gosta de homem e homem grande… a incidência da doença ” PEDOFILIA”
    É esmagarodamente maior em héteros e em homens muitos até pastores e padres.
    E as maiores vítimas são as meninas (lembra gay, não gosta de menina) de cada 10 criança abusada 7 são meninas.
    E os pequeninos quando são afeminados são os preferidos dos machos pedófilos, pois estas pobres crianças jamais delatam seu abusar pra não ser chamado de menininha é muito vergonhosos para o menino gay.
    Como vocês fundamentalistas, são hipócritas e desonestos, que DEUS tenha misericórdia de vocês.

  12. A educação sexual aos nossos pequenos ” os protege primeiramente de seus próprios pais os quais são os principais abusadores em em segundo lugar os protege deste mundo.
    Trabalho na área social, e seu que as meninas são o principal alvo dos abusadores “os machões que se aproveitam dessas pequenas, na maioria das vezes seu próprio pai, pode ser um desses que não quer que sua filha entenda como é seus corpo assim fica mais fácil usá-lo.
    Em seguida depois das meninas vem os pobres meninos afeminados, quando os machões percebem, se aproveitam desses pequenos, indefesos na sua própria sexualidade não entendida por ele, não aceita pelos pais, mas este mesmo pais abusa de seu filho.
    os meninos héteros, são os meninos héteros são os menos abusados.
    A ONU através da OMS, presta um serviço gigante a todo o mundo, sabemos que meninas de 6 anos tem de se casar com homens de 40 no mundo arabe muitas morrem na noite de núpcias, todos sabemos também que na bíblia era muito comum, homens se casarem com crianças.
    Acusar os gays daquilo que vocês cometem com seus filhos é nojento, e tentar parar a ONU em busca dos direitos dos nossos pequeninos, é um crime.
    Fariseus, fariseus até quando voz suportareis.

  13. Tem gente que se assemelha a camarão no que diz respeito a massa cefálica ou realmente ganha algo como a implantação desses incentivos prematuros de conduta disfarçados de educação.
    Pergunto: Qual a relação entre a exposição prematura de assuntos sexuais sem foco legal e impedir o abuso dos pedófilos? Sr André, a punica forma de se impedir e ou coibir a pedofilia é com a denúncia de tais e não com escolas incentivando comportamentos aos quais não concordamos. Outra coisa, todos os pais heteroexuais são pedófilos e abusadores de filhos? E a maioria que não não se encaixa nessa condição e também não concorda com tais leis? O que me diz?

    • Douglas, entenda! 95% dos casos de pedofilia são praticados contra meniNAS, isso ñ quer dizer que a maioria dos heterossexuais são pedófilos mas sim que a maioria dos abusos são cometidos por heterossexuais.

      • Contra números reais não há o que se discutir, porém, de que forma essa exposição exagerada as crianças ajudará no combate a pedofilia? Foi isso que não entendi, qual a conexão?

        • Ajuda e muito, justamente por serem crianças e adolescentes, são indefesos. Quando se fala de sexualiade na escola, se fala de pedofilia com o objetivo de alertar as crianças de que nenhum adulto pode a tocar nas partes íntimas e se isso acontecer, a criança deve contar aos pais. Na escola se fala muoto sobre prevenção para justamente evitar dst e gravidez indesejada. Pensar que os filhos dos evangélicos ñ vão fazer sexo é viver em um mundo de ” faz de conta” porque eles vão se interessar por sexo já que todos nós nacemos com órgãos genitais, haverá o desejo porque é natural. Portanto, o que é melhor? Fingir que os adolescentes ñ tem experiências sexuais, proibir falar sobre sexualidade com eles e os deixarem soltos para ou sexo sem nenhuma informação ou quebrar esse tabú e mostrar o caminho do sexo seguro e assim evitando grandes dores de cabeça?

          • Você disse “Quando se fala de sexualiade na escola, se fala de pedofilia com o objetivo de alertar as crianças”. E deveria ser somente isso, alertar quanto aos abusadores.
            Outra coisa, se interessar por sexo é natural, vai acontecer com o adolescente, o problema é que suas atitudes traze m consequencias, só que não é o estado que paga o preço mais caro nesses casos e sim os pais. Ou seja, o estado legisla de forma inconsequente mas quem apga o preo são os pais, segundo o texto “a fonte informal da educação”. Outra coisa, vamos falar abertamente, não se fala sobre sentimentos em momento algum e sim em sexo. Como fica a vida afetiva dessas pessoas? Eu penso que é assim, transe, desgaste seu corpo e que se dane o resto. Seria isso?

        • Falar sobre sexo na escola ñ significa que todos sairão transando por aìmas sim que todos terão informação que lhes serão útil em experiências precoces ou mais tardias. Se um adolecente não quiser ter relação, ele não terá, agora se ele quiser, não há quem segure!

    • Sr. Douglas a criança abusada, na verdade se sente culpada do abuso, ela não culpa o pai ou mãe, mas a si própria motivo, pelo qual ela não denuncia o seu pai oi seu abusador.
      A educação sexual, ensina que a criança neste caso é vítima e deve falar sem medo do abuso que sofreu. Cria se uma cultura nova, onde a criança se sente dona se seu corpo, e o entende, e claro não deixará um adulto toca-lo por um doce.
      Agora se continuarmos neste mundo de faz de conta que não existe “sexo” o campo sempre estará livre para o abusador, lembre-se o diabo trabalha na ignorância, e a igreja tem sido cooperadora está área por não defender os direitos da criança.

      • Sr. André, muitos nos consideram os crentes ignorantes, pessoas sem instrução, os tais que assim pensam estão enganados, somos tão contrários a pedofilia quanto os outros, o fato de acontecer no meio religioso não exclui o fato de acontecer no meio homosexual ou qualquer outro meio. Somos contrário sim a qualquer forma de abuso contra a criança e aos indefesos. Porém, penso que da forma como esse material é exposto pela psicóloga na matéria, me dá a entender que não há uma orientação mas uma exposição desnecessária da criança a esses assuntos, por conta da idade e outros fatores. Não sou contra a orientação, muito pelo contrário, porém, tenho certeza que não há necessidade da exposição de assuntos desse tipo. Isso não vai gerar crianças mais maduras mentalmente, vai gerar crianças hipersexualizadas.

      • Sr. André, devemos alertar sim as crianças quanto aos abusadores, não devemos fechar os olhos a isso. Mas leia com atenção o texto e perceba que a todo momento só se fala sobre “ter prazer” e ponto, o foco é esse e não cuidados com quem dá prazer. O sexo realmente não deve ser um tabu, mas deve ser tratado na idade certa e da forma correta para que tenhamos pessoas maduras. Em momento algum do texto é tratado o prazer com “outra pessoa” ou a outra pessoa. Tantas pessoas reclamando de que não se sentem “acompanhadas” na cama. Num iniciativa desse tipo, esses casos só serão piorados. Os direitos das crianças devem ser duramente defendidos, mas discordo que todas essas diretrizes façam a menor diferença nesse assunto. Onde está o direito a brincar, a ser amado pelos pais? Só estão se preocupando com o prazer e esquecendo o restante.

  14. Não existe democracia nessas diretrizes. É uma total imposição de idéias. Nenhuma dessas coisas deve ser ensinada na escola. Não dessa forma, imposta, não de forma tão explícita.
    Eu li em comentários que tem gente que está colocando que transar deve ser deliberado. E a humanidade vai bem dessa forma, vai bem pro buraco. Interessante, vejo a humanidade dizer que está evoluindo com os ensinamentos humanos e só vejo dor e destruição, falta de respeito ao próximo, intolerância, corrupção.
    Essa forma de conduta, liberal é cada vez mais aderida e o mais interessante é que as pessoas não veem a relação com o aumento das dsts, da gravidez, da pedofilia, dos abusos de várias formas. Vamos parar com a promiscuidade e vamos respeitar mais o corpo, seus limites e ao próximo.

  15. Além do mais, existe um componente de intolerância religiosa e focada nos cristãos (depois dizem que não somos de certa forma perseguidos)…Por que focam no cristianismo, sendo que não é a única religião que fala sobre questões sexuais?

  16. As pessoas tem a ideia de que o sexo deve ser feito de forma desenfreada, não somos animais irracionais conduzidos por nossos desejos. Da forma como a coisa está sendo colocada, teremos pessoas hipersexualizadas e precocemente.
    Interessante que muitos apoiam essas ideias como se fosse a melhor coisa do mundo, mas quando seus netos vem fora de um casamento estável e sem condições de sustento, quando ainda seus filhos não tem maturidade para levar adiante uma nova família, querem bater, querem refletir onde erraram na criação. Acordem, sexo e sesualidade é coisa séria, não é assunto para ser tratado de forma leviana.

  17. QUEM TEM A MENTE DE CRISTO COMO OS CRISTÃO PODEM VER ESSAS IMUNDICE QUE AS POLÍTOCAS BRASILEIRAS ESTÃO QUERENDO CONTA NOSSOS FILHO PARABÊNS MARISA LOBO OS PAIS QUE NÃO CONCORDA COM VC SÃO OS PRIMEIROS PEDÓFILOS DOS SEUS FILHOS E PIOR ENTREGAM E ASISTE OUTRAS PESSOAS A ABUSAREM DOS SEUS PRÓPRIOS FILHOS MARISA LOBO MIM REPRESENTA ( TODA HORA, TODA GLÓRIA, TODO PODER, TODO LOUVOR, E TODA ADORAÇÃO SEJA DADA A DEUS O TODO PODEROSO) AMÉM.

  18. Ao meu ver, quem concorda com as atrocidades que foram propostas para ser aprovadas pela OMS não tem filhos ou não os ama. Aceitar não significa impor a sociedade todo um grupo de regras das quais a maioria discorda.

  19. Muitos questionamentos sobre essas diretrizes e seus resultados devem ser feitos. Quanto tempo se estuda para saber que o resultado do conjunto de diretrizes é ou não saudável a vida sexual do ser humano?

    • Discordo veementemente desse “guia” para ensinar e incentivar masturbação, sexo, aborto e homossexualidade para crianças de 0 a 9 anos, e aborto e prostituição para crianças de 12 a 15 anos. A Bíblia Sagrada diz: “Quanto a seus filhos, eles são herança do SENHOR: o fruto do ventre é um presente de Deus.” Salmo 127.3, minha regra de fé e esse “guia” é “um compêndio de corrupção de menores inspirado pelos dogmas da ideologia de gênero.

  20. Mimimis a Parte, Quanto mais informação e esclarecimentos a criança tiver melhor serão as tuas escolhas, em parte são boas as informações contidas nesta cartilha ( digo caso as informações estejam corretas) não penso que influenciaria negativamente as crianças. apenas esclareceria tiraria as chances dos pedofilo que troca sexo com crianças por dinheiro ou pequenos presentes assim estas crianças ja saberia o que isto seria…. e teria a escolha de aceitar ou não, pq não vamos parar isto só com denuncias mesmo pq a maioria acontece dentro de casa. a criança não tem coragem de contar o que ocorre a outros e acaba achando que é normal por ser com quem ela confia passa a achar natural. veja o caso recente da Pastora que relata que o marido gay deixou de fazer sexo com ela aos 6 meses de casamento um casamento que durou dois anos e meio, e nos relatos feitos por ela as babas do filho relataram ser dispensadas pelo padrasto pedofilo as cerca de dois anos ou seja deixava de fazer sexo com a mãe para fazer com a criança de apenas 5 anos que suportava em silencio…. se esta criança tivesse sido orientada fora do nucleo familiar provavelmente teria contado a alguém o que ocorria em casa. em fim………….. e complexo. deixa o tempo correr vejamos o que se sucede eu sempre eduquei os meus filhos aqui não teve cegonha…………..

  21. Discordo veementemente desse “guia” para ensinar e incentivar masturbação, sexo, aborto e homossexualidade para crianças de 0 a 9 anos, e aborto e prostituição para crianças de 12 a 15 anos. É um material sordido, quer corromper nossas crianças que são “herança do Senhor” conforme Salmo 127.3

  22. Discordo veementemente desse “guia” para ensinar e incentivar masturbação, sexo, aborto e homossexualidade para crianças de 0 a 9 anos, e aborto e prostituição para crianças de 12 a 15 anos. A Bíblia Sagrada diz: “Quanto a seus filhos, eles são herança do SENHOR: o fruto do ventre é um presente de Deus.” Salmo 127.3, minha regra de fé e esse “guia” é “um compêndio de corrupção de menores inspirado pelos dogmas da ideologia de gênero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here